A Universidade Hebraica de Jerusalm anunciou no dia 07 de maio a descoberta no Herodium, a 12 quilmetros de Jerusalm, do tmulo de Herodes o grande, o rei que ordenou, conforme conta Mateus no seu evangelho, o massacre dos inocentes, por medo de perder o seu trono. O Herodium uma montanha artificial construda para ser uma das fortalezas de Herodes.

A descoberta foi feita pelo professor Ehud Netzer, durante as atuais escavaes que se iniciaram em 1972. Todos os arquelogos concordavam com o fato que no Herodium estava a sepultura do rei da Judia, sobretudo graas s informaes do historiador Flvio Josefo, porm todas as tentativas de localizar o local exata nunca tinham tido xito positivo. Netzer ento decidiu procur-la em uma parte da colina que at agora no tinha sido explorada.

Entre os restos encontrados, est um grupo de urnas funerrias decoradas, feitas em forma de jarras, que eram usadas para conservar as cinzas dos corpos. Essas urnas tm uma cobertura triangular e so decoradas nos lados.

Entre as runas esto pedaos de um grande sarcfago, de aproximadamente 2,5 metros, feito com pedras da regio de Jerusalm, decorado com rosetas. Este considerado o sarcfago de Herodes. Poucos sarcfagos foram descobertos em Israel e foram encontrados somente em monumentos especiais como o Tmulo do Rei em Selah a-Din Street, em Jerusalm. No sarcfogo do Herodium no foram encontradas inscries, mas provavelmente sero descobertas em breve, na continuao da explorao.

importante notar que o sarcfago foi quebrado em centenas de pedaos, de forma deliberada. Esta destruio provavelmente aconteceu nos anos 66-72 depois de Cristo, durante a primeira revota dos judeus contra os romanos, quando os judeus conquistaram o local, conforme confirmado por Flavio Josefo e pelas evidncias arqueolgicas. Os judeus da revolta odiavam particularmente Herodes e tudo aquilo que era sua obra.

Herodes foi nomeado governador da Galilia quando tinha 25 anos e em 40 antes de Cristo foi coroado rei dos judeus pelo Senado Romano, reinando por mais de 30 anos. No Herodim contriuiu uma das fortalezas-palcio mais exuberante de todo o imprio romano. A construo era composta por um palcio, um santurio, um mausolu e um centro administrativo.

As primeiras escavaes foram realizadas em 1956 pelos franciscanos da Custdia de Terra Santa. Depois da guerra dos Seis Dias, em 1972, os arquelogos de Israel comearam a estudar o local.