Em qual cidade localizava-se o caminho do Gólgota?

Pergunta de João Inácio de Castro Júnior, Goiânia / GO
Resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 03/03/2013


 

Olá João Inácio de Castro Júnior de Goiânia / GO!

Encontramos a palavra Gólgota no evangelho de Mateus 27,33-38:

 

“27, 33 Quando chegaram ao lugar chamado Gólgota, que quer dizer, lugar da Caveira, 34 deram-lhe a beber vinho misturado com fel; mas ele, provando-o, não quis beber. 35 Então, depois de o crucificarem, repartiram as vestes dele, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica deitaram sortes. 36 E, sentados, ali o guardavam. 37 Puseram-lhe por cima da cabeça a sua acusação escrita: ESTE É JESUS, O REI DOS JUDEUS. 38 Então foram crucificados com ele dois salteadores, um à direita, e outro à esquerda”.( Mateus 27,33-38) Bíblia Almeida.

 

A Bíblia de Jerusalém ainda em nota de roda pé da página coloca uma explicação para Gólgota: “Transcrição do termo aramaico Goulgoltha, “lugar da caveira”, em latim “Calvaria”, de onde vem “Calvário””.

Assim na cidade de Jerusalém se encontra o Gólgota, onde Jesus foi crucificado e ressuscitou. Estes dois ambientes hoje estão no interior do Santo Sepulcro. Diariamente uma multidão de peregrinos visitam estes lugares.

 

Minha experiência com o caminho do Gólgota em Jerusalém.

 

Durante 6 anos  morei em Jerusalém, na Faculdade de Ciências Bíblicas e  Arqueologia,  situada no início da Via Dolorosa, cidade velha de Jerusalém, bairro Muçulmano, em que é considerado o início do caminho  do Gólgota, a chamada via dolorosa. Participei nas sextas feiras  da Via Sacra, com início às 15:00 hs, onde os Freis Franciscanos refazem o caminho da Via Sacra pela via Dolorosa (caminho do Gólgota) até o lugar da Ressurreição no Santo Sepulcro. Uma multidão de peregrinos acompanham a Via Sacra,  que por ser sexta feira o comércio muçulmano ao longo do caminho esta fechado, deixando  livre para a prática religiosa. Para mim foi uma experiência única percorrer  o caminho do Gólgota todas as sextas feiras durante estes anos. Percorrer este caminho é voltar ao passado, mas também é atualizá-lo para a nossa vida.  É colocar em pratica o ensinamento de Jesus:

“Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me” (Mateus 16,24) Bíblia de Jerusalém.

 

530 visitas

Nenhum comentário

Postar o primeiro comentário