Uma janela sobre o mundo bíblico

Um trecho no livro de Isaías fala a respeito da faia... Essa planta simbolizava o quê?



  • Pergunta de Jessé Pinheiro de Jesus, Salvador
  • 22444
  • 27/12/2012
Luiz da Rosa

Procurando nas diferentes versões, encontrei, na Almeida, as seguintes passagens de Isaías que usam esse vocábulo:

Isaías 41,19 - Plantarei no deserto o cedro, a acácia, e a murta, e a oliveira; porei no ermo juntamente a faia, o pinheiro e o álamo.
Isaías 55,13 - Em lugar do espinheiro crescerá a faia, e em lugar da sarça crescerá a murta; o que será para o SENHOR por nome, e por sinal eterno, que nunca se apagará.
Isaías 60,13 -  A glória do Líbano virá a ti; a faia, o pinheiro, e o álamo conjuntamente, para ornarem o lugar do meu santuário, e glorificarei o lugar dos meus pés.
 
Um vocábulo muito estranho para nós, mas trata-se de uma árvore. Muitas traduções usam, invés de faia, a palavra "cipreste", que certamente é mais familiar.
 
O sentido nos textos acima é claro: trata-se de uma árvore majestosa, sobretudo do ponto de vista de uma flora muito limitada, como aquela do Oriente Médio. Falar portanto, de faia significa instaurar uma situação positiva. Isaías, nas duas primeiras passagens, diz que essa planta majestosa crescerá no deserto, querendo significar a potência de Deus, que mesmo lá onde não há condições favoráveis, como a água, faz crescer uma árvore assim importante.
Na terceira passagem há uma menção à madeira usada no templo. A faia produzia madeira preciosa e existia sobretudo no Líbano. Foi de lá que veio a madeira para o Templo de Jerusalém.

22444 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook