Siga-nos no FaceBook




Lugares bíblicos

Onde está escrito, na Bíblia, que devemos ajudar o próximo?

Pergunta de Carol , Rio de Janeiro
Resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 16/01/2012


Olá Carol do Rio de Janeiro!

Para nós Brasileiros entender as passagens Bíblicas que falam da ajuda ao próximo não é difícil. A pobreza, a miséria a falta de tudo para tantas pessoas, faz com que entendamos com mais facilidade esta questão do ajudar os outros. Sabemos que quando o motivo é forte, desastres naturais, enchentes, a quantidade de alimentos e materiais de construção arrecadados é enorme e com uma facilidade muito grande. Parece que sofremos com nossos irmãos, ajudando-os materialmente, pedindo a Deus por eles e agradecendo a Deus de ter nos acompanhado.

 

Entretanto sabemos também, que apesar deste lado generoso da população, na vida do trabalho, e na conquista do pão de cada dia, a luta é muito feroz. E muitas famílias sofrem, com falta de recursos, um emprego digno etc.

 

O que a Bíblia nos fala a respeito da ajuda as outras pessoas.

Pergunta semelhante a esta foi feita por Daniel de Campinas, ele perguntouquero saber onde está escrito na Bíblia que se uma pessoa tem muitos recursos ela deve ajudar as outras?” e a colega Silvia respondeu com muita propriedade, merece ser lida a resposta.

 

Respondendo a pergunta da Carol, podemos dizer que vários textos bíblicos iluminam esta realidade, e nos chamam a praticá-la. Lembraremos alguns para ilustrar e comprovar o que queremos dizer:

O texto Bíblico que fala da coleta para os cristãos de Jerusalém na Judeia que passava por grande fome durante o reinado do Imperador Claúdio

“Naqueles dias alguns profetas desce a Antioquia. Apresentou-se um deles, chamado Ágabo, o qual começou anunciar, por meio do Espírito Santo, que estava para vir uma grande fome sobre a toda a terra. E ela de fato veio, no reinado de Claudio. Decidiram então os discípulos, cada um segundo suas posses, enviar a contribuições em ajuda aos irmão que moravam na Judéia. Eles de fato fizeram enviando-as aos anciãos por intermédio de Barnabé e de Saulo” (At 1 1,27-30)

NB. Sabemos pela história do Império Romano, que na época do imperador Claudio (41-54) o Império sofreu um período de fome calamitosa, em especial da região da Judeia. O historiador Flavio Josefo, localiza este acontecimento no tempo do procurador romano Tibério Alexandro (46-48).

 

Outro texto ilustrativo que indica uma coleta aos que sofriam fome por parte dos que tinham em abundância encontramos narrado na carta de Paulo aos Coríntios:

Quanto à coleta em favor dos santos, segui também vós as normas que estabeleci para as Igrejas da Galácia. No primeiro dia da semana, cada um de vós ponha de lado o que conseguir poupar; deste modo, não se esperará a minha chegada para se fazerem as coletas. Quanto aí chegar, mandarei, munidos de carta àqueles que tiverdes escolhido para levar vossas dádivas a Jerusalém; e, se valer a pena que eu mesmo vá, eles farão a viagem comigo”(1 Cor 16, 1-5)

 

Uma resposta indireta a pergunta encontramos nos Atos dos Apóstolos que mostra a vida idealizada da primeira comunidade, o texto mostra que a preocupação que todos tivessem o necessário para viverem. Lembremos a passagem de Atos dos Apóstolos 4,32-35:

“....34 Não havia entre eles necessitado algum. De fato os que possuíam terrenos e casas, vendendo-os traziam os valores das vendas e os depunham aos pés dos apóstolos. Distribuíam então, a cada um, segundo a sua necessidade.”(At 4,32-35)

Segue a narrativa da morte de Ananias e Safira, que mentiram na venda de um propriedade, escondendo parte dos valores.

 

Fatos como estes de ajuda aos necessitados encontramos seguidamente na Bíblia. Faz parte dos planos de Deus a construção de um mundo mais fraterno e igual conforme seus desígnios. O problema para a humanidade é aceitar estes desígnios e viver esta vontade divina.

11933 visitas

Nenhum comentário

Postar o primeiro comentário