Siga-nos no FaceBook




Lugares bíblicos

Reflexão bíblica sobre o tema da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos (SOUC) 2011

Estudo de Silvia Togneri, em 25/05/2011


Leia mais sobre Oração

UNIDOS NO ENSINAMENTO DOS APÓSTOLOS, NA COMUNHÃO FRATERNA, NA FRAÇÃO DO PÃO E NAS ORAÇÕES. (cf. At 2,42)

 

Uma reflexão sobre a frase bíblica do tema da SOUC - 2011,- A partir de uma  Leitura Orante da frase acima e de algumas questões:

  • Que frutos espero (esperamos) desta SOUC – 2011?
  • Como estou preparando minha família, comunidade, igreja para esta SOUC – 2011?

 

 Traduções diversas:

  •  v. 42
    Eles eram assíduos ao ensinamento dos apóstolos e à comunhão fraterna, à fração do pão e às orações (TEB).
    E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, no partir do pão e nas orações (ARA).

Temos os quatro Pilares da vida da Igreja e sua Unidade: Ensinamento (doutrina) dos Apóstolos, Comunhão Fraterna, Fração do Pão e as Orações.

 

  • v. 44
    Todos os que abraçavam a fé viviam unidos e possuíam tudo em comum (CNBB)
    Todos os que abraçavam a fé estavam unidos e tudo partilhavam (TEB).
    Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum (ARA).

 

  • v. 46
    Perseverantes e bem unidos frequentavam diariamente o templo, partiam o pão pelas casas e tomavam a refeição com alegria e simplicidade de coração (CNBB)
    De comum acordo, iam diariamente ao Templo com assiduidade: partiam o pão em casa, tomando o alimento com alegria e simplicidade de coração (TEB).
    Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração (ARA).

 

Consequencias:

  • ERAM ESTIMADOS PELO POVO

 

A Resposta da Deus:

  • E O SENHOR AJUNTAVA CADA DIA À COMUNIDADE OS QUE ENCONTRAVAM A SALVAÇÃO.

 

UNIDOS –

  • O que entendo que seja UNIÃO? PORQUE o texto nos diz que estavam bem unidos?
  • O QUE PARA MIM (PARA NÓS) SIGNIFICA ESTAR UNIDOS como pessoas cristãs?
  • Quais as dificuldades que encontro e que impedem que realmente a união entre as pessoas cristãs aconteça?
  • O que tenho feito para superar essas dificuldades, ou como tenho procurado superar essas dificuldades?
  • O que mais é preciso ser feito para que a união entre as pessoas cristãs aconteça?

 

ENSINAMENTO DOS APÓSTOLOS

  • O que entendo por Ensinamento dos Apóstolos?
  • Tenho procurado maiores esclarecimentos, atualização sobre o ensinamento dos apóstolos? Como tenho feito isso?
  • Como tenho vivido esse ensinamento dos apóstolos? Tenho procurado ser fiel a esse ensinamento dos apóstolos?
  • O que me impede de viver plenamente o ensinamento dos apóstolos?
  • O que preciso fazer para superar essa dificuldade de viver plenamente o ensinamento dos apóstolos?

 

COMUNHÃO FRATERNA

  • O que entendo por Comunhão Fraterna?
  • Onde percebo sinais dessa comunhão fraterna?
  • O que tenho feito para que a comunhão fraterna seja vivida em minha família, comunidade e igreja?
  • Quais as dificuldades ou obstáculos que encontro para a vivência dessa comunhão na minha família, comunidade e igreja?
  • O que mais é preciso ser feito para que a comunhão fraterna aconteça realmente na minha família, comunidade e igreja?

 

FRAÇÃO DO PÃO

  • O que representava a fração do pão na comunidade primitiva e hoje para mim, p/ (nós)?
  • Como tenho vivido essa fração do pão na minha família, comunidade e igreja?
  • Hoje quais as dificuldades que impedem que realmente a fração do pão aconteça?
  • O que tenho feito para superar essas dificuldades?
  • O que mais é preciso ser feito para que essas dificuldades sejam realmente superadas?
  • De qual fração do pão estamos falando?
  • Que fração do pão queremos entender e viver?
  • Qual o objetivo da fração do pão em Lc 24?
  • Os apóstolos continuaram a repartir o pão, mas ainda estavam com medo, só depois que animados pelo Espírito do Ressuscitado, é que voltaram para a Galiléia das Nações, para os empobrecidos e excluídos.

 

ORAÇÃO

  • O que entendo ser oração?
  • Como costumo orar?
  • O que está me impedindo de orar (pessoalmente, e na família)?
  • O que é preciso fazer para superar essa dificuldade de orar (pessoal e em família)?
  • No meu (nosso) entendimento qual é a melhor forma de oração?

 

A RESPEITO DOS QUATRO PILARES DA VIDA DA IGREJA E DE SUA UNIDADE, ENSINAMENTO DOS APÓSTOLOS, COMUNHÃO FRATERNA, FRAÇÃO DO PÃO E ORAÇÃO:

  • COMO TENHO PROCURADO DESENVOLVER ESSES PILARES EM MINHA VIDA, FAMÍLIA E NA IGREJA A QUAL PERTENÇO?
  • TENHO PROCURADO VIVER O EQUILÍBRIO NECESSÁRIO ENTRE ELES (FAMÍLIA E IGREJA)?
  • SABEMOS LER A REALIDADE E ENTENDER PORQUE AINDA NÃO HÁ ASSIDUIDADE AO ENSINAMENTO DOS APÓSTOLOS, À COMUNHÃO FRATERNA, À FRAÇÃO DO PÃO, E À ORAÇÃO?
  • PORQUE PRECISAMOS ESTAR UNIDOS?
  • O QUE SIGNIFICAVA ESTAR UNIDOS NA PRIMEIRA COMUNIDADE CRISTÃ?
  • E hoje, para nós, em 2011?

 

APROFUNDANDO O ESTUDO BÍBLICO DA FRASE do tema da SOUC-2011

O primeiro retrato idealizado da comunidade cristã é o resultado do discurso de Pedro animado pelo Espírito Santo.

É o projeto da comunidade cristã fruto de Pentecostes. (cf.At 2,4)

“Eram perseverantes no ensinamento dos apóstolos, na comunhão fraterna, na fração do pão e nas orações” ( At 2, 42).

A perseverança é o elemento principal, pois é o que leva a união.

Esta frase de Lucas nos Atos dos Apóstolos serve de avaliação para todas as comunidades cristãs em todos os tempos.

Os Atos apresentam três retratos da comunidade cristã em: 2,43-47; 4,32-35 e 5,12-16.

As quatro Colunas da Igreja, modelo da Comunidade Cristã, estão explicitadas em At 2,43-47a. O modelo segundo Dt 15,4 (Para que não haja pobres em teu meio), Lv 25,35-43 e Mc 10,21 (Só uma coisa te falta: vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me).

Encontramos ainda nos Atos dos Apóstolos 5 sumários da comunidade cristã:  6,7; 9,31; 12,24; 16,5 e 19,20.

 

ENSINAMENTO DOS APÓSTOLOS -> o novo quadro de referências da vida comunitária.

A explicitação das Escrituras à luz de Jesus Cristo. Os apóstolos vão além dos escribas e doutores da Lei ao transmitirem os ensinamentos de Jesus Cristo.

Podemos chamá-la de Didachê – Instrução mais aprofundada que se segue à adesão inicial selada pelo Batismo.

Os apóstolos baseados nos ensinamentos e nos atos de Jesus, portanto é a palavra, o ensinamento e os atos de Jesus que vão indicar à comunidade cristã como deve viver e o que deve fazer.

A liderança dos apóstolos vem a partir dos sinais que realizavam na comunidade (cf. At 2,43; 4,33; 5,12.15 -16) e das ordens dadas por Jesus Ressuscitado ( Mt 28,18-20; Mc 16,15; Lc 24,44-49; Jo 20,23 e 21,17)

At 2,43 = Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos.

At 4,33 = Com grande poder, os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.

At 5, 12 = Muitos sinais e prodígios eram feitos entre o povo pelas mãos dos apóstolos. E costumavam todos reunir-se, de comum acordo, no Pórtico de Salomão.

At 5, 15-16 = a ponto de levarem os enfermos até pelas ruas e os colocarem sobre leitos e macas, para que, ao passar Pedro, ao menos a sua sombra se projetasse nalgum deles. Afluía também muita gente das cidades vizinhas a Jerusalém, levando doentes e atormentados de espíritos imundos, e todos eram curados.

Mt, 28,19-20 = Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as cousas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século.

Mc 16,15 = Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.

 

Os discurso de Pedro em Atos: At 2,14-39; 3,12-26; 4,8-12; 5,29-32; 10,34-43; 11,5-17; 15,7-11.

Os discurso de Paulo em Atos: 13,16-41; 14,15-17; 17,22-31; 20,18-35; 22,1-21; 24,10-21; 26,2-23; 27,21-26 e 28,17-20.

 

COMUNHÃO FRATERNA = KOINONIA -> Novo ideal de vida comunitária.

É a identidade própria da comunidade Cristã suscitada pela Palavra

Koinonia = união dos cristãos baseada na mesma fé e no mesmo projeto de vida -> At 2, 44-45.

Uma COMUNHÃO não só de pensamentos, mas de ação e de opção política, econômica,  social e religiosa. (Fraternidade, partilha, liberdade de bens e de participação dos bens).

Esta Comunhão Fraterna é o novo ideal de vida comunitária a partir da comunhão de bens e de sentimentos (cf. 2 Cor 8,1-6; 9,7.13). É o que Jesus apontou ao jovem rico (cf. Lc 18,22; Mc 10,21; Mt 19,21).

O que encontramos em At 2, 44-45 e 4, 32.34-35 é para superar as barreiras de religião, de classe social,de gênero, de raça e sexo ( Gl 3,28; 1 Cor 12,13 e Cl 3,11)

A COMUNHÃO cristã se alicerça na solidariedade a partir da união da fé em Jesus Cristo. UTOPIA que não é impossível de se realizar.

 

FRAÇÃO DO PÃO = PARTIR O PÃO -> A nova fonte da vida na comunidade.

A fração do pão vem das refeições judaicas, onde o pai ou o chefe do grupo, toma o pão: dá graças, parte o pão e o distribui.

Relembram também o gesto de Jesus em Jo 6,11; Mt 14,17-20; Mc 6,41-44; Mc 8,5-8 e Lc 9,13-17 e da oferenda de seu corpo e sangue (cf Lc 22,19-20; Mc 14,22-25 e Mt 26,26-29).

Segundo At 2, 46 isso era comum e acontecia nas casas, como refeição e memorial do corpo e sangue de Jesus Cristo (cf. At 20,7 e 1 Cor 10,16b e 11,23-25).

Segundo Lc 24,30-35 a fração do pão efetuada por Jesus serviu também para revelar sua ressurreição e para encorajar os dois discípulos a voltarem para o meio dos demais em Jerusalém e anunciarem e testemunharem sua ressurreição.

 

ORAÇÕES -> o novo ambiente da vida comunitária.

Através das orações as pessoas cristãs permaneciam unidas entre si e a Deus e se fortaleciam diante das dificuldades e perseguições (cf. At 5,12b e 4,23-31) e rezavam como Jesus ensinou (cf. Mt 6,9-13 e Lc 11,2-4).

Como Jesus que pela oração enfrentava as tentações ( cf. Mc 14,32ss; Mt 26,36ss).

Continuam a ir ao Templo para orar – cf. Lc 24,53; At 3,2, mas agora o lugar preferido de encontro e oração são as casas (cf. At 2,46; 5,42; 10,2; 12,12; 16,40; Rm 16,3-5.

As orações de louvor que encontramos em Lc 1,25. 46-55. 68-79.

Da vida concreta da comunidade brota a oração baseada nos Salmos (cf. At 4, 23-31).

Lucas nos Atos dos Apóstolos faz uma descrição da vida comunidade cristã do passado para animar a caminhada das comunidades cristãs de sua época e também para todas as nossas de hoje.

 

A MELHOR MANEIRA DE EVANGELIZAR É VIVERMOS UNIDOS EM COMUNIDADE.

 

SENHOR AJUDAI-NOS A VIVER EM  UNIÃO FRATERNA.

1490 visitas

Nenhum comentário

Postar o primeiro comentário