Uma janela sobre o mundo bíblico

Baseado na Biblia, nos dias de hoje devemos ou não guardar o sabado?



  • Pergunta de Márcia, Vilhena-RO
  • 89429
  • 5179
  • 25/02/2011
Ivete Holthmam

Leia mais sobre Sábado


Estou lhe enviando um texto sobre o sábado. Leia com atenção e decida por você mesma.

SÁBADO (segundo uma perspectiva cristã)

O shabbat é a maior das festas, o “início de todas as santas convocações”. É memorial da criação e também da obra da salvação. Pela prática do Shabbat, Israel, ainda hoje, testemunha o Deus criador e colabora para a sua criação.
Pelo shabbat, vivido na intimidade de Deus, Israel conhece Deus e o faz conhecer (cf. Ex 31,14). Essa revelação é concebida em vista da redenção que o shabbat prefigura e antecipa.
Entrar no shabbat é entrar no tempo da eternidade, viver totalmente em Deus. Por isso o judeu celebra o shabbat esperando o “dia que será inteiramente shabbat”. Estas idéias são muito importantes porque explicam o porquê o domingo se tornou central no cristianismo. O dia que será inteiramente shabbat é o tempo da era messiânica. Se, para o cristão, Jesus é o messias, então já estamos na era messiânica, ou seja, entramos na eternidade, no 8º dia.

Jesus e o shabbat

Jesus entrava na sinagoga para celebrar o shabbat com seus irmãos judeus, para santifica-lo e guarda-lo. Ora, se Jesus queria guardar o shabbat é porque esse dia santificado era muito especial na tradição bíblica.
Ele entrava nas sinagogas primeiramente para proclamar a Palavra criadora e re-criadora.
É preciso ver qual foi a atitude de Jesus em relação ao Sábado, e a reação da primeira comunidade cristã. O pensamento de Jesus não é tão simples de ser analisado. Seria preciso fazê-lo com múltiplas nuances. Faremos aqui uma breve síntese na qual daremos os principais elementos. É certo que Jesus nunca ataca o princípio da Lei divina do Sábado. Se ele critica uma observância que consiste em obediência exterior pode-se dizer que, ao faze-lo ele segue o próprio sentido da Lei do Sábado. Jesus ao criticar uma exterioridade exclusiva reforça o ideal de autenticidade da celebração do Shabbat.
A atitude profunda de Jesus se expressa no que ele afirma: “O Shabbat foi feito para o homem e não o homem para o Shabbat. Portanto o Filho do Homem é senhor até mesmo do Shabbat” (Mc 2,27-28). Seria má interpretação do pensamento de Jesus ver nesta afirmação o desprezo da Lei e a intenção de aboli-la. Jesus conhecia a Escritura e a narração de Gn 2,3 – a interrupção hebdomadária do trabalho do homem, parada que dá um ritmo à sua vida e sublinha ao mesmo tempo seu verdadeiro destino: a adoração de seu Deus.
Quando Jesus realiza algo no Sábado, como o fazia em muitas situações, ele não inova e sua atitude tem precedentes no Judaísmo. Quando Matatias retoma o ataque em dia de Sábado (1Mac 2,39-41), não significa que ele despreza a lei do repouso, que vale tanto para o exército como para todos (1Mac 9,43-47; 2Mac 8,26-28; 12,38); mas ele tem pelo Sábado e pela Lei uma estima tão grande que julga correto seguir no sentido do seu espírito dando o passo para a preservação da nação indo além de uma observância literal dos preceitos. O próprio Evangelho assinala casos onde a observância do Sábado pode ser infringida. Jesus lembra que o repouso sabático está subordinado ao bem da humanidade e cita o profeta Oséias: “Eu quero misericórdia e não o sacrifício” (Mt 12,7; Os 6,6). Quando se trata do culto e dos ritos os próprios sacerdotes devem realizar muitas vezes trabalhos pesados (Mt 12,4-6) e neste dia se pode fazer a circuncisão (Jo 7,23). Enfim, existem alguns hábitos relatados no Evangelho como por exemplo conduzir as ovelhas ao bebedouro em dia de Sábado (Mt 12,9-12; Lc 13,12-16; 14,5).
Realmente Jesus respeita o Sábado, Ele mostra bom senso na apreciação “modalidades de aplicação” do repouso sabático. Há sérios motivos filantrópicos que modificam a aplicação da Lei, para ele, como para os judeus, trata-se mais, no Shabbat de bendizer o Senhor e de procurar a santificação desse dia.
Entretanto, é preciso ir além quando se examina as reações de Jesus. Aos motivos de alívio das misérias humanas para romper o Sábado, é preciso acrescentar a afirmação do seu poder messiânico. Nas suas obras há a promessa do Shabbat dos fins dos tempos “o Filho do Homem é Senhor do Shabbat” (Mc 2,27-28).

O shabbat é o Cristo

Precisamos reconhecer que a valorização do shabbat é uma perspectiva cristã que ajuda a compreender a imagem negativa que resalta de inúmeros textos polêmicos no Novo Testamento. Um leitura do NT, separada do contato com a tradição de Israel, pode nos levar a pensar que Jesus infringe a prática do Shabbat e proclama sua não validade (Mc 2,23-27). O evangelho de João bem demonstra que Jesus, em matéria de Shabbat, “faz-se igual a Deus” (Jo 5,18). As dificuldades provêm do fato de Jesus, em relação ao Shabbat, estar, por assim dizer, do lado de Deus; ele é Deus, igual a Deus e Senhor do Shabbat, que é comunicação ao mundo de uma vida divina desde a criação no descanso divino do sétimo dia. Ora, Jesus é a manifestação dessa comunicação, dessa presença divina ao mundo. Ele já é a realidade do mundo futuro, vivida em Israel, no Shabbat, e, na Igreja, na Eucaristia. É nesse fundo de continuidade que se ergue a questão do lugar do Shabbat na teologia, na oração, na vida da Igreja.

89429 visitas



5179 comentários

Postar um comentário

  • Eddie (Itabatan) - 30/08/2015

    Irmão Clodoaldo, rsrsrs... Deus lhe abençoe meu querido... - " Obedeça a Cristo e relaxe" ... otima investida... ;). Sem contendas irmão Antonio de Mello.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 30/08/2015

    Perdão irmão Clodoaldo, quando havia entrado na pagina seus apontamentos ainda não haviam sido postados... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 30/08/2015

    Gostaria de dar continuidade, porem tenho ocupações devido escala de turno... creio que desfrutamos de mesmo sentimento irmão ( apesar de me ver indiferente por não ser um sabatista), pois reconheço o pecado em mim, e o quanto sou grato a Ele pelo Dom da Salvação mesmo não sendo merecedor dela, e por mais que eu demonstre essa gratidão em todos os meus dias, pra mim é e será muito pouco pelo o que Ele tem feito por mim... Deus seja contigo e que Ele abunde em bênçãos nos sábados e em todos os seus santos dias...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 30/08/2015

    Acabei de ler seus argumentos irmão, lamento por sua indireta em está me julgando ser um incircunciso - só por não esta de acordo com o quarto mandamento (legalismo mosaico) do 1º pacto entre Deus e Israel. Mas me atrevo a te fazer uma simples pergunta nobre irmão, o que é licito, o que convém o Cristão, não digo o Judeu segundo a Lei, fazer no dia de Sábado? Qual é o seu ponto escriturístico quanto a isso?Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/08/2015

    4.1ª. João 3.22: “…e aquilo que pedimos, Dele recebemos, porque guardadmos os Seus MANDAMENTOS… “ 1ª. João 3.23: “Ora, o Seu MANDAMENTO É ESTE: que creiamos em o nome de Seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o Mandamentos que nos ordenou”. Quando Jesus nos ordenou este Mandamento? É simples, sr. Antônio, Está em João 14.34. “NOVO MANDAMENTO VOS DOU que VOS AMEIS UNS AOS OUTROS, ASSIM COMO EU VOS AMEI, que também VOS AMEIS UNS AOS OUTROS.” Sr. Antônio, obedeça a Cristo e relaxe….Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/08/2015

    3. Ainda SUPONDO que se trata do Decálogo, vive citando, João 14,21; 1ª. João 5.3: “Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos ora, os seus mandamentos não são penosos.” E 1ª. João 2.4: “Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é MENTIROSO, também SUPONDO que se trata da Lei dos Dez Mandamentos. Lamento, lhe ensinaram ERRADO. Que ver? É só continuar lendo a carta de 1ª. João 3.22 E 23. Está a resposta. Sr. Antônio…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/08/2015

    2.O Sr. Antônio de Mello, demonstra cabalmente que ainda não entendeu que quando o apóstolo João escreve sobre mandamentos no seu Evangelho, nas suas cartas e no livro de Apocalípse. ele se refere aos mandamentos dados por Deus através do Senhor Jesus Cristo. Não há, nenhum registro de que esses mandamentos citados pelo apóstolo João se referem ao Decálogo. Por isso vive citando os textos do apóstolo João, sempre SUPONDO que são do Decálogo, como aprendeu na Escola Sabatina….Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/08/2015

    1.O sr. Antonio de Mello, citou João 15.5 e 1ª. João 5.3. SUPONDO que se trata dos mandamentos da Lei do Sinai, os Dez Mandamentos para validar o 4º Mandamento do Sábado. Também já citou várias vezes João 14.15: “Se me amais guardareis os meus MANDAMENTOS.” O sr. Antõnio ESTA ENGANADO E CONFUNDINDO OS LEITORES DO BLOG. Vamos conferir? Mandamentos de quem? do Decálogo, NÃO, de CRISTO, vamos a prova: João 15.12 Jesus afirmando: “O meu MANDAMENTO é este: QUE VOS AMEIS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI!” Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo? 1 Samuel 17:26. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Davi olhou para o céu e pensou: Esse tá morto, só esqueceu de cair....""" Disse, pois, o filisteu a Davi: Sou eu algum cão, para tu vires a mim com paus? E o filisteu pelos seus deuses amaldiçoou a Davi. I Samuel 17.43..""""" Amaldiçoou a DAVI... O que é um incircunciso hoje ??? Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Diante do gigante golias, enquanto o povo olhava para o tamanho do Filisteu, Davi olhava para a circuncisão....O Senhor é longânimo, e grande em misericórdia, que perdoa a iniqüidade e a transgressão, que o culpado não tem por inocente, e visita a iniqüidade dos pais sobre os filhos até a terceira e quarta geração. Números 14:18Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Por isso, ainda que te laves com salitre, e amontoes sabão, a tua iniqüidade está gravada diante de mim, diz o Senhor DEUS. Jeremias 2:22.......... Quando eu vejo o que Cristo fez na MINHA VIDA PESSOAL, essa lista de mandamentos fica muito pequena. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Só obedece verdadeiramente a Deus aquele FILHO que realmente sente no fundo do seu ser aquele sentimento de gratidão...Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Romanos 5:8........A verdadeira obediencia sómente deve GERAR de um reconhecimento que brote de um coração agradecido pelo fato imaginável de DEVOLVER ESSA GRATIDÃO.... Não existe maquiagem que cubra os meus pecados....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados. 1 João 5:3.......Esse é o verdadeiro DESCANSO EM CRISTO......Tanto hoje aqui na terra como no porvir....Eu não GUARDO O SABADO PRA ME SALVAR.....Eu guardo o sábado porque JÁ FUI SALVO.......Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. João 15:5.........Obedeça a Cristo e Relaxa.... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    """pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar"""...Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Salmos 1:2...........Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados. 1 João 5:3....... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Sabe por que eu digo isso? Porque o sábado está registrado junto com mais NOVE preceitos. E essa divergencia de pensamento só acontece com o quarto mandamento. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Eddie, você pontua a mesma lapso dos demais oponentes sabatistas. Veja: """ Nós os que cremos na obra consumada por Cristo na cruz do calvário estamos isentos, livres da Lei, onde de um ponto de vista espiritual creio por fé desfrutando deste descanso, deste repouso""""..........Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Nenhum discipulo ou Apóstolos de Cristo tiveram duvidas sobre a santidade do SÁBADO. Isso é um fato. Pois a maioria deles eram Judeus....Quem tinham duvidas e tornava o evangelho um tanto quanto tumultuada a respeito dessa doutrina eram somente novos conversos que uma vez aparentemente resolvido o assunto, voltavam em suas ANTIGAS PRÁTICAS CULTURAIS. E esse é o caso do crentes da Galacia. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 29/08/2015

    Não. Não.Não. """"Outra vez, Paulo faz do sábado um assunto que não é para os cristãos do Novo Testamento.""""...............Eu quis dizer que GÁLATAS estavam se estribando no dia de descanso, o sábado para se salvarem, deixando de lado Jesus... Denunciar comentário ofensivo

  • VAF (Mauá) - 28/08/2015

    Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha; doutra sorte o mesmo remendo novo rompe o velho, e a rotura fica maior. E ninguém deita vinho novo em odres velhos; doutra sorte, o vinho novo rompe os odres e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; o vinho novo deve ser deitado em odres novos. E aconteceu que, passando ele num sábado pelas searas, os seus discípulos, caminhando, começaram a colher espigas. Marcos 2:21-23 Creio que alguns versículos do novo testamento já responde.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/08/2015

    O Sábado não fazia parte dos mandamentos que os apóstolos julgaram ser necessário reforçar aos crentes gentios. Pois se assim fosse, esta teria sido uma ocasião especial para se ensinar o Sábado. Já que como lemos alguns buscavam impor. Certamente o sétimo dia foi abençoado por Deus ao termino da sua criação, mais está longe de ser uma ordenança ou tão pouco um sinal entre a Igreja de Cristo e o nosso Pai. É o que creio... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/08/2015

    Pelo que, julgo eu, não devemos perturbar aqueles que, dentre os gentios, se convertem a Deus, mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, bem como das relações sexuais ilícitas, da carne de animais sufocados e do sangue. (Atos 15:19-20). Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/08/2015

    Voltamos a 1ª assembleia e vemos o que os Apóstolos disseram: Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar? Mas cremos que somos salvos pela graça do Senhor Jesus, do mesmo modo que eles também. (Atos 15:10-11) A Nação Gentilica – Nós...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/08/2015

    Não discordo até certo ponto da sua explanação concernente a Romanos 14 em paralelo a colossenses 2.16, pois o Cristão que faz caso daquelas coisas ali mencionadas dando mais importância a um do que a outra é um débil na fé. Tal comportamento é reprovado. E certos judeus estavam implicando demais sobre tais observâncias que para eles seriam necessários que aqueles gentis também o fizessem...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/08/2015

    O sábado assumiu um lugar de destaque para Israel, pois foi um sinal da aliança entre o Criador e aquela Nação. (Êxodo 31.13,17 e Ezequiel 20.12). Nós os que cremos na obra consumada por Cristo na cruz do calvário estamos isentos, livres da Lei, onde de um ponto de vista espiritual creio por fé desfrutando deste descanso, deste repouso, deste shabbat que é o Senhor (Hebreus 3 e 4). O sábado por sua vez, era uma sombra do descanso que nós os que cremos gozamos hoje em Cristo Jesus.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/08/2015

    Aquelas injunções, aquele legalismo Mosaico não foi aplicável a nós Gentis, como já fora dito, mas tão somente a Israel, o próprio Moises assim disse a seu povo: “E que “NAÇÃO” há tão grande, que tenha estatutos e juízos tão justos como toda esta “LEI” que hoje ponho perante vós? (Deuteronômio 4.8)... Será preciso responder quem é está grande nação? Creio eu que foi Israel irmão...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/08/2015

    Espero que agora com sua explanação facilite o nosso embate, por um certo momento pensei que não havia sido você quem explanou, pois dessa vez tu fostes flexível ao comentar... desculpe, achei estranho. De inicio o 8º comentário foi o que me chamou mais atenção, você deixa bem claro “que a guarda do sábado não é um assunto para os cristãos do novo testamento” (???) Bem, em frente a isso é o que estou tentando te explicar já faz um bom tempo irmão.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    O que Deus deixou bem claro foi que: "" o Sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Ex 20:10" ...Ninguém, absolutamente ninguém, vai mudar isso. Beleza?Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    Eddie, leia isso e releia, que você vai perceber que o principio da discussão de Romanos 4 não é O DIA DE GUARDA. .....Então a expressão " diferença de dias e dias", não se trata de DESCANSAR No Sábado, Domingo ou Quarta Feira ou até mesmo no dia em que cair sua folga semanal... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    Outra vez, Paulo faz do sábado um assunto que não é para os cristãos do Novo Testamento. Suas instruções têm algumas implicações fortes para aqueles que, no PASSADO, têm feito do sábado "uma verdade salvadora" e algo pelo qual julgamos a "lealdade" do outro.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    Percebeu? ...Paulo está fazendo outra vez a mesma afirmação de novo, através de uma linguagem muito mais delicada, que a santidade dos dias não é mais um assunto obrigatório para os cristãos. À medida que as pessoas estão convencidas completamente em suas mentes, ele não tem nada a dizer sobre isso. Mas isso não deve transformar-se em uma área de julgamento dos outros. Como nós vimos antes, o sábado nunca deve ser confundido com a salvação de uma pessoa.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    O Texto: “Há quem considere um dia mais sagrado que outro; há quem considere iguais todos os dias. Cada um deve estar inteiramente convicto em sua própria mente. Aquele que considera um dia como especial, para o Senhor assim o faz. Aquele que come carne, come para o Senhor, pois dá graças a Deus; e quem não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus.”Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    Aqui, o assunto é que a uniformidade cristã não é uma das exigências para a salvação, mas ele é muito mais delicado. Note os versos 5 a 6.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    É neste contexto que a santidade de certos DIAS entre outros, ou sobre outros, aparece outra vez.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    Mas alguns estão julgando a espiritualidade do outro, baseado nestes comportamentos. Paulo entra para mediar a disputa.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    Há alguns que estão altamente convencidos sobre o alimento que pode ter sido oferecido aos ídolos e outros estão dizendo que os ídolos não existem, dessa forma eles podem comer qualquer coisa...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 27/08/2015

    Romanos 14:5-6.... Aqui, Paulo faz uma abordagem mais leve, que "Colossenses 216-17 e Gálatas 4:10". Aqui os cristãos judeus e gentios estão vivendo lado a lado. Essa é a chave da questão. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 26/08/2015

    Guarde o sabado com alegria, e ajude os demais com uma mensagem mais significativa de se achegar ao Senhor, auxiliando -os a importancia de reservar um dia que seja para o Criador, com o intuito de engrandece-lo, agrade-lo, se santificar-se e brilhar cada vez mais e mais para Ele... é o que creio irmão...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 26/08/2015

    Não ignoro seus escritos leio-os e relei-os para compreende-lo, o chato as vezes por eu não ser concordante com seu ponto de vista em relação a ordenança do sábado para o cristão é suportar suas meninices, seus sarcarmos... somos cristãos e como fora dito pelo Apostolo para evitar contendas uns faz caso do dia mais e outros julgam iguais todos os dias, cada um esteja seguro em sua própria mente... Então irmão fica em paz, fica na Paz de Deus, essa Paz que excede todo entendimento, guarde seu coração e o seu pensam... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 26/08/2015

    Como havia dito, queres guarda este dia por ter sido abençoado por Deus no seu repouso que o faça, mas em Cristo na Nova Aliança que é o meu sábado, é o meu descanso - estou livre de tais obras da Lei – onde vejo uma pratica significativa para aquele quem o faz, reservando um dia independente do sétimo dia para o Senhor ( Romanos 14.4,5)...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 26/08/2015

    Oras irmão Antônio de Mello, como já foi postado lemos que o apostolo Paulo tivera problemas com “judeus” provenientes do farisaísmo que mesmo pregando a salvação por Cristo ainda se viam a necessidade de executar as obras da Lei impondo estas aos gentis. E o próprio Apostolo aponta sobre tais ordenanças ( circuncisão, sábado etc...) na epistola aos gálatas não estando de acordo com a vontade divina. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 26/08/2015

    Graça e Paz irmão Antônio de Mello... creio que o irmão Clodoaldo quis dizer o mesmo que eu havia lhe dito em uma das postagens abaixo. Que o “sétimo dia” só passou a vigorar como uma “ordenança divina”, ou seja mandamento, no deserto, no Monte Sinai, na Lei dada por Deus a Moises... Lendo a passagem de Ezequiel 20.12,20 conferimos segundo o profeta que este era um sinal entre o Criador e a Nação de Israel e não a Igreja de Cristo...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 26/08/2015

    Eddie, eu tenho que ser cômico mesmo. As vezes eu brinco por isso que acabei de ler abaixo. Veja o que o Sr Clodoaldo postou! Isso deve ser brincadeira dele. Ou é coisa de criança. ........"""OBSERVA-SE NESTE TEXTO, QUE “O DIA SÉTIMO” NÃO EXISTIA ANTES DO TERMINO DA CRIAÇÃO. Se o sábado existia desde o Éden, então porque Deus diz que ele foi dado no deserto? -"""".......Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 26/08/2015

    Em nenhum momento em Gálatas. Nem nesse texto de Gálatas, e em nenhum outro texto de Paulo eu encontro que a LEI foi abolida ou deixou de estar e evidencia. Isso não existe nem mesmo nas proprias palavra de Jesus.... Se isso acontecesse eu hoje teria que apagar da minha biblia aquele texto que diz: O Sábado foi feito por causa do HOMEM.....E muitos outros textos.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 26/08/2015

    Por isso ele chama os gálatas de Insensato. Lógico, se eles crerem em Cristo Cruscificado, por que ELES ESTAVAM DEPOSITANDO sua salvação nas obras da LEI????....Por isso, é que Paulo usa a expressão RUDIMENTOS DA LEI.....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 26/08/2015

    O problema que Paulo tenta resolver em sua Carta ao Gálatas é que a igreja estava voltando a depositar sua salvação somente pela LEI, como era o costume dos Farizeus. Veja esse texto: """"Ó insensatos gálatas! quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi evidenciado, crucificado, entre vós? Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé? Gálatas 3:1,2"""""Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 26/08/2015

    Oi Eddie, bom dia meu querido. Não precisa ignorar os escritos de Paulo, como você disse. Eu não ignoro os escritos de nenhum texto da Biblia. O que você precisa é entender por exemplo o texto que vc mencionou: OS RUDIMENTOS DA LEI em Gálatas 4. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 26/08/2015

    Tambem reitero as palavras do Irmão Clodoaldo de Cornélio Procópio (PR) que fez otimas observações. O que nos diz irmão Antonio de Mello?Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/08/2015

    Será que devo ignorar, esnobar, excluir os conselhos do Apostolo Paulo simplesmente por ele não pregar ou ser a favor daquilo ao qual vocês sabatistas tanto aprovam como pratica de uma vida cristã – o sábado -??? O que me diz? Sem criancices dessa vez...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/08/2015

    Deixo claro que não condeno quem o faz (Deus me livre), porque tendo respaldo nas escrituras neotestamentarias sobre a liberdade de guardar um dia para o Senhor independente do Setimo dia pois: Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar. Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. (Romanos 14.4,5)... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/08/2015

    E apesar de sua relutância sobre tal mandamento, prefiro me ater aos conselhos do Apostolo Paulo ao qual foi dada a Igreja de Cristo por intermédio do Espirito Santo de Deus, do que pelo contrario seguir o comportamento farisaico judaizante daqueles dias que forçavam os cristãos a guarda deste dia, a circuncisão e entre outras obras da Lei... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/08/2015

    Tendo, o Senhor, abençoado o dia sétimo, não deu mandamento algum ou ordem para que o mesmo fosse guardado, isso somente foi ordenado em Moisés.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/08/2015

    kkkkkk oh! Antônio de Mello, a senhora Ellen White que havia publicado (pg. 52) esse texto ao qual destacou utilizando-se de meias verdades escriturística afim de forçar, impor a observância sobre a guarda deste dia, onde nas escrituras neotestamentarias não vemos nenhuma imposição, injunção quanto a isto, afinal, sobre os rudimentos da Lei o próprio Apostolo depois de tanto explicar esperava que seu esforço não fosse em vão (Gálatas 4.9-11). Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/08/2015

    2.Se o Sábado fosse tão importante, por que então NÃO HÁ um mandamento sequer para guardar o Sábado desde Adão até Moisés? - Se o sábado fosse parte de uma Lei moral, poderia uma Lei Cerimonial quebrantá-lo, como era o caso da Circuncisão? (Jo.7. 22,23). Se o sábado não era somente para o judeu, então porque Deus diz que era um SINAL entre Deus e Israel somente. (Ez.20.12,20). Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/08/2015

    1.Gn. 2.2-3: “ E havendo Deus terminado no dia sétimo a Sua Obra que fizera, descansou nesse dia de toda a Sua Obra que tinha feito. E abençoou Deus o dia Sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a Obra que, que tinha feito. OBSERVA-SE NESTE TEXTO, QUE “O DIA SÉTIMO” NÃO EXISTIA ANTES DO TERMINO DA CRIAÇÃO. Se o sábado existia desde o Éden, então porque Deus diz que ele foi dado no deserto? --Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (LONDRINA ) - 25/08/2015

    Engano seu meu querido Eddi. Não foram os adventistas e nem muito menos a Senhora White quem disse que Lucifer foi expulso do céu por TRANSGREDIR AS LEIS DE DEUS, Foi propria Biblia! Não foram os Adventistas e nem muito menos a senhora White quem disse que Adão e Eva foram expulsos do Jardim do Edem por transgredirem as LEIS de Deus, Foi a Plavra de Deus. Aliás no Genesis ainda não Havia Paulo e nem muito menos JUDEUS.... Portando desde o inicio da Biblia percebemos a reverencia do Criador, Jesus por su... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/08/2015

    Não a nada nos escritos neotestamentarios que imponha a guarda de dias aos cristãos, pelo contrario, há uma tremenda advertência sobre tal pratica como já lemos. Em outra ocasião o Apostolo assim disse: Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos debates ACERCA da "LEI"; porque são coisas INÚTEIS e VÃS. Tito 3:9 ... obviamente nossa fé cristã...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/08/2015

    Apostolo Paulo repudiou tal comportamento: Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos “FRACOS e POBRES”, aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos. Receio de vós, que não haja trabalhado em vão para convosco. (Gálatas 4.9-11)Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/08/2015

    Graça e Paz. E segue mais um texto dos escritos de Ellen White pelo nobre Antônio de Mello... – Como havia dito antes, certo comportamento é semelhante aos dos Judeus do farisaísmo que mesmo estes crendo na obra expiatória do Filho de Deus, ainda procuravam impor a Lei aos Gentis daqueles dias (Atos 15). Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 24/08/2015

    Nenhum transgressor dos mandamentos pode ter permissão para entrar no Céu; pois aquele que era outrora um puro e exaltado querubim cobridor foi expulso de lá por rebelar-se contra o governo de Deus. Fé e obras. Pg. 52 Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 14/08/2015

    Hummm! Se me lembro bem, essa noticia ocorreu no ano passado, mas fazer o que? Infelizmente, sempre haverá diversas formas interpretativas das escrituras. Creio que aí esta o motivo para tantas divisões e certamente as Heresias... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 13/08/2015

    O Papa Francisco afirmou nesta segunda-feira (27), durante discurso na Pontifícia Academia de Ciências, que a Teoria da Evolução e o Big Bang são reais e criticou a interpretação das pessoas que leem o Gênesis, livro da Bíblia, achando que Deus "tenha agido como um mago, com uma varinha mágica capaz de criar todas as coisas"... Deus é criacionista mas o papa Francisco é evolucionista. Ele detonou o genesis. ....Quem vai nos defender? KkkDenunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    É isso que estou tentando lhe explicar, é esta a sua real relação . A sim perdoe-me, Finéias era filho de Eleazar, neto do sacerdote Arão. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Irmão Antônio de Mello, o Pentateuco nos aponta sobre a perpetuidade de certas praticas ordenadas pelo Criador aos Filhos, a Descendência, a Nação de Israel, ou seja, a Casa de Jacó. Mas mesmo sendo elas dadas como uma ordem perpetua: O Sacerdócio Levítico, a Circuncisão, a Guarda do Sábado e entre outras obras da Lei ao qual vemos como “PARA SEMPRE”, teve seu fim na Nova Aliança em Cristo Jesus... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (LONDRINA ) - 13/08/2015

    Finéias filho de Arão? Seria Eli? O que tem a ver isso com o Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (LONDRINA ) - 13/08/2015

    A circuncisão está no decálogo? Qual a relação que existe entre o dia de guarda com a circuncisão?Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Apostolo Paulo por sua ver asseverou ter dito que anunciou TODO O CONSELHO DE DEUS (Atos 20.25, 26, 27), e nas suas cartas Antonio de Mello não o vemos ele esclarecendo ou impondo aos cristãos a guarda deste dia ao qual reluta. Seu posicionamento quanto a isso é semelhante aos judeus do farizaismo, que mesmo crendo na Salvação em Cristo Jesus se vê obrigado a guardar a Lei e a impor. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    E não é possivel Antonio de Mello, se tal ordenança é de suma importancia para nossas vidas cristãs, os proprios apostolos não poupariam palavras deixando passar tal ensino desapercebido a Igreja de Cristo, exortando-a sobre sua veracidade e observancia. Olha que na 1ª Assemblia em Jerusalem (Atos 15.24) o Presbiterio Apostolico foi unanime em dizer que não havia dado mandamentos a nós gentis convertidos, coisa que alguns judeus do farizaismo estavam a algum tempo impondo a Lei aos gentis.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Sendo Finéias filho de Arão, será que até hoje o Sacerdócio Levítico está em vigor? As Escrituras Neotestamentarias diz que teve fim... Vejamos este: Sejam nascidos em sua casa, sejam comprados, terão que ser CIRCUNCIDADOS. Minha aliança, marcada no corpo de vocês, será uma aliança PERPÉTUA. Genesis 17.13 – e olha que os judeus consideram a circuncisão, que é anterior a Lei, mais importante que o sábado... Fica estes aqui tambem: Êxodo 25.30, 12:17...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Em relação ao Êxodo 31.17 por tratar da sua perpetuidade a casa de Jacó ou os filhos de Israel (depende da versão bíblica), isso não quer dizer que também é para a Igreja de Cristo, por que se assim fosse então deveria guardar estás também por serem para sempre: *Unja-os como você ungiu o pai deles, para que me sirvam como sacerdotes. A unção deles será para um sacerdócio PERPÉTUO, geração após geração". Exodo 40.15 *Dele e dos seus descendentes será a aliança do sacerdócio PERPÉTUO, porque ele foi zeloso pelo ... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    A Congregação de Jacó, Assembleia de Jacó são termos utilizados nas traduções bíblicas referindo-se as 12 tribos de Israel a sua descendencia, ao qual era antes chamado de Jacó como sabemos, não sendo está a Igreja de Cristo. Congregação nesse sentido quer dizer também o ajuntamento das 12 Tribos ao qual foi destinado a Lei.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Visto que o Messias estava na Graça logo estava isento da Lei, assim como nós os que cremos. Pois a Lei não foi feita para os justos, mas para os pecadores, porque o justo, seja Cristo ou sejamos nós os que cremos, vivemos é por fé e não por obras.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Quando o Messias deu inicio ao seu ministério, ele e os seus discípulos deixaram de cumprir alguns rudimentos da Lei de Moisés, e continuamente transgredia a violando o sábado o qual a Lei punia com a morte, tocando nos mortos e nos leprosos quando a Lei o proibia e expulsava tais pessoas, também ensinando como um sacerdote quando pela Lei isso era punido com a morte, visto que os sacerdotes eram da tribo de Levi e ele era da tribo de Judá e perdoava pecados quando pela Lei isso só era possível pelo sacerdócio Leví... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Não existe diferença entre o velho e o novo? É fato que a uma clara tipificação em relação aos sacrifícios destes seres inocentes ao de Cristo na cruz do Calvário, mas puxa Antônio de Mello, da maneira como expressou deu a entender que o sacrifício do Filho de Deus foi como um outro qualquer... não vou nem comentar sobre isso...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Ou seja meu querido, se o homem passa a ter plena consciência através da Lei o que é pecado que odestina a condenação, então atenho a Graça que está em Cristo Jesus obtendo a Salvação eterna, que foi prometida desde antes da fundação do mundo e relembrada por todos os profetas.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 13/08/2015

    Lamento por ter se “ofendido” com o meu comentário Antônio de Mello, mas como havia dito - a Lei serve apenas para mostrar que o homem é PECADOR, aonde o mesmo é INCAPAZ, ou seja, não tem poder para SALVAR-SE. (Rom 7.7,8) Melhor assim?. E mesmo que eu tente me justificar perante as obras da Lei, assim como por um certo período fizeram os insensatos gálatas, ninguém por ter as praticado será justificado diante de Deus... (Rom 3.20) uma mera ignorância querer insistir em receber a justificação por tais obras...Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 12/08/2015

    4.Deus seria injusto se condenasse alguém cuja pena Jesus já pagou. E o cristão não precisa obedecer para ganhar bênçãos, pois ele já foi abençoado por todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo Jesus (Ef 1). O verdadeiro estímulo de uma pessoa realmente convertida é gratidão, o constrangimento de obedecer a Deus não para evitar o castigo ou ganhar o prêmio, mas pelo que Ele é e pelo que Ele fez. Guardadores do Sábado, PENSEM NISSO… Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 12/08/2015

    3.Para o israelita, o estímulo para cumprir a Lei estava em evitar a pena, por um lado, e receber a bênção, por outro. Nos dois casos o estímulo apela para o EGOISMO HUMANO: seguir a Deus para não ser condenado ou para ser abençoado. Porém não é isso o que move o CRISTÃO a fazer a vontade do Pai, mas sim a GRATIDÃO DE TER SIDO SALVO , Ele não precisa temer a condenação, pois ela já foi resolvida por Jesus na cruz. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 12/08/2015

    2.A justiça de Deus não está na lei de Jeová, pois lemos na carta aos romanos: “Que diremos pois? Que os gentios, que não buscavam a justiça, alcançaram a justiça? Sim, mas a justiça que é pela fé.(Rm. 3.21,22). Mas Israel, que buscava a lei da justiça, não chegou a lei da justiça. Por que? Porque não foi pela fé, ma como que pelas obras da lei; tropeçaram na pedra de tropeço” (Rm. 9:30-32).Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 12/08/2015

    1.No adventismo não é a lei de Cristo (1ª.Co.9.20-21). que serve de padrão para orientar e guiar o crente, mas a obediência aos Dez Mandamentos e a guarda do sábado para se obter a vida eterna(E.G.W). Mas guardar o Sábado para o CRISTÃO é incorrer em um grave pecado chamado “Adultério Espíritual” (Rm. 7.,1-4); Ficar debaixo de Maldição (Gl. 3.10) – porque a Lei não procede da fé – Desligar-se de Cristo e cair da Maravilhosa Graça (Gl. 5.4). É O QUE ESTÁ ESCRITO – FAVOR CONFERIR. PENSEM NISSO, GUARDADORES DO SÁ... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 12/08/2015

    Resumindo: Em Romanos 3 fala que a lei não está em evidência em nossos dias? O mesmo papel que a lei teve antes da Cruz ela tem em nossos dias! O mesmo papel que a Graça de Cristo teve antes da Cruz ela continua tendo em nossos dias!... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 12/08/2015

    No verso 21 Paulo precisa deixar no coração dos Romanos uma mensagem de esperança. ....."""Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, Romanos 3:21.....""" Manifestou uma nova Justiça independente da lei, que é a fé em Cristo...Com a fé, Cristo pode devolver ao ser humano a posição de Justo...""" Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Romanos 3:24""""......Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 12/08/2015

    O capitulo 3 de romanos faz um paralelo entre os que estão DEBAIXO DA LEI e os que estão DEBAIXO DO PECADO...Aqui Paulo usa esses dois termos. ... Porque?.. Ele faz uma alusão como se o ser humano tivesse obedecido a LEI DESDE O INICIO...Se o ser humano tivesse obedecido a lei desde o inicio teria EVITADO o pecado a culpa, evitado ser exposto à condenação da lei...A lei seria util então para evitar o mal...(se comer da arvore do conhecimento do bem e do mal).....Veja o Verso 19: """Ora, nós sabemos que tudo o que... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 12/08/2015

    ...."""Essa por sua vez tinha como papel a CONDENAÇÃO, mostrando ao homem seu caracter incapaz de pecador em atingir os padrões divinos. (Rom 3.19,20 - Deu 31.26).Denunciar comentário ofensivo"""".......Mesmo antes da cruz, cada cordeirinho imolado no santuário de moisés, apontava para Cristo. Cada pecador depositava sua confiança no sangue que havia de ser derramado....Assim eu posso até afirmar que aquele povo tinha mais fé que nós temos hoje...Não existe diferença entre o Novo e o Velho testamento...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 12/08/2015

    """Deus assim disse que o sábado fosse guardado pela CONGREGAÇÃO de JACÓ (Salmos 78.5), e não pela IGREJA de CRISTO"""" Eu pensava que a "congregação de Jacó", fosse a Igreja de Cristo! .... Até por que no texto que você mencionou, exodo 31 fala que Isso será um sinal perpétuo Êxodo 31:17....Perpétuo em minha forma de entender era algo para sempre.... "Pegue a vara, e com o seu irmão Arão reúna a comunidade e diante desta fale àquela rocha, e ela verterá água. Num.20:8...... e beberam da mesma bebida espiritua... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 12/08/2015

    Depois continuemos, tenho que sair devido as minhas ocupações, mais ao meu irmão de fé adventista digo: Cresça nessa Graça que está em Cristo Jesus... e que Ele seja contigo...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 12/08/2015

    Tratando-se do vêu como comentou, também espero que este também um dia venha cair da face dos judeus e demais simpatizantes de algumas de suas praticas (sábado, lava-pés, nazireado, dízimos etc...), pois como diz em 2 Cor.: 3.14 ...os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido; E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 12/08/2015

    No Novo Testamento apenas nove dos dez mandamentos são apresentados como preceitos a serem imitados, e não como Lei, ou seja, não há uma pena de morte para o seu descumprimento como era no CASO da Lei de Moisés - era morte certa descumpri-la . Na Doutrina Apostólica o cristão nunca é ensinado a guardar o sábado e tão pouco qualquer outro dia da semana como alguns também torcem em querer impor a guarda do domingo. Isso não quer dizer que não ignoramos o conteúdo do Velho Testamento, pois como nos mostra a Palavra: T... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 12/08/2015

    Somos confirmados perante Deus, segundo o evangelho pregado pelo Apostolo Paulo e que foi pregado por Jesus Cristo, à obediência da fé e não da lei: *Ora, aquele que é poderoso para vos confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério que desde tempos eternos esteve oculto, mas que se manifestou agora, e se notificou pelas Escrituras dos profetas, segundo o mandamento do Deus eterno, a todas as nações para obediência da fé. (Rom 16.25,26).Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 12/08/2015

    Deus assim disse que o sábado fosse guardado pela CONGREGAÇÃO de JACÓ (Salmos 78.5), e não pela IGREJA de CRISTO, esta foi um sinal entre DEUS e a NAÇÃO de ISRAEL, e não entre Deus e aos gentis convertidos em Cristo: Guardarão, pois, o sábado os filhos de Israel, celebrando-o nas suas gerações por aliança perpétua. Entre mim e os FILHOS de “ISRAEL” será um SINAL para SEMPRE; porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, e ao sétimo dia descansou, e restaurou-se.(Êxodo 31.16, 17).Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 12/08/2015

    Já faz longos meses que nos vemos debatendo sobre este tema – uns menos e outros mais presentes que outros nesta sala – não quero desrespeitar o fato de vocês adventistas e demais sabatistas guardarem esse dia. Mas as evidencias que sempre você pontua é relativa a 1ª Aliança. Essa por sua vez tinha como papel a CONDENAÇÃO, mostrando ao homem seu caracter incapaz de pecador em atingir os padrões divinos. (Rom 3.19,20 - Deu 31.26).Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 12/08/2015

    Grato pelo conselho Antônio de Mello, digo lhe que também oro todos os dias para que o Senhor venha sempre abrir-me o entendimento para compreender melhor a tua Palavra. Afinal de contas, o conteúdo da Bíblia é muito rico e chega a ser complexo pois não se trata de um conteúdo qualquer mais sim sagrado, difícil o homem saber tudo sobre ela – mais analisando-a de maneira circunspecta clamando ao Senhor a guia e o esclarecimento dela é sábio e satisfatório para todos nós cristãos que creem e Nele esperam a sua volta.... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/08/2015

    De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem. Eclesiastes. 12:13. Seus Mandamentos. Tem mais de um! Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 11/08/2015

    Eddie, sem ironia agora. Sério mesmo. Com todo o respeito que você tem com a sagrada Palavra de Deus e com todo respeito que você tem com Sagrado autor da mesma. Te aconselho de coração, para que seja retirado o véu que está diante de seus olhos e entenda realmente o que quer dizer, a expressão: ""Debaixo da Maldição da Lei. """" Faça o sesguinte: Entre no teu quarto, feche a porta, ore em secreto que em secreto teu pai te recompensará... Vai lá.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/08/2015

    1.Sr. Antônio de Mello, não é aconselhável tratar os temas divinos sem o devido respeito. Sugiro que comente seus sarcásmos com seus irmãos adventistas, Parece que senhor entende que os Dez Mandamentos, que para a IASD é a Lei Moral de Deus, é DEPENDENTE da Lei Cerimonial que está colocada do lado de fora da Arca. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 10/08/2015

    Lembrando o Salmo 78.5 como apontei abaixo, somente foi dada uma Lei ao povo naqueles dias e não duas ou três como afirmam...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 10/08/2015

    Afinal de contas como o próprio Apostolo escreveu aos Gálatas 3.10: Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da MALDIÇÃO; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em TODAS as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las. E é EVIDENTE que pela LEI ninguém SERÁ JUSTIFICADO diante de Deus, porque o justo viverá pela fé. Gálatas 3:10,11.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 10/08/2015

    Enfim ao irmão de fé adventista, sirva a Deus com essa alegria e reserve assim como queira e fazia os da 1ª Aliança. Porem vai-te um conselho: não imponha ao teu próximo a observância desta ordenança, assim como fazia os judeus que haviam crido em Cristo como trata na 1ª assembleia em Jerusalém, onde além do Evangelho aos gentis, estes empregavam que também guardassem a Lei. (Atos 15).Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 10/08/2015

    Nossa! Até propaganda politica o Antônio de Mello esta fazendo, anunciando o “V” de vitória e o seu nº da chapa o 40, espertinho... kkkk... somente para descontrair. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 10/08/2015

    Desses dois dependem toda a lei e os profetas. V 40.kk Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 07/08/2015

    4. O SENHOR JESUS ensinou: (cf. Mt. 22.37-39) que os “dois maiores mandamentos são amar a Deus e amar ao próximo. Ambos fazem parte do livro da Lei colocado ao lado da Arca (Dt. 31.26). Esses dois mandamentos acham-se em Deuteronômio 6.5 e Levítico 19.18. O Livro da Lei continha os cinco primeiros livros da Bíblia, o Pentateuco, e não apenas o Decálogo. Admitimos que os Adventistas estivessem certos em sua interpretação, estariam desobrigados de amar a Deus sobre todas as cousas e de amar ao próximo como a si ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 07/08/2015

    3. A “BÍBLIA” diz: Há uma só Lei, sem distinção (1 Cr. 16.40; 2 Cr. 31.3; Lc. 2.22,23; Hb.10.28: comp. Dt. 17.2-6) . Sr. Antônio, o apostolo Marcos em 7.10 afirma que a LEI DE MOISÉS É A LEI MORAL. Compare com Êxodo 20.12: “Honra a teu pai e a tua mãe… ; O apóstolo João diz em 7.19: Não vos “DEU” Moisés a Lei?... Por que procurais matar-me… compare com Êxodo 20.13: “ Não matarás’. VIU SÓ, senhor Antônio como a Lei de Moisés é também a LEI MORAL DE DEUS!! Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 07/08/2015

    2. Basta ler Neemias 8. 1,2,3, 8,14, e 9.3 onde a MESMA LEI é chamada “LEI DE DEUS” , “LEI DE MOISÉS” e “LEI DO SENHOR”. ESTA LEI É UMA SÓ, mas contém 613 MANDAMENTOS e não apenas Dez como lhe ensinaram. Para distinguir com maior clareza o “ERRO DOS ADVENTISTAS” atente aos seguintes CONTRASTES: Os” ADVENTISTAS “ dizem: - “ A Lei Moral são os Dez Mandamentos.”. – Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 07/08/2015

    1. Sr. Antônio de Mello, como sempre, não vai contestar, mas quem mistura as Leis citadas na Bíblia é a sua Igreja que ensina: “A Lei Moral, os Dez Mandamentos, chamadas LEI DE DEUS… O mesmo não se dá com a lei cerimonial, “frequentemente” chamada de Lei de Moisés (Folheto: “Leis em Contraste. pp. 2 e 3). Ocorre que o Sr, Antônio de Mello, ainda não CONSEGUIU ENTENDER que as expressões “Lei de Deus” e “Lei de Moisés”, “SÃO SINÔNIMAS” e não se referem a “leis distintas”, como afirma a liderança Adventista.... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 06/08/2015

    Graça e Paz... Antônio de Mello, também posso te dizer que não existe essa de Lei Moral e Cerimonial nas escrituras, assim como busca definir alguns do ramo da teologia. A própria Palavra nos da a entender que foi somente uma Lei dada por Deus a Moisés no Monte Sinai - SOMENTE UMA. Vejamos: *Porque ele estabeleceu um testemunho em Jacó, E instituiu uma LEI em Israel, As quais coisas mandou a nossos pais Que as fizessem conhecer a seus filhos (Salmos 78.5)... O que me diz?Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 06/08/2015

    O problema do gasparin, do clodoaldo e muitos outros criticos desse tema tão tanquilo que é o respeito pelo sétimo dia, é que eles misturam todas as leis da Biblia em um unico PACOTE...Lei Moral é uma coisa. Lei cerimonial é outra... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 06/08/2015

    O Gasparim acabou de soltar um monte de asneiras em seu ultimo comentario a respeito da CIRCUNCISÃO e cia.... Oxente, a circuncisão está no decálogo?... Caso positivo, eu teria sim que ser circuncidado depois da Cruz. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 06/08/2015

    É isso mesmo Marcos de GUARAPARI... A questão do sábado não existe controvérsia. Tem gente que gosta de tumultuar um pouco o caminho que conduz a vida eterna... Quem não ajunta espalha, foi o que Cristo disse.. Quem não é por Mim é contra Mim.. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/08/2015

    6.Nestes dias, a nossa atenção dever se focada sobre uma Pessoa – JESUS CRISTO. Vamos tirar os nossos olhos de todas as outras coisas e somente olharmos para Cristo, o Autor e Consumador da nossa FÉ. Não pensemos que temos que conhecer tudo sobre Ele agora, o que sabemos dEle hoje é apenas o começo. Isso deveria mexer com os nossos corações, de maneira tal que, enquanto termos fôlego, deveríamos procurar conhecê-LO de uma forma mais profunda. Quão inesgotável é o nosso Senhor Jesus! - A Vida do Senhor Jesus. S... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/08/2015

    5.Nossa “atenção” parece ser desviada para os ensinamentos e doutrinas estranhas, em vez de estar focada em Cristo, Sua Pessoa. Algumas vezes ele, o “inimigo” vai tentar desviar a nossa atenção para certas pessoas pelas quais podemos ser atraídos. Bem, essas pessoas podem se gigantes espirituais ou pessoa grandemente usadas pelo Senhor, mas o “inimigo” tenta nos ligar a elas, tentando, dessa forma, nos DESLIGAR DE CRISTO. Esse é o plano do “inimigo”, e quão facilmente somos atraídos.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/08/2015

    4.O plano do “inimigo” é tirar nossa atenção de Cristo, ocupando-nos com muitas outros coisas. Algumas vezes, o “inimigo” tenta desviar nossa atenção de Cristo, ocumpando-nos com diversos ensinamentos e doutrinas estranhas.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/08/2015

    3.Portanto, é essencial que cada um de nós O conheça realmente – não apenas conhecê-LO em nossa mente, mas sim experimentalmente. Essa era a paixão do apóstolo PAULO em Filipenses 3.10-11. O cerne do Cristianismo não é encontrado nos “ensinamentos” ou em “doutrinas” ou em outras coisas, mas é todo CENTRADO sobre uma PESSOA, o NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/08/2015

    2.Aquele em quem cremos é o Senhor Jesus. O Evangelho que cremos recebido não é outro senão o Filho de Deus, Jesus Cristo nosso Senhor. A NOSSA FÉ NÃO É BASEADA EM “ENSINAMENTOS” ou “DOUTRINAS”, ou forma ou sistemas ou rituais ou cerimoniais. A NOSSA FÉ é e tem por base uma PESSOA, O CRISTO VIVO. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/08/2015

    1.Estamos vivendo em direção ao final desta era, e ela está chegando muito rápido a seu fim e, no nosso tempo, há muitos tipos de “ensinamentos” e ‘doutrinas” estranhas que levam as pessoas de um lado para o outro. Como vamos nos posicionar contra todos esses “ensinamentos” e “doutrinas” estranhas que estão ano nosso redor se não estivermos enraizados e fundamentados em CRISTO???Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/07/2015

    Olá Mauro (Lavras) Recebi seu e-mail hoje, vou estudá-lo e a seguir lhe enviarei meu parecer. Obrigado. na graça e paz do Senhor. Clodoaldo...Denunciar comentário ofensivo

  • mauro (Lavras) - 25/07/2015

    Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) Realmente deu problema no gerenciador de email. vou enviar diretamente deste: [email protected]Denunciar comentário ofensivo

  • mauro (Lavras) - 25/07/2015

    Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) Queira verificar se o BOL não mandou para a lixeira, pois não houve erro de envio, nem houve retorno, ok?Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/07/2015

    Olá senhor Mauro (Lavras). Ainda não recebi seu e-mail. Meu e-mail: [email protected] Denunciar comentário ofensivo

  • Gasparin (SBC) - 23/07/2015

    Este tema é uma “DÚVIDA CRUEL”. (Mas só para quem não entendeu o Cristo) – Jesus é claro: “Não foi o homem feito para o sábado e sim o sábado para o Homem” / Jesus fazia questão de trabalhar aos sábados e era cobrado pelos Fariseus por isto. – E ele nunca perdia a oportunidade de ensinar o certo. (Aos que seguem o velho testamento, deveriam também: Adorar o bezerro de ouro / Praticar a Circuncisão / Praticar a lei do Levirato / Manter a mulher em quarentena depois do parto / Apedrejar / Sacrificar animais/ e mu... Denunciar comentário ofensivo

  • Gasparin (SBC) - 23/07/2015

    Este tema é uma “DÚVIDA CRUEL”. (Mas só para quem não entendeu o Cristo) – Jesus é claro: “Não foi o homem feito para o sábado e sim o sábado para o Homem” / Jesus fazia questão de trabalhar aos sábados e era cobrado pelos Fariseus por isto. – E ele nunca perdia a oportunidade de ensinar o certo. (Aos que seguem o velho testamento, deveriam também: Adorar o bezerro de ouro / Praticar a Circuncisão / Praticar a lei do Levirato / Manter a mulher em quarentena depois do parto / Apedrejar / Sacrificar animais/ e mu... Denunciar comentário ofensivo

  • Marcos Paulo Leitzke (Guarapari) - 22/07/2015

    A questão do sábado é muito simples! Entretanto, não entendo bem o motivo de tantos não guardarem esse dia sagrado! A bíblia é clara! "Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que ... Denunciar comentário ofensivo

  • mauro (Lavras) - 18/07/2015

    Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) Tive uns problemas em meu pc, mas já estou lhe enviando os dados.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/07/2015

    2.A importância da arca não estava no que ela era materialmente falando, mas no que significava. A arca representava a aliança ou concerto de Deus com o seu povo de Israel (além de ela ter outros significados, como as particularidades que apontam para Cristo). Como Israel foi rejeitado "em parte" (Romanos 11:25), a arca nunca mais foi vista na terra. Mas ela é vista no céu em Apocalipse 11:19 mostrando que Deus ainda se lembra do concerto que fez com seu povo, o qual voltará a ser restaurado no futuro.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/07/2015

    1.A arca era uma figura de Cristo em sua manifestação em perfeita justiça (ouro) revestindo a madeira (humanidade, pois a madeira cresce a partir da terra). A tampa ou propiciatório representava o trono de Jeová na terra. Dentro da arca havia as duas pedras da Lei, que representavam a justiça que Deus exigia do homem, um pote de ouro contendo o maná, e a vara de Aarão que floresceu. O conjunto todo também apontava para Cristo, Deus e Homem, o único que podia cumprir toda a justiça de Deus, além de significar sua gr... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina, PR) - 16/07/2015

    ..........E abriu-se no céu o templo de Deus, e a arca da sua aliança foi vista no seu templo; e houve relâmpagos, e vozes, e trovões, e terremotos e grande saraiva. Apocalipse 11:19...........João viu a ARCA DA ALIANÇA no Santuário Celestial??? ...O que sera que havia dentro da arca da aliança no santuário Terrestre???..""""Que tinha o incensário de ouro, e a arca da aliança, coberta de ouro toda em redor; em que estava um vaso de ouro, que continha o maná, e a vara de Arão, que tinha florescido, e as tábuas da a... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/07/2015

    Prezado senhor Mauro (Lavras), sem problemas eis o meu e-mail: [email protected] Abraços na graça e paz do Senhor…Denunciar comentário ofensivo

  • mauro (Lavras) - 10/07/2015

    Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - Olá como vai? Sua pergunta requer mais de uma resposta. Portanto deixando seu email facilitará a comunicação, pois o espaço aqui é pequeno. Qual era o motivo das discordâncias de Jesus com os escribas e os doutores da lei? Simplesmente por causa das adulterações das escrituras. Pois ele dizia: " Isto está errado, Moises e Josué não escreveram assim. Outra vez ele dizia:" A lei de Deus atraves da falsa doutrina foi contaminada, e quase não se encontra verdades". Se a 2000 an... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 09/07/2015

    Prezado senhor Mauro (Lavras). Gostaria se possível, sem nenhuma ofensa e com todo o respeito que o senhor merece, que expusessse e mostrasse, claramente, se possível biblicamente, quais são as adulterações bíblicas e qual Aliança de Deus é para sempre, e que linha de religiosos estão mudando os escritos, pois declarações vagas, são meramente especulativas e que não levam a nenhuma informação clara e objetiva. Abraços na graça e paz do Senhor Jesus CristoDenunciar comentário ofensivo

  • mauro (Lavras) - 09/07/2015

    Tenham cuidado com as adulterações existentes na bíblia, a aliança de Deus é para sempre. Portanto os religiosos que mudaram os escritos pagarão por seus pecados.Denunciar comentário ofensivo

  • Daniel (Manhuaçu) - 08/07/2015

    Que bom que a lei foi dada para os Judeus e não estamos obrigados a guardá-la. vou levar esse comentário para o meu pastor que insiste em disciplinar os membros da minha igreja alegando a vigência da Lei. Basta alguém adulterar ou roubar, lá vem ele para cortar do rol de membros.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/07/2015

    2.É o que Paulo ensina: “Mas os sentidos (entendimento) se embotaram (cegaram). Pois até ao dia de hoje, quando fazem a leitura da Antiga Aliança, o mesmo “VÉU” PERMANECE, NÃO LHES SENDO REVELADO QUE EM CRISTO É REMOVIDO. Mas até hoje, quando é lido Moisés, (ou seja, os DEZ MANDAMENTOS), o VÉU está posto sobre o coração deles. Quando, porém, ALGUM DELES, (OS ADVENTISTAS), se “”CONVERTE AO SENHOR”, O VEU LHE É RETIRADO. (2ª. Co. 3.14, 15 e 16). O dia que os adventistas se converterem ao Senhor, ACABOU A GUARD... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/07/2015

    1.Prezado senhor Maurício, para a maioria dos evangélicos e o que leem a Bíblia, já sabem, de sobejas, que e o que impede os Adventistas de observarem, entenderem, compreenderem e aceitarem que a Lei Judaica foi dada, única e exclusivamente aos filhos de Israel, que estavam no deserto, (1º Mandamento) e não a nós, gentios, que cremos no Evangelho da Graça e recebemos ao Senhor Jesus Cristo como nosso único e suficiente Salvador, segundo o apóstolo Paulo é o “VÉU”. Para nós cristãos, o nosso sábado é Cristo, n... Denunciar comentário ofensivo

  • MAURÍCIO IRINEU (MACEIÓ) - 30/06/2015

    Os evangélicos fazem do sábado um cavalo de batalha, mas o texto bíblico a respeito (Ex 31:12-17) prova, de forma simples e clara que a guarda do sábado é um pacto, um concerto puramente entre Deus e os judeus. Os crentes que não são judeus (gentios) não tem que guardar o sábado, muito menos a guarda do sábado é necessária para a salvação, como pregam os adventistas, iludidos pela falsa profetisa Ellen White. Aí, eu deixo uma pergunta básica: Se Deus "descansou" no sábado, porque Ele não exigiu de Adão que guardass... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 24/06/2015

    Todo, aquele que diz que guarda o sábado, ou não tem conhecimento do que se trata, ou desconversa o obvio, a lei judaica, para guarda do sábado, inclui muitas cerimonias, inclusive intelectuais, destinadas à um pequeno grupo de judeus, com a responsabilidade de cuidado, com seu próprio povo, depois com as demais nações, fato que não foi concretizado com eficiência no princípio, culminando com a vinda de Jesus Cristo. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 23/06/2015

    A tolerância é sempre um indício de que um poder é visto como seguro; quando se sente em perigo, nasce sempre a pretensão de ser absoluto; nasce, portanto, a falsidade, o direito divino do seu privilégio, a inquisição.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 23/06/2015

    Tudo, que posto, é algo exclusivo, nada tenho com nenhum professor. Sigo apenas meu próprio ``Mestre´´ mas bem sei, dos meus inimigos, sigo confiante meu mestre que é Jesus, que me instruiu e instrui, em quaisquer situação, as inquisições ainda existem, mas deveriam estar no passado, só no passado Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 23/06/2015

    Ao longo do século XVII, outras visitações deram seguimento à ação inquisitorial, reforçada, no século XVIII, pela consolidação de uma rede de familiares e comissários, além da justiça eclesiástica, que pinçava suspeitos de heresia em suas visitas diocesanas. Foi esta a máquina que viabilizou a Inquisição no Brasil, resultando no seguinte balanço: 1.074 presos, sendo 776 homens e 298 mulheres; 48% deles e 77% delas eram cristãos-novos acusados de judaizar; a grande maioria dos homens presos (62%) morava na Bahia, e... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/06/2015

    O auge da ação inquisitorial ocorreu na primeira metade do século XVIII (51% dos presos). Vinte homens e duas mulheres da Colônia foram queimados em Lisboa, todos por judaizar. Dentre eles, o dramaturgo carioca Antônio José da Silva (1739) e a octogenária Ana Rodrigues, matriarca do engenho de Matoim. A velha sinhá embarcou para Lisboa acompanhada de uma escrava e morreu no cárcere em 1593. Nem assim ela escapou da fogueira. O Santo Ofício desenterrou seus ossos para queimá-los em auto de fé, no Terreiro do Paço.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/06/2015

    Tudo mudou com a chegada da visitação, que integrou nova estratégia inquisitorial, em tempo de União Ibérica, voltada para o Atlântico hispano-português. A estreia do Santo Ofício no Brasil amedrontou mais do que prendeu os cristãos-novos, embora tenha destroçado a sinagoga de Matoim, no Recôncavo Baiano. Em todo caso, deixou um rastro deletério, rompendo a solidariedade cotidiana que unia cristãos-velhos e novos da Colônia.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/06/2015

    O auge da ação inquisitorial ocorreu na primeira metade do século XVIII (51% dos presos). Vinte homens e duas mulheres da Colônia foram queimados em Lisboa, todos por judaizar. Dentre eles, o dramaturgo carioca Antônio José da Silva (1739) e a octogenária Ana Rodrigues, matriarca do engenho de Matoim. A velha sinhá embarcou para Lisboa acompanhada de uma escrava e morreu no cárcere em 1593. Nem assim ela escapou da fogueira. O Santo Ofício desenterrou seus ossos para queimá-los em auto de fé, no Terreiro do Paço.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/06/2015

    É amar sem nada esperar em troca. Sem ter motivos. Sem precisar de explicações. É confiar sem entender. Simplesmente acreditar e nada mais. É estar sempre aberta a aprender, sem medo de errar; sem se importar com o que os outros irão pensar se não aprender logo na primeira tentativa.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 22/06/2015

    Gente! Esse homem fala igual ao Professor Felipe Aquino! https://www.youtube.com/watch?v=_vuXi5pbG6oDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/06/2015

    Você, já parou pra refletir que, quando faz uma pergunta nasce com ela uma resposta pré concebida, e se alguém responde algo diferente daquele que, antecipadamente concebeu, você imediatamente se redargui como se a outra pessoa não tem conhecimento, que sua resposta não deve ser considerada, isto certamente lhe vedara o direito do livre arbítrio, dois é melhor do que um, considere. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    9. Durante o período entre o arrebatamento e a vinda de Cristo para reinar esse “EVANGELHO DO REINO” voltará a ser pregado, não só pelos judeus, mas até mesmo pelos anjos, algo que não ocorre hoje. Apo 14:6 E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo. Apo 14:7 Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    8.É muito simples entendermos tudo isso quando vemos que os apóstolos não estão mais por aí levando a mensagem do” REINO” A ISRAEL. A missão só faz sentido se for cumprida por outros, e é o que acontecerá após o arrebatamento, quando Deus voltará a tratar com” ISRAEL” E UM REMANESCENTE DE JUDEUS FIÉIS IRÁ SE LEVANTAR PARA LEVAR ADIANTE ESSA MISSÃO INTERROMPIDA. Mateus 10 não tem nada a ver com “O EVANGELHO DA GRAÇA” QUE É DESTINADO A “TODAS AS NAÇÕES”, pois é uma missão especialmente dirigida a” ISRAEL”.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    7.“”Fica mais fácil entender isso quando pensamos na “IGREJA” como um parêntese, que foi aberto com a rejeição de Jesus por “ISRAEL”, e será fechado com o arrebatamento da IGREJA. Esta não aparece no “Antigo Testamento”, nem mesmo nas profecias, porque era um "mistério" ou "segredo" bem guardado para ser revelado só a Paulo. Col 1:26 “O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos”.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    6.Portanto, considere a passagem de Mateus 10 como as coisas teriam se desenrolado "se" Jesus não tivesse sido rejeitado. Você pode até saltar para o capítulo 24 de Mateus, onde a frase "quem perseverar até o fim será salvo", para ver em detalhes o que acontecerá no tempo que antecede a vinda de Cristo para reinar (naquela ocasião a “IGREJA” NÃO ESTARÁ MAIS NA TERRA) . -Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    5.A partir do momento em que seu povo ( ISRAEL) não o recebeu, Deus passou a tratar da PROMESSA DE UM “”NOVO POVO””, A “IGREJA”, revelada parcialmente em Mt 16 e 18 (a revelação completa do que é a “IGREJA” só seria dada a Paulo alguns anos depois da fundação da própria “IGREJA” em Atos 2): Mat_16:18: “POIS TAMBÉM EU TE DIGO QUE TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA (JESUS) EDIFICAREI A “”MINHA IGREJA””, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; Mat 18:20 Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    4.O REINO DOS CÉUS é a esfera, na terra, que compreende todos os que reconhecem o senhorio do Rei que desceu dos céus, Jesus, sejam eles falsos ou verdadeiros (observe que no REINO DOS CÉUS há joio e trigo misturados). ". -- Em Joã 1:11 diz que Jesus "Veio para o que era seu, e os seus não o receberam". Nesta parte do Evangelho está se cumprindo o "veio para o que era seu", ou seja, “”SEU POVO TERRENO, “ISRAEL”. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    3.Fica claro que Jesus está comissionando os discípulos para uma missão muito especial, que não tem nada a ver com a “IGREJA” e tudo a ver com “ISRAEL”. Primeiro, porque a “IGREJA” ainda não existia nos EVANGELHOS (ela só seria fundada em Atos 2); segundo, porque a mensagem que eles devem pregar é a da chegada do “REINOS DOS CÉUS”. NÃO SE TRATA DO “EVANGELHO DA GRAÇA” , QUE PREGA: “CRÊ NO SENHOR JESUS CRISTO E SERÁS SALVO”. QUE É A MENSAGEM ATUAL DO CRISTÃO PARA O MUNDO ,-- Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    2.Para entender a passagem é preciso entender o contexto: Mat 10:5 Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: NÃO IREIS PELO CAMINHO DOS “GENTIOS” , NEM ENTRAREIS EM CIDADE DE SAMARITANOS; Mat 10:6 : “MAS, IDE ANTES À OVELHAS PERDIDAS DA CASA DE “ISRAEL”; Mat 10:7 E, INDO, PREGAI, DIZENDO: É CHEGADO O “REINO DOS CÉUS”. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 20/06/2015

    1.A Bíblia se divide entre o que é para “ISRAEL” (todo o Antigo Testamento e partes dos Evangelhos) e para a “IGREJA” (partes dos Evangelhos, Atos e todas as Epístolas). -- Apocalipse é para a “IGREJA” mas a partir do capítulo 4 fala de “ISRAEL e do MUNDO” . Mat 10:22 E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo. Mat 10:23 Quando pois vos perseguirem nesta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Isr... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/06/2015

    . E com esse ato de Jesus, Ele esvaziava os principados e potestades do seu poder, triunfando sobre eles na cruz. Tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz; e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz. Colossenses 2:14-15.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/06/2015

    Evangelho é a certeza de que não há barganhas a fazer com Deus, porque está tudo consumado e pago. Aquele grito definitivo de Jesus na cruz “está consumado”, cancelou todas as coisas e todas as culpas. O que é Evangelho? É a certeza dos escritos de dívidas da lei de Moisés, lei moral, lei cerimonial ou qualquer outra natureza, foi cancelada inteiramente e encrava na cruz.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/06/2015

    Ele morreu, mas nos fez participantes de Sua morte e ressurreição, conforme afirma as Escrituras Sagradas em Romanos 6:5 'Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição'.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/06/2015

    Deus não pediu de nós 95 teses, nem 50, nem 30. Ele pediu de nós que creiamos no Evangelho do Seu Filho Jesus Cristo, o resto é comentário. O que é o Evangelho? O Evangelho é a certeza de que “Deus estava em Cristo reconciliando consigo mesmo o mundo e não imputando aos homens as suas transgressões”. Evangelho é aquilo que Cristo é e fez. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/06/2015

    4. O fundamento do cristianismo não é 09 nem 10 mandamentos, mas a vivência do amor, porque a finalidade é amar, não cumprir normas. Mas o sabatista fala como se a finalidade fosse: guarde os mandamentos, ou guarde o sábado (uma prova de que vive a fé de maneira acrítica e não discerne MEIO de FIM, pois enquanto deveria estar ciente de que os 10 mandamentos são apenas 10 MEIOS de se viver o amor (mas não os únicos), se comporta como se esses meios fossem fins em si mesmos, quando o fim almejando por esses é amar). ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/06/2015

    3. O mesmo vale para essa absurda polêmica em torno do sábado. Esse não é um mandamento que em si mesmo tenha alguma finalidade, ele é apenas um meio de o fiel expressar seu amor a Deus, mas não é suficiente para tal, nem a única forma de se o fazer, muito menos substitui o amor a Deus. Amar a Deus é a finalidade de qualquer dos quatro primeiros mandamentos do Decálogo, mas a conduta legalista torna o discurso ilógico, como se a finalidade fosse, por exemplo, guardar o sábado, ou guardar mandamentos em si. Corrigin... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/06/2015

    2. O fundamento do cristianismo é o amor a Deus e ao semelhante, quem observa esses “mandamentos” está quite com a Lei, por uma óbvia razão: à exceção desses dois mandamentos (que não são resumos da Lei, mas sim, como disse Jesus, os MAIS IMPORTANTES dos mandamentos dela (Mt 22,40), todos os demais não têm em si finalidade exata alguma, são apenas meios de se viver o amor; mas o amar si é uma finalidade, de modo que suprir qualquer daqueles mandamentos em favor do amor é VÁLIDO e POSSÍVEL, mas suprir o amor por qua... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/06/2015

    1. O sabatista necessita ratificar o dever de observamos os 10 mandamentos, pois essa é a única forma que encontra para acomodá-lo às exigências do NT. E pior é que os não-sabatistas caem no mesmo erro, porque imaginam que o cristianismo está fundamentado em 09 dos 10 mandamentos, já que julgam que só o sábado deixou de ser exigência aos cristãos, mas os demais não o deixaram. A verdade é que o sábado não é exigência cristã, do mesmo modo que os demais mandamentos, em si, também demonstram-se DESNECESSÁRIOS. Ora, q... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/06/2015

    O quarto mandamento, o Sábado, é o único mandamento que poderia ser transgredido, e foi transgredido, sem que se infringisse uma lei moral. Israel marchou em um sábado (Número 33.3; Levítico 23.5-11; Josué levantou o tabernáculo (Êxodo 40.1-17 com Levítico 23.5-11); examinou a terra de Canaã (Números 13.25); e lutou (1Reis 20.29; 2Reis 3.9) num sábado (Josué 6.12-16). Davi e outros transgrediram o sábado e foram considerados inocentes (Mateus 12.2-5).Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/06/2015

    O quarto mandamento, o Sábado, era o único que podia acabar se tornando mera formalidade, sem afetar a moral dos homens. Todos os outros mandamentos dizem respeito às obrigações morais dos homens. É o único dos dez que poderia ser eliminado e ainda restar uma lei moral para os homens. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/06/2015

    Em nenhuma passagem o texto bíblico afirma que os homens devam guardar o sábado judeu, para comemorar o antigo descanso da criação. O sábado era para comemorar o livramento do Egito (Deuteronômio 5.15), que os judeus deveriam “lembrar-se” (Êxodo 20.8).Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/06/2015

    “Porquanto ouvimos, que alguns que saíram dentre nós, vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento” (Atos 15.24). “Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias: Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá” (Atos 15.28-29).... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 19/06/2015

    Guardar, observar, vigiar, controlar, adquirir, tomar, respeitar, senhorio, todas estas palavras são a mesma, possuem o mesmo valor, portanto guardar o sábado!!! A resposta bíblica é adquira sabedoria, não a perca de vista, pois ela é a tua vida, provérbios, 3-4.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 18/06/2015

    Esta qualidade de fé, somada a pratica é a armadura de Deus, que todos deveriam ter, para uma perfeita união com o criador de todas as coisas, a fé é a certeza de vir a vida o que não existe, por esta razão, muitos que não tem olhos para ver, naufragam. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/06/2015

    2.Caro senhor Dbonfim, o fundamental para mim é crer, com toda a convicção no autor e consumador da Fé que é o Senhor Jesus Cristo, pois ele nos assegura com o poder de Sua Palavra de que quem crê nEle, já está salvo, não será julgado e já passou da morte para a vida. “Em verdade, em verdade vos digo: Quem ouve a minha Palavra e crê nAquele que Me enviou, TEM A VIDA ETERNA, NÃO ENTRA EM JUÍZO, MAS PASSOU DA MORTE PARA A VIDA”, PORQUE PELA GRAÇA SOIS SALVOS, MEDIANTE A FÉ; E ISTO NÃO VEM DE VÓS, “É DOM DE DEUS”;... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/06/2015

    1.Caro senhor DBonfim. O senhor foi muito feliz e objetivo na sua narrativa sobre a Fé, e corajosamente explicito sobre que algumas narrativas na Bíblia que são autônomas, mas que não ferem a validade da obra que é discutir e incutir verdades de Fé. Não vou entrar no merito da questão sobre o fundamentalismo, pois sua visão é diferente da minha, que respeito muito, mas estou convencido da minha. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/06/2015

    7. Assim, cheio de decepção, o fundamentalista questiona: por que crer em Deus? O leitor adulto, porém, olha para o mesmo fato e diz: Deus é maravilhoso, pois apesar dos limites humanos, consegue transmitir verdades inabaláveis por meio de histórias simples cuja maravilha se revela na simplicidade de um Deus que aceita nossos limites para por eles revelar sua grandeza. Será que pensar assim é ter menos fé que aquele que coloca como condição para crer em Deus a literalidade de textos que refletem a fé, mas não têm p... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/06/2015

    6. Se esses fossem os únicos textos que apresentassem essa “dificuldade”, já seria suficiente para fazer refletir se é mesmo recomendável e sensato ler a Bíblia como se lê um livro de história ou um jornal, onde tudo é literal e sua função não passa de informar para satisfazer a curiosidade humana (algo que os modernistas sabem, é percepção e leitura ingênuas da Bíblia, que sustentam a fé em condições frágeis). Já li Gn com essa ideia – e cria em Deus. Hoje, leio ciente de que não é essa a intenção dessa obra – e c... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/06/2015

    5. Assim, entre brigar com os textos por causa de uma ideia equivocada sobre suas pretensões históricas e reconhecer que esses não têm pretensão histórica alguma, é preferível e maduro reconhecer o que os, digamos, “modernistas” a muito perceberam: Gn não é livro de ciência ou de história. Quem reconhece isso, crê em Deus do mesmo jeito que quem se apega à sua literalidade para crer, mas com uma diferença: não condiciona sua fé ao literalismo (que não se pode levar a qualquer custo sem abrir-se mão de pensar). Quem... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/06/2015

    4. Sobre as diferenças no livro do Gn (Gn 1,26-31 e Gn 2,18-19), a forma como desenvolvem-se as narrativas são notoriamente AUTÔNOMAS, por isso suas versões são divergentes, mas foram preservadas porque não ferem a pretensão da obra, que é discutir verdades DE FÉ, não verdades DE HISTÓRIA. Se o foco fosse a história, é claro que o redator final não preservaria dados claramente divergentes numa mesma obra. Só que o redator final de Gn estava ciente de que não escrevia um documento de pretensões históricas, mas teoló... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/06/2015

    3. Sobre a declaração acerca de Gn 1,26-31 e Gn 2,18-19, de que “na verdade são relatos diferentes com detalhes similares”, pois, o “estilo hebraico ... com freqüência fazia uma declaração geral, sob forma introdutória, para então ampliar essa declaração com alguns detalhes”, já comentei: ISSO NÃO SE SUSTENTA, para esse caso, pois Gn 2,18-19 não está detalhando Gn 1,26-31, pelo contrário, está claramente DIVERGINDO dele, pois apresenta uma ordem de origem e estado de coisas completamente diferente de Gn 1,26-31. A ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/06/2015

    2. Estranhamente questionaste: “se Gênesis não é exato EM CADA DETALHE, em qual parte da Bíblia poderemos confiar?” (Lembra da colocação de Eduardo Arens, que citei, sobre a dificuldade que o fundamentalista tem de desvincular sua fé em Deus do literalismo dos textos, pois a condiciona a ele, e que faz esse tipo pergunta com frequência como se sua fé se sustentasse apenas numa ideia que tem do texto, não em Deus mesmo?) Clodoaldo, discutir um episódio de entre as dezenas de livros da Bíblia não implica negar a Bíbl... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/06/2015

    1. Sr. Clodoaldo, ao longo desse texto exporei minha experiência de fé, antes trato sobre os dois textos divergentes de Gn, e o que alegaste: “...concordo que há certas “dificuldades” em relação ao texto bíblico. Mas isso não implica que o homem não possa entender e saber dos propósitos de Deus concernente à salvação de sua alma e sua vida espiritual”. Considere que não coloquei isso sob questão, até porque entendo que o propósito de Deus para o homem não está vinculado à literalidade ou simbolismo de um texto. Qua... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/06/2015

    5.Fundamentalismo é não negociar o inegociável. O verdadeiro “crer no Senhor Jesus Cristo” para a salvação tem que ser uma profunda convicção baseada na confiança e não apenas uma mera preferência. E esta corajosa convicção certamente será seguida de grande oposição e terrível violência da parte de Satanás e da carne. Lembrando que a eternidade nos espera em breve, jamais devemos trocar o eterno “muito bem, servo bom” de Deus, pela aprovação dos homens nesta vida tão curta. A plenitude de vida, tanto agora como por... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/06/2015

    4. Caro sr. DBonfim digo isto porque , felizmente Cristo nos enviou o Espírito Santo que ficou como o guardião dessa bendita Palavra. Incumbiu-se a terceira pessoa da santíssima Trindade em levar à Igreja de Cristo a toda a verdade, por isso mesmo João diz com muita propriedade: “E quanto a vós, a unção que dele recebestes fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como vos ensinou ela, assim nele ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/06/2015

    3. Caro senhor Dbonfim, acredido sim que há a necessidade de buscarmos uma avaliação criteriosa do texto bíblico, usando as ferramentas disponíveis nas ciências teológicas: arqueologia e metodologia científica... Contudo, gostaria de ressaltar que no contexto que se refere estritamente á salvação do indivíduo, a Bíblia não apresenta nenhum tipo de complicação, tanto é, que o próprio Jesus instou os seus adversários a “examinar livremente as escrituras” pois encontrariam nelas a “vida eterna” .Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/06/2015

    2. Por outro lado, caro senhor, supostos relatos duplicados ou triplicados de um mesmo episódio, na verdade são relatos diferentes com detalhes similares. É necessário saber que a reiteração é uma característica do estilo hebraico, que com freqüência fazia uma declaração geral, sob forma introdutória, para então ampliar essa declaração com alguns detalhes. Os supostos detalhes que muitos críticos acham até contraditórios, nada mais são que detalhes suplementares, e só são vistos como conflitantes quando tais narra... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/06/2015

    1.Caro senhor DBonfim. A princípio, concordo que há certas “dificuldades” em relação ao texto bíblico. Mas isso não implica que o homem não possa entender e saber dos propósitos de Deus concernente á salvação de sua alma e sua vida espiritual, pois se Gênesis não é exato em cada detalhe, em qual parte da Bíblia poderemos confiar? Então se a Bíblia está errada quanto à origem do homem e seu pecado, como poderemos confiar no que ela diz sobre a sua redenção e seu destino eterno? Na verdade a Bíblia está absolut... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/06/2015

    3. É estranho que o fundamentalismo, que largo uso faz da comparação de versículos para fundamentar seus pressupostos, se negue a fazê-lo com esses textos que citei, relegando-o, como solução para esse "desconforto", ao status de "mistério", já que sua linha de raciocínio não aceita discutir o problema, pois que essa não se permite considerar que relato de pretensão histórica não pode ter duas versões para um mesmo acontecimento, se esse se refere à simples ordem temporal em que o fato ocorreu (como é o caso em qu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/06/2015

    2. Os modernistas, por outro lado, sem as preconcepções que os oriente na pesquisa, cientes de que a em si pesquisa não deve ficar refém de preconceitos ideológicos, reconhecem que Gn 1,1-2a é texto de origem diversa e tardia, em relação ao segundo relato (Gn 2,4b ss). De fato, entendem que o primeiro relato é de influência sacerdotal, desenvolvida nos tempos do exílio babilônico, e que o relato desenvolvido a partir de Gn 2,4b é mais antigo que o primeiro, e distante da teologia do hexamaron que, por seu turno, p... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/06/2015

    1. Olá, Sr. Walter Monteiro. Sobre o eventual “mistério” em torno dessa questão envolvendo Gênesis (Gn, daqui em diante), algumas observações: nessa questão não há mistério, o que há é uma dificuldade por parte da linha fundamentalista de lidar com um problema que ela mesma cria ao tentar fazer desses relatos história, no sentido de registro de fatos contados cuja finalidade é informar ao leitor sobre algo. Mas esse não é propósito de Gn, que deseja induzir o leitor a uma reflexão da condição humana, à luz da fé, ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 16/06/2015

    Oi Sr Bonfim, um dos mistérios da bíblia é que ‘qualquer resposta sobre ela, hoje é resposta amanhã é questão, pois se funde a ela, o máximo que se pode fazer é deixar a gloria para Jesus, se a bíblia já se auto responde a cada um segundo sua capacidade e livre arbítrio, qual é a justificativa para que um de nós o faça, o fundamental é evidente;Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/06/2015

    2. Cadê a resposta “fundamentalista” para essa questão? Há muito tempo os que aplicam o estudo técnico ao texto a responderam, mas os “fundamentalistas” não têm como respondê-la coerentemente valendo-se da visão literalista que adotam, a mesma que os faz discretamente perceber que, para não complicar, é melhor fingir que o problema não existe. E quando chega-se a esse ponto, acionam um mecanismos de defesa: abandonar qualquer reflexão e ignorar o que eles mesmos leem, mas que não combina com a ideia que têm de como... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/06/2015

    1. Sr. Clodoaldo, a percepção negativa, por parte dos “fundamentalistas”, quanto a aplicação de métodos de pesquisa para a interpretação adequada de textos milenares (como o são os da Bíblia) já é conhecida, mas observa-se que essa postura é problemática. E essa questão que levantei envolvendo as duas narrativas de Gênesis sobre o homem, apenas o fiz para despertar quanto essa inviabilidade. Por que os que criticam o estudo técnico da Escritura fingem que esse problema não existe? Cabe ou não cabe a percepção histo... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/06/2015

    2. J. Gresham Machen foi exato ao demonstrar que a intimidação pela ciência e o desejo de obter aceitação e respeito na comunidade acadêmica têm resultado em comprometimentos, que na prática descaracterizam o Evangelho. Essa ânsia tem influenciado cada vez mais os seminários e faculdades cristãs. Machen acusou os liberais de “tentar remover do cristianismo todas as coisas que não possam ser aceitas pela ciência.”Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/06/2015

    1.O modernista toma as últimas idéias do mundo secular e enganosamente as veste com linguagem cristã. Ninguém tem feito isso com maior perfeição do que os atuais psicólogos cristãos, que de algum modo tomam teorias anticristãs de inimigos declarados do Evangelho e as “integram” à teologia. Norman Vincent Peale foi o primeiro a fazer isso. Em 1937, ele fundou uma clínica “cristã” de psiquiatria em sua igreja. A clínica tornou-se modelo para numerosas outras semelhantes, as quais têm gerado fortunas para seus fundado... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/06/2015

    Quando tiramos o foco do Mestre, e atraímos para nós os holofotes, podemos ter a certeza de que as coisas não vão terminar bem. O início do afogamento é inevitável. Sim, é melhor esperar quieto no barco diante da palavra do Senhor, para que a glória seja somente dele, do que se aventurar a caminhar sobre as águas, quando a ideia parte de nós. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/06/2015

    Muitos dos que hoje parecem demonstrar uma grande confiança em Deus, não passam de meros artistas interessados em promover os seus espetáculos pessoais. É uma questão de tempo para que se assista a submersão dos tais.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/06/2015

    Imagine só, Pedro agora está ditando como as coisas deveriam acontecer. Não acontece o mesmo em nossos dias? Não há líderes que insistem em dizer para Jesus como as coisas devem ser feitas? Não há líderes que em vez de servos obedientes ao Senhor dos senhores, se tornaram arrogantes em sua insensatez, e tentam submeter até Deus aos seus caprichos ministeriais? O resultado não poderia ser diferente. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/06/2015

    “Comer a carne e beber o sangue de Cristo é recebê-Lo como Salvador pessoal, crendo que Ele perdoa nossos pecados, e nEle estamos completos. É contemplando Seu amor, detendo-nos sobre ele, sorvendo-o, que nos havemos de tornar participantes de Sua natureza. O que a comida é para o corpo, deve ser Cristo para a alma. O alimento não nos aproveita se o não ingerimos; a menos que se torne parte de nosso corpo. De idêntica maneira Cristo Se torna sem valor para nós, se O não conhecemos como Salvador pessoal. Um conhecim... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 14/06/2015

    3. Comparando a 1ª narrativa da criação, estruturada no hexameron (seis dias), que aponta o homem como sendo a última das criaturas com o 2º relato, que o descreve como ser solitário, a quem Deus, para fazer-lhe companhia, primeiro cria os animais, antes de lhe criar um par que lhe é da mesma espécie (“carne da sua carne”), para perceber que a tentativa de abordar ambos os textos numa perspectiva historicista, fatalmente demonstra que essa ideia não cabe nesses textos, pois o “registro histórico” do segundo relato ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 14/06/2015

    2. E no que diz respeito à percepção negativa que se desenvolveu em torno do fundamentalismo (que procura estruturar a fé no que se tem por “fundamentos” dela), essa percepção negativa não se deve tanto ao passado, mas à forma como essa corrente teológica hoje é conduzida. Por exemplo: mesmo para o fundamentalismo histórico, aquele do final do séc. XIX e início do séc. XX, que surgiu como corrente reacionária ao que chamavam “liberalismo teológico”, a inerrância da Escritura não tinha esse sentido de EXATIDÃO HISTÓ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 14/06/2015

    1. Não sei se o fundamentalismo cristão deveria contestar o fundamentalismo islâmico “que apregoa que todos precisam adotar ... costumes que Maomé adotou no século VII”, porque até hoje, há segmentos cristãos que desejam organizar a sociedade aos moldes do séc. I, pela mesma razão que alguns segmentos maometanos o que querem em suas sociedades, só que inspirados em modelos do sec. VII. Em ambos os casos, a razão para esse “milagre” de atemporalidade é a mesma: dificuldade de discernir nos seus respectivos livros sa... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/06/2015

    Se vamos aproveitar alguma lição de Malaquias para as igrejas de hoje, ajudaria refletir sobre o princípio ensinado no primeiro capítulo do livro. Quando Deus viu a falta de santidade e de dedicação por parte dos adoradores daquela época, ele falou que seria bom se alguém fechasse as portas do templo para não permitir a adoração insincera (Malaquias 1:10). Em outras palavras, ele pediu para parar de brincar de religião. Ou faça o certo, ou feche as portas!Denunciar comentário ofensivo

  • mauro (Lavras) - 14/06/2015

    Sobre o sábado convem algumas verificações, Primeiro: Usamos um outro calendário. Segundo: Jesus nunca faria algo que não estivesse de acordo sua missão, diante disso ele jamais iria fazer algo que não estivesse em harmonia com a lei do seu Criador, pois se ele falasse, ou uma ação por conta própia seria morto. Vejam que ele nem deu conversa para os religiosos que lhe dizeram que Moises mandou apedrejar as prostitutas. Milagres foram realizados no sábado, "Então, disse o sumo-sacerdote: 'foste curado hoje no sá... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 13/06/2015

    3.Por outro lado, observa-se que o “Fundamentalismo” tem sido estigmatizado por duas razões: 1) alguns cristãos fundamentalistas são fanáticos e afastam-se de outros cristãos de uma forma “insensata e anti-bíblica;” e 2) por causa do exemplo do fundamentalismo muçulmano, que apregoa que todos precisam adotar as mesmas roupas e costumes que Maomé adotou no século VII. O único inimigo do “Liberalismo” é a firme adesão do “Fundamentalismo” à autoridade e suficiência das Escrituras.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 13/06/2015

    2.E já que a Bíblia é literalmente a "Palavra de Deus" e é inerrante, a única escolha inteligente é aceitá-la e permanecer fiel aos seus fundamentos. Temos que crer na Bíblia inteira. Isto é “FUNDAMENTALISMO BÍBLICO”. Se Gênesis não é exato em cada detalhe, em qual parte da Bíblia poderemos confiar, então? Se a Bíblia está errada quanto à origem do homem e seu pecado, como poderemos confiar no que ela diz sobre a sua redenção e seu destino eterno? Na verdade a Bíblia está absolutamente certa em tudo que declara.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 13/06/2015

    1.Observa-se que há tempos atrás ser chamado de fundamentalista era uma espécie de acusação feita com tamanho desprezo, e nenhuma explicação era necessária para compreender que ser rotulado de “fundamentalista” era um dos mais terríveis insultos no orgulhoso mundo acadêmico. Estou convencido de que ser fundamentalista somo sou, significa aderir aos sólidos fundamentos como, por exemplo, os da matemática. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 13/06/2015

    Aprendi, com meus pais, que liderança não é sinônimo de poder, muito diferente disso, liderança é sinônimo de autoridade! Alguns anos atrás, quando estudei `` A família das letras´´ tipologia, em sua linguagem mais grosseira, depois com ciências e letras, percebi que a falta de conhecimento é a escama que pregada aos olhos, tira qualquer possibilidade de sucesso do indivíduo, em qualquer etapa da vida.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 12/06/2015

    Por experiência, tenho certeza da inerência, da bíblia, mesmo com as intervenções reformatórias, periódicas, esta permanece inabalável, não por sabedoria humana, mas divina, a inspiração de Deus, faz-se presente na vida do indivíduo todo tempo, como está escrito eu trabalho e meu pai também trabalha; quanto ao fundamentalismo, diz a bíblia para se aproximar de Deus é necessário crer que ele existe. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 12/06/2015

    4. FUNDAMENTALISMO CRISTÃO: “Para o fundamentalista, Bíblia, Revelação e Palavra de Deus são sinônimos... a afirmação da absoluta e total inerrância e infalibilidade da Bíblia é de capital importância. Disso dependem, em sua opinião, a autoridade da Bíblia e sua total confiança nela, e em última instância, EM DEUS MESMO. Quando se admite que a Bíblia contém erros – argumentam – , então não merece nossa total confiança como norma suprema, e não podemos estar seguros do que Deus quer para nós... Visto que tem Deus co... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 12/06/2015

    3. “O fundamentalismo... É a resposta NÃO-CRÍTICA, simplista, à ânsia de segurança, estabilidade e certeza. O fundamentalista compra a segurança a preço da liberdade... Espanta-se da multiplicidade de interpretação exegética da Bíblia, e por certo diante de questionamento de compreensões tradicionais da Bíblia... Desde suas origens, o fundamentalista... esteve ligado à defesa frenética de estruturas sociais (costumes, ritos e classes socioeconômicas) TRADICIONAIS, tidas por SAGRADAS e INVARIÁVEIS, pelo que é quali... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 12/06/2015

    2. “O fundamentalismo está correndo como rastilho de pólvora nas três religiões monoteístas: o judaísmo, o cristianismo e o islamismo. É uma reação diante dos questionamentos do “tradicional”... Por isso é uma REGRESSÃO, resultando daí que se qualifica como integrismo, conservadorismo, tradicionalismo, restauração. O Fundamentalista NÃO PROGRIDE: fica estático, MENTALMENTE PARALISADO. Sua concepção do mundo, do homem e de Deus é para ele absolutamente segura, assim pensa e assim propaga. Mas é uma concepção PRÉ-CRÍ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 12/06/2015

    1. Comprometi-me a apresentar um estudo sobre um tema espinhoso, mas muito comum, relacionado a um percepção que prejudica a discussão sobre a Bíblia de maneira mais objetiva e adulta. Cito Eduardo Arens, autor de uma obra de introdução critica à Sagrada Escritura, intitulada “A Bíblia sem Mitos: uma introdução crítica”. Explicando o título: refere-se a uma abordagem que não esbarra em ideias tais como: a Palavra de Deus não deve ser lida à luz da crítica; não se pode compreendê-la que não por um discernimento espi... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 11/06/2015

    4º.Em cristo, não há acordo com o mal, ele é caminho, verdade e vida, tudo que passar dele vem do maligno, tenho humanamente, não por ídolo, mas por exemplo a obra Do Africano, Mandela, pacifista natural e humano, o qual Deus fez um grande estadista mundialmente conhecido, desde sua infância, deste exemplo o mundo ainda é carente, pela corrida ansiosa do poder, lambanceando o nome de Deus. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 11/06/2015

    3º.Poderia, eu citar, inúmeras cenas de guerra, que seriam capaz de comover até uma pedra, de tão chocante e desumana que são, me recuso a aceitar, algo, tão insensível praticado pela intolerância, do desconhecimento, do amor ao senhor Jesus e sua angustiante crucificação, toda e qualquer obra repugnante deve ser freneticamente combatida, e não discutida para se chegar a um acordo; Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 11/06/2015

    2ºTenho por base da pregação, este princípio, e por teto, a contemplação da face do altíssimo, me penalizo do semelhante, sei que tem as mesmas dores e angustias que tenho, os mesmos sonhos e as mesmas frustações, sei que estas ocorrências, são inevitáveis, mas podemos e devemos ameniza-las, suavizando seus efeitos no cotidiano de cada um, aproximando-os assim da perfeição;Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 11/06/2015

    1º.Na, casa de meu pai, há muitas moradas, João, 14: 1-31, meu desejo ao próximo é que este impetre a exata interpretação destes versículos, encontrando assim, a chave de sua própria casa, morada que o satisfará plenamente, reconheço que não sou direto, mas sei que não convém, que assim me proceda, todo aquele que não reconhece seu próprio tesouro terá grande dificuldade de vida;Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/06/2015

    5;Devemos sair "fora do arraial" sempre que o detectarmos, seja ele representado pelas sinagogas judaicas, seja pelas igrejas denominacionais criadas pelo homem na cristandade. Este versículo também nos dá outra razão para nos separarmos das Igrejas denominacionais e não denominacionais. Ele nos exorta a irmos a Cristo, que agora está FORA dessa ordem terrena de coisas, já que o judaísmo, apesar de ter sido originalmente estabelecido por Deus, é agora uma ordem de adoração que foi deixada de lado. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/06/2015

    4.destinadas a levar o judeu convertido para fora do judaísmo e firmá-lo no cristianismo. Elas também são perfeitamente aplicáveis à Igreja hoje, a qual mergulhou em uma ordem de coisas quase judaica e precisa desesperadamente livrar-se dessas coisas. Já que as assim chamadas igrejas na cristandade adotaram muitas coisas judaicas e as misturaram em seus sistemas de adoração, chegando a fazer dessas coisas uma parte integral de seus cultos, o princípio mostrado em Hebreus 13:13 serve de exortação muito necessária pa... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/06/2015

    3.Por intermédio do ensino de Paulo os cristãos foram levados a enxergar que o cristianismo não era um adendo ou uma alteração do judaísmo, como muitos cristãos hoje acreditam, mas era uma forma totalmente "nova" de se achegar a Deus em adoração (Hb 10:20). Inicialmente os judeus convertidos tiveram dificuldade para aceitar isso, e Deus os tratou com paciência. Foi esta justamente a razão pela qual foram escritas as epístolas cristãs aos hebreus. Estas epístolas (Hebreus, Tiago e 1 Pedro) são particularmente Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/06/2015

    2.TOTALMENTE A ORDEM JUDAICA DE COISAS, pois o Senhor Jesus Cristo está agora “FORA DISSO TUDO!” Ela diz: "Saiamos, pois, a ele fora do arraial, levando o seu vitupério" (Hb 13:13). O "arraial" é um termo que diz respeito ao “JUDAISMO E A TODOS OS SEUS PRINCÍPIO E PRÁTICA.” Um judeu não teria qualquer dificuldade para entender o significado do termo, já que ele era usado no Antigo Testamento em conexão com Israel. A Igreja Primitiva saiu "fora do arraial". Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/06/2015

    1.O Verdadeiro Cristianismo esta´ "Fora do Arraial" - O Novo Testamento indica que a Igreja Primitiva, predominantemente formada por judeus convertidos, foi encorajada a abandonar a ordem judaica de coisas para seguir o verdadeiro cristianismo. O objetivo da epístola aos Hebreus é mostrar que a ADORAÇÃO CRISTÃ CONTRASTA COM A ADORAÇÃO JUDAICA, E NÃO É UMA EXTENSÃO DESSTA ÚLTIMA. Após a epístola apresentar muitos pontos neste sentido, a conclusão de toda a questão está em exortar a IGREJA A ABANDONAR Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 10/06/2015

    3.Condenar, um irmão a própria sorte, por jugar que estes são incapazes de reconhecer a verdade, é dar esmola para ser visto por homens, não para suprir necessidades alheia, depois de muito estudar e diplomar em várias, áreas teológicas, psicólogas e metafisicas, não reconheço que fiz, nada além de obrigatoriedade, humana em favor do próximo, do contrario para que me serviria, tal escolha; Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 10/06/2015

    2º.Para os que, esperam o fim do mundo desigual da palavra de Jesus, (Esta, tudo consumado) terão longos e pesados fardos, para colocar nas costas dos que, pelo jugo do mundo, já estão penalizados, é uma lastima impor pela dor, não pelo amor naipes, de encontro com Deus; a palavra, escravo dos escravos. Já deveria ter sido abolida, por estar em contraste com a vontade, com a palavra de Deus; Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 10/06/2015

    1º.É, inconcebível que as denominações, preguem que a vitória em cristo, se resume em bens materiais, permanecendo para segundo plano a palavra de Deus como algo subjetivo, mesmo com toda a evidência existenciais, comprovadas, o judeu pediu a Jesus; ensine-nos a orar! Ao que Jesus recitou o Pai Nosso, com quatro ressalva, pão, perdão, tentação, santificação para glorificação do nome e reino do pai;Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 09/06/2015

    3.Mesmo assim, as denominações em geral perderam de vista a vocação celestial da igreja e inventaram dias religiosos especiais como Sexta Feira Santa, Dia de Todos os Santos, Quaresma etc. Não encontramos essas coisas em lugar algum da Bíblia. Colossenses 2:16-17 nos diz: "Ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, que são sombras das coisas futuras". Existe apenas um dia que deveria ter algum significado para o cristão, e este dia é "o dia do Senho... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 09/06/2015

    2.Por esta razão, no verdadeiro cristianismo não existe a guarda de dias santos ou festas religiosas, coisas que pertencem à religião terrenal. Quando os gálatas passaram a se ocupar com os elementos fracos e pobres da religião terrenal, o apóstolo Paulo os advertiu, dizendo: "Como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos" (Gl 4:9-10). Israel observava religiosamente dias santos e especiais por possuir uma religião terrenal. Aqu... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 09/06/2015

    1.O cristianismo e' tipicamente celestial - Se quisermos entender o que é o verdadeiro cristianismo, devemos perceber que existe um contraste entre judaísmo e cristianismo, duas ordens de adoração totalmente distintas -- ambas estabelecidas por Deus. O judaísmo é a maneira terrenal de se aproximar de Deus em adoração, e foi dada por Deus para um povo terrenal, com esperanças terrenais e uma herança terrenal. O cristianismo, por sua vez, é uma ordem celestial, dada por Deus para o Seu povo celestial, o qual possui ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 09/06/2015

    2Este é um grande princípio que irá nos guiar neste assunto. Ele indica que em um dia de abandono e confusão, quando a má doutrina e as práticas nocivas permeiam o testemunho cristão (pois é este o contexto da Segunda Epístola de João -- veja os versos 7-11), devemos retornar àquilo que era "desde o princípio" -- aos primeiros fundamentos do cristianismo. Precisamos buscar a Palavra de Deus e vermos como a igreja se reunia para a adoração e o ministério nos dias dos apóstolos, e adotarmos isso como nosso padrão.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 09/06/2015

    1.O padrao da igreja apostolica : Quando nos voltamos a Deus e à Palavra da Sua graça, descobrimos que Ele não nos deixou sem luz acerca do assunto. "Aos retos nasce luz nas trevas" (Sl 112:4; Sl 119:105; 130). Se estivermos verdadeiramente retos neste sentido, Ele irá nos mostrar. A Sua Palavra nos diz: "E o amor é este: que andemos segundo os seus mandamentos. Este é o mandamento, como já desde o princípio ouvistes, que andeis nele" (2 Jo 6). Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/06/2015

    3º. excelente, capaz de devolver a vida pelo arrependimento no final do diluvio, eu pergunto qual é a dificuldade do homem, sentir ``INSPIRAR´´ que todos somos iguais perante Deus, que se fez com a subida de Zaqueu no Sicômoro, a medida exata que devemos ter em relação a ele, em respeito ao ser humano (homem x mulher) pois pra Deus, não existe distinção, compondo assim uma só lei, a de Cristo Jesus, todos unidos formando um só corpo, a saber, PAI FILHO ESPIRITO SANTO. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/06/2015

    2º. criaturas, levedando suavizando, duras leis, constituídas para seres, perfeitos, não para seres imperfeitos, que não teriam capacidade de entende-las, aja nisto a advertência, seja perfeito como vosso pai que está nos céus é perfeito, assim como o alimento tem necessidade de preparo para um consumo sadio, assim também é com a palavra ``Alimento do Espirito´´ Se Deus é soberano, sabemos que é, pediu perdão a sua criatura, obra de tua mão, demonstrando humildade Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/06/2015

    1º. A grandeza, de Deus é algo que, todos nós devíamos, possuir, para justificar a semelhança do eterno, toda parte figurinista das escrituras, são temporais em uma só pessoa, a questão dos tempos e épocas são instrutivas, comprobatórias da existência de um ser superior que deseja que o alcancemos, não paralelamente, mas unicamente, da seguinte forma, Jesus unificado a Deus, pediu perdão a toda a humanidade, por meio de seu complacente amor a suas Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 08/06/2015

    A palavra "Torá" geralmente se refere aos primeiros cinco livros dos vinte e quatro livros do Antigo Testamento, o Tanach. Mas qual é o significado da palavra em Hebraico? Qual é o verdadeiro significado da Torá Judaica? OS LIVROS DA TORÁ SÃO OS SEGUINTES: Versões da Septuaginta Greco-Judaica (LXX) e do Texto Massorético:• Gênesis: "Origem" = Bereshit: "No princípio". • Êxodo: "Saindo" = Shemot: "Nomes". • Levítico: "Relativo aos Levitas" = Vayikra: "E ele chamou". • Números: “Numeração dos israelitas” = BaMid... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 07/06/2015

    Caro irmão e senhor DBonfim, desde que iniciamos nossa troca de mensagens, sempre primei pelo respeito, não só a sua pessoa como também pelas suas idéias, suas colocações a respeito da Bíblia, e para mim é muito importante manter essa reciprocidade, pois desta permuta de mensagens nasceu uma amizade virtual cristã que desejo mantê-la com muito carinho, pois este é o me jeito de ser. Caro irmão DBonfim, o senhor já deve ter-se cansado de ler que o admiro e o respeito, pois digo isso com toda a sinceridade. C... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 07/06/2015

    3. Também, não procurei trazer prática alguma do AT para o NT, apenas demonstrei que tua tese de que na Bíblia não se pactua com a escravidão é IMPROCEDENTE (como o senhor olhando apenas para o AT, discretamente reconhece, apesar de já ter negado isso. Mas fato é que o senhor não pode negar que na Bíblia há apoio à escravidão. Esse é outro ponto em que concordamos. Algo que o senhor tentou enfraquecer alegando que estamos no NT (e eu concordo que estamos). Mas o senhor não olhou para o fato de que o NT não legisla... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 07/06/2015

    2. Sobre o conceito de Bíblia, se fracionamos toda essa colocação que fiz (e que o senhor quer negar), não vejo razão para dizer que alguma das colocações seja falsa (mesmo que o senhor as esteja contestando sem apresentar qualquer razão, que não o mero sentimento de dever de contestar). Observe: “A Bíblia é Palavra de Deus” (verdadeiro ou falso?) “que nasce de dentro de uma cultura e tempo” (verdadeiro ou falso?). Consta que algum livro dela não disponha de um idioma (que é um elemento cultural, por exemplo)?; qu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 07/06/2015

    1. Irmão, Clodoaldo, não desejo por fim a esse trato respeitoso que sempre nos foi comum, por causa de divergências conceituais. Se o senhor observar, apresentamos ideias idênticas sobre esse assunto que discutimos (a diferença é que eu estou refletindo o que creio, mas o senhor se preocupa em apresentar conceitos que julga, são os verdadeiros, mas não está analisando o que diz). Pode parecer estranho, mas vou demonstrar por que concordamos. Disseste que não respondi nada sobre a graça. Mas eu respondi, partindo do... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 07/06/2015

    Irmãos, vocês foram chamados para a liberdade. Mas não usem a liberdade para dar ocasião à vontade da carne; ao contrário, sirvam uns aos outros mediante o amor. Gálatas 5:13, Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres. João 8:36, por intermédio de quem temos livre acesso a Deus em confiança, pela fé nele. Efésios 3:12, Antes vocês estavam separados de Deus e, na mente de vocês, eram inimigos por causa do mau procedimento de vocês. Colossenses 1:21, Vivam como pessoas livres, mas não usem a libe... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/06/2015

    6. Caro senhor DBonfim, Uma das mais importantes funções da Bíblia, como Palavra de Deus, é A RENOVAÇÃO DE NOSSA MENTE (Rm 12:2 "E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."). A mente do homem, que não conhece a Deus, é uma mente posta na carne, pois ele foi gerado e educado pelos seus pais na carne, e o que vem da carne, só pode ser carne, e seus comportamentos são regidos por está educação, ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/06/2015

    5.Caro irmão e senhor DBonfim, perdoe-me pela insistência, mas tenho que lhe dizer que para melhor compreender a Bíblia, devemos usar o nosso espírito, ele é a parte mais interior de nosso ser, que se constitui, da consciência, da intuição e da comunhão com Deus, assim como temos que alimentar nosso corpo todos os dias, com alimento sólido, temos um espírito que deve ser alimentado diariamente pela leitura e oração da palavra de Deus (1 Pe 2:2 "desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite esp... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/06/2015

    4. Caro senbor DBonfim. Relamente para o senhor, não resta a menor dúvida que a BÍBLIA NÃO É A PALAVRA DE DEUS, mas tão somente, o REGISTRO PROGRESSIVO DE UMA EXPERIÊNCIA DE FÉ vivida por povo que lia a história a partir da fé, não só do fato. Afirma também que “A Bíblia é Palavra de Deus QUE NASCE DENTRO DE UMA CULTURA E TEMPO (NÃO CAI PRONTA DO CÉU… parou por aqui e mais ainda: “a inspiração não fez de nenhum autor um super-homen imune ao seu tempo. Senhor DBonfim, O senhor nunca disse que faria do homem u... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/06/2015

    3. Caro irmão senhor DBonfim. Isto posto, não devemos tentar trazer uma prática do Velho Testamento para o Novo Testamento sob o qual estamos vivendo hoje, pois a sombra não pode expressar a realidade, e isso seria o mesmo que colocar remendo de pano novo em vestido velho, o velho e o novo não podem ser combinados, pois um estraga o outro (Mt 9:16-17 Hoje, vivemos sob a Nova Aliança e nossa orientação é o Novo Testamento, pois somos membro do corpo da Igreja de Cristo, onde Jesus nos veio nos libertar da escrav... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/06/2015

    2. Caro senhor DBonfim. Sua indagação inicial: “Não cobiçarás... o seu escravo, nem a.. escrava, ..nem coisa alguma do teu próximo” (Ex 20,17 é contrário à…”; “Se comprares um escravo hebreu, seis anos servirá; mas ao sétimo sairá livre, de graça...”, então seu senhor ...lhe FURARÁ A ORELHA COM UMA SOVELA; e ele o servirá para sempre...” (Ex 21, 2-6, é contrário à escravidão e ao trato desumano possessivo? (a ideia de “ama teu próximo” (Lv 19,18) evita, na Bíblia, que um hebreu escravize a outro? – Com relação a es... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/06/2015

    1.Caro irmão e senhor DBonfim, parece que o senhor ficou um tanto impetuoso com os meus questionamentos, mas até agora, o senhor nunca falou sobre o assunto questionado, só falou da mulher e agora da escravidão. O meu interesse em estudar a Bíblia não é outro senão para aprender mais sobre a vida de Cristo e o que Ele tem para nos ensinar para amarmos o nosso próximo como Ele nos amou. Caro senhor Dbonfim entendo muito bem que para não tirar conclusões indevidas da Bíblia, vejo o contexto em que se encontra... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 06/06/2015

    5. “Ela é a Palavra de Deus; ou apenas reúne palavras ditas por Deus; ou contém a Palavra de Deus?”. A Bíblia é sagrada, por isso, é chamada de “PALAVRA DE DEUS”, mas isso não quer dizer que foi ditada a ponto de nela só se encontrar coisas que Deus mandou escrever, ou que o autor esperou Deus ditar para escrever alguma coisa. É o contrário, o autor escreveu livremente e MAIS TARDE a comunidade de fé reconheceu naquela obra VALOR SAGRADO, o que fez reconhecê-la como Palavra de Deus. Foi historicamente tida como sag... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 06/06/2015

    4. “[N]ão li o que significa a Bíblia para o senhor DBonfim.” A Bíblia É O REGISTRO PROGRESSIVO DE UMA EXPERIÊNCIA DE FÉ vivida por povo que lia a história a partir da fé, não só do fato. Por isso, se no seu tempo ter escravos era normal, como entender que esses estariam e sintonia com a vontade de Deus? – Vendo neles a submissão a seus senhores (está na Bíblia que tinha de ser assim, não sou eu quem afirma). Explicando: a Bíblia não elimina aspectos culturais, ideológicos e sociais de seu tempo. Quem nega isso, s... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 06/06/2015

    3. Respondendo a algumas de tuas questões, começo por uma observação: “Fé é a rendição de nossa vontade à vontade de Deus” (Suponho que o senhor pode ser convencido de que conforme Ex 20,17 e Ex 21,1-6, manter gente sob trabalho escravo era vontade de Deus, portanto, para que questionar esses textos?(Boa saída para esse embaraço). “Como entender o infinito se estamos presos ao finito?” Ora, o trabalho escravo não tem nada de divino ou infinito, reconhecer que se trata de PRODUTO SOCIAL, não de vontade divina, é o m... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 06/06/2015

    2. Explica esse também: “Se comprares um escravo hebreu, seis anos servirá; mas ao sétimo sairá livre, de graça...Se seu senhor lhe houver dado uma mulher e ela lhe houver dado filhos ou filhas, a mulher e seus filhos serão DE SEU SENHOR, e ele sairá sozinho. Mas se aquele servo expressamente disser: ‘Eu amo a meu senhor, e a minha mulher, e a meus filhos; não quero sair livre’, então seu senhor ...lhe FURARÁ A ORELHA COM UMA SOVELA; e ele o servirá para sempre...” (Ex 21, 2-6, é contrário à escravidão e ao trato d... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 06/06/2015

    1. Está bem, Sr. Clodoaldo, na Bíblia não se aceita a escravidão. Então, por favor, explica esse mandamento e esse texto: “Não cobiçarás... o seu escravo, nem a.. escrava, ..nem coisa alguma do teu próximo” (Ex 20,17 é contrário à escravidão)? Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 06/06/2015

    2º. esquecendo que Deus é espirito e que de nada lhe serviria a morte do corpo, portanto a morte que Deus fala é com a língua que espiritualmente é espada de dois gumes, mata, na seguinte circunstância, a pessoa está cheia de otimismo feliz da vida crendo que tudo que fara resultara em sucesso, tudo bem é isto que vai acontecer, mas ai vem um pensamento (espirito)contrario sugerindo que o plano é imperfeito, que não dará certo como se penava, que tudo não passa de um engano da pessoa, pronto matou tudo que até entã... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 06/06/2015

    1º. Por vivermos, em um grande mercado, não somos uma nação etnia, tem pessoas que ainda, em pleno século vinte e um crê que Deus, sendo bom, apartado do mal, criou o demônio e a morte, tem gente que na mais pura inocência pergunta, se Deus é amor como mandou matar mulheres crianças e velhos, estas perguntas deveriam fazer parte do passado, no entanto tem crescido muito com o correr do tempo, certamente essas pessoas creem que as mortes existentes em filmes e novelas, era a realidade dos tempos antigos, e que o que... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/06/2015

    3. Caro irmão DBonfim, o Evangelho que creio é a boa notícia de que Deus está oferecendo, de graça, a salvação a todo aquele que crer no Senhor Jesus como Salvador. É grátis, e se é graça não depende do que o senhor faça. Deus sabe que eu e o senhor somos pecadores e não somos capazes de fazer o bem. Então Ele decidiu dar de graça a salvação, desde que eu a queira receber. Por outro lado caro irmão DBonfim quero lhe dizer que também creio que o Cristianismo precisa ser pessoal para ser real. Ninguém pode decidir ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/06/2015

    2.Caro senhor DBonfim, até agora não li nenhum comentário do senhor sobre a minha postura de que estou convencido que se pretendermos entender a Bíbla ou esclarecer todas as questões obscuras, antes de aceitar a Palavra de Deus, como ela se apresenta, podemos esquecer. Desculpe por ser repetitivo, mas não é para a mente racional e crítica que Deus fala. É o que afirma o Senhor Jesus Cristo em Mt. 11.25,26. Fé é a rendição de nossa vontade à vontade de Deus, quer a entendamos ou não. Fé é submissão à Sua Palavra, ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 05/06/2015

    1.Caro irmão e senhor Dbonfim, com todo o respeito, mas parece ser difícil para o senhor deixar a questão cultural da escravidão, pois já disse o que penso sobre ela, mas o senhor não aceita que para mim é natural, mas volta com o mesmo esquema, dando a impressão que a Bíblia acata e dá guarida a escravidão, ou seja o mesmo quando discutíamos sobre a postura da mulher em relaçao à não ensinar e nem ter autoridade na Igteja de Cristo,quando o senhor com sua redação envolvente deixou a impressão de que eu era ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 05/06/2015

    Percebi diversos erros de digitação e de edição nessas minhas últimas quatro postagens, após tê-las publicado, mas creio que apesar desses, compreende-se o que eu quis dizer. Tentei sintetizar o que escrevi (para não ficar extenso), e não me dei conta de que mutilei o texto, mas há como entender o que eu quis dizer. Por isso, não as corrigirei.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 05/06/2015

    4. Jogar algumas daquelas reflexões para o nosso tempo, sob o pressuposto de que temos de aceitar, nada mais é do que radicalizar, por não se compreender que a Bíblia é Palavra de Deus, no sentido de que nela a encontramos e reconhecemos a obra como sagrada, não porque Deus ditou o que o autor escreveu, de modo que ali somente Deus fale. E se ainda hoje se discute a Bíblia com esse tipo de mentalidade, isso se deve a um fenômeno que dificulta a compreensão de que não se deve afastar o texto que lemos de seu tempo, ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 05/06/2015

    3. Mas sabendo que ainda a regime de trabalho escravo, não podemos aplicar nesses casos aquelas NORMATIVAS bíblicas? – Não, porque a sociedade em que o autor viveu – e para quem originalmente escreveu – não discutia a escravidão como pecado e crime, mas nós discutimos, de modo que o fato de a Bíblia NORMATIZAR o comportamento do escravo não quer que a escravidão seja vontade de Deus. Nela orientou-se a conduta do escravo para AQUELA sociedade que via esse ato como aceitável e até normal. Mas o Achar que Deus mesmo ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 05/06/2015

    2. O senhor alimenta a equivocada ideia de que é possível ler algum texto e não ter opinião sobre ele, e o faz por achar que os autores escreviam sem opinião própria também. Da forma como se expressa, parece acreditar que a Bíblia fora ditada; ou se não acredita, não se dá conta de que estrutura teu pensamento como se ela tivesse sido, por isso tem tanta dificuldade de reconhecer o que é claro: Paulo, por exemplo, não precisou ouvir a voz de Deus para escrever: “Que os escravos sejam submissos a seus donos”. O que... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 05/06/2015

    1. Sr. Clodoaldo, o foco nunca foi o problema do trabalho escravo, mas a negação de que a Bíblia tenha influências culturais (o senhor acha que não tem, por isso não aceita o que eu digo, não restando-te outra saída a não ser relegar ao “obscuro” questões que se explicam pela simples constatação social do ambiente dos tempos bíblicos). Mas é razoável pensar qualquer história bíblica como algo fora da realidade do povo que a escreveu? Tudo indica que não. Na Bíblia, encontramos registros de como o povo lidou com a r... Denunciar comentário ofensivo

  • Ermógenes (Petrolândia) - 04/06/2015

    Ola galera, estou dando uma passadinha aqui só para lembrar, nós que defendemos as doutrinas de Cristo (Messias) não esquecermos que está iniciando o inverno e está no tempo de doação de cobertas para aqueles que dormem na rua, pois eles sofrem muito com frio. Se nós não vivenciarmos esses valores cristãos, a nossa religiosidade para nada serve. Lembrem-se que o mestre disse: o que fizestes a um desses é a mim que o fezes. Tiago 2:15,16 E, se o irmão ou a irmã estiverem nus, e tiverem falta de mantimento quotidiano... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 04/06/2015

    6.“Aquele que não pode perdoar destrói a ponte sobre a qual ele mesmo tem de Passar – George Herbet” Muitas vezes na minha vida tive e tenho ainda, que fazer reparos nesta ponte. Assim, caro senhor DBonfim, é uma das maneiras que a Graça age na minha vida. Abraços na Graça do nosso Grande Deus e Salvador, JESUS CRISTO...””” Minha oração: “”“NÃO TE PEÇO, SENHOR, A GRAÇA QUE DESTE A PAULO, NEM O PERDÃO QUE OFERECESTE A PEDRO; SUPLICO-TE, SOMENTE A MISERICÓRDIA QUE CONCEDESTE AO LADRÃO ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 04/06/2015

    5.Não sei como me esqueci do Deus dos Evangelhos, um Deus de misericórdia e generosidade que continua encontrando maneiras de despedaçar as leis implacáveis de não-graça. Deus rasga as tabuadas e apresenta a nova matemática da GRAÇA, a palavra mais surpreendente, mais assustadora, mais inesperada da nossa língua. Concluindo, Deus me deu uma nova vida cheia da GRAÇA, cuja misericórdia se renova a cada manhã... Isto é o que a GRAÇA fez na minha vida, Abriu minha mente e o meu coração para ver a diferença da vida ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 04/06/2015

    4.A GRAÇA nos desconcerta porque vai contra a intuição que todos tem de que, diante da injustiça algum preço tem de ser pago. Paulo destacou que o preço já foi pago, foi – pelo próprio Deus. Ele desistiu do seu próprio Filho, Jesus Cristo, para não desistir da humanidade. A GRAÇA é gratuita apenas porque o próprio doador assumiu o preço. Há momentos em que estudo as parábolas e percebo que algumas delas, senão a maioria, estão falando a meu respeito. Digamos que via a imagem de um Deus matemático que ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 04/06/2015

    3.Aí quando começo a prestar atenção nesse texto, porém, ouço um sussurro forte vindo do Evangelho da Graça que diz que não recebi o que mereço. Eu merecia o castigo e obtive perdão. Merecia a ira e recebi amor. Merecia cadeia do devedor e recebi, em vez disso, uma ficha limpa. Merecia advertências severas e devia-me arrepender rastejando de joelhos, mas recebi um banquete colocado diante de mim, o banquete da “Festa de Babette” como descreve Philip Yancei no seu livro MARAVILHOSA GRAÇA. Hoje estou cer... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 04/06/2015

    2.Caro senhor Dbonfm, quero lhe deixar a mensagem, como a Graça age na minha vida, pois vim a conhecer um Deus que é, nas palavras do salmista, “um Deus piedoso e benigno. Tardio em irar-se, e de grande amor”. Aprendi que a GRAÇA é de graça para as pessoas que não merecem e eu sou uma dessas pessoas. Aprendi também que o que impede o perdão não é a relutância de Deus, mas a minha. Um conselheiro, Davi Seamands, assumiu sua carreira desta maneira: “ Há muito anos, chequei a conclusão que as duas causas princi... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 04/06/2015

    1.Caro irmão e senhor DBonfim, volto a lhe afirmar que admiro seu estilo redaçional que é muito envolvente e que sempre respeitei suas posições bíblicas, embora discordo, com educação e respeito, com grande parte delas. Suas argumentaçoes insistentes, são sempre sobre os temas que lhe interessa, relegando ao esquecimento àqueles que parecem ser incômodos. Já está mais de que comprovado que nossa divergência sobre os temas abordados e dificilmente chegaremos a um consenso, portanto, seria inútil e perda de tempo ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/06/2015

    5. Mais uma ilustração que demostra como é recomendável perceber e considerar o contexto para compreender certas colocações: Imagina hoje alguém aparecer numa rede de televisão e dizer àqueles senhores de terras de algumas regiões do Brasil, onde se sabe, ainda há trabalho escravo: “não cobice o escravo do teu vizinho” (isso é Bíblico); e dizer aos pobres escravos: “sirva a seu senhor com zelo e respeito (isso é Bíblico)! (É possível dizer que isso não seria chocante, mas normal? – Para os tempos bíblicos seria nor... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/06/2015

    4. Assim, não nos cabe aquela consciência, mas compreendê-la como “própria de um tempo. Eles eram homens de um tempo em que não se via a escravidão como se vê hoje; não se via a mulher como se vê hoje; não se via a intolerância religiosa como se vê hoje, de modo que o fato de essa ou aquela orientação constar de algum livro da Bíblia não quer dizer que valha para qualquer tempo e lugar do jeito que está (Mas Deus, apesar das limitações humanas, orientou os escritores para que ao longo da história, seus próprios es... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/06/2015

    3. Se para a organização social da época do povo da Bíblia a escravidão fosse crime, pense: por que se faria leis de proteção ao direito do senhor sobre seus escravos, invés de se fazer leis que proibissem esse ato? Se escravizar fosse pensado como pecado, por que exigir que o escravo que deseja estar próximo de Deus aceitasse com respeito e zelo a autoridade de alguém que lhe tratava como propriedade sua? Sei que a escravidão na Bíblia não tinham motivações raciais, mas econômicas e religiosas – o que em nada abon... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/06/2015

    2. Todavia, irmão, entendendo o contexto não há por que condenar as orientações contidas na Bíblia sobre a escravidão, e dizer que Pedro, Paulo, ou quem quer que seja estava errado (eles não viviam nossa cultura, para que emita-se juízo sobre eles a partir de uma cultura que não era a deles!). Compreendo perfeitamente que influência cultural conta em qualquer obra, mesmo as da Bíblia, e é por causa dela que tratam desse assunto de um jeito que nós não devemos tratar. Se nego a influência cultural sobre aquelas colo... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/06/2015

    1. Sr.Clodoaldo, disseste: “[se]...o Novo Testamento, expressamente, não condena a escravidão, seria o caso do Novo Testamento não ser a Palavra de Deus por não ter nenhum texto, expresso, que não condena a escravidão”. No que a premissa: “o Novo Testamento, expressamente, não condena a escravidão” gera como conclusão necessária que “logo, não é palavra de Deus?”. Uma coisa não implica outra (não há sentido nesse teu argumento, pois a conclusão parte de uma premissa falsa). Estar certo de que a Bíblia é palavra de ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 03/06/2015

    3.Em Cristo Deus condenou a carne na cruz, eliminando de vez qualquer esperança de melhoria. Se você ainda está em Adão, a condenação paira sobre sua cabeça. Se você já está em Cristo, "nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus". Manter a glosa condicional acrescentada ao versículo 1, que diz "que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito" é colocar uma condição para um livramento que só recebemos por graça, e não pelo andar, pelo esforço prórprio em guarda a Lei ou ordenanças Abraços na graça... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 03/06/2015

    2.Se considerarmos a adulteração: “para os que não andam segundo a carne mas segundo o Espírito”, estaremos introduzindo o mérito humano e que acaba de vez com o conceito da Salvação pela e de Graça, sem nenhum mérito humano de guardar à Lei . Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 03/06/2015

    1.A título de esclarecimento bíblico, sobre o post de Antônio de Mello de 2.6.2015, sobre Romanos 8:1 aparece adulterado em algumas versões da Bíblia. Nos melhores manuscritos a passagem não contém o que coloco aqui entre colchetes: "Portanto agora nenhuma condenação [há] para os [que estão] em Cristo Jesus, [que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito]". Aparentemente a segunda parte é uma glosa acrescentada por algum copista, a qual acabou inserida nos manuscritos derivados. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 03/06/2015

    3. Isto posto, caro irmão e senhor DBonfim, quero lhe dizer que muito embora a Bíblia não condena, especificamente, a prática da escravidão, muitos vêem isto como se a Bíblia permitisse todas as formas de escravidão. Sabemos que no Novo Testamento Paulo condena os comerciantes de escravos (seqüestradores) Efésios 6:9; Colossenses 4:1).em 1 Timóteo 1:10.9 Apocalipse considera aqueles que fazem tráfico de “escravos e até almas humanas” como sendo imorais e destinados ao juízo (Ap. 18:13, ARA). EM NENHUM LUGAR O NOVO ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 03/06/2015

    2.Caro irmã e senhor DBonfim. Para mim, como cristão convicto, sou forçado a reiterar que estou convencido que se pretendermos entender a Bíbla ou esclarecer todas as “questões obscuras” “antes de a aceitar como a Palavra de Deus, “PODEMOS ESQUECER”, pois não é para a mente racional e crítica que Deus fala, como já lhe disse, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; E NÃO PODE ENTENDÊ-LAS PORQUE ELAS SE DISCERNEM ESPIRITUALMENTE. Sr. DBonfim, temos que considerar que so... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 03/06/2015

    1.Caro irmão senhor DBonfim, apesar de sua didática, explicativa e envolvente argumentação afirmando de que o Novo Testamento, expressamente, não condena a escravidão, seria o caso do Novo Testamento não ser a Palavra de Deus por não ter nenhum texto, experesso, que não condena a escravidão. Esta. parece ser, no mérito, a sua posição a respeito da Bíblia. Tudo bem, respeito sua posição. Considerando a sua posição em relação à Bíblia, quero expor e demonstrar que A Bíblia é à Palavra de Deus. Dizer que ela m... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/06/2015

    3. Também, o senhor não notou que sobre o trabalho escravo eu disse não constar EXPRESSAMENTE, repito, EXPRESSAMENTE nada, nem no NT, que recrimine EXPRESSAMENTE (com palavras exatas) essa prática. O que há NOTORIAMENTE a esse respeito é uma ACEITAÇÃO dela como legítimo direito, conforme se pensava na época, e que por isso, em várias cartas vemos recomendações de respeito a essa ordem social que os autores do NT aceitam como “normal”. No AT, até mandamento para proteger o direito de ser ter escravos, concebidos c... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/06/2015

    2. O fato de eu ser cristão, não tira de mim a consciência de que esse dito constante do Evangelho é evidente e expressamente CONTRÁRIO a algo que para o Antigo Testamento era VÁLIDO. Por isso, não posso dizer irrefletidamente que “a Bíblia diz “ama a teu inimigo”, mas sim que, o NT traz uma nova percepção da amplitude do amor (que não é comum a toda a Bíblia, mas é peculiar ao Novo Testamento, especialmente no que diz respeito ao livro de Mateus (isso é uma questão de exatidão e clareza no que se expressa). Ou sej... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/06/2015

    1. Irmão Clodoaldo, sobre o que dissestes acerca de que não respeito à Escritura como um todo, porque eu disse ser incorreto enfatizar o discurso com base no “a Bíblia diz”; creio que não fui compreendido. Há um consagrado erro nessa expressão (e é isso que quis destacar), já que nem sempre é a Bíblia (conjunto de livros) que diz isso ou aquilo que, por hábito, tomamos como única declaração (sem ressalvas), pois, geralmente quando se usa essa expressão a referência é imprópria, por se tratar de ocorrência particula... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/06/2015

    Não andam segunda a carne, mas segundo o Espirito...Isso quer dizer levar a vida PAUTADA em obediencia na Palavra de Deus... Uma vida santa....Sede santo como eu sou santo diz a Palavra de Deus...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/06/2015

    A Santificação também tem seu lugar...."""Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Romanos 8:1""""........Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/06/2015

    Resumindo: A Justificação pela fé tem seu lugar. """"Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Romanos 5:1""""".........Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/06/2015

    Percebeu meu querido? Então como você disse, não se trata de EXIGIR de Deus uma salvação oriunda dos MÉRITOS pela guarda de mandamentos....Esse processo de salvação que eu tentei descrever pra você, demonstra que essa pessoa foi salva unicamente pelos méritos de Cristo. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/06/2015

    Ermogenes. A terceira fase da Salvação é a GLORIFICAÇÃO... Na segunda vinda de Jesus, seremos então Glorificados e plenamente salvos... Não que a justificação feita por Jesus foi pela metade, é que nós ainda estamos vivendo neste mundo de pecado. """Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 1 Coríntios 15:52""""...Viu???w """ressuscitarão incorruptíveis""" e seremos transformados....Esse evento s... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/06/2015

    O problema é que essa pessoa precisa permanecer salva, é nesta fase entra o Espirito Santo. Para permanecer salva, essa pessoa precisa ter comunhão com a Palavra de Deus. Quando ela começa a estudar a Palavra de Deus, o Espirito santo mostra a ela toda a verdade só então ela sente o desejo de obedecer a Deus como reconhecimento e Gratidão. Foi a palavra de Deus mostrou quão profundo era o abismo de onde ele foi tirado! """"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecado... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 02/06/2015

    Mas quantas discussões sobre o dia do Descanso SÁBADO? ERMOGENES é apenas Amar meu querido. AMAR Ermogenes. Para com besteiras meu querido. Heb. fala do Descanso. Acabou com essas Idiotices sobre Sábados Ou Domingos. O Nosso descanso qual é? ? Acabem com um monte de discussões Abestalhadas. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/06/2015

    Amado Ermogenes. Você sabe que quando o ser humano se sente perdido, sem esperança, e quer viver uma nova vida e ter seus pecados perdoados, ele só tem um caminho: Se arrepender da vida passada, confessar a Jesus Cristo, e então Ele é uma nova criatura. Está salvo. É um justo...Esse processo é o primeiro passo da salvação, denominado de JUSTIFICAÇÃO.... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/06/2015

    Amado Ermógenes, não vamos colocar o carro na frente dos bois...Para que a salvação seja teologicamente completa, ela precisa ser entendida ou estendida em tres etapas, ou tres fases distintas entre si. Ou seja: Justificação. Santificação e Glorificação.... Denunciar comentário ofensivo

  • Ermógenes (Petrolândia -PE) - 02/06/2015

    ANTONIO DE MELO, Você disse que a lei de Deus não é um fardo, é justamente por isso que salvação não tem nada a ver com lei, se não é um fardo, logo é fácil de se cumprir, em se cumprindo se torna uma obrigação de Deus salvar o cumpridor da lei por seu próprio mérito. Amado Antonio, se a salvação fosse pela lei, o cumpridor da lei teria o DIREITO de EXIGIR de DEUS o que lhe SERIA DEVIDO. Aí vem o tropeço, guardou a lei e tropeçou em Jesus Cristo (Messias) Realmente, devemos guardar a lei de Cristo, o qual disse qu... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/06/2015

    3.Caro senhor AntOnio de Mello, ..O Anjo disse: Estes são os que já guardaram o sábado e o abandonaram” - Ellen G White, Primeiros Escritos, Editora Casa Publicadora, Tatuí – SP; 1995, página 37.“ “.... verificando-se estar o seu caráter em harmonia com a Lei de Deus, seus pecados serão riscados, e eles próprios havidos por dignos de vida eterna” (pág. 487, CPB). Enquanto isso, Paulo escreveu treze epístolas e em nenhuma delas recomendou, como necessário para a salvação, a guarda do sábado. Pelo contrário, combate... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/06/2015

    2.Caro senhor Antônio de Mello de Londrina, sua afirmação : “Nenhum adventista do 7º Dia está guardando o sábado pra se salvar. Ah! É Verdade? Mas o senhor Antônio, crê o obedece sua profetisa que lhe ordena que: Santificar o Sábado ao Senhor importa em salvação eterna”. - Testemunhos Seletos, vol. III pág.22, EGW ed.1956); “Foi-me mostrada então uma multidão que ululava em agonia. Em suas vestes estava escrito em grandes letras: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Perguntei (ao anjo) quem era aquel... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/06/2015

    1.Caro senhor Antônio de Mello de Londrina. Os mandamentos de 1ª. João 5.3, “Porque este é o amor de Deus, que guardamos os SEUS MANDAMENTOS, ora os seusmandamentos não são penosos. NÃO SE REFEREM AOS DEZ MANDAMENTOS, como lhe ensinaram, mas sim aos mandamentos de Cristo, é só ler em 1ª. João 3.23: “Ora, o seu mandamento é este: “que creiamos em o nome de Seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o mandamento que Elel nos ordenou. VIU SÓ. LHE ENSINARAM ERRADO. É SÓ PENSAR.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/06/2015

    5.Caro irmão e senhor Dbonfim o senhor disse: Citar passagens da Bíblia não quer dizer estar com a razão sobre o assunto”; quero apenas dizer que isso ocorre somente quando esta citação não está contextualizada biblicamente; a seguir cita que: “Explicando, para que não haja mal entendido: um adventista cita a Bíblia para fundamentar sua ideia de que o sábado deve ser observado; o senhor cita a Bíblia para demonstrar que não deve ser observado. Como resolver essa questão se não consideramos os dois pressupostos”... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/06/2015

    4. Caro irmão e senhor Dbonfim, com relação a sua pergunta; Onde está escrito com todas as letras que mesmo o NT condena escravidão? Parece que o senhor está tão obsecado em entender pela sua mente que não se lembra do grande mandamento de Cristo para o homem. …Amar o próximo com a si mesmo; Ora, senhor Dbonfim, é só raciocinar um pouco nestas palavras do Senhor Jesus, para vermos, com discernimento espiritual todo o contexto da Escravidão, de que o Novo Testamento, CONDENA, sim, à Escravidão, pois basta ao ho... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/06/2015

    3. Caro irmão e senhor Dbonfim. Por outro lado, a salvação não precisa ser "entendida" para ter efeito, porque se assim fosse haveria algo que dependeria de nós, de “nossa inteligência e grau de conhecimento,” aí entra o orgulho do homem. Ao contrário, a Salvação é recebida pela Fé, não pela “inteligência”. O apóstolo Paulo, sabendo que todos os homens possuem um egocentrismo insaciável que os faz gabar-se de seu valor moral e espiritual, escreveu aos crentes em Éfeso: “Porque pela Graça sois salvos, mediante a fé;... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/06/2015

    2. Caro irmão e senhor Dbonfim. A Bíblia sempre nos convida para atentarmos para à Sua Palavra, para meditarmos sobre ela, é o que vemos em Isaias 1.18. “Vinde pois, e ARRAZOEMO, diz o Senhor…, pois este é um convite ao nosso raciocínio, reflexão, pesquisa e entendimento para comprendermos, em toda a sua plenitude, à Sua Vontade para conosco, muito parecido com a sua declarçaõ de amante da Palavra, “”MAS TUDO ISSO SÓ É POSSÍVEL””, quando efetuamos pela Fé, à RENDIÇÃO de nossa vontade à VONTADE DE DEUS, quer ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 01/06/2015

    1.Caro irmão senhor Dbonfim, sua declaração de que é um amante da Palavra, e com respeito a ela…, mas não a respeita como um todo, conforme sua declaração” a “Bíblia diz” (na verdade, não a Bíblia, mas um livro dela, que é o mais correto dizer). Respeito seu pensamento como aceita a Palavra supondo que é a de Deus, pois o senhor não diz Palavra de Deus, mas não a aceita como Normativa e Autoritativa. Caro senhor Dbonfim, sua declaração não é a de um amante fiel, pois o senhor lhe tira o caráter Normativa e Autor... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 01/06/2015

    """O dia do sábado, chamado dia da perfeição, também o dia da gloria, foi feito para o homem"""... Muito bom! É isso mesmo! Viu como é não é dificil de entender?Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/06/2015

    O que mais assombra, é a capacidade de um ser dizer que, Jesus é o senhor, ao mesmo tempo se sujeitar a uma doutrina que não possui o domínio, (conhecimento) se não tens uma resposta, para a questão do sábado, por falta de conhecimento, pelo menos estude o português, e veja o sofrimento do seu próprio povo, ajuda muito, a advertência de Deus é : vai ter com a formiga. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/06/2015

    O que faz pesar no homem, é a hora de decidir os fatos mais importantes de sua vida, onde encontrar a melhor resposta para um grande sofrimento, um consolo da perda de um ente amado, ou a decisão de casar e ter um, ou mais filhos, abrir uma empresa ou se empregar, ensinar ou aprender, enxergar ou permanecer cego, negociar ou esconder a moeda, dividir com Deus, ou ser absoluto, se nada lhe pesa, tu tens todas as respostas, parabéns, és um Deus. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/06/2015

    O dia do sábado, chamado dia da perfeição, também o dia da gloria, foi feito para o homem, colocar todas suas frustrações para um justo julgamento, por esta razão este foi feito vazio; mas tirar o vaticano que tem toda documentação milenar, colocando a Srª Ellen G. White, no lugar do papa, é forçar a barra Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos. Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. Apocalipse 20:4,5......Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos. Apocalipse 20:6....A primeira ressurreição... A segunda é a dos impios....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. 1 Tessalonicenses 4:17.......Depois nós, os vivos!!...Primeiro a ressurreição dos fiéis....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 1 Coríntios 15:52Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Quantos vão ver esse evento glorioso? Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém. Apocalipse 1:7......Todo os olhos o verão...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Literalmente!!! Fisicamente!!!...Pessoalmente!!!...Visivelmente!!!... Veja: """Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir."""Atos 1:11...Virá do MODO COMO VISTES SUBIR....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Com a 2ª Vinda de Cristo:" Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. Mateus 24:30""....Essa vez Ele não virá como um bebê, mas com PODER E GANDE GLÓRIA...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Esse conflito terá um fim. Não tem como as coisas continuarem do jeito que estão... ..E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim. Mateus 24:14.........Vira o fim como????Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    “À medida que ganha terreno o movimento em favor do repouso dominical obrigatório, eles se regozijam, na certeza de que, por fim, todo o mundo protestante será reunido sob a bandeira de Roma” ..... “A imposição da guarda do domingo por parte das igrejas protestantes é uma obrigatoriedade do culto ao Papa – à Besta”...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Unicamente mudando a lei de Deus poderia o papado exaltar-se acima de Deus; quem quer que conscientemente guarde a lei assim modificada, estará a prestar suprema honra ao poder pelo qual se efetuou a mudança. Tal ato de obediência às leis papais seria um sinal de vassalagem ao Papa em lugar de Deus...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Então, aqui na terra em relação a esse grande conflito entre o bem e o mau, esse assunto é uma questão de ADORAÇÃO..... De que lado você está??? Veja. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Um Rei Reina na vida de seus suditos... Um Senhor é o soberano dos seus suditos... Os suditos obedecem e são fiéis a seu Rei e Seu SENHOR... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Assim o Filho do homem até do sábado é Senhor. Marcos 2:28........ Até do Sábado Ele é o Senhor... Então Ele é o Meus Senhor... Ou seja: Quem acha que seus mandamentos SÃO PESADOS, não tem Cristo como o seu Senhor....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Nenhum adventista do setimo dia esta guardando sábado pra se salvar. Quem fala isso é por que não sabe nada sobre a IASD. Essas pessoas são simplesmente críticos.... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Ninguem, absolutamente ninguem, vai obedecer ou guardar normas, regras, mandamentos, sem que haja primeiro um espirito de Gratidão...Ém reconhecer que Cristo morreu por nós sendo ainda pecadores....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Eu guardo o Sábado a muitos anos e não sinto peso nenhum. Me sinto livre da condenação da lei...Por isso NÃO estou debaixo da lei e sim debaixo da GRAÇA de Cristo, por que Ele sendo o Criador do Sábado e tendo santificado esse dia, fica feliz quando percebe que um filho Seu, que respeita as Suas NORMAS, não para se salvar, mas porque depois de ser SALVO pelo Seu Criador e Redentor, resolve prestar-lhe louvores em de reconhecimento e gratidão em saber que Cristo o amou sendo ainda pecador...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Tem alguém aí que está errado e eu prefiro crer que não é João...João foi inspirado pelo espirito santo e o Adalberto não...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 31/05/2015

    Cada um tem uma posição formada para se safar ou tentar se justificar da condenação da lei. Na ultima pergunta desse blog, (ultimas respostas) em relação a justiça de Deus, a Resposta do Sr. Adalberto foi essa: """Embora Jesus diz minha carga é leve e meu jugo é suave.""" O Adalberto conseguiu entender que a LEI DE DEUS É UM FARDO!!!!!!!!!!!!! Isso não é verdade pois o mesmo João diz que SEUS MANDAMENTOS NÃO SÃO PENOSOS....Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 31/05/2015

    No terceiro dia, de Gênesis foi dada a sabedoria ao coração do homem, em forma de uma árvore adulta já com semente, e no quarto dia retirada, em noventa por cento, história descrita em Jonas, que usou de astucia para falar ao povo de Nínive, e foi repreendido por Deus, por sua justiça. Assim como a árvore, também a bíblia tem suas próprias respostas, a todas e quaisquer questões; Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 31/05/2015

    Sabes, Sr. Claudinei, a cada mandamento em gênesis, ia se formando um corpo que ao final, pelo sopro da vida se levantou como alma vivente, este sopro é a benção de Deus sobre tudo que havia criado, por esta razão o sábado é o corpo de Jesus consumado para a gloria eterna, guarda-lo significa guardar morto, enterrar a moeda, mas não deve ser assim pois Jesus ressuscitou, e a vontade de Deus, é que todos troque o pedaço de pão, pelo pão vivo, nada acontece sem um prévio aviso, pois esta é a justiça de Deus. Denunciar comentário ofensivo

  • Claudinei (São Paulo) - 31/05/2015

    Querida irmã Márcia! Vejo através de sua pergunta que vc está tentando descobrir qual a vontade de Deus para segui-Lo da forma correta, e isso é muito bom! Mas vejo que aqui, os que deveriam postar algo para te ajudar, estão te confundindo mais ainda! E isso não e nada bom! “ Ai de vocês, mestres da Lei! Pois guardam a chave que abre a porta da sabedoria. E assim nem vocês mesmos entram, e nem deixam os outros entrarem.” (Lucas 11:52). Não sou nenhum expert no assunto (apesar de ser pai de dois teólogos, um formad... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 31/05/2015

    Nesse caso, sr. Walter, peço que desconsidere e perdoe minha colocação. Ocorre que a última intervenção tua, antes desse comentário a que me referi, foi realizada nos seguintes termos: “Excelente, sr. Clodoaldo”, em 28/05, relativo a uma reação do sr. Clodoaldo, no que diz respeito ao que eu havia comentado no tocante à forma como fomos habituados a ler a Bíblia. Após essa, diversos comentários de outras pessoas foram feitos, mas o senhor se manifesta apenas depois de minhas novas observações, inclusive fazendo men... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 31/05/2015

    Sr. DBonfim, não fiz nenhuma menção aos seus comentários, tampouco disse que mentes, sabes que ninguém pode julgar ninguém, o juiz se encontra em nós mesmo, que é nossa consciência, justo juiz, o que disserdes pode não ter existido até o momento que disse, mas a partir daí existe e certamente tomara um corpo, cedo ou tarde; o que postei foi a continuação do que avia postado dia 27/05/15 e as armadilhas eram confeccionadas pelos fariseus, em suas longas golas, como sinal de mais poder que os demais, principalmente s... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/05/2015

    7. Sr. Clodoaldo, por fim, trazendo para o tópico: essa questão do sábado, nem eu nem o senhor poderemos discuti-la adequadamente com um sabatista, pois a percepção normativa da Bíblia – que o senhor mesmo defende – e que o sabatista simpatiza, impede a ele de reconhecer que há um processo histórico que justifica uma exigência situada num tempo, lugar e povo, mas que é uma proposta de experiência de Deus que não limita o ato em si a uma norma. Porém, ele pensa que limita (tem que ser o sábado, porque a Bíblia diz q... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/05/2015

    6. Na prática, ser humilde não inviabiliza um entendimento da Bíblia (ainda que errado, como é o caso das Tjs e as transfusões de sangue), porque aquilo que um fiel costuma defender é o que pensaram para que ele defenda (não é ele mesmo quem pensa; ele apenas reproduz o que alguém pensou para ele). Conscientizar o leitor de que respeitar o texto sagrado é buscar refleti-lo na vida, não na letra apenas, para evitar a normatização irrefletida do que se lê, é o mínimo que fazemos como sinal de respeito a uma experiênc... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/05/2015

    5. A fé é envolvente e motivadora, mas a interpretação textual tem e precisa ter MÉTODOS, por mais que façamos uso de percepções pessoais, que por sua vez, podem até destoar da real intenção do texto e nos levar para um tempo e uma realidade fora do que realmente é a própria realidade (a nossa e a do texto). Exemplo: Uma Testemunha de Jeová (Tjs, daqui para frente), que é de posição contrária à transfusão de sangue, cita a Bíblia como NORMA. Mas não faltaria a ela tratar de maneira mais objetiva os textos que cita,... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/05/2015

    4. Por isso, a percepção puramente normativa da Bíblia é outro modo de viver o legalismo (que o senhor mesmo combate quando trata do sábado). Mas essa visão repaginada e disfarçada do legalismo é muito prestigiada e difícil de ser superada, porque faz parte da cultura de percepção da Bíblia em que fomos educados. Não vemos a Bíblia como esse registro de uma experiência de fé dinâmica, mas estática (está ali no texto, tem de ser assim!). Essa visão “normativa” (legalismo repaginado) justifica e explica por que sempr... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/05/2015

    3. A Bíblia registra a experiência de vida particular e comunitária de um povo diversificado no tempo e no espaço, mas que identificamos como “povo de Deus”. E nesse sentido (o de experiência de vida particular e comunitária, mediada pela fé) é modelo para a experiência que vivemos hoje. Porém, ainda que quiséssemos copiar aquela experiência, nos faltaria, na maioria dos casos, as razões que a fizeram acontecer como aconteceram. Não seriámos autênticos em nossa própria experiência tentando simplesmente COPIAR e apl... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/05/2015

    2. No tocante ao irmão Clodoaldo, destaco: sinceramente, prezo pelo respeito e desejo não ser ofensivo. Apenas aponto algumas razões de minha percepção sobre o assunto (visão da Bíblia). Se não houvesse divergência, convenhamos, não haveria debate. Quanto à observação que fiz de que somente postas sobre a observância do sábado, apenas constatei um fato, no intuito de destacar que a fé cristã tem outras preocupações além dessa (e sei que o senhor sabe disso). A fé não se restringe à apologética, ainda que esclarecer... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/05/2015

    1. Sr. Walter, disseste sobre meus últimos comentários que esses são “armadilhas... confeccionadas” com “sofisticação”. Mas para ser ao menos ético (já que disseste que alcançaste a sabedoria – e a ética não deve ser desprezada por ela –, por questão de ética, deverias apontar os eventuais erros que encontraste, não julgar-me sem motivar as causas, porque agir ao contrário disso não é ser sábio. Assim, se discordar do que o senhor disse, certamente apontarei no que discordo e explicarei por que discordo, não simpl... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/05/2015

    4º.Tal pastor é com certeza muito sábio, encontra um tesouro facilmente e o reconhece, em segundo lugar ele vê sua imagem refletida neste tesouro, devido seu brilho. É o que faz o animal visa apenas um e o persegue até alcança-lo, não corre em vão atrás de todos, acabando sem nem um.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/05/2015

    3º.Louco esta noite pedirão conta de sua alma, portanto a pregação mais coerente é aquela que mesmo havendo muitos espectadores, o pregador deve visar apenas um, o mais necessitado, e geralmente, este se encontra la traz; se o pastor visar apenas o mais necessitado, já demonstra que tem bons olhos, Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/05/2015

    2º.Muitos, se perdem por supor que falando para muitos pode ser vantajoso, puro engano, a maneira mais correta é a que Jesus demonstrou, desde o princípio a advertência foi, observe os animais! esta palavra mais tarde foi enfatizada por Jesus, da seguinte maneira, certo homem mandou derrubar seus celeiros e construir um muito maior... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/05/2015

    1º.O cabeçalho, do texto diz, baseado na bíblia, (não recite, a bíblia), se compreende pelo cabeçalho que é válida, todas as opiniões para estudos da que mais se enquadra, na intenção do escritor nas escrituras, em comunhão com o inspirador, se o pão foi repartido em igualdade, todos tem parte, não podemos julgar-nos absolutos, mas consciente de que há um absoluto. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/05/2015

    3.Caro irmão e senhor Dbonfim. Quero deixar claro que se prevalecer seu ponto de vista sobre a leitura, estudo e interpretação dos textos bíblicos, só chegariam ao conhecimento do Evangelho da Graça de Deus os sábios e eruditos, pois a grande massa, os humildes, os simples, o povão, aquele por quem Cristo morreu, dificilmente chegariam à salvação. É por isso que o Senhor Jesus disse na maltratada leitura de Mt. 11.25…Graças de dou ó Pai porque ocultaste estas coisas dos sábios e entendidos e as revelaste aos peque... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/05/2015

    2.Caro irmão e senhor Dbonfim. Já lhe disse n vezes que respeito e muito sua elegancia redacional, sua opinião, seu ponto de vista, mas tenho o direito de discordar de alguns pontos já sobejamente comentados em nossa troca de mensagens, mas o senhor tem dificuldade em aceitar este fato. Por outro lado, fiquei desapontado com a sua infeliz e deselegante colocação de que: “mas o senhor “só posta comentários nessa seção sobre o sábado”. Caro irmão Dbonfim, como cristão convicto e por opção, não posso me acovardar ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/05/2015

    1.Caro irmão senhor Dbonfim, li e refleti com atenção sua longa argumentação, que denota mais um sentido de réplica e revide à minha postagem. Na sua característica marcante e envolvente o senhor desenvolve com grande eficácia sua defesa à crítica sobre a intepretação bíbllica, rejeitando-a como Normativa, mas usando-a como Indicativa apenas. Isso sim é um péssimo uso da Bíblia. Ocorre que na sua maioria, os críticos da Bíblia não querem se subordinar a ela, mas querem que ela se subordine as suas idéias, pois na... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/05/2015

    Não vim trazer PAZ, mas espada......a verdade dói...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/05/2015

    O Padre Fabio de Mello começou falar do sábado: https://www.youtube.com/watch?v=Y3ZdyaBEbRM....... Perdeu até o seu programa..... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/05/2015

    Operação do erro!Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/05/2015

    A Igreja perde a sua acescência se ela perder O domingo! Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/05/2015

    Se existe algo que faz o cristão é o domingo.!!!!!! rsrsrs.. eu tenho que rir!!!!...https://www.youtube.com/watch?v=MNKyqVaHB5oDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/05/2015

    """A Igreja perde a sua própria escanência se ela perder do DOMINGO"""Se Existe algo que FAZ O CRISTÃO É O DOMINGO!!!!!!!?????????...Pe Paulo Ricardo: https://www.youtube.com/watch?v=MNKyqVaHB5o ......Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/05/2015

    É isso mesmo Irmão Nelson de almeida do Pará. ""o engano e a farsa originadora da mudança desse dia para o domingo."""....Você falo pouco mais disse tudo...Obra do engano. A operação do erro...Se pelo menos eles dedicassem o domingo como desanco como sendo o Santo dia do Senhor, tudo bem, mas o domingo é o dia de festa, churrascada, shopping, e etc. ....Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/05/2015

    Durante minha vida, aprendi com as armadilhas como estas são confeccionadas e a sofisticação de seu preparo, para se possível capturar os mais audaciosos das mais distintas classes, para se fazer duro como a rocha, inabalável como um monte, é preciso conhecimento, sabedoria e discernimento de palavras e palavras, sua autoridade e fonte, nada disso é possível se houver turvação, dos desejos do coração, não vejo discordância por parte de denominações, outrossim se cumprindo o que a mais alta autoridade diz seja Paul... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/05/2015

    6. Sempre invocamos o Espírito Santo, que ilumine a consciência de cada um, mas é curioso que um adventista o faça, convicto de que esse Espírito guiará no convencimento de seu ouvinte discordante que o sábado seja observado; o assembleiano, por sua vez, pedirá ao mesmo Espírito, antes de discutir a mesma questão, orando para que o adventista seja convencido de que não deve guardar o sábado. E ao final das orações ambos dirão, antes de expor seu ponto de vista (que é partidário): “que eu não diga o que quero, mas a... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/05/2015

    5. E então, quem está respeitando a Bíblia? Quem reconhece o dever de entendê-la no contexto, ou quem defende que não se discute o que ali se diz? Se não se discute, permitam-se dizer que negando o trabalho escravo os senhores estão contra a Bíblia (que a Bíblia diz que pode e legisle em favor dos senhores de escravos); que negando que um pai ou uma mãe entregue seu filho à morte por esses ser indisciplinado, não respeitam o que “a Bíblia diz”). Louvado seja Deus que não condena a reflexão, do contrário... Quando s... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/05/2015

    4. Esses poucos exemplos cito com um único propósito: mostrar que a leitura ACRÍTICA da Bíblia (como foi sugerido) pode promover estragos irreparáveis sob o pressuposto de que foi Deus que disse e não se discute (mas será que Deus mudou, ou a percepção que o homem tem dele teve de mudar?) Onde está escrito com todas as letras que mesmo o NT condena a escravidão? Por que revemos esses conceitos, se a Bíblia NORMATIZA que o escravo seja submisso e fiel ao seu senhor? (Pensando a Bíblia apenas como regra normativa IN... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/05/2015

    3. Hoje, vemos os esforços fundamentalistas a reduzir a Bíblia a um livro meramente NORMATIVO (guarde o sábado, ou não guarde o sábado, por exemplo), cujo valor se restringe à firmação de doutrinas morais e teológicas, que na verdade só servem à apologética e a submeter a Sagrada Escritura à condição mais humilhante do que se pode ter por revelação, como se essa só servisse para provar doutrinas e defender pontos de vista, que por sinal, são sempre dependentes de uma trecho colocado acima de outros tantos (que tamb... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/05/2015

    2. Alguns, maltratando a Escritura e negando-se a discuti-la, falam como se essa fosse destinada apenas aos ACRÍTICOS, porque segundo essa compreensão, Deus odeia quem reflete o que lê (prato cheio para empurrar goela abaixo todo tipo de absurdo sob o falso pressuposto de que se “a Bíblia diz” não se discute (Isso fazem os adventistas com o sábado e os não-adventistas contra a observância do sábado. Essa é uma das raízes do problema). O que estamos fazendo com a Bíblia? – Pergunto. Levantei alguns pontos e recebi ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/05/2015

    1. Senhor e irmão Clodoaldo, perguntaste: “Que uso fazemos da Bíblia?” – Excelente pergunta, só faltou uma coisa: disposição para se refletir sobre isso. E essa é a razão por que muitos irmãos adventistas morrerão insistindo na guarda do sábado, e talvez nós morramos insistindo que não se deve guardar dia algum (como regra, o que não impede que o façamos por ato livre de dedicação a Deus, sem que para isso mereçamos qualquer condenação). Mas por que parti de tua pergunta (“Que uso fazemos da Bíblia?”)? Por que a re... Denunciar comentário ofensivo

  • nelson de almeida brito (Belém-Pa.) - 28/05/2015

    Qualquer esforço para desnaturar a validade do 4º mandamento nos exatos termos em que ele foi estabelecido nas Sagradas Escrituras, tem como implicação o elevado grau de comprometimento desses interpretes com o engano e a farsa originadora da mudança desse dia para o domingo. Deus não muda e Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Respeitem o afadigado trabalho pedagógico do Altíssimo em revelar seus preceitos. Vocês estão defendendo a religião, defendam a Verdade e terão a assistência dos altos céus. Com amor e... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 28/05/2015

    Prezado senhor Izaque (sbc). Parabens pela sua postagem, pois seu tema é uma das nossas bandeiras que postamos neste blog, mas que, infelizmente os adventistas que aparecem neste blog, às vezes conseguem entender, mas devido ao véu que lhes cobre a face, não aceitam. (2ª. Co. 3.14,15 e 16), mas continuamos, como cristão, tentando alertá-los como o senhor está fazendo. Abraços na Graça e Paz do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, do Aprendiz de Cristão. Denunciar comentário ofensivo

  • Izaque (sbc ) - 28/05/2015

    são chamada de lei moral , lei cerimonial , lei civil , são na verdade três partes de uma mesma lei que o Senhor Jesus já cumpriu na sua totalidade. Mt 5: 17.18 na verdade a lei e a graça são o lado oposto de uma mesma moeda Jo 1:17. O Senhor Jesus cumpriu toda a lei ,os preceitos morais ,cerimoniais e civis Mt 5.17,18 o apostolo paulo deixa claro isso quando fala que o ministério da morte , gravado com letras em pedras ... era transitório 2 cor 3.7,11.No entanto ,a verdade moral contida no sistema mosaico , foi re... Denunciar comentário ofensivo

  • Izaque (sbc ) - 28/05/2015

    são chamada de lei moral , lei cerimonial , lei civil , são na verdade três partes de uma mesma lei que o Senhor Jesus já cumpriu na sua totalidade. Mt 5: 17.18 na verdade a lei e a graça são o lado oposto de uma mesma moeda Jo 1:17. O Senhor Jesus cumpriu toda a lei ,os preceitos morais ,cerimoniais e civis Mt 5.17,18 o apostolo paulo deixa claro isso quando fala que o ministério da morte , gravado com letras em pedras ... era transitório 2 cor 3.7,11.No entanto ,a verdade moral contida no sistema mosaico , foi re... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/05/2015

    Excelente, Sr. Clodoaldo. Denunciar comentário ofensivo

  • david (poa) - 27/05/2015

    Muito bem colocado seus comentários Clodoaldo, li todos eles, bem explicado, bem nitido para o entendimento. Pena que tem gente que não consiga entender. Mas não desista precisamos de pessoas como o sr. Para nos orientar...Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/05/2015

    4. Senhor Dbonfim,. Que uso fazemos da Bíblia? Ela é autoritativa para nós, que assim crendo procuramos entendê-la globalmente, ou é indicativa, sendo usada em frases e versículos soltos, legitimando posições? Usamo-la para analisar nossas práticas ou pegamos trechos seus para validar o que queremos? Temos um princípio hermenêutico chamado "revelação progressiva". Isto significa que Deus se revelou progressivamente aos homens. Não significa sair do erro para a verdade, mas do obscuro para o claro. Se a revelação é ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/05/2015

    3. Caro senhor Dbonfim, sobre a sua sugestão para ver o texto do Luis da Rosa, “Critérios para a leitura bíblica, já conhecia e acho muito pertinente, mas creio ser oportuno citar alguns trechos do estudo “Interpretando a Bíblia Hoje, do pastor batista Izaltino Gomes Coelho Filho, e veja bem, não sou batista, ele diz que o abandono da Bíbla como Normativa, é o mais gritante mau uso da Bíbloia está na forma de Exposição que lhe tira o caráter de NORMATIVA e a deixa como INDICATIVA, apenas. Por ignorância de regra... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/05/2015

    2.Caro irmão senhor Dbonfin, parece, salvo melhor juízo, digamos que a nossa diferença sobre o entendimento do que está escrito na Bíblia, é evidente, pois para mim estou convencido que se pretendermos entender a Bíbla ou esclarecer todas as questões obscurar, antes de aceitar a Palavra de Deus, como ela se apresenta, podemos esquecer. Desculpe por ser repetitivo, mas não é para a mente racional e crítica que Deus fala. É o que afirma o Senhor Jesus Cristo: “Por aquele tempo exclamou Jesus. Graças te dou ó Pai, ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/05/2015

    1.Caro irmão senhor D Bonfim. Parece que quem está confundido as coisas é o prezado irmão. Nunca afirmei que é proibido a mulher ensinar. O que venho afirmando e o senhor está confundido, é que tão somente afirmo sobre a mulher ensinar e ter autoridade é NA IGREJA DE CRISTO. Mas o senhor, Dbonfim, não aceita, mas entendo e respeito sua decisão. Já relatei que, na minha visão, a mulher pode ensinar, inclusive nas igrejas de Cristo. Sou forçado a repetir sr. Dbonfim, as mulheres são excelentes em dons de hospitali... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 27/05/2015

    2. Mas essa orientação sexista não vem de uma ordem EXPRESSA de Cristo, mas de uma postura contrária ao que ele mesmo fez (Por que negar o que qualquer leitor pode perceber, lendo sem preconceitos doutrinários, a partir da simples e OBJETIVA observação dos relatos dos evangelhos que o comportamento de Jesus ali descrito diverge da orientação presente nessas cartas pastorais em que o senhor tenta fundamentar uma ordem que não é de Cristo mesmo?). O senhor se agarra a razões, convenhamos, ainda que usadas pelo remete... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 27/05/2015

    1. Sr. Clodoaldo, os senhor confundiu as coisas: Jesus escolheu 12 homens para serem seus discípulos imediatos, para com esses formar o novo povo da Aliança (que, para o AT, é oriundo de doze tribos patriarcais). Assim, esses doze têm um valor representativo importante para a teologia bíblica, também do NT, basta ler Apocalipse para notar: a coroa com 12 estrelas sobre a cabeça da mulher, que representa a Igreja, e as doze portas dessa Igreja abertas para todos (Ap 12,1; 21,12). Portanto, esse fato em si não é pro... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    13º Ter fé, ou crer, significa dar continuidade às obras de Deus, quem se julga seu filho, esta munido da mesma capacidade, pois como disse Jesus, faras estas e outras, ainda maiores fara, se tiverdes fé, isto indica que o homem ou mulheres estão equipados de pleno poderes para satisfação divina, é só querer, e o querer racional é poder, de caráter..., é só pedir... como um filho pede um pão... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    12º A mulher, se despojou do poder, em favor do filho (homem) quando que o homem que legitimamente não é o dono do poder, quer humilha-la, sendo incapaz de resolver seu próprio problema, não foi o homem incapaz de reconhecer a santidade de Jesus? Mas as mulheres o reconheciam e isto está confirmado na bíblia tanto na parábola das dez virgens, como da mulher hemorrágica, quanto aos homens tudo era ciladas, armadilhas como a farsa do apedrejamento da suposta adultera, para condenar Jesus...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    11]. Pro homem, repetir alguma coisa é errar duas vezes, quando para Deus não é assim, vemos que muitos, ficam perplexos de um deficiente físico cometer um ato criminoso, como se este não tivesse motivo para o fazer, já que tem limitações física, se o imperfeito pode fazer o que lhe é próprio, porque o que se julga perfeito, não faz o que lhe é próprio? Pelo fruto se conhece a árvore, não o contrário...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    10º. O incauto, com palavras sofisticadas afirma que tudo sabe, eu por minha vês humildemente afirmo que nada sei, e que é preciso, orar, estudar, pesquisar com muito esforço e dedicação, para se possível chegar ao pleno conhecimento, o que sei é, que Deus por sua justiça e santidade, nos disponibilizou de todo o recurso existente, para que sejamos salvos se assim o quisermos, de coração limpo, integral, sem sombra de dúvida...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    9º. Ver, a face de Deus, significa, ver a sua palavra de frente, (bíblia) de nada serve, ver Deus de costas significa conhecer a escritura de maneira, única, em um todo, como se Deus dissesse a todos através de Moisés... antes de me ver, terás de conhecer meu interior, isto lhe permitirá poder me ver sem que morra, pois estarás de armadura semelhante a minha, portanto as costas de Deus, é a capa posterior da bíblia, só a fecha quem realmente a conhece, adquiriu conhecimento conselho de Deus em Jó...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    8º. A retidão, flexibilidade da costela, sua dureza faz com que tanto homem, mulher e Deus, tenham a mesma semelhança, significando igualdade de conhecimento, estando todos de costas, fato de Deus ter se apresentado a Moisés de costas referência de igualdade, capazes de reproduções idênticas em união de traços, de caráter autentico e capacitação intelectual, salvo a delicada beleza peculiar da mulher, contrastando com a rudeza do homem... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    7º. Qualquer ser humano, que tiver dificuldade de entender que, a necessidade à partir do osso da costela, foi necessário por sua dureza e flexibilidade, causando assim a necessidade da união para perfeição, tal ser também não irá compreender as escrituras em sua totalidade, por mais claro que você seja. Como é o caso do dizimo e as ofertas, algo de importância essencial, mas muito mal compreendido, perde totalmente o valor, gerando maldições catastróficas para muitos...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    6º. Os fariseus, costumavam por meios de palavras sofisticadas, provar que sabiam tudo, Jesus não os condenou por esta pratica, mas o condenou por estes ter preguiça de estudar, as escrituras, em seu todo, não apenas as leis, como sugeriu o jovem rico, Jesus neste ponto, criticou a outros muitos, que tinham mais conhecimento, além das leis, mas julgavam que para o povo, o conhecimento das leis bastava, expondo só as exigências da lei, com palavras sofisticadas, torna as muito mais duras, fora da realidade, impossív... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    5º. Entendo que, se a bíblia fosse escrita desta forma ou constituição, evidentemente seria vulgar, sem autoridade suficiente para o ensino global, de todos os tempos, como é o caso da ilustração Egípcia daqueles tempos. Manejar bem as palavras, que me desculpem os contras, mas é preciso muito estudo e pesquisa envolvendo antropologia temporal, natureza e constituição do universo, entre muitos outros, nisto, Jesus adverte, meu povo sofre por falta de conhecimento...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    4º. As palavras, principio, medida, alicerce, costume, observe, reconstruir, ego ou necessidade, todas é uma só, ou seja, o princípio de tudo que existe, independente de cultura, todas estas palavras deixa claro que uma obra realizada unicamente, por pensamento humano, (sem inspiração divina) pode ou não, ter valor, para outros fins, mas fins instrutivos, sómente, as que a estes, são dedicadas...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    3º. Tenho, a convicção, que todos são capaz de entender que, fidelidade, é a união fortemente homogênea que torna-se impossível sua separação, o homem antes da criação da mulher, não tinha, não era necessário sexo, reproduzida outra imagem a partir de uma, fisicamente eram iguais, então Deus retirou a costela do homem, e retirou a carne de sobra da mulher criando ambos sexo...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    2º. Em ter a imagem, pai, filho e Espirito Santo... homem mulher e filho, fica um pouco menor que Deus, mas não perde o direito de semelhança, ou poder criador humano, esta flexibilidade foi sem dúvida confirmada por Jesus, advertindo os judeus dos direitos da mulher, exigindo deles que tal fato era de justiça e não de favor, como eles praticavam, portanto crer, é em primeiro lugar fazer justiça, em segundo união, homem , mulher e filho, juntos esta construído o templo ideal onde Deus pode entra e repousar a cabeça... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/05/2015

    1º. Sr. Clodoaldo, com todo o respeito, logicamente creio que o ser humano é a imagem de Deus, quão ele mesmo diz e também creio que o ser humano tem sua semelhança, portanto, o que o Sr. Chama de (ego) por um motivo eu prefiro chamar de (semelhança) com Deus, isto é a necessidade da união do homem com a mulher, para que tornem uma só carne, ação determinada por Deus, é de refazer o homem depois de retirar um pedaço duro recoloca-lo com mais flexibilidade dando lhe o poder de... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 26/05/2015

    3.Sr. Dbonfim, Por que não devem as mulheres ensinar ou ter autoridade sobre os homens? Segundo A Palavra de Deus é “Porque “primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.” ESTE É O MOTIVO. Deus criou Adão primeiro, e depois criou Eva para ser uma “ajudadora” de Adão. Esta ordem da Criação tem aplicação universal para a humanidade na família (Efésios 5:22-33) e na igreja. O fato de Eva ter sido enganada também é dado como razão para as mulheres... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 26/05/2015

    2. Caro senhor Dbonfim, Com relação ao procedimento do Senhor Jesus e seu relacionamento com as mulheres, que o senhor me indagou, digo que as pessoas com quem Ele mantinha relacionamento, principalmente as mulheres, já lhe disse que concordo em parte com seu comentário, mas o senhor esqueceu de observar que o Senhor Jesus escolheu para o seu Ministério Terreno, apenas e tão somente HOMENS. Doze homens (apóstolos) e posteriormente fez vários DISCÍPULOS (homens) aos quais deixou a comissão de: “Ide, porta... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 26/05/2015

    1.Caro irmão senhor Dbonfin, como já comentei, se pretendermos entender toda a Bíbla ou esclarecer todas as questões que ainda estejam obscuras antes de aceitar a Palavra de Deus, podemos esquecer. Não é para a mente racional e crítica que Deus fala. É o que afirma o Senhor Jesus Cristo: “Por aquele tempo exclamou Jesus. Graças te dou ó Pai, Senhor do Céu e da Terra, porque OCULTASTE estas coisas aos sábios e entendidos e as revelastes aos pequeninos. Sim ó Pai, porque assim foi DO TEU AGRADO.” (MT.11.25,26) - Fé... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/05/2015

    Acompanharei atenciosamente o vídeo que indicaste, porém, gostaria de conhecer teu ponto vista acerca das questões que levantei. Mas sobre a opinião do pastoreado por mulheres, defendida pelas debatedoras, antes de qualquer coisa que observemos, é sempre importante ter em mente que o fato de serem mulheres (e creio que, apresentem dois pontos de vista diversos um do outro, como é salutar costume daquele programa promover, para que o telespectador pondere as visões), tudo depende muito da FORMAÇÃO TEOLÓGICA na qual ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 26/05/2015

    Caro irmão senhor Dbonfim, Sobre o tema da mulher na Igreja, seria relevante assistir no Programa Vejam Só, onde o debate é: O ministério pastoral feminino é bíblico? O interessante que são mulheres as debatedoras. Clicar em https://www.youtube.com/watch?v=tqUgnMSHfZc Abraços na graça e paz do Senhor… Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/05/2015

    6. Veja bem caro senhor Waltert, se houvesse qualquer coisa que Deus exigisse do homem, em termos de boas obras ou esforço humano, para receber a salvação, haveria boas razões para que algumas pessoas se vangloriassem, pelo fato de, por mérito próprio, terem conseguido um lugar na família de Deus. Como algumas pessoas naturalmente se esforçariam muito mais do que outras para obter o favor de Deus, é claro que, por justiça, Ele lhes dedicaria maior amor e aceitação do que às que não se esforçaram tanto. Todavia, e... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/05/2015

    5.Senhor Walter Monteiro, o apóstolo Paulo, sabendo que todos os homens possuem um egocentrismo insaciável que os faz gabar-se de seu valor moral e espiritual, escreveu aos crentes em Éfeso: “Porque pela GRAÇA sois salvos, MEDIANTE A FÉ; e isto não vem de vós, É DOM DE DEUS; não das obras, PARA QUE NINGUÉM SE GLORIE”. Esses versículos são um verdadeiro comentário sobre a natureza do coração humano. Paulo já precisava admoestar alguns de que a Salvação é um DOM gratuito de Deus, e que NÃO EXISTE qualquer possibil... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/05/2015

    4.Temos que lembrar que CRER não é ACREDITAR. Podemos ACREDITAR que um cirurgião é competente, mas só irá CRER quando precisamos colocar nossa vida na mão deles. Acreditar é cognitivo da mente mas crer é do coração, é CONFIANÇA. Concluindo ter fé é simplesmente acalmar nos braços de Deus, e deixar uma lágrima cair, não de tristeza, e sim de CONFIANÇA, deixar todos os nossos problemas em suas mãos, não querendo transferir a responsabilidade para Deus, mas TER CERTEZA de que se você é fiel à Ele, não há porque du... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/05/2015

    3.Senhor Walter Monteiro. Por outro lado, se pretendermos entender toda a Bíbla ou esclarecer todas as questões que ainda estejam obscuras antes de aceitar a Palavra de Deus, podemos esquecer. Não é para a mente racional e crítica que Deus fala. Fé é a rendição de nossa vontade à vontade de Deus, quer a entendamos ou não. Fé é submissão à Sua Palavra, ainda que elas às vezes nos pareça obscura e intincada para seu entendimento racional. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/05/2015

    2.Senhor Walter Monteir. Ademais, a Bíblia afirma que "a fé vem pelo ouvir" (Jo 10:17), indicando que antes da pregação do evangelho não há fé no homem. Aos romanos Paulo fala "da fé que Deus repartiu a cada um" (Rm 12:3), aos efésios da "fé da parte de Deus Pai" (Ef 6:23) e aos filipenses disse "a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele" (Fl 1:29); (Rm 11: 29) Os dons e a fé são irrevogáveis. Concluímos que conceber a fé como um presente do homem a Deus e nã... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 25/05/2015

    1.Caro senhor Walter Monteiro (São Paulo), atendendo sua solicitação de 24.05.2015 … o senhor nos pergunta: “… como ter fé, o que é crer? Segundo as Escrituras Sagradas, a fé é um dom de Deus (Efésios 2.8) e não algo que se adquire através de conhecimento. Segundo a Bíblia, em Hebreus 11.1,3:” a Fé é a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem. Pela fé entendemos que foi o Universo formado pela Palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das cousas que não aparecem.Denunciar comentário ofensivo

  • david (poa) - 25/05/2015

    Não se assustem irmãos, satanás está se divertindo muito com as confusões dos religiosos, professores da lei, escribas,farizeu, e outros...Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 25/05/2015

    Sr. Eddie, a quem também considero irmão na fé, estou certo de que sou mal interpretado, nesse sentido. E vou exemplificar por questões que ora levanto a nosso irmão Clodoaldo, as quais dirijo também, respeitosamente, a ti (e vou observar se no site há algum artigo que discuta “inspiração”, para não desviarmos do tópico. Que acredito, só não desviamos completamente, porque essa questão foi atrelada à recusa de aceitar os ensinos de Ellen White por esses se tratarem de promovidos por uma mulher, o que a meu ver, não... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 25/05/2015

    Irmão Dbonfim – Também admiro seus textos e digo que tenho aprendido com irmão, mais me senti incomodado ao ler seus posts recentes pois sempre acreditei que o conteúdo da Bíblia é a Palavra de Deus, mais lendo seus comentários me deu a entender no seu ponto de vista que as epistolas eram meras opiniões humanas com base naquilo que o (s) autor (s) acreditava (m) ser certo. Ou seja, que não há nada de espiritual (Divino) mais sim carnal com uma visão plausível ou correta das coisas. É isso mesmo?Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/05/2015

    3.Caro irmão senhor Dbonfim, não deve ficar entristecido e nem perplexo por eu usar como argumento contrário a uma instituição religiosa o sexo de sua liderança, mas ocorre que esse sexo, ou seja, essa mulher editou aproximadamente cerca de 80% a 90% da doutrina da IASD, que coloca a autoridade da sra.White em pé de igualdade com a própria Bíblia Sagrada: “Cremos que Ellen G.White foi inspirada pelo Espírito Santo, e seus escritos, o produto dessa inspiração, têm aplicação e autoridade especial para os Adventistas... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/05/2015

    2. Caro senhor Dbonfim. Por outro lado, o o senhor volta a repetir que: “a Bíblia não foi ditada por Deus, embora seja inspirada por Deus, é a fé que move o escrito, não uma voz de Deus que dita o que deve ser escrito”; bem como afirma também que: “…se ele escreveu assim, (supondo ser Paulo) é porque julgava que assim era o correto, não porque esperou Deus dizer que ele tinha de escrever”, são afirmações que negam que a Bíblia é a PALAVRA E A VÓZ DE DEUS. Creio de todo o meu entendimento, de todo o meu coraçã... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/05/2015

    1.Caro irmão senhor Dbonfim, observa-se nitidamete que sua argumentação é baseada na sua maioria na cultura secular e a minha na bíblica. Acredito que dificilmente chegaremos a um consenso, visto que nossas posições são completamente antagônicas, pois acho que isso deve-se em parte a uma característica importante do cérebro é o viés de confirmação: só gostamos de ler e ouvir aquilo que confirma algo em que acreditamos. Quero deixar bem claro, sem nenhuma sombra de dúvida, que venho a reiterar que minha posiçã... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/05/2015

    Sr. Antonio, pelo que se percebe, não discordo de tudo que o senhor comenta. Aliás, foram colocações muito pertinentes essas tuas. A verdade é que, discordar é uma questão de ponto de vista, que não deve criar sentimento de inimizade, mas de crescimento mútuo. Eu posso até não concordar com alguns ensinos da Sra. White, mas nunca usarei a Bíblia para tirar um texto de seu contexto (redacional ou cultural) para desmerecer a atuação dela, só porque se trata de uma mulher (que supostamente deve ser como muda na assemb... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 24/05/2015

    E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio” (1 Timóteo 2:11 e 12; ver também Efésios 5:22-24). Essa atitude do apóstolo, de aparente discriminação da mulher, tem sido entendida por muitos comentaristas como uma manifestação de respeito para com a cultura religiosa judaica da época (ver 1 Coríntios 9:20; 1 Tessalonicenses 5:22), não podendo ser considerada como universalmente normativa. Mesmo sem que lhes seja permitido o exercício das funções ministeriais, as mulhe... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 24/05/2015

    Não se pode descartar a possibilidade de que Paulo, no texto em discussão, estivesse também restringindo o ensino religioso público às pessoas do sexo masculino. Mesmo sancionado à mulher o direito de orar e profetizar (ver 1 Coríntios 11:5), Paulo era incisivo em não permitir que a mulher ensinasse publicamente: “A mulher aprenda em silêncio, com toda a submissão.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 24/05/2015

    Se vossas mulheres não conseguem entender o que está sendo ensinado, não deveriam interromper o pregador, mas esperar até chegarem em casa e perguntarem a seus maridos. Embora as mulheres pagãs falem em voz alta e interrompam os outros nos lugares de culto, é desonroso a uma mulher cristã comportar-se dessa maneira.”Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 24/05/2015

    O conselho de Paulo em 1 Coríntios 14:34 e 35 pode ter sido motivado pela manifestação de resquícios de irreverência litúrgica entre as mulheres que aceitaram o cristianismo, provenientes do paganismo. Endossando essa posição, Jack J. Blanco parafraseou interpretativamente esse texto, em sua The Clear Word, da seguinte forma: “Como em nossas sinagogas, as mulheres que freqüentam a igreja não deveriam falar em voz alta e comportar-se de maneira repreensível, como fazem nos templos pagãos, mas permanecer em silêncio ... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 24/05/2015

    A igreja de Corinto era composta de conversos de origem judaica e grega (Atos 18:4). Nos serviços religiosos das sinagogas da época, as mulheres judias assumiam uma atitude passiva, permanecendo separadas dos homens e comportando-se com decoro e discrição. Já o paganismo grego de Corinto estimulava uma participação litúrgica feminina proverbialmente irreverente e imoral. Alusões são encontradas a cerca de mil prostitutas cultuais que atuavam no templo dedicado à Afrodite (deusa do amor), na Acrópole daquela cidade.... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 24/05/2015

    Pude perceber em alguns textos abaixo uma grande pitada de preconceito, coisa que a Palavra de deus condena. Eu me refiro a alguns comentários em relação a atividade das mulheres na igreja..."Atividades". Me desculpe mas percebi um pequeno problema relacionado entre o entendimento entre atividade e conduta comportamental congregacional...Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/05/2015

    5. Do mesmo modo, duvido que algum cristão hoje defenderia o escravismo, nesses termos: “obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e TREMOR, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo; Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, FAZENDO DE CORAÇÃO A VONTADE DE DEUS” (Ef 6,5-6). Alguém vai tirar do contexto essa colocação conformista e cultural e alegar que “fazer a vontade de Deus” aí é se submeter ao trabalho forçado respeitando o que é vontade de Deus, segundo se... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/05/2015

    4. Imaginar que pelo fato de a principal liderança adventista ser uma mulher deve-se esperar que proceda o erro, é uma alegação que se sustenta numa leitura insensível à realidade do texto bíblico, mas não tem qualquer razão psicológica, sociológica, eclesiológica, nem espiritual para ser sustentada, que não uma percepção fundamentalista (que não discute o texto). Pois, há outros motivos muito mais importantes do que o as diferencias físico-biológicas da mulher (suas partes íntimas) em relação ao homem, para invali... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/05/2015

    3. Assim, o NT como regra de fé, na verdade, não precede à Igreja, mas NASCE DENTRO DELA. O fato de Lutero, quase dezesseis séculos mais tarde, por causa dos excessos do clero corrompido, julgar que somente a Bíblia deveria ser a regra de fé (já que os sacerdotes eram, em sua maioria, maus exemplos e não inspiravam fé alguma), não é motivo para se jogar fora toda informação útil para melhor se entender um texto escrito há dois milênios e tentar entendê-lo ignorando uma realidade que o cercava. E se hoje se pratica ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/05/2015

    2. Ainda assim, tu fazes uma divisão estranha: o que eu digo é coisa de homem, mas essas ideias eram coisas de quem? O senhor acha que Deus foi à em Roma inspirar os romanos a escrever que a mulher não deve exercer autoridade sobre o homem? Ou que foi à Grécia inspirar os gregos a ensinar que a mulher não deve exercer autoridade sobre o homem? Foi falar aos judeus, antes de Paulo nascer, que a mulher não deve exercer autoridade sobre o homem? Porque nessas culturas pensava-se assim. Então, vivia-se num mundo inspir... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/05/2015

    1. Sr. Clodoaldo, fico muito feliz de saber que não aplicas a ética da sociedade dos tempos bíblicos à nossa sociedade, porque aquela estrutura social (e aqui não me refiro apenas àquela da Palestina), não permitiria nada disso que o senhor destacou como lugares que a mulher PODE ocupar. E se colocações dessas que fizeste em favor da ascensão feminina a cargos públicos (que são de lideranças) fossem lidas naquele tempo, o senhor SERIA ACHINCALHADO pela sociedade, e acusado de contrário à vontade de Deus ou dos deus... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/05/2015

    3.Caro irmão senhor Dbonfim, quero deixar bem claro, não sou machista e nem contra o direito da mulher ensinar e exercer cargos públicos, e que para mim, a mulher tem plena igualdade com o homem no que concerne ao valor intrínseco, ao valor pessoal. Deus criou homem e mulher a sua imagem e semelhança. A mulher tem a mesma posição do homem com respeito à questão da salvação. Em relação à família, a mulher também tem direitos legítimos. Agora o grande aspecto é com relação ao papel de liderança. A liderança não é u... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/05/2015

    2.Com relação a Bíblia, caro senhor Dbonfim, quero lhe dizer que além dos autores humanos, a Bíblia foi essencialmente escrita por Deus. 2 Timóteo 3:16 nos diz que a Bíblia foi "inspirada" por Deus. Deus supervisionou os autores humanos da Bíblia de tal forma que, enquanto cada um usou o seu próprio estilo de escrever e personalidade, eles ainda registraram exatamente o que Deus queria que dissessem. A Bíblia não foi ditada por Deus, mas foi perfeitamente guiada e completamente inspirada por Ele. Humanamente fala... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/05/2015

    1.Caro irmão senhor Dbonfim. Esses questionamentos que estamos a advogar, iniciaram com a sua discordância sobre a minha postagem sobre a co-fundadora e profetisa da IASD, Ellen G.White, que segundo o apóstolo Paulo estã debaixo da maldição divina de desprezar e pisar em cima da autoridade cristalina da Palavra de Deus, citando vários textos bíblicos para comprovar este fato como, visto que seu ensinos não são fundamentados na Palavra de Deus, mas no conselho de homens e nas visões aleatorias e dispersiva de sua c... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 24/05/2015

    Vemos que todo dia, chega na igreja, pessoas com sede de saber, mais de Deus (adquirir conhecimento) este fato deve ser tratado, com a devida responsabilidade de consciência, de que a partir do momento que tomamos o nome de Deus, temos de ter consciência da palavra em Êxodo 20: 7, por esta razão tomo a liberdade de perguntar aos irmãos, Clodoaldo, DBonfim e Eddie, o que vocês diriam a uma dessas pessoas, se elas perguntassem... como ter fé, o que é crer? Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 23/05/2015

    Onde se lê visão mais misogênica, leia-se visão mais misógina.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 23/05/2015

    5. Sobre a provável inserção dessa visão mais misogênica (de repulsa à mulher), como instrutora, presentes em alguns textos, especialmente a carta 1Cor 14,34-35, essa é uma questão de CRÍTICA TEXTUAL, não de doutrina exatamente, e que é muito plausível, até porque em alguns manuscritos, essa colocação aparece após o que hoje é o verso 40 daquele capítulo, e de fato, não combina o que Paulo mesmo trata em Gl 3,28 (que citaste), onde não se pensa a mulher em condição de desigualdade na igreja; nem com 1Cor 11,5, po... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 23/05/2015

    4. Mudamos o exemplo, mas a ideia permanece. Essa mudança não oferece prejuízo real para a intenção do ensino (que não era exaltar a escravidão, como sistema de produção positivo e para todos os tempos, mas aproveitar um fato social do tempo do texto, adaptando-o a outro contexto, para ilustrar um pensamento religioso). Pensar em trabalhadores livres (nosso fato social) em lugar de escravos (fato social comum ao tempo dos hagiógrafos) favorece a adequação a uma situação que é própria de NOSSA CULTURA (que não é aqu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 23/05/2015

    3. A Bíblia “nasce” numa cultura, e não a despreza, mas a aproveita. Adota linguagem imagética (de imagem), não uma linguagem conceitual. Não se fala de Deus e das coisas sagrada a partir de teses teológicas técnicas e rebuscadas, porque a cultura do povo da Bíblia não privilegia a linguagem filosófico-racional. Assim, invés de discorrer sobre a “soberania de Deus”, prático para eles, era dizer: Deus é Senhor, nós seus “servos” (o que qualquer um, por menos instruído que fosse, entenderia). E de onde tiraram essa i... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 23/05/2015

    2. O(s) autor(s) dessas recomendações não estava(m) interessado(s) em discutir se eram justos ou não esses modelos sociais que ele(s) presenciava(m), mas apenas em usá-los em sua exposição doutrinária, porque os tinham como válidos. Veja, por exemplo, como trata-se a INJUSTA submissão de um homem que teve tolhida sua liberdade e um outro que se julga no direito de ser servido e é “cristão”: “os que têm SENHORES crentes não os desprezem, por serem irmãos; antes os SIRVAM MELHOR, porque eles, que participam do benefí... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 23/05/2015

    1. Desculpe-me, sr. Clodoaldo, mas ficou a impressão de que não fui compreendido, pois não me recordo de em algum momento ter dito que o senhor sustentou que a relação da mulher para com o marido era de escravidão. Discordar de minhas colocações é compreensível, mas partir de um pressuposto que eu não levantei me incomoda. Eu apenas citei alguns exemplos de ilustrações que se adota na Bíblia a partir de FATOS SOCIAIS próprios de seu tempo, dois deles, a escravidão e a relação marido e mulher, mas eu não disse que u... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 23/05/2015

    Não trata-se de um posicionamento machista no que creio (como seria bom se todos compreendessem) mais de Zelo, Temor, Respeito e Amor para com aquilo ao qual o nosso Deus por intermédio do Espírito Santo estabeleceu nos primórdios da Nova Aliança. Um costume é local mais a Sã Doutrina é UNIVERSAL e ATEMPORAL. E depois é o que encontramos nas Escrituras Neotestamentarias, pois tratando-se deste assunto paralelo este é um Mandamento do Senhor e quem quiser ignorar infelizmente que este seja ignorado...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 23/05/2015

    Compartilho das mesmas palavras do irmão Clodoaldo que ao contrario de mim que por falta de tempo busquei ser objetivo, o amado irmão foi bem mais detalhista e claro em suas argumentações. Também respeito as palavras do irmão Dbonfim e Walter Monteiro, porem no que creio os ensinos na Nova Aliança são pra toda uma vida, independente do tempo que passe, da cultura, das gerações, deste modismo desenfreado que temos assistido de geração em geração, pois o homem (Cristãos) deve permanecer fiel a Sã Doutrina até a volta... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/05/2015

    Certamente, há muitas pessoas que não tem conhecimento do panorama bíblico, isto implica em limitações do conhecimento, na história do jovem rico, demonstra que, deixar o que se vê, pelo que, depende da fé, é impensável para alguns, isto gera idealismo, apego demasiado ao dinheiro, o que vemos é uma sede de poder desenfreada e absurda, pois o poder está na palavra, e esta é de graça para quem sabe ouvir, o idealismo é um perigo de criação de novas doutrinas ainda mais severas e terrorista como, As Farc, Hezbollah, ... Denunciar comentário ofensivo

  • marcelo (minas ) - 22/05/2015

    disse tudo Clodoaldo, as pessoas não querem ver a verdade da bíblia.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 22/05/2015

    3. Caro senhor Dbonfim, a sujeição da mulher ao varão, posicionalmente, como cabeça do lar, e a sujeição deste a Cristo, como cabeça do homem, assim com Cristo andou aqui sujeito ao Pai, é uma ordem que o mundo sempre quis contestar e conturbar, por não aceitar a sujeição àquele que está no topo dessa cadeia de relações: Deus. Veja bem irmão Dbonfim, Deus aboliu a diferença homem-mulher como se encontra em GL. 3.28: "Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vó... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 22/05/2015

    2. Caro senhor DBonfim, por outro lado concordo com parte de sua esplanação sobre a mulher, pois a Bíblia nos ensina que devemos amar as nossas mulheres, como a nossos próprios corpos (Ef.5.28). Por outro lado, caro irmão Dbonfim, essa relação homem-mulher é também uma belíssima figura de Cristo e Sua Noiva, a Igreja, tirada do Seu lado durante o sono profundo da morte. Sem o lado aberto de Adão não haveria Eva. Sem aquele lado ferido do Senhor não haveria a Igreja, composta por todos os que crêem em Cristo. A mu... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 22/05/2015

    1.Caro irmão senhor Dbonfim. O senhor há de convir que em nenhum momento de minhas ponderações disse que submissão da mulher ao marido é escravidão , mas sim, segundo às Escrituras, já detalhadas por mim em textos anteriores, um ato de amor. Minhas colocações foram tão somente foram dirigidos e especificamente às mulheres que ensinam doutrinas aos homens, o que o Senhor não permite como no caso da IASD, que ratifico, pois não é de se espantar que essa religião tenha tantos erros, pois sua principal mentora ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/05/2015

    3. Se for para justificar a recusa masculina na igreja primitiva a aceitar alguma posição de destaque feminino sob o pretexto de que “Eva, ao ser seduzida pela serpente, prova a vulnerabilidade feminina ao erro, o que dizer daquele a quem o próprio Paulo reconhece como uma das “colunas da igreja” (Gl 2,9), que negou a Cristo e não queria se misturar com gentios, e quando teve de conviver com eles, dissimulava na presença dos da parte de Thiago (que ainda eram resistente aos gentios, e por isso ele se via “obrigado”... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/05/2015

    2. É um grande equívoco achar que apesar de toda a luz que Jesus irradiou, os discípulos e apóstolos, da noite para o dia, abandonaram suas convicções, algumas até discriminatórias, só porque se tornaram cristãos. O que dizer, por exemplo, dos episódios de xenofobia que Pedro prove (por causa de sua cultura) a quem Paulo tem de corrigir? “E, chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque ERA REPREENSÍVEL” (Gl 2,11). E a razão disso, era o preconceito racial mesmo, da parte de quem já tinha presenciado uma ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/05/2015

    1. Não pretendo desviar do assunto, mas esse é capital. Sr. Clodoaldo, disseste que minhas colocações não têm base bíblica, mas devo lembrar que ela parte de uma série de episódios relacionados a Cristo, em que a mulher aparece numa condição bem diferente do empenho por superestimar a figura masculina e subestimar a figura feminina. Nesse sentido, citei Jo 20,17-18, a fim demonstrar que o primeiro anúncio que fundamenta a fé cristã, a ressurreição, foi incumbido a uma mulher (isso é bíblico); citei Lc 1,30-33, par... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/05/2015

    Mas, como o assunto é o sábado, sugere as escrituras sagradas, que Deus, guardou suas escritas, através do sopro nas narinas do homem feito do pó da terra, e que à partir daí tornou-se alma vivente, ou livro vivente, como também afirmou Jesus, se eu vos LIVRAR, ou torná-los livros viventes, verdadeiramente serão livres, ou poderão tornar muitas pessoas também em livros sagrados e viventes, acrescentou ainda, escreva nas tabuas de seu coração, ou seja nas pessoas que te alcançares, elas lhe serão como anjos, pois gu... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/05/2015

    As evidências, pejorativas nas referências a pessoa de, Ellen G. White, demonstram com acentuada clareza o desprezo a figura feminina, já que não menciona, o nome de, Joseph Bates, James White, John Nevins Andrews, Urias Smith e Tiago White, pela razão de serem masculinos, como se estes, não fizessem parte da direção do adventismo, se a questão é a doutrina, então discutiremos no bom sentido, a doutrina, e não a figura feminina, como causadora do mal, como advertiu Jesus! quando interpelado sobre as leis de Moisés,... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/05/2015

    4. Caro irmão senhor DBonfimApesar do fato de que o homem e a mulher são iguais em seu relacionamento com Cristo, as Escrituras listam funções específicas para cada um no casamento. O marido deve assumir a liderança no lar (1 Coríntios 11:3; Efésios 5:23). Essa liderança não deve ser ditatorial, condescendente ou uma liderança que trate sua esposa com ares de superioridade, mas deve ser de acordo com o exemplo de como Cristo lidera a Igreja. “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/05/2015

    3. Caro irmão senhor Dbonfim. “Submissão” descrita na Bíblia, não é escravidão como anunciam por aí, pois a que creio é a resposta natural da liderança em amor. Quando o marido ama a sua esposa como Cristo ama a igreja (Efésios 5:25-33), então a submissão é a resposta natural da esposa a seu marido. A palavra grega traduzida submeter (Hupotasso) é a forma contínua do verbo. Isto significa que se submeter a Deus, não é uma decisão de um momento apenas. É uma atitude contínua de nossas mentes, que se torna um padrã... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/05/2015

    2..Caro irmão senhor Dbonfim. Para mim, as Escrituras são por definição a única Palavra de Deus escrita como também a única expressão verbal das verdades de Deus publicamente acessível, visível, e infalível no mundo. A Bíblia possui suprema autoridade em matéria de vida e doutrina; e somente ela é o árbitro de todas as controvérsias. Ela é a norma normanda e não a norma normata para todas as decisões de fé e vida. Se junta a isso o fato, de que a autoridade das Escrituras é superior à da Igreja, da tradição como ta... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/05/2015

    1.Caro irmão senhor Dbonfim, a quem tenho muito apreço por tudo o que escreve. Li todas as suas observações com muito esmero. Sr. Dbonfim, peço licença e abro aspas: “para não perder o foco sobre a profetisa adventista Ellen G.White, ratifico minhas palavras de que ela DESOBEDECEU o mandamento de Deus e os que a seguem incorrem na mesma desobediência à Palavra de Deus.”. Sr. Dbonfim, com todo o respeito que lhe é devido, observa-se, nitidamente, no seu texto, que o senhor continua com a sua elegante, clara e o... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 21/05/2015

    Por milhares, de histórias, inclusive bíblicas, a mulher infelizmente teve e ainda tem, diferenciada de Pais para Pais, por causa de sua fragilidade de sentimentos e crenças no homem, uma infeliz história de sofrimento e dor, injustamente, causada pela incompreensão e insensibilidade de quem, até por obrigação moral e afetiva, teria de amar e proteger como fez Abraão e o próprio Deus, reparar o enorme erro masculino contra a mulher, deveria em nosso século estar priorizado, pelas mais relevantes e influentes entida... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/05/2015

    3. O leitor não deve perder de vista que a força de uma linguagem representativa (homem cabeça da mulher) está na compreensão que o leitor à época tinha disso, que não e a de hoje (e nem deve ser). Hoje poder-se-ia transmitir a mesma ideia do exemplo que Paulo usou, tomando as relações de nosso tempo, sem termos de recorrer a um tipo de linguagem que seja ofensiva à dignidade da mulher (pois se antes o marido era visto como dono da mulher (graças a Deus nem todos pensam mais assim), o que vale mesmo é a consciência... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/05/2015

    2. Hoje, algumas dessas ilustrações apesar de no geral serem bem compreendidas, na verdade, não são familiares ao leitor que, por exemplo, reflete a imagem do Deus oleiro, mas nunca viu um oleiro trabalhar; do Jesus pastor, mas nunca viu um homem pastorear ovelhas; ou do escravo fiel servidor, mas nunca viu um escravo de oficio servir a seu senhor; nem um marido impor sua vontade sobre e até contra a mulher, mas lê que o ideal é que o homem seja para Deus como a esposa tem de ser para seu marido. Nesse sentido, pen... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/05/2015

    1. Acabei de ler teu comentário, sr. Clodoaldo. Reitero o desejo de colaborar, sem o desejo de ofender, mas tenho algumas observações a fazer, para quiçá, mais aprofundamento. Sugiro que nessa mesma linha de compreensão, reflita-se por que não se lê na Bíblia, de maneira clara, a oposição ao regime de escravidão e por que, para se ilustrar a relação de Deus com o fiel, adota-se como ilustração a conhecida relação entre o "Senhor" e o seu "escravo" (traduzido geralmente por "servo", mas os textos mesmos dizem escra... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/05/2015

    4.Veja bem sr. DBonfim, segundo as Escrituras, o lugar da mulher na ordem do governo de Deus está bem clara em I Coríntios 11: 3 a 16 – O versículo 3: “Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo", é a chave de todo o texto, pois Paulo procura mostrar à confusa Igreja de Corinto, que Deus tem princípios, que Deus tem uma ordem, que Deus não é de confusão. Para tanto ele mostra no versículo 3, uma cadeia de comando que é a ordem de De... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/05/2015

    3. Caro sr. Dbonfim, Por outro lado, há á ainda quem tente dizer que as passagens das cartas de Paulo relativas à mulher são suas opiniões pessoais, e alguns acrescentam que ele seria solteirão, machista e coisas do tipo (já ouvi de tudo!). Porém..."Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser “MANDAMENTO DO SENHOR” o que vos escrevo. E, SE ALGUEM O IGNORAR, SERÁ IGNORADO.” (1 Coríntios 14:37-38). Esta claro na Palavra que Deus não formou a mulher para ocupar posição de autoridade sobre o homem.Por q... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/05/2015

    não o que está escrito”. 2.Sr. Dbonfim A questão da mulher não ensinar é por ter sido enganada (Eva) enquanto Adão não foi. Ele sabia que estava errando, foi consciente. Ela não. Caiu no engano. A ordem de Deus não diminui a mulher, mas é simplesmente uma ordem que vale para esta vida e este mundo. Quanto à proibição de ensinar, entendo que se restringe a doutrina e ao homem. É claro que ninguém vai querer que uma mulher cristã diante de um moribundo deixe ele morrer sem ouvir o evangelho só porque não há um ho... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/05/2015

    1.Caro irmão senhor DBonfim, concordo plenamente com o irmão, de que discordar é muito importante pois ajuda na reflexão e torna mais fácil chegar a um consenso. Seu comentário, diga-se de passagem, muito bem elaborado, sobre o tratamento que postei sobre a mulher, no caso a co-fundadora e profetisa da IASD, Ellen, é fundamentado sobre a sua compreensão do texto à luz de seu tempo, de sua época, de sua cultura, de seus costume, ou seja, com base, digamos, na cultura, ou seja, sua ótica é humana e a minha é b... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/05/2015

    O amor, é o filho unigênito de Deus, fé, esperança sem amor, de nada valem, o amor permanece para sempre e disto tenho certeza, por esta razão por mais que me condenem, graças à Deus, sei reconhecer uma palavra com amor e uma palavra com desleixo, não me esqueço que só o amor constrói, em tempo algum ouvi de mais ninguém uma palavra de amor verdadeiro, como ouvi de uma mulher que tudo perdoa, e que se fosse por elas, jamais sairíamos debaixo de suas asas, como a bíblia bem diz, sem a mulher não haveria vida, não te... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/05/2015

    Sr. Wlater, qual teu ponto de vista sobre esse assunto “paralelo” envolvendo a questão da mulher na Igreja? A polêmica desenvolveu-se a partir de uma colocação que rejeita os ensinos de uma mulher em virtude de, entre outras coisas, uma defendida tese de que a mulher não deve ensinar o homem. A meu ver, apesar de constar de textos neotestamentários essa linha de raciocínio, é preciso levar em consideração alguns aspectos culturais que tais textos absorvem, mas que tendem a ser esquecidos pelo leitor moderno que se... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/05/2015

    Sem falsa modéstia, o nível de troca de mensagem mudou muito depois de minha participação, ficou bem mais objetivo e prático, parabéns aos irmãos, tanto é bom como memorial este tipo de postagem, sem bajulação é digno de irmandade e fraternidade, deveras construtivo.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/05/2015

    Sr. Eddie, ser chamado de irmão, para mim é uma honra. Note que apesar de divergir do teu ponto de vista (nesse assunto, mas em outros não), fiz questão de enfatizar que o fazia respeitosamente. Mas devo destacar que a rejeição não se dá pelo fato de eu julgar que aquelas são palavras de Paulo, mas por reconhecer que o ambiente em que ele vivia tinha essa visão como o que moralmente era aceitável e de bom tom PARA AQUELA cultura (era a visão social que se tinha do lugar da mulher naquela sociedade em que o homem ti... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/05/2015

    Um exemplo disso, se o irmão me permite é a instituição cristã na qual estou congregado – onde em uma determinada época por falta de varões para atenderem aquela reunião de evangelização (acredite se quiser...) uma Mulher ministrou um Culto por determinado tempo até que como cremos Deus preparou um varão para dar seguimento aquele trabalho naquela localidade. O respeito por ela permaneceu, e a mesma reconhecia sua posição e satisfação por seu trabalho cumprido. Ela foi peça fundamental para dar seguimento a obra na... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/05/2015

    E depois o próprio Apóstolo deixa claro a participação da Mulher na Obra de Deus, onde víamos estas como profetisas, diaconisas e cooperadoras do Evangelho da Graça de Deus (evangelistas) – onde não encontramos respaldo bíblico para estas exercerem o Episcopado que tem como uma de suas funções o ensino. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/05/2015

    Não a o que contestar sobre ensinamentos inspirados, e depois a Sã Doutrina é atemporal, cabe a nós permanecermos fieis a ela até a Volta de Nosso Salvador. O Homem por sua vez muda e continuará a mudar, evoluir geração por geração... mais os Ensinamentos transmitidos a nós desde os primórdios da Era Cristã estes permanecerão, independente da moda em nosso cotidiano, as novas tendências filosóficas, sociais, culturais que quando olharem para as Escrituras lhe serão antiquadas por acharam que as suas maneiras são ma... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/05/2015

    Compreendo seu ponto de vista, mais ao meu ver o irmão estaria negligenciando este preceito, simplesmente por julgar as Palavras do Apóstolo serem dele e não estas serem frutos da Inspiração Divina. Vejamos: As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas ESTEJAM SUJEITAS, como também ordena a lei. *** Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são MANDAMENTOS DO SENHOR. 1 Corintios 14.34-37. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/05/2015

    Irmão Dbonfim (espero que não se incomode de lhe chamar de irmão). Creio que acabaremos descaracterizando o tópico com essa questão, e também esta semana estarei atarefado ( o que tornaria mais interessante se eu estivesse mais tempo para discutirmos sobre essa questão), só espero mostrar-lhe meu ponto de vista que não é com absoluta certeza machista.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/05/2015

    3. Sobre Paulo acreditar na “parusia” (vinda) do senhor como evento próximo a seu tempo, biblista nenhum que se preze nega isso. Entretanto, se sabe que esse pensamento teve de ser corrigido, até porque agitou a comunidade que passou a julgar ser desnecessário se ocupar da vida cotidiana, pois imaginavam que Cristo estava prestes a voltar. Alguns, até de trabalho se recusam ocupar, o que gerou admoestações noutra carta enviada àquela mesma comunidade: “Porquanto ouvimos que alguns entre vós andam desordenadamente, ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/05/2015

    2. De maneira alguma desmerecerei os ensinos de Ellen White pelo fato de esses serem promovidos por uma mulher. Se a mulher não pudesse transmitir lições sagradas, Jesus não mandaria que Madalena fizesse o que Paulo dedicou a vida a fazer: transmitir a mensagem do Cristo ressuscitado. Como já destaquei antes, a razão de eu rejeitar os ensinos dele deve-se ao conteúdo deles, não ao sexo de quem o proferiu. Nos tempos bíblicos, o machismo era tão acentuado que o testemunho de uma mulher sobre a ressurreição foi descr... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/05/2015

    1. Certamente, sr. Eddie, mas com todo respeito, enquanto nós cristãos não aprendermos a lidar com a distinção entre INSPIRAÇÃO e DITADO, sempre haverá quem confunda influências culturais com mensagem divina (não distinguindo bem as coisas). Se o que Paulo eventualmente entendia sobre a mulher não era resultante de sua cultura (embora aja vasto testemunho histórico que prove que o era), somos obrigados a aceitar que mulher não deve ministrar aulas em escolas (porque mulher no tempo de Paulo não podia fazer isso exa... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/05/2015

    Como sabemos Cristo ainda não voltou, então cabe a nós permanecermos fieis a Doutrina, independente de qual seja a instituição cristã que estejamos congregados... E outra, o mesmo Apóstolo disse que estas Mulheres também estão sujeitas como a Lei determina... Todos temos um papel importante a exercer para a Gloria de Deus... Não é?Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/05/2015

    Não quero ir além irmão Dbonfim (to no corre-corre hoje), mais também discordo de seu ponto vista quanto a tratar os ensinamentos de Paulo sobre a Mulher não exercer autoridade ser devido ao seu pensamento ou a uma cultura Machista. Pois na mesma Epistola o Apóstolo assim disse que as coisas das quais escrevia eram Mandamentos do Senhor, onde não vemos nesse caso especifico ser uma ideia “Machista” do nosso Apóstolo. E frisando sobre Tessalonicenses, em um momento ele cita acerca da volta de Cristo precedida de si... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/05/2015

    3. Na época de Paulo não se pensa em mulher ensinando homem; hoje, as escolas têm em sua grande maioria mulheres, responsáveis por promover o conhecimento àqueles que no futuro podem se tornar notáveis homens da sociedade, mas que passarão pelo ensino de muitas mulheres nas escolas e universidades (algo que no tempo de Paulo seria impensável). E no que isso comprometerá o conhecimento desses homens de hoje, que terão como orientadores, mulheres? – Em nada! Se discordo de alguma coisa adventista, não o faço porque P... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/05/2015

    2. Paulo viveu num tipo de sociedade de educação patriarcal (machista), na qual, a mulher era tratada como inferior ao homem e, POR ISSO, indigna de ensiná-lo. É lógico que essa ideia não foi Paulo quem inventou ou o Espírito Santo quem soprou em seus ouvidos, mas essa era a concepção de organização social que se tinha como moral na época. Julgar que a mulher é menos racional que o homem é algo complicado (embora seja clichê), e pior ainda é achar que ela não pode ensinar (e aqui entenda-se ensinar como ministrar a... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/05/2015

    1. Nesse ponto, discordo do senhor Clodoaldo, e não quero ofender, mas ajudar na reflexão. A razão de se rejeitar esse ou aquele ensinamento da principal autoridade adventista não deve ser o fato de essa se tratar de uma mulher. Sobre a condição da mulher na Igreja, nesse aspecto, justiça seja feita, já passou da hora de superarmos o discurso machista justificado pela leitura descontextualizada da Bíblia, que acaba por gerar fundamentalismo. A história está repleta de posturas injustas a partir de leituras inflexív... Denunciar comentário ofensivo

  • paulo (rs) - 19/05/2015

    o que o Clodoaldo comentou é o mesmo que eu entendi da bíblia. creio que estamos certo!!!Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/05/2015

    5.Sr. Antônio, ainda que Hellen White, a co-fundadora do Adventismo, tenha costurado algumas verdades no tecido de sua doutrina, ESSAS VERDADES PODEM ESTAR ALLI APENAS PARA SERVIR DE GANCHO PARA LEVAR OS INCAUTOS À “MENTIRA”. Veja bem, Na tentação no deserto Satanás usou a Palavra de Deus, mas nem por isso ele estava certo. Procure sempre analisar a origem, mesmo de uma "verdade", porque a verdade pode ser apenas o preâmbulo de uma mentira. Abraços na graça e paz do Senhor, do Aprendiz de Cristão…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/05/2015

    4. Sr. Antônio, Deus precisou fazer assim por causa da relação de confiança que havia iniciado entre a mulher e o diabo, quando ela foi na conversa dele. Deus pôs um fim àquela estranha amizade, criando um ódio especial de Satanás contra a mulher. Essa inimizade perdura até hoje e se estende à semente da mulher, o Salvador que havia sido prometido.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/05/2015

    3. Sr. Antônio, Adão estava ciente do erro. POR ESTA RAZÃO A MULHER É MAIS SUCETÍVEL AO ENGANO DO INIMIGO, e mais ainda agora, pois depois da queda Deus criou inimizade entre a serpente e a mulher, fazendo desta última o alvo preferido de Satanás. Gên 3:15 E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/05/2015

    2. Sr. Antônio, eis o mandamento: "Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão.(2ª. Tm. 2.12-14) -Deus tomou este cuidado porque a mulher foi enganada lá no Éden, caindo em transgressão. Apesar de Adão ter acompanhado sua mulher em seu erro, ele não foi enganado pela serpente.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 18/05/2015

    1.Caro sr. Antônio de Mello, como é um devoto da sua profetisa Ellen e que o corpo de doutrinas da IASD se originou dos ensinos de uma mulher, Ellen G.White, e a Bíblia afirma, categoricamente, que a MULHER NÃO DEVE ENSINAR, pois nunca se terá a garantia de que seu ensinos sejam corrretos, já que sua origem está na desobediência de um MANDAMENTO DE DEUS. (1ª.Co.14.37).Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/05/2015

    Sr. Eddie, agora o sr. Antonio já não cita as Escrituras judaico-cristãs, só a Bíblia adventista (os livros de Ellen White), que na melhor das hipóteses seria a Bíblia, segundo o “espírito de profecia”. Mas como de costume, ele foge do assunto; não consegue manter o foco, porque não consegue aprofundar o estudo dos versículos que ele mesmo cita, pois os entende juntando a outro(s), não estudando-o(s) propriamente (é só uma constatação). Essa é a exegese adventista: “um pouquinho aqui, outro ali” e nada de visão com... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 18/05/2015

    Antonio de Mello - Londrina. Graça e Paz. Irmão, por enquanto não busquemos tratar assuntos fora do topico. Busquemos manter o foco no assunto, depois trataremos sobre estes seus apontamentos em relação aos idolos, tambem gostaria de saber o que nossos irmãos catolicos diz a esse respeito... so uma sugestãoDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 18/05/2015

    Rejeitando a verdade, os homens rejeitam o seu Autor. Desprezando a lei de Deus, negam a autoridade do Legislador. É tão fácil fazer um ídolo de falsas doutrinas e teorias, como talhá-lo de madeira ou pedra. Representando falsamente os atributos de Deus, Satanás leva os homens a olhá-Lo sob falso prisma. Para muitos, um ídolo filosófico é entronizado em lugar de Jeová, enquanto o Deus vivo, conforme é revelado em Sua Palavra, em Cristo e nas obras da Criação, é adorado apenas por poucos. Milhares deificam a ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/05/2015

    3. É claro que o sr. Antonio se expressa de um jeito que indica credo de que o homem FOI FEITO POR CAUSA DO SÁBADO; por isso, apesar de falar de Cristo como salvador, ele simplesmente rejeita a ideia de que um cristão seja salvo se não observar o sábado por uma simples convicção pessoal de que a guarda do sábado é dispensável. Ou seja, quem salva, no final das contas, não é Cristo, mas o ritual de suspensão de atividades no pôr-do-sol da sexta-feira até o pôr-do-sol do sétimo dia da semana. Por isso, para ele, faz ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/05/2015

    2. Mas, com franqueza, acerca dessa pregação insistente sobre o sábado, não se consegue ler absolutamente nada escrito por cristão em todo o NT que seja parecido com essa idolatria adventista em torno do sábado (“profecias” e mais “profecias” vinculando a mensagem cristã à observância do sétimo dia). Negam com palavras, mas é evidente que, na prática, para os adventistas, guardar o sábado é questão de salvação (mas, à parte a literatura produzida pelos adventistas, alguém cita, por favor, algum escrito cristão do N... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/05/2015

    1. Antonio disse: “Os protestantes dos Estados Unidos serão os primeiros a estender as mãos através do abismo para apanhar a mão do espiritismo; estender-se-ão por sobre o abismo para dar mãos ao poder romano”. Antonio, espiritismo é uma corrente filosófico-espiritualista cujas bases não pactuam com o credo cristão – Só isso. Mas países de regime democrático lidam com tranquilidade com essa questão (como nós deveríamos lidar). O mundo está cheio de problemas: fome, terrorismo, guerras que vitima inocentes e out... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 18/05/2015

    2. Sr. Antônio de Mello de Londrina, isso lhe ocorre porque uma das características do “cérebro humano” é o seu “VIÉS DE CONFIRMAÇÃO”.” Só gostamos de ler e ouvir aquilo que confirma algo em que acreditamos.” Senhor Antõnio de Mello, CONHECER A VERDADE – OUVIR A VERDADE – VER A VERDADE – MAS AINDA ACREDITAR NA MENTIRA, com todo o respeito e sem nenhuma ofensa, se o motivo não for o “véu” que Paulo diz em 2ª. Co. 3.14, que o impede de ver a Verdade, então é algo que ultrapassa a fronteira da ESTUPIDEZ. Abr... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 18/05/2015

    1.Caro senhor Antônio de Mello de Londrina. Continua dando uma de DESENTENDIDO, fingindo que não leu nossas postagens. Só pode ser porque parece lhe faltar condições e conhecimento bíblico contextualizados, mas sempre retorna criticando as crenças de quem não reza pela Cartilha Adventistas, sempre com os mesmos textos isolados, decorados e repetitivos, misturando textos bíblicos com os escritos da falsa e plagiadora profetisa da sua Igreja, como atesta o pastor adventista Walter Rea…Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 17/05/2015

    É mesmo em!...Mediante os dois grandes erros — a imortalidade da alma e a santidade do domingo — Satanás há de enredar o povo em suas malhas. Enquanto o primeiro lança o fundamento do espiritismo, o último cria um laço de simpatia com Roma. Os protestantes dos Estados Unidos serão os primeiros a estender as mãos através do abismo para apanhar a mão do espiritismo; estender-se-ão por sobre o abismo para dar mãos ao poder romano; e, sob a influência desta tríplice união, este país seguirá as pegadas de Roma, d... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/05/2015

    5. Caro sr. Antônio leia e medite em oração o que o apóstolo Paulo diz: “Mas os sentidos deles, se embotaram. Pois até ao dia de hoje, quando fazem a leitura da Antiga Aliança – Dez Mandamentos - , o mesmo véu permanece, NÃO LHES SENDO REVELADO QUE EM CRISTO, É REMOVIDO.” ; Mas até HOJE, quando é lido Moisés – OS DEZ MANDAMENTOS, o VÉU está posto sobre o CORAÇÃO deles”; “QUANDO, PORÉM, ALGUM DELES SE CONVERTE AO SENHOR JESUS CRISTO, O VÉU LHE É RETIRADO. Abraços na Graça e Paz do nosso grande Deus e Salva... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/05/2015

    4. Caro sr. Antônio, como é triste e lamentável para nós, vermos que o senhor, apesar de todo o seu conhecimento fatiado da Bíbllia, PODE ACREDITAR e CRER numa TAMANHA MENTIRA da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Nossa postagem dever ser encarada não como uma agressão a sua crença, mas sim, como um alerta como o que o apóstolo Paulo faz na sua carta aos Coríntios 3.14,15 e 16:Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/05/2015

    3.Caro sr. Antônio. Sabe o que fez a Igreja Adventista dos E.U.A.? Contratou um advogado Dr. Vincent L. Ramik, incrível sr. Antônio, CATÓLICO e colocara na frente do Dr. Ramik um “Prato Feito”, e um cheque de 20 mil dólares da IASD americana, dinheiro este arrecado dos membros adventistas como dízimo ao Senhor. Diga-se de passagem caro sr. Antônio de Mello que os anjos que aparecem nas visões e revelações da falsa profetisa Ellen G.White, têm nome e residência, lá nos E.U.A. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/05/2015

    2.Sr. Antônio, plagiar é o mesmo que ROUBAR e É CRIME FEDERAL, ou seja, sua falsa e mentirosa profetisa Elen, aliás o espírito de profecia da sua IASD, postou como se esta obra, O Grande Conflito, fosse de sua autoria, tem cerca de 90% plagiado do verdadeiro autor, John Harris, é o que nos conta o pastor adventista Walter Rea em seu livro White Lie – A MENTIRA BRANCA. COMO ACREDITAR NOS SEUS ESCRITOS PLAGIADOS??????Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/05/2015

    1.Caro Sr. Antônio de Mello. Realmente é uma AMEAÇA A CONSCIÊNCIA, o senhor postar um texto do livro “O Grande Conflito, de Ellen G.White - Ameaça a Consciência, cujo livro foi PLAGIADO em cerca de 90% do livro “The Great Teacher , do escritor John Harris, segundo o pastor adventista Walter Rea, que foi publicado no E.U.A. pelo jornal The New York Times em 1982. É só clicar em: http://nitrogricerinapura2010.blogspot.com.br/ e http://adventismoexposto.blogspot.com.br/search/label/%22The%20White%20Lie%22%20%28... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/05/2015

    Desde quando a abertura ao diálogo em lugar da troca de acusações é algo recriminável, sr. Antonio? Divergências tratando-se de correntes religiosas, sempre haverá, mas enfatizá-las invés de priorizar os pontos em comum, só para acirrar conflitos evitáveis, é que não é muito inteligente. Além do mais, gostem ou não os adventistas, não é à IASD que devemos a preservação do legado cristão. Além do mais, é curioso que os adventistas contemplem a redução de importância do catolicismo no cenário religioso e cultural, ma... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 17/05/2015

    Isso já era previsto...O romanismo é hoje olhado pelos protestantes com muito maior favor do que anos atrás. Nos países em que o catolicismo não está na ascendência, e os romanistas adotam uma política conciliató- ria a fim de a conseguir, há crescente indiferença com relação às doutrinas que separam as igrejas reformadas da hierarquia papal; ganha terreno a opinião de que, em última análise, não diferimos tão grandemente em pontos vitais como se supunha, e de que pequenas concessões de nossa parte nos levar... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    5.Mas os cristãos não precisam de uma religião ritualística e cerimonial para adorar a Deus como era o caso de Israel, pois agora temos acesso pelo Espírito à própria presença de Deus (Ef 2:18; 3:12; Hb 10:19-22). No cristianismo a adoração é auxiliada pelo fato de o Espírito Santo habitar no crente, e não pelos esforços de mãos humanas (Fp 3:3; At 17:24-25). Israel não possuía tal privilégio. A adoração cristã é o "novo e vivo caminho" (Hb 10:20). Ele é "novo" porque não é uma reciclagem do judaísmo, e é "vivo" po... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    4.Uma adoração assim não era a característica da adoração de Israel, pois o Senhor Jesus indicou claramente que se tratava de algo que estava para começar; não era algo praticado por Israel naquela ocasião. A adoração que Israel prestava a Jeová era por meio de ritual e cerimônia. O povo tinha uma religião que havia sido designada -- como se isso fosse possível -- a induzir o homem na carne a adorar a Deus. Precisava ser assim, pois o homem naquele tempo ainda estava sendo provado (de Adão até a cruz de Cristo são... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    3.A nossa adoração agora, na Igreja de Cristo, é em Espírito e em Verdade,. foi isto que o Senhor Jesus mostrou à mulher que haveria uma um, que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade". (João 4:23-24). A adoração "em espírito e em verdade" é uma adoração espiritual que está em conformidade com a revelação cristã da verdade. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    2.Sr. Antônio, o cristão não guarda o sábado porque não é da fé e sim das obras, pois todo aquele que são das obras (sábado) estão debaixo de maldição(Gl.3.20) e por tentarem se jusrtificar –se na guarda do sábado, foram separados de Cristo e cairam da Graça de Deus (Gl. 5.4). Não fique nervoso comigo, foi o apóstolo Paulo que afirmou. Infelizmente, para o Sr. Antôniio de Mello, Paulo está errado e a sua Igreja Adventista é que está certa ao ordenar a guarda do sábado para ter a vida eterna..Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    1.Caro irmão Antônio de Mello, Como Senhor do Sábado, Ele nos ensinou que a Lei, e o Sábado, VIGORARAM ATÉ JOÃO – Lc. 16.16. Rm. 3.21 - O Sábado numa mudou de sentido, ele é um ritual do cerimonialismo judaíco; por outro lado o Sábado é da Lei e a Lei NÃO PROCEDE DA FÉ. (Gl. 3.12) “Ora,SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEU; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam (Hb 11:6).”Porque o Senhor revelou a Sua própria existência através de um ato de... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    Caro irmão Antônio de Mello, lhe ensinaram errado na Escola Sabatina, O SÁBADO NÃO É ANTERIOR A LEI, ANTERIOR A LEI É O SÉTIMO DIA –Gn. 2.2,3. NÃO É UM DIA CHAMADO DE SÁBADO, É O ÚLTIMO DIA DE UM CICLO DE 7 DIAS, no qual se trabalha 6 dias e descansa o 7º dia. Presta atenção sr. Antônio: NÃO É O SÁBADO QUE É O SÉTIMO DIA, É O SÉTIMO DIA QUE É O SÁBADO. ENTENDEU? Se o senhor começar a trabalhar na 3ª. Feira o seu sábado será na 2ª feira. O Sábado foi dado na LEI do Sinai, 430 anos depois de Abraão. Portanto, nem N... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 16/05/2015

    Guardar a lei de Deus é simplesmente uma questão de reconhecimento e GRATIDÃO por entender que Cristo nos amou sendo nós ainda pecadores.... Portanto o grande perigo da humanidade não reconhecendo Cristo como o seu SENHOR, ela pode chegar a outro extremo dessa plataforma segura, que tem a ver com a questão da adoração..... Com esse extremo foi criado a protetora do Brasil. Quem é a PADROEIRA do Brasil hoje, aceita na concepção dos grandes "religiosos" no final deste grande conflito entre o bem e o mal? Esse é o ... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 16/05/2015

    A grande dificuldade da humanidade em aceitar o sábado, é olhá-lo MERAMENTE dentro da LEI... Eles esquecem que o sábado é anterior a LEI... Ele está na lei por incompetencia e esquecimento humano. Por isso ele começa: Lembra-te....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 16/05/2015

    Entendendo que ELE é o Criador de Tudo, meu Criador e O respeito....Então Ele passa a ser o MEU SENHOR E DEUS MEU, como disse Maria, que se sentia uma pessoa carente da Graça de Cristo....Por isso é fundamental entender só não no scopo humano como o Cristo humano lidava com o Sábado, mas no scopo Divino , como Cristo lidava ETERNAMENTE com o sábado... Olhando para a prática e também para o surgimento do sábado... O texto citado leva o SÁBADO para a o momento CRIAÇÃO e não para o momento LEI.... Não que a lei não se... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 16/05/2015

    O Sabado não é teorico mas ele é pratico. Só sente as bênçãos do Sábado quem passa por ele...Quem tem um relacionamento definitivo com Cristo, observa suas leis, sua vida passa a ter um novo significado.. Eu só descubro as bençãos do sábado, vivendo o sábado...Só então esse dia SAI DO PAPEL, e deixa de ser para o cristão uma teoria.... Portanto entender que O HOMEM FOI FEITO POR CAUSA DO SÁBADO é crucial...Só que antes de entender isso, nós precisamos entender que ELE É O SENHOR DO SÁBADODenunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    3. Caro irmão Dbonfim, por outro lado, os adventistas não conseguem entender que tudo o que está na Bíblia é para nós, porém nem tudo se aplica hoje na prática, embora possa se aplicar moralmente. Por exemplo, sabemos que o Antigo Testamento eram sombras das coisas que viriam. Tudo no Antigo Testamento aponta para Cristo, portanto quando lemos devemos procurar onde está Cristo ali, seja em profecias diretas ou em sombras ou símbolos. Por isso nunca podemos criar doutrinas baseadas nas sombras do A.T., mas apenas no... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 16/05/2015

    E disse-lhes: O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado. Assim o Filho do homem até do sábado é Senhor. Marcos 2:27,28 Por que neste texto vemos uma relação intima de Jesus com o sábado? Porque quando olhamos para atras vemos Jesus como nosso Criador. Quando olhamos para a frente vemos Jesus como nosso Redentor, nosso Salvador, que fez isso pela Sua infinita Graça...Quando eu entendo esse relacionamento desse Cristo da Graça, desse Cristo Salvador, desse Cristo que excede em amor... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    2.Os Adventistas do Sétimo Dia, não entendem a distinção daquilo que foi dado a Israel e do que hoje é Igreja. Também não creem na salvação por graça, pois colocam no homem o poder de se salvar cumprindo mandamentos. A guarda do sétimo dia como mandamento foi dada muito tempo depois ao povo de Israel, e mesmo assim após terem sido libertos do Egito. Na doutrina dos apóstolos dada à igreja (as epístolas) não existe qualquer menção ao sábado como mandamento para o cristão. Portanto o sábado faz parte da Lei Mosaica q... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 16/05/2015

    1.Caro irmão Dbonfim, parabéns pela excelente esplanação e veio a calhar no atual contexto e é bem clara, e não deixa margem à dúvida sobre a interpretação adventista da Bíblia, só lamentamos que o sr. Antônio de Mello, o sr. ad, parece perderam a capacidade de raciocinar por si mesmos, pois demonstram que foram submetidos a uma lavagem cerebral pelos líderes adventistas, e vivem decorando textos isolados que falam da lei e do mandamento do sábado, cujas doutrinas são baseadas nos ensinos e visões de Ellen Gl.Wh... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/05/2015

    3. Assim, como eles só leem o “pouquinho aqui, outro ali” não compreendem o todo e fazem doutrina de versos isolados. Por isso, não adianta provar que 1Jo 2,4 não se refere aos Dez mandamentos (lendo a passagem completamente); que Rm 3,31 também não, porque o método interpretativos deles ignora o contexto (e até verso bíblico isolado usam para justificar essa forma amadora de lidar com o texto, e que só permite considerações de versos isolados), por isso mesmo é que, dificilmente um adventista sabe explicar uma pas... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/05/2015

    2. Ora, eles foram convencidos de que esse texto (Is 28,10) oferece a base de como interpretar a Bíblia (um pouquinho aqui, um pouquinho ali), nada de contexto; cada um selecione a parte que lhe interessa e formule suas convicções VIOLENTADO o sentido real da passagem. Por isso mesmo, nem notam que esse texto, que em hebraico tem sonorização repetitiva, semelhante a balbucios, é uma crítica e alerta de Isaías a seu povo. O autor sabiamente se aproveita de construção frasal com sonoridade repetitiva para falar de u... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/05/2015

    1. Sr. Clodoaldo, a verdade é que nossas discussões com os irmãos adventistas dificilmente levam a algum lugar, porque eles geralmente embasam suas convicções sobre o todo a partir de versículos soltos, onde aparece a palavra Lei ou mandamento(s). Nós vamos ao texto onde o versículo se encontra, lemos por completo a passagem e percebemos que a passagem em que o versículo citado aparece não se refere aos dez mandamentos. Eles, porém, evidentemente não leem a passagem por completo (por isso não se dão conta disso), p... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 15/05/2015

    8.Agora Rm. 3.31: Anulamos, pois “A LEI PELA FÉ”? Não, de maneira nenhuma, antes confirmaos a Lei.” . Sr. Antônio, qual a lei que não anulamos? O contexto nos mostra claramente que é A LEI PELA FÉ, do versículo 27. Lei da Fé e a Lei pela fé, são termos compostos e são sinônimos. Sabe quem confirma essa Verdade? É o próprio Senhor Jesus Cristo em Lucas 16.16,. “A LEI E OS PROFETAS VIGORARAM ATÉ JOÃO. Agora sr. Antônio estamos anunciando o Evangelho de Deus da NOVA ALIANÇA e não A LEI JUDAICA DA ANTIGA ALIAN... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 15/05/2015

    7.Agora vejamos Romanos 3.21: “Mas, AGORA, (pós Cristo), SEM A LEI – OS DEZ MANDAMENTOS incluso,- se manifestou a JUSTIÇA DE DEUS, testemunhada pela LEI e pelos Profetas judaicos.. Rm. 3.22: JUSTIÇA DE DEUS “ MEDIANTE A FÉ EM JESUS CRISTO” para todos… Viu só sr. Antônio náo é mediante a Lei que não é da Fé. (Gl. 3.12); Romanos 3.17: “Onde, pois, a jacatância? Foi de toda excluida, POR QUE LEI? DAS OBRA? , ou seja, dos Dez Mandamentos?. NÃO, pelo conrtrário, “PELA LEI DA FÉ”. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 15/05/2015

    6. Caro sr. Antônio. Em Rm. 3.19, Paulo diz que tudo o que a Lei diz AOS QUE VIVEM NA LEI O DIZ. – é o seu caso sr. Antônio – Não é o meu, pois não estou debaixo da Lei e sim da Graça Rm. 6.14b. “… POIS NÃO ESTAIS DEBAIXO DA LEI, E, SIM, DA GRAÇA”. Em Rm. 3.20: “visto que NINGUÉM SERÁ JUSTIFICADO diante DELE pelas obras da Lei, como guardar o Sábado. Sabe por que sr. Antônio? PORQUE A LEI, OS DEZ MANDAMENTOS que é parte dela, “NÃO PROCEDE DA FÉ”, mas das obras (Gl. 3.12) ENTENDEU Sr. ANTONIO? SEM FÉ É... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 15/05/2015

    5.Caro senhor Antônio, ainda não respondeu a minha pergunta sobre Romanos 3.31 e volta a postá-la, dando-me a opotunidade de mostrar QUÃO ENGANOSA É A SUPOSIÇÃO ADVENTISTA de que a Lei ali confirmada é os DEZ MANDAMENTOS. É A PURA INTERPRETAÇÃO ADVENTISTA DE UM TEXTO SÓ, FORA DE SEU CONTEXTO, PARA FORMULAR SUA DOUTRINA DA GUARDA DO SÁBADO CERIMONIAL JUDAICO.Vamos analisar o contexto caro Antôniio: Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 15/05/2015

    4.Sr. Antônio, é lógico que NÃO É O DECÁLOGO como lhe ensinaram na escola sabatina! É o que está em João 13.34: Jesus falando: “NOVO MANDAMENTO VOS DOU: “QUE VOS AMEIS UNS AOS OUTROS; ASSIM COMO EU VOS AMEI, QUE TAMBÉM VOS AMEIS UNS AOS OUTROS. Caro Antônio, entenda, que todas as vezes que aparece a palavra MANDAMENTOS no Novo Testamento se referem aos MANDAMENTOS DE JESUS e NÃO AOS DEZ MANDAMENTOS JUDAÍCOS. Isso é elementar como diz Holmes, o detetive.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 15/05/2015

    3.Sr. Antônio Vamos ver: 1ª. João 3. v.21: Amados, se o coração não nos acusar, temos confiança diante de DEUS; v. 22: e aquilo que pedimos Dele recebemos, porque GUARDAMOS OS SEUS MANDAMENTOS… V.23: Ora, o seu MANDAMENTO é este: “QUE CREIAMOS EM O NOME DE SEU FILHO JESUS CRISTO E NOS AMEMOS UNS AOS OUTROS, SEGUNDO “”O MANDAMENTO”” QUE NOS ORDENOU: Agora caro Antônio. Qual MANDAMENTO que o Senhor Jesus nos ordenou? Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 15/05/2015

    2.Sr. Antônio…no v. 3, diz: Ora, sabemos que O (Jesus) temos conhecido, por isso guardamos os Seus (de Jesus) mandamentos; Aí no v. 4, Pedro diz: Aquele que diz eu O (Jesus) conheço e que guarda os Seus (de Jesus) mandamentos, é mentiroso e nele não está a verdade: Sr. Antõnio de Mello, de quem o apóstolo Pedro está falando? É óbvio que é do Senhor Jesus e de Seus mandamentos. Questão básica de interpretação de texto! Não há nada que possa referir ao DECÁLOGO. Isto é suposição adventista.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 15/05/2015

    1.Caro irmão Antônio de Mello. Com todo o respeito e sem nenhuma ofensa, mas o seu problema e de todos os adventistas, caro irmão, é misturar tudo, mistura a verdade bíblica com o ENGANO Adventista. Já postei “n” vezes que a palavra mandamentos de 1ª. Jo. 2.4, não se refere aos DEZ MANDAMENTOS. Vou lhe provar agora: 1ª. João 2.: no v. 1, Pedro fala claramente que temos advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo; no v.2, diz que Ele, Jesus, é a propiciação pelos nossos pecados;Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 15/05/2015

    O reino da Graça foi instituído imediatamente depois da queda do homem, quando fora manifesto o plano para a redenção da raça culpada.... .Ele existia então no propósito de Deus....Contudo, ele não foi efetivamente estabelecido antes da morte de Cristo....Por que? Mesmo depois de entrar para Seu ministério terrestre, o Salvador, cansado pela obstinação e ingratidão dos homens, poderia ter-Se RECUSADO ao sacrifício do Calvário....No Getsêmani, a taça de amarguras tremia em Sua mão!!!!!!!.... ELE poderia ter en... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 15/05/2015

    Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei. Romanos 3:31.........Cadê a nova aliança?... A regra é clara!Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 15/05/2015

    Guardar a lei de Deus é simplesmente uma questão de reconhecimento e GRATIDÃO por entender que Cristo nos amou sendo nós ainda pecadores...Foi exatamente por isso que Ele diz que quem diz que ME ama e não guarda os Meus mandamentos é um mentiroso e nele não está a verdade...Jesus nos concede gratuitamente a oportunidade de sermos CO-HERDEIROS em SEU reino, mas SEUS mandamentos não precisam ser observados... É mole? ...O Profeta Naum registrou uma coisa muito importante: """Que pensais vós contra o Senhor? Ele mesm... Denunciar comentário ofensivo

  • TiagoGomes (São Paulo) - 15/05/2015

    Amigos, acredito que a guarda do sábado e, também nenhuma outra forma de liturgia é preceito para a salvação. Isso inclui: cortar ou não o cabelo, uso de saia ou não, devolver o dízimo ou não, atém mesmo ir o ir a igreja. Nada do que você faça será para a sua salvação. Creio que Cristo já pagou 100% do preço, e se você guarda o sábado como pré requisito para salvação você não está crendo que Cristo pagou 100% do preço! todavia se você devolve o dízimo, vai a igreja, doa sangue, não doa sangue, ajuda o próximo, etc.... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 14/05/2015

    Excelentes colocações, sr. Clodoaldo. Pena que Antonio não deve enfrentar a nenhuma dessas questões, no máximo citará algum versículo que ele pensa, corrobora a guarda do sábado entre cristãos (como exigência, até porque, observar o sábado, em si não é errado, mas fazer disso uma imposição, é que faz a coisa mudar de figura). Mas, parabéns, tuas colocações foram bem pertinentes.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    5.Caro senhor Antônio Seria a guarda do sábado um preceito moral considerando que Paulo anunciou todo o conselho de Deus e não deixou nada do que fosse útil ensinar aos cristãos e - NUNCA MANDOU GUARDAR O SÁBADO? - “Como nada, que útil seja, deixei de vos anunciar, e ensinar publicamente e pelas casas.” “Porque nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus.” (At 20.20,27) . E daí , o que o senhor diz? Abraços na graça e paz do Senhor. Do Aprendiz de Cristão… Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    4.Caro senhor Antônio: . Seria a guarda do sábado um preceito moral quando Paulo afirma que não faz diferença se alguém guarda um dia e se outro guarda outro pois tudo isso é coisa indiferente? “Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente.” Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. “(Rm 14.5-6) Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    3.Caro senhor Antônio: . Seria a guarda do sábado um preceito moral considerando que Deus poria em esquecimento a guarda desse dia – O SÁBADO SEMANAL – em decorrência da desobediência do povo de Israel? Um preceito moral poderia ser posto em esquecimento? Lamentações 2.6: “E arrancou o seu tabernáculo com violência, como se fosse a de uma horta; destruiu o lugar da sua congregação; o SENHOR, em Sião, pôs em esquecimento a festa solene e o sábado...” Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    2.Caro senhor Antõnio, Seria a guarda do sábado um preceito moral considerando que em razão da desobediência a Deus, Ele anuncia a fim de todos os sábados(entendeu Sr. Antônio? TODOS, para o senhor moral ou cerimonial, prescritos na lei, inclusive o sábado semanal? Oséias 2.11: “E farei CESSAR todo o seu gozo, as suas festas, as suas luas novas, “E OS SEUS SÁBADOS” e todas as suas festividades.” Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    1.Olá caro irmão Antônio de Mello, vacilão eu ou o senhor, que vive fugindo de perguntas como até hoje não me respondeu sobre “Qual é a Lei confirmada em Rm. 3.31? Nós que misturamos os Sábados? O senhor está tão contaminado em misturar lei moral, lei cerimonial, sábado cerimonial, sábado moral, que já não sabe discernir entre um e outro. Mostre-nos, na Bíblia, não nos escritos de Ellen, onde está escrito Lei ou Sábado moral ou cerimonial? No contexto de Isaias, ele estava admoestando um povo que abandonou ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 14/05/2015

    O contexto de Is 58,13-14 demonstra que o profeta se dirige à comunidade de hebreus da Primeira Aliança, não a cristãos e à Segunda Aliança. Observe: “Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à CASA DE JACÓ (os israelitas) os seus pecados” (Is 58,1), eis os destinatários a quem Isaías aconselha sobre a fidelidade à Aliança do Sinai. Não se deve tirar conclusões de trechos isolando-se versículos sem observar a quem a mensagem é explicitamente d... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/05/2015

    Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do Senhor, digno de HONRA, Isaías 58:13Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/05/2015

    Oi Clô, continua o mesmo em! Vacilão.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/05/2015

    Vocês misturam o sabado SEMANAL, com as festas serimoniais que também são SÁBADOS...Ou seja: DESCANSO... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/05/2015

    Será????...Abominavel aos seus olhos????....Então o Profeta Isaias mudou de ideia no capitulo 58: """Se desviares o teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do Senhor, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falares as tuas próprias palavras, Então te deleitarás no Senhor, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    2) Isto posto, sr. Leandro, 1) Seria a guarda do sábado um preceito moral quando o próprio Deus declarou ser a sua guarda abominável aos seus olhos?Isaias ,1.13: “Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação e as luas novas, e os sábados, e a convocação das assembléias; não posso suportar iniquidade, nem mesmo a reunião solene.”; Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    Prezado senhor Leandro – Imperatriz. Concordo plenamente com o senhor quando diz que não devemos nos deixar levar por idéias e sim por evidências bíblicas, bem como ser influenciados por pastores, basta estudarmos a Bíblia para vermos que o Sábado é um preceito cerimonial, dado, com exclusividade a um povo, a uma nação (Sl. 147. 19,20; Dt..4.8; 5.1-15; Rm.9.4.).Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    4.Sr, g.mnteiro. b) e também a outros, fora do Decálogo: v.38 – “Olho por olho (cf.Êx.21,24. Lv. 24.20); v.43 – amar o próximo e aborrecer o inimigo (cf. Lv.19.18 e Dt.23.6); c) Jesus, quando fala da Lei, refere-se a todo o Pentatêuco – Gênesis a Deuteronômio – (Mt.7,12; 11.13; 22.40; Lc.26.39-31). Ele veio CUMPRIR TODA A LEI, inclusive o Decálogo, e o fez plena e definitivamente. NADA MAIS HÁ QUE NOS OBRIGUE À SUA GUARDA. Abraços na graça e paz do Senhor Jesus Cristo, do Aprendiz de Cristão…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    3.Sr. g.monteiro, Jesus não fez referência a uma DURAÇÃO PERPÉTUA da Lei, mas ao seu COMPLETO CUMRIMENTO (Lc.24.44; At. 13.29; Rm. 10.4; Cl.2.14,16. Por outro lado, a Lei mencionada por Jesus no cap.5 de Mateus NÃO É SÓ O DECÁLOGO, mas toda a Lei, como vemos: a) refere-se a três mandamentos do Decálogo: o sexto (v.21); o sétimo (v.27) e o terceiro (v.33); Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    teste...2. Sr. g.monteiro, mas vejamos o que realmente ESTÁ ESCRITO nas Escrituras: Por um lado, esta passagem não diz que cada “jota” ou “til” da Lei PERMANECERÁ até que o Céu e a Terra passem, mas “ATÉ QUE TUDO SEJA CUMPRIDO”. É o que Jesus dizz em Lucas 16.16: “A Lei e os Profetas duraram ou vigoraram até João…” Ora, tanto um texto quanto outro dão conta da TRANSITORIEDADE da LEI – “MAS ELA SÓ PASSARÁ DEPOIS DE SEU INTEGRAL CUMPRIMENTO”. Visto que o Senhor Jesus veio cumprí-la – e ELE NÃO FALHOU - A LEI JÁ ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/05/2015

    teste...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/05/2015

    Na vida, encontrei muitos (amigos) e todos me falaram da morte, até que encontrei um inimigo e ele me fala de vida, e vida eterna, é certo que meu inimigo, na realidade, é meu único, mais que amigo mas irmão. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/05/2015

    A reforma bíblica, é uma piada, reforma quer dizer (Remendo) e Jesus advertiu quanto a isto. Muda-se a, letra que é o de menos, mas a malicia do conteúdo permanece o mesmo, está hipocrisia tem por objetivo arrecadar bens alheios, a verdade, Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/05/2015

    O Espirito Santo, seus símbolos é a água e a pomba, um espalha, outro voa, espalhar significa que as boas novas, não mais é restrita a um só povo, voar significa que não está restrita a uma só pessoa humana, quando você imagina alguma coisa boa mas não a realiza, outro ira realizá-la, nada se perde, o batismo na água significa clarear, limpar a mente, vem a pomba, traz novas ideias, a evolução, Deus diz que ovelhas não estão restritas a bíblia, mas também se encontram em outros apriscos. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 13/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 13/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 13/05/2015

    Ninguém, em sã consciência admite que, Jonas disse a verdade claramente ao povo de, Nínive, antes ele usou da Babilônia, por causa de seu medo e sua linguagem, também do simbolismo para ajudar na interpretação, fato que ocorre até os dias de hoje, quando, temos de falar para quem não possui nenhum conhecimento, e geralmente são os que, possuem algum conhecimento, mas aprendeu da forma errada e está dominado pelo erro, o máximo que podemos fazer se vemos que, podemos salva-lo, é desvenda-lo. Denunciar comentário ofensivo

  • Carlos (Palhoça) - 13/05/2015

    Não é fácil deixar as Escrituras falarem. Normalmente queremos - e forçamos para que seja assim - que ela diga aquilo que pensamos ou que fomos ensinados a pensar. O desapego das próprias ideias é uma prática necessária para quem quer ler coerentemente a Bíblia.Denunciar comentário ofensivo

  • leandro (imperatirz) - 13/05/2015

    Não devemos nos deixar levar por ideias e sim por evidencias bíblicas e devemos pedir a Deus que nos guie e abra nossa mente para entendermos suas escrituras e não nos deixarmos ser influenciados apenas por pastores ou fieis, tem provas claras que a guarda do Sábado é essencial para quem crer, basta estudar a bíblia e saber diferença dos sábados cerimoniais e os morais, e Daniel profetiza e afirma que Jesus veio a terra não para acabar com a lei e sim para cumpri la, quando jesus morreu sacrificado ele terminou co... Denunciar comentário ofensivo

  • DiCaprio (Aribiri-Es) - 12/05/2015

    Na moral, nunca tinha tocado nessa parada dos anjos.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 12/05/2015

    No princípio, era a terra sem forma e vazia, isto quer dizer que no primeiro dia nada há! No sétimo dia Deus já havia concluído a obra que realizara, e neste dia descansou, isto também diz que no fim nada há, nada foi feito, apenas abençoado e abençoando o altar, tudo sob ele estará abençoado igualmente. Denunciar comentário ofensivo

  • SEGUINDOOMESTRE (NITEROI -RJ) - 12/05/2015

    “Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho.” Lc 24:39. O QUE É A INTELIGÊNCIA? Segundo o MSI - Grupo de estudo da inteligência, inteligência é? "uma capacidade MENTAL bastante geral que, entre outras coisas, envolve a habilidade de raciocinar, planejar, resolver problemas, pensar de forma abstrata, compreender ideias complexas, aprender rápido e aprender com a experiência. Não é uma mera aprendizagem literária, u... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 12/05/2015

    Se, o número um dizer eu sou o todo, e o número dois, disser não eu sou mais porque, sou a sua soma, corretamente se cria versos entre um e outro, não há nada, antes do princípio, também nada há, depois do fim, o que ocorre é a repetição eterna para sustentação, entre sábado e domingo. Formando meses, anos, séculos e séculos. Tudo à partir do número um. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 12/05/2015

    O pastor, Caio Fabio, supõe que inferiorizando o antepassado, torna-se ele, superior, mas usando o nome de Jesus, confessando que ele é a verdade, como ao mesmo tempo ele pode pressupor que esta nele, sua conduta por causa da valorização, de sua imagem altiva, o denuncia aos olhos da humanidade, mas oculta dele, não é bom cuspir no prato que comeu, somos o que somos, por causa dos antepassados. Nunca vi tanto cinismo...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 11/05/2015

    Eu, estou no pai e o pai está em mim. A distância do princípio e o fim é de ``O´´, É impossível criar mais do que um, portanto toda criação se resume em torno de um. Como tudo tem de voltar ao princípio, tudo sera igual um verso um.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 11/05/2015

    2. Essa mania que o adventista tem de citar um verso isolado e a partir dele desenvolver uma teologia é amadorismo a extremo. E o sr. Antonio que gosta tanto de postar links, aproveita e acessa esse que vou indicar, refere-se a um debate entre o Pastor e apresentador adventista Marcos Alves e o Pastor Batista Thomas Tronco. Nesse debate, promovido pela RIT, no programa Vejam Só, percebe-se direitinho o modos operandi da “exegese” adventista: colar versículos de textos e contextos diferentes para criar doutrinas. Co... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 11/05/2015

    1. Postam neste blog pessoas de confissão cristã das mais diversas ramificações – grande parte não-sabatista. Mas desses, alguém acredita que Deus é criador só por causa do sábado? Noutras palavras: só acredita que Deus tem o poder de criar aquele que guarda o sábado? Depois, se Ap 12,17 se refere aos adventistas e ao sábado, somos obrigados a acreditar que até o final do século XIX, quase 1900 anos, não havia igreja. Assim, até o ano 2015, passou-se mais tempo sem igreja do que com ela, pois se a IASD é a única ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 11/05/2015

    Tempo, de plantar, tempo de colher e tempo de descanso (Meditação) da terra, noite de dormir é uma necessidade, descanso é consciente, completamente livre, a bíblia é inerrante, a palavra de Jesus sobre o jovem rico e a palavra de acusação sobre Jó, remete indômito ao sábado injustamente, ou a justiça de Abraão restabelece, sua integridade e autoridade, ou insere em seu lugar um cordeiro. Sugere mesmo! confere em Lucas 14: 9,10 Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 10/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 10/05/2015

    Quando o texto fala em distinguir, fala que não existe outra instituição que distingue da melhor maneira o povo de Deus, isso passa pela soberania desse DEUS. A soberania desse Deus dá-se na criação ao reconhecimento como O MEU CRIADOR. Reconhecer Esse Criador como o MEU DEUS. Reconhecer esse Criador como o meu SENHOR...Portanto quando eu vejo nessa criação a INSTITUIÇÃO que fechou a semana da criação: "" Descansou, Santificou e Abençoou o Sétimo Dia, gen 2.""", isso tem um sentido desde a criação até a REDENÇÃO. E... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 10/05/2015

    Base. """"E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo. Apocalipse 12:17""""Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 10/05/2015

    Nenhuma outra das instituições dadas aos judeus tendia a distingui-los tão completamente das nações circunvizinhas, como o sábado. Era intenção do Senhor que sua observância os designasse como adoradores Seus. Seria um sinal de sua separação da idolatria, e ligação com o verdadeiro Deus. Mas a fim de santificar o sábado, os homens precisam ser eles próprios santos. Devem, pela fé, tornar-se participantes da justiça de Cristo..Ellen G White. O Desejado de Todas as Nações, pg 283....ESSA DISTINÇÃO NÃO SE PERDEU, ela ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/05/2015

    O novo sábado, que Jesus veio anunciar, é o poder falar e fazer as claras, sem necessidade de se ocultar, pois falando a verdade não há porque ser as ocultas, já que todos tem direito e nos foi dado gratuitamente, cumpre-se o que foi dito, de graça de o que de graça recebeste, nada pode alegrar mais o coração de um pai do que assistir a perfeita união dos filhos Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/05/2015

    Lei, ordem é o mesmo episódio, colocar toda a escrita bíblica em ordem compreensível a todos sem julgamento, é cumprir os dois primeiros mandamentos, descobrira o homem que, não existe pecado, erro ou tampouco mal, que o jardim do Éden está ao alcance de todos mas é preciso conhecimento, sabedoria e discernimento. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/05/2015

    José, quando foi vendido aos Egípcios como escravo, simbolizou que todos fomos vendidos a escravidão por nós mesmo, ou seja pelos nossos sentimentos, contrário a soberania individual, pessoal, temos um superior enquanto estivermos no estado de inocência, se não despertarmos para este fato, seremos sempre escravos, afinal a palavra diz, está em sua mão esquerda riqueza e honra e na direita o alongar da vida, esta palavra se refere a bíblia em suas mãos, o problema é que, não se tem discernimento. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/05/2015

    A lei, incluindo os sete mandamentos iniciais (principais) e os três compilados (primeiros) se fizeram necessários para a perfeição, fim do mundo (escrituras) na seguinte ordem, primeiro a razão depois os sentimentos, ou primeiro a palavra depois o artificio, ou ainda primeiro o projeto depois a execução, e o que falta na vida do crente, primeiro ora depois faz, não pode ser o contrário, como se focemos donos de nós mesmo, e para isto tem o dia de falar, que se diz sábado ou seja, uma ideia formada e revisada, ante... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/05/2015

    Quando, Deus escolheu o povo que saiu dos caldeus, simples agricultores e não os Egípcios, foi pela única razão da autoridade que estes tinham de se auto avaliar como filhos da perfeição, o povo Egípcio, era de uma vaidade exagerada com a beleza, preocupava-se unicamente com o visual e grandeza, como prova as pirâmides, já o povo agricultor, preocupava-se mais com a saúde que gera sentimentos o ``Coração, Shabat´´ prova que Jesus é o médico dos médicos ou Shabat goy auxiliar, simplesmente o maior e o menor.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/05/2015

    Quando, Deus escolheu o povo que saiu dos caldeus, simples agricultores e não os Egípcios, foi pela única razão da autoridade que estes tinham de se auto avaliar como filhos da perfeição, o povo Egípcio, era de uma vaidade exagerada com a beleza, preocupava-se unicamente com o visual e grandeza, como prova as pirâmides, já o povo agricultor, preocupava-se mais com a saúde que gera sentimentos o ``Coração, Shabat´´ prova que Jesus é o médico dos médicos ou Shabat goy auxiliar, simplesmente o maior e o menor. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 08/05/2015

    Nova aliança, contrato, termo de uso, responsabilidade de ambas as partes, se não cuidares bem do que recebestes ilicitamente, quem vos dará o que realmente vos pertence. A hipocrisia, se a bíblia, é o único caminho que indica um caminho para Deus em sua vida, e nela não se encontra a indicação, que você irá chegar a ele, então cabe a você, colocar esta indicação, não espere que outro o coloque, eles estão preocupados demais com eles mesmo, não irão indicar você, encontre está recomendação em, Lucas 18: 10-13, e ta... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 08/05/2015

    “O certo mesmo era no sábado a gente nem comer nada. 12 horas de Jejum” (12 horas contemplando Deus ou o sábado?). Curioso: em dia de sábado, os discípulos passavam pelos campos tomados de apetite. Jesus não pede que eles jejuem, para aproveitarem melhor o sábado; pelo contrário, os defende de quem quis colocar a observância do sábado acima da atenção a uma necessidade que não cessa aos sábados, por isso, permite que seus discípulos arranquem espigas para saciar a fome. “Naquele tempo passou Jesus pelas searas, em ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 08/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 08/05/2015

    Anselmo """É DURO?"""...O certo mesmo era no sábado a gente nem comer nada. 12 horas de Jejum. Jesus passou 40 dias sem comer. Jesus disse que a gente pode fazer coisas maiores que ELE fez...Agora como a gente vai fazer milagres, curar doentes, expulsar demônios se a gente so pensa em comida e bebida....Ele disse que nós temos que exceder aos Fariseus senão estamos sendo hipócritas... """João 14.12, onde Jesus diz: “Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 08/05/2015

    Deus resiste aos soberbos mas da graças aos humildes, provérbios 3: 34, citado por Tiago versos 6, mundanismo, em Tiago, 4, Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 08/05/2015

    O mundo, é inimigo de Deus, o mundo mata, Deus dá a vida, é a vida, esta contestação da sobrevivência, clara de inimizade, contrariedade, jamais Deus vai permitir que a morte seja vencedora. A vida fruto da palavra de Deus, não da nossa, pois quando estamos em cima não queremos que outro suba, e quando estamos em baixo queremos que outro caia para subirmos, quando a vontade de Deus é plenitude.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 08/05/2015

    Se, orares de todo coração, esta advertência para a qualidade da oração, mostra claramente, que Deus, não está se referindo ao coração do homem em particular, mas está falando do coração dele, unido ao do homem no mesmo amor, desejando ao próximo, o mesmo que deseja a ambos corações, Deus, homem, como um todo, Deus sonda o coração, vê a intenção para o identificar, pois não pode ver o indivíduo, por ser mal, o coração unido é infalivelmente sábio, ou na nossa linguagem sábado, dia de descanso.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/05/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 06/05/2015

    1.Prezado senhor g.monteiro Campinas. Com relação a sua postagem de 03.05.2035, observa-se que sr. diz, com toda a razão que o Senhor Jesus não veio abolir a Lei, mas sim cumprí-la, Mt.5.17.18: “Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem jota ou um tíl se omitirá da Lei se que tudo seja cumprido”. Sua leitura sobre o texto é de que logo, o sábado deve ser guardado, pois nenhuma parte da Lei, para os senhores adventistas, o Decálogo, pode ser omtida,Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Angola) - 04/05/2015

    Canal Novo Tempo, um canal bajulativo que considerou o baptismo como qualitativo. Aqueles dois se completam! António de Mello cai na real. Já é tempo de acordar deste sono sabático. O sábado não salva ninguém. A tua religião só fala do sábado. Escola Sabatina, a escola da lavagem cerebral do Adventista. E agora esta cena que aconteceu com a minha namorada (Ah, ela é adventista). Convidou-me pra ir no vosso famoso culto de sábado, o convite foi feito na sexta-feira e eu disse-lhe o que será o almoço? Ela disse-... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/05/2015

    Jesus não veio abolir a Lei ou os Profetas, mas cumprir a ambos. O verbo CUMPRIR refere-se não à Lei apenas, mas aos profetas também. Do mesmo modo que Jesus cumpriu a Lei, cumpriu os profetas. “Lei e profetas” é referência ao que chamamos Antigo Testamento, que Jesus não anulou, mas cumpriu em sua pessoa tudo o que neles estava escrito sobre o Messias, já que é Ele aquele de quem se falava na Lei e nos Profetas: “Filipe encontrou Natanael e lhe disse: ‘Achamos aquele sobre quem Moisés escreveu na LEI, e a respeito... Denunciar comentário ofensivo

  • g.monteiro (campinas) - 03/05/2015

    Jesus é muito claro dizendo que não veio abolir a Lei, mas cumpri-la (coisa que nós não somos capazes de fazer se não estivermos cheios do Espírito Santo - e mesmo assim, Jesus diz que o desejo do nosso coração já nos faz pecar - quem desejar uma mulher em seu coração já cometeu adultério com ela; ou seja, ainda estamos sujeitos aos desejos da carne - por isso o espirito luta contra a carne); O sábado como dia de descanso foi instituído no Éden, antes mesmo do homem pecar... por isso o mandamento da Lei diz "Lembr... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/05/2015

    O sábado de Deus, em minhas experiências não só em nosso pais, estou para conhecer um homem que reserve um dia por semana e ore de puro coração a favor de todos humanos existentes na face da terra que em nome de todos peça o perdão para a humanidade. De caráter que todos estejam verdadeiramente em seu coração, originando, ao ser abençoado que está alcance a todos, este é o sábado que é de direito de todos em uma só pessoa a verdadeira guarda. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/05/2015

    A unção com óleo, esta indicação bíblica importa no que Deus fez por nós, ou seja, ao dizer, façamos o homem segundo nossa imagem e semelhança, não estava ele comparando nós a ele, mas ele a nós, viu ele fidelidade no homem em igualdade e integridade social com a mesma justiça existente em seu ser, cada um de nós ser um em um todo, mas não é assim que somos, cada um é um isoladamente e absolutamente, nada de unção. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 01/05/2015

    E, tratando-se de “lei”, sr. Antonio, a quem o senhor confiaria eventual causa: a um especialista em direito, ou ao vizinho que tem muito boa vontade em ajudar? E no caso de tratamento de saúde, ignoraria o conhecimento de quem estou medicina para ficar com o conselho do amigo que sabe de uma “remédio que é ‘tiro e queda’ “ para tratar do que ele nem sabe o que é? Para aprender sobre uma matéria importante e necessária, dispensaria um professor qualificado para estudar com um amigo que sabe tanto quanto o senhor? S... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/05/2015

    Não se iluda, caro amigo, pois o homem é isso aí: Egoísta, não enxerga outra pessoa senão a si próprio. Egocêntrico, deseja que o mundo gire ao redor do seu próprio umbigo. Ególatra, idolatra a si mesmo e pensa que Deus e o universo tem o dever de trabalhar em seu favor. Inclinado ao pecado, seguirá para sempre interessando-se por aquelas coisas que, por vergonhosas que são, destroem a alma e fatalmente nos afastam de Deus. Em poucas palavras, somente um milagre para colocar esse homem no céu. Ou ainda, usando... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 01/05/2015

    3. Tenho certeza de que se o senhor fosse honesto para responder objetivamente o que pergunto, por diversas vezes não poderia contradizer nada do que escrevo. Talvez por isso quando comento Gn 2,1-3, o senhor vem falar de Ex 20,10 (que é outra situação), só para não ter de enfrentar a questão levantada e que o senhor não tem como discutir. E para concluir, quando digo que “Gn 2,1-3 evita usar o termo ‘sábado’ ”, e vejo senhor reagir dizendo: “As coisas boas das promessas de Deus SÃO PARA QUEM QUER. ‘E quando eu for... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 01/05/2015

    2. E quando não tens o que dizer, vem com essa pérola: “A Bíblia não precisa de especialista para compreende-la”. Ao que te digo: depende do que o senhor deseja com o texto: se quer usá-la como leitura, motivação espiritual não precisa mesmo, mas se quer evitar compreensões equivocadas, ou leituras subjetivistas (o famoso: “o que esse texto diz PARA MIM”), o estudo é fundamental. Já tomei ciência de muitos casos de gente que ao ler Jesus, Moisés e outros ficarem por 40 dias sem comer, quererem fazer o mesmo; de ge... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 01/05/2015

    1. Antonio, as minhas argumentações “fracas” são tão fracas que o senhor nem sabe como refutar. E apesar de elas serem “fraquinhas”, não imagine que saio a copiar e colar ideias alheias, até porque o que faço nesse espaço é expor um pensamento, e refutar ideias que julgo incorretas. Parto das colocações que fazem por aqui, não de livros estranhos ao que por aqui se comenta. E eu desconheço livro elaborado a partir das colocações do Antonio, do Ad e de outros tantos que postam por aqui. Por quantas vezes tenho obser... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 01/05/2015

    Especialistas: """O papa Francisco afirmou dia 12 de abril que somente a Igreja Católica está habilitada a interpretar a Bíblia. As demais interpretações são subjetivas, segundo ele. ....“O Concílio [Vaticano II] lembrou com grande clareza: tudo o que está relacionado com a maneira de interpretar as Escrituras está, em última análise, sujeito ao julgamento da Igreja, que realiza o seu mandato divino e o ministério de preservar e interpretar a palavra de Deus”..O papa afirma que há uma “unidade indissolúvel” entre a... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 01/05/2015

    Graça e Paz. Ainda bem que não fui o unico a perceber a "salada" que o sr. Walter Monteiro fez em seus argumentos, em o que parecia ser a sua defesa sobre o sabado, mesmo ele não sendo um sabatista (???). Sinto-me melhor, pois os irmãos Clodoaldo e Dbonfim tiveram a mesma dificuldade em compreender seus questionamentos escrituristicos em volta de uma filosofia que mais dificultou do que justificou seus argumentos... sem ofensas irmão Walter Monteiro...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 01/05/2015

    """Antonio: se queres saber a interpretação católica sobre o Decálogo, leia literatura especifica, produzida por especialistas, ou pegue uma boa edição de Bíblica Católica e nas notas de rodapé,"""...Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 01/05/2015

    Quando o senhor diz: “A Bíblia não precisa de especialista para compreende-la”, no que isso invalida minhas colocações, ou as torna incorretas? O senhor consegue responder? Só chamei a atenção a algo que o senhor não nota e que faz toda a diferença.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 01/05/2015

    As coisas boas aqui deste mundo são para quem pode. As coisas boas das promessas de Deus SÃO PARA QUEM QUER..E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. João 14:3Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 01/05/2015

    """Gn 2,1-3 evita usar o termo “sábado"""". O fato de que Deus revelou Sua vontade aos homens por meio de sua Palavra, não tornou desnecessária a contínua presença e direção do Espirito Santo. Ao contrário, o espirito foi prometido por nosso salvador para aclarar a palavra a Seus servos, para iluminar e aplicar os seus ensinos.”...ACLARAR...ILUMINAR E APLICAR...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 01/05/2015

    """Gn 2,1-3 evita usar o termo “sábado"""".... A Biblia não precisa de especialista para compreende-la. Se isso fosse verdade coitados dos desinformados socialmente e economicamente. Quado Jesus veio aqui Ele passou aos seus ouvintes uma mensagem de HUMILDADE. Seus discurso atingia tanto a um intelectual como Nicodemos como a um analfabeto como o conhecido pescador Pedro. Na Biblia, o mesmo Espirito que inspirou seus escritores para registrar a mensagem no momento, época e cultura, é o mesmo Espirito que INS... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 01/05/2015

    Sr. Antonio, simplificando o que o senhor não quer entender: sétimo dia é uma marcação temporal, isto é, uma forma de contar o tempo, identificada como a SEQUÊNCIA do sexto dia da semana. Mas shabbath é um mandamento, isto é, uma determinação para que as atividades sejam suspensas em respeito ao repouso ORDENADO quando chega-se ao SÉTIMO DIA. Assim, por exemplo, por volta das 18h para o senhor começa o shabbath. Para mim, 18h da sexta-feira é 18h da sexta-feira (não tem shabbath). Se shabbath e sétimo dia fossem a ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/05/2015

    Sr. Clodoaldo, esta é uma última sustentação da palavra não tenho ao que temer, e não é por mérito nem tampouco falsos elogios, dissimulações e jogos não fazem parte da minha cultura nem de minha fé, não dependo de aprovações nem desaprovações, tenho e sempre tive como companheira fiel a sabedoria, mas não nasci com ela, apenas aplico o coração e tempo para agrada-la, Adão e Eva, Papai Noel, terra do nunca, Branca de neve... até o lobo mau haa como é bom sonhar, boa noite, passe bem, talvez um dia eu responda a sua... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/04/2015

    2. Sr. Antonio, as interpretações que sugiro têm base, não são achismos. Trago informações que podem objetivamente ser constatadas por qualquer um que o desejar e que goste de estudar textos bíblicos (não confunda isso com conferir doutrina em passagens bíblicas). Essa é nossa diferença: o senhor fala de convicções religiosas tuas, eu falo de “termos”, “cultura”, “língua”, “sociedade” e “estruturas religiosas” dos tempos bíblicos, informações NECESSÁRIAS à boa interpretação textual e que independem de minhas convic... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/04/2015

    1. Antonio, agora o senhor se superou. Eu disse que GENESIS 2,1-3 (não Ex 20, 10) evita usar o termo SHABBAT (ou o senhor encontra alguma Bíblia que use o termo sábado em Gn 2,1-3?). Gn 2,1-3 evita usar a expressão shabbat, porque shabbat NÃO É a simples sucessão temporal de dias (o dia que sucede o sexto), shabbat é um MANDAMENTO, e como tal aparece APENAS nos tempos do êxodo (por isso é que Ex 20,10 o aplica o elevando à categoria de MANDAMENTO). O senhor tentando refutar vem e cita um texto que CONFIRMA o que eu... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 30/04/2015

    Os discípulos do Messias guardavam o Sábado? ? Luc. 6:1??? Farão comentários cheios de Baboseira Religiosas e tudo mais. Discípulos guardavam o Sábado? ? Ou o que está escrito no texto é Mentira? ? Trabalhavam no Sábado? ? Luc. 6:1 é Mentira? ? Parem de Idiotices. O Sacrifício do Messias acabou com o RELIGARE ou Não Acabou? ? O RELIGIÃO ou A RELIGARE é constituída de SÁBADOS? TEMPLOS? SACERDOTES? CULTOS DIVINOS DE ADORACAO A DEUS? ? e quem fazia essas coisas ?? Eram sujeitos gentis? ? Respondam camba... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    2.Senhor Walter Monteiro, deixando para lá o sábado, que não é o seu forte, quero externar meus respeitos e admiração a sua atitude altruísta com que trabalha com o seu próximo, isto é uma virtude cristã de amor ao próximo. Parabens, continue o seu trabalho, pois vale a pena, mas cuidado com a sua sabedoria pois sem Deus ela não é nada. Ah! Se cuide com a sombra e não se esqueça da Realidade, que é o Caminho, a Verdade e a Vida, ninguém vai a Deus sem a Realidade que é Jesus Cristo, a nossa fonte da vida eterna.... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    1.Prezado senhor Walter Monteiro (São Paulo), depois daquela confusão ou melhor, salada com que o senhor fez do Sábado, que ninguém entendeu e que nos deixou sem nenhuma resposta objetiva às nossas posições sabáticas, pois sempre muda de assunto, parecendo que lhe faltou evidência bíblicas para dar guarida a sua tese sabatina. Tudo isso serviu para mostrar sua incoerência sobre o sábado, que chega atingir a fronteira do paradoxo, reiteramos, uma verdadeira salada sabática. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 30/04/2015

    Dbonfim. ......"""Gn 2,1-3 evita usar o termo “sábado"""".....Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; Êxodo 20:10.........O SETIMO DIA É O SÁBADO....A BIBLIA SE ESPLICA POR SI MESMA......Sua refutações são muito fracas. Só malabarismo...Talves seja seus ESPECIALISTAS EM MANDAMENTOS que lhe induziram a falar tanta abobrinha....kkkk Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/04/2015

    Matheus, 23: 5-13 fardos pesados, isto quer dizer algo preparado cheio de malicia e inveja que sera colocado nos ombros dos inocentes (simples) mas ofertas voluntarias, nada, estas hipocrisias está desde o princípio condenada, tudo é malicia e cuidadosamente planejado com objetivo de lucros, não há projeto, apenas arquitetura sem raízes, quando houver o abalo tudo vira abaixo e despedaçara sobre a rocha Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/04/2015

    Passo o maior tempo da minha vida, dedicando a pessoas que dizem não saber o que fazer para sobreviver, meios aos problemas ou adversidades do cotidiano, tais como doenças, falta de conhecimento, incapacidade de encontrar soluções etc. convicto de que a bíblia é a solução a todos que de alguma maneira se desilude da luta diária para sua própria sobrevivência procuro sempre guia-la ao estudo bíblico para obter uma resposta confiável sobre seu problema, jamais digo vai por mim, mesmo sabendo o que estou fazendo ou fa... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    Retificações. Sr. Walter, Monteiro (São Paulo) perdoe-me por postar Walter Pinheiro, quando o seu nome é Walter Monteiro de São Paulo. Aceite as minhas escusas. obrigado. do Aprendiz de Cristão...Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    3. Sr. Walter, Isto posto, estou convencido que o seu conhecimento continua dentro da caverna, aquela de Platão e tem medo de deixar as sombras para receber e viver a realidade, ou seja A GRAÇA DE CRISTO que perdoa, liberta e lhe dá a salvação e o conduz à vida eterna. João 5.24. ISSO É O IMPORTANTE caro senhor Walter Pinheiro, a salvação da sua vida, pois as outras coisas, que lhe são caras, serão acrescentadas. Abraços na graça e paz do nosso Grande Deus e Salvador, JESUS CRISTO… Do Aprendiz de Cristão.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    2.Sr. Walter, No novo tópico o sr. afirma que é exatamente as sombras, (seria o sábado), a origem das guerras e contendas. Sua opinião! Respeito! A minha é que uma das causas das contendas, lugas e guerras é a chamada RELIGIÃO. Quando o senhor alega que meu conhecimento é restrito a rede é sua opinião! O que o senhor rotula de rede eu chamo de A PALAVRA DE DEUS. O conhecimento é muito bom quando ele é para o louvor da Glória de Deus, mas a maioria dos sábios e entendidos querem é o louvor para si. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    1. sr. Walter Pinheiro (São Paulo), tenho que lhe dar os parabens por mais uma bela peça literária demonstrando seu grande conhecimento filosófico, digno de aplausos, só que se esqueceu de que o tema de nossos comentários é o sábado, o qual o senhor exalta mas não guarda e aí volta a filosofar, sem nenhuma objetividade, disfarçando, com toda a habilidade que lhe é peculiar, mudando de assunto. Aliás essa técnica já é muito conhecida, pois é muito utilizado pelo adventistas deste blog. NUNCA RESPONDEM OBJETIVA... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/04/2015

    Sr. Walter, essa tua última postagem foi meio “obscura”, isto é, difícil de identificar objetividade quando dizes: “o sábado não é guardado por homens, mas por ele mesmo, pois seus anjos os profanaram...”. Objetivamente falando, a partir de quais passagens bíblicas o senhor fundamenta essas ideias? (Não me refiro à literalidade de texto algum, mas à(s) base(s) para formulação dessas afirmações). Poderia indicar alguma(s) dela(s)?Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/04/2015

    Nestas questões, vemos que o sábado não é guardado por homens, mas por ele mesmo, pois seus anjos os profanaram, Cristo ensina isto com perfeita clareza, e isto o revela como luz do mundo, tudo é simples e puro. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/04/2015

    Afirma a bíblia, que Jesus teve medo e se escondeu (Entrou em trevas, sombras) isto é como homem, demonstrou que o coração humano possui muitas armadilhas perigosas e imprevisíveis, por esta razão disse Deus, dou a cada um segundo a sua capacidade, pois lhes sondo o coração. Isto importa que a verdade contida em nós pelo sopro da vida não pode ser revelada por nossa vontade, mas cabe a ele se através das nossas obras revela ou não. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/04/2015

    Adverte a bíblia, que cairá a terça parte do sol, que ele queima nossa pele e nos faz delirar da exaustão e secura da vida em nós, o excesso de confiança é a trave do olho, o mundo não está pronto (Finalizado) nada pode ser afirmado como verdade. O povo Judeu não era, não é e jamais sera inocente Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/04/2015

    É exatamente as sombras, a origem das guerras e contendas, portanto sua demonstração de modernidade nada pode mudar da realidade, a figueira se apodera e se entrelaça a uma árvore até destruí-la, tomando seu lugar. Pelo visto seu conhecimento é restrito a rede o que lhe permite apenas enxergar através de rupturas extremamente limitada... é da vontade de Deus que todos cheguem ao pleno conhecimento. QUE Jesus é a luz isto é óbvio, mas em Zaqueu ele exibe verdades sem palavras, afirmação de que a luz cega é bíblica. ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    5. Sr. Walter, a Palavra recomenda: NADA DE SOMBRAS! TEMOS O SOL, JESUS CRISTO! Espero que um dia o senhor possa repensar seus conceitos e deixar as sombras, cujos caminhos, segundo as Santas Escrirturas, levam a uma lugar incerto e não sabido, mas ficar com a Realidade que nos dá a vida eterna. Abraços na Graça e Paz da Realidade Jesus Cristo, do Aprendiz de Cristão… Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    4. Sr. Walter Pinheiro. Sombras, para quê? Zacarias, pai do Batista, reconheceu que seu filho veio ao mundo para preparar o caminho para o SOL NASCENTE : “E isso, por causa das profundas misericórdias de nosso Deus, através das quais dos céus nos visitará o sol nascente” (Lc 1.78). Em Jesus chegou o sol nascente “para iluminar aqueles que estão vivendo em meio às trevas, e guiar nossos pés no caminho da paz” (Lc 1.79).Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    3. Sr. Walter Pinheiro, a sombra (o SÁBADO) já desapareceu, é o que diz a Palavra de Deus em Hb. 8.13: “Quando ele diz Nova (Nova Aliança, Novo Testamento) torna ANTIQUADA a primeira (Sinai, a Lei, o SÁBADO). Ora aquilo que se torna ANTIQUADO E ENVELHECIDO, “ESTÁ PRESTES A DESAPARECER”.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    2. Sr. Walter… Um dia, um dos prisioneiros sai da caverna e vai ao mundo exterior. Ele viu as coisas como são, o mundo real. Na volta, diria aos amigos que aquilo é sombra de um mundo real. Eles não creriam, se zangariam e o ameaçariam”. O autor de Hebreus é este homem, teologicamente falando. Ele saiu da caverna do Antigo Testamento, viu a verdade do Novo Testamento. Viu que o SÁBADO era SOMBRA e que JESUS é a REALIDADE. É o que o apóstolo Paulo ensina em sua carta aos Colossenses 2. 17.18. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 30/04/2015

    1.Prezado sr. Walter Monteiro (São Paulo). Cada um responde o que sabe, mas a sua sobre o sábado é uma bela peça filosófica demonstrando a sua total incoerência pois o exalta e não o guarda. Parafraseando, sua argumentação parece com o “mito da caverna”,de Platão. “Homens vivem acorrentados, desde o nascimento, numa caverna. Passam sua vida olhando a parede do fundo, onde sombras são projetadas pela luz de uma fogueira. Eles pensam que aquele mundo de sombras é o real. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/04/2015

    Correções: Boa exposição, Sr. Rogério. Acrescento a ela apenas uma observação: notem que Gn 2,1-3 evita usar o termo “sábado”, antes, opta por falar de “sétimo dia”. Há diferença? Sim, “sétimo dia” (bayom hashvi’i) é a sequência do sexto dia, mas sábado (shabbath) é tratado na Bíblia como uma mitzvah (mandamento), isto é, uma ordem para que se faça ou não se faça alguma coisa. Nesse sentido, não se pode falar de shabbath antes da fuga do Egito. Por isso, o autor de Gn fala de sétimo dia (que não é um mandamento), c... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 30/04/2015

    Boa exposição, Sr. Rogério. Acrescento a ela apenas uma observação: notem que Gn 2,1-3 evita usar o termo “sábado”, antes, opta por falar de “sétimo dia”. Há diferença? Sim, “sétimo dia” (bayom hashivii) é a sequência do sexto dia, mas sábado (shabbath) é tratdo no na Bíblia como uma mitzvah (mandamento), isto é, uma ordem para que se faça ou não se faça alguma coisa. Nesse sentido, não se pode falar de shabbath antes da fuga do Egito. Por isso, o autor de Gn fala de sétimo dia (que não é um mandamento), como um di... Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Petrolina - PE) - 30/04/2015

    O que está escrito está escrito. O registro bíblico diz que YHWH, depois de ter terminado sua criação, ABENÇOOU TODAS AS COISAS ("e eis que tudo era bom") Mas NÃO SANTIFICOU TODAS AS COISAS apenas o sétimo dia "PORQUE NELE DESCANSOU DE TODA A SUA OBRA". Está registrado também que APESAR de YHWH ter santificado o sétimo dia, e de ter claramente dado a Adão um serviço braçal no jardim do Édem, NÃO ESTÁ REGISTRADO QUE YHWH O TENHA ENSINADO A OBSERVAR A SANTIDADE DO SÁBADO. Fica subentendido que, DESDE O PRINCÍPIO,O SÁ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/04/2015

    O sábado, se sobrepõe a toda criação dos dias, supera a todos por servir de revisão da criação, não se cobre com folhas de figueira, mas sim com, (fora da cegueira)Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/04/2015

    4. Sr. Walter, apesar de sua cultura, o senhor faz MUITA confusão sobre o sábado. No início disse que O SÁBADO É PRA OS SÁBIOS e parou aí. Questionado mudou e disse “O SÁBADO É PRA DIREITO DE TODOS, também não se explicou. Por último afirma SÓ DO SÁBADO TER SIDO SOBREPOSTO, JÁ O FAZ SUPERIOR”. Superior a que ou a quem? Sobre estas suas expressões tenho 3 perguntas: O QUE O SENHOR QUER DIZER COM ISSO? COMO O SENHOR CHEGOU A ESSA CONCLUSÃO? O SENHOR PODE ESCLARECER ISSO PARA NÓS? Se responder para mim é u... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/04/2015

    3. Sr. Walter. …Porque, primeiro, foi formado Adão, depois, Eva. E Adão não foi iludido, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão". Apenas este fato (de o Adventismo ter sido ensinado por uma mulher) já deveria ser suficiente para alertar os que insistem em seguir essa doutrina que colocou no coração dos homens o sábado, deixando o Senhor Jesus de fora e que É MUITO SUPERIOR AO SÁBADO E A TUDO O QUE EXISTE, POIS TUDO FOI CRIADO POR ELE, PARA ELE…. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/04/2015

    2. Sr. Walter, como cristão, tenho-me esforçado neste blog, tentando desmascarar, com textos bíblicos contextualizados, as doutrinas do ENGANO ADVENTISMO, pois não é de se espantar que essa religião tenha tantos erros, pois sua principal mentora é uma mulher e os que aprendem dela acabam sendo cúmplices na transgressão do que ordena a Palavra de Deus em 1 Timóteo 2:12-14: "E não permito que a mulher ensine, nem exerça autoridade de homem; esteja, porém, em silêncio. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 29/04/2015

    1.Prezado senhor Walter Monteiro.(São Paulo). Meus comentário são sobreo o Adventismo e do sábado e não sobre a sua pessoa sr. Waler Monteiro, a quem muito repeito e prezo. Todos já viram que O “astro” que aparece aqui no blog é o senhor, Walter, que alimenta seus admiradores com suas tiradas filosóficas sobre textos esparsos e isolados de Proverbios, Eclesiastes, e outros, demonstrando sua ampla cultura, mas com evasivas, sempre exaltando o sábado mas agora nos revela que não o guarda. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 29/04/2015

    É meu irmão Walter, perdoe-me a minha ignorância, mais você fez uma salada em seus comentários, com essa de o "sábado é para os sábios"... E depois você deve ter um amplo conhecimento de palavras, onde acredito que ficará meio complicado a nossa comunicação - afinal você deve estar acima de mim, já que não demonstro conhecimento como você mesmo julga... deixa pra lá... fica em Paz Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/04/2015

    O debate, sobre a questão do sábado é que, mandamentos oficiais são sete primordiais, dez somente depois de Jesus Cristo, anunciados por Moisés, que compilou mais três, tendo os pôr mãos, língua e cabeça, ou seja necessidades humanas, como pro homem somente seis é o suficiente, o sétimo é de Deus, isto não muda com a compilação mas muda com o cumprimento dos três sobrepostos e ponto final, não há o que discutir. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/04/2015

    O debate, sobre a questão do sábado é que, mandamentos oficiais são sete primordiais, dez somente depois de Jesus Cristo, anunciados por Moisés, que compilou mais três, tendo os pôr mãos, língua e cabeça, ou seja necessidades humanas, como pro homem somente seis é o suficiente, o sétimo é de Deus, isto não muda com a compilação mas muda com o cumprimento dos três sobrepostos e ponto final, não há o que discutir. Denunciar comentário ofensivo

  • Marcelo (Rio de Janeiro) - 29/04/2015

    Não concordo com o comentário que afirma que o NT demonstra que Deus mudou o dia de guarda do sétimo para o primeiro dia. Vamos analisar o contexto Bíblico dos textos que foram apresentados. Em Colossenses 2:14-16 Paulo comprova a quitação do "cheque pré-datado" que Deus assinou quando Adão e Eva transgrediram Sua Lei, personificada naquela árvore da ciência do bem e do mal(Gên. 2:17 ; 3:4,11). Na cruz, o cofre do banco do Céu abriu-se e Jesus pagou o cheque naquela sexta-feira, no dia 14 de Nisan do ano 31 d.C. co... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/04/2015

    Certamente, muitas pessoas não se preocupa com a palavra em si, seus significados e origem. A bíblia diz que, quem não cuida bem do que ilicitamente recebeu, quem lhe dará o que realmente lhe pertence, todos vivemos do que dizemos ou que dizem sobre nós, a palavra da testemunho de nós, não há o que discutir, mas é bom atentarmos para a palavra que diz ``Está em sua mão direita o alongar da vida, em sua esquerda riqueza e honraDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/04/2015

    Faço referência ao sábado como sugere a pergunta do cabeçario, jamais disse que guardo o sábado ou qualquer outro dia, que isto fique bem claro a todos, comento apenas textos e não pessoas, ou vocês nunca ouviram ``A guerra não é contra a carne, mas contra principados e potestades´´ Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/04/2015

    Sr. Eddie, nem Deus, nem Jesus, condena ninguém, biblicamente isto é fato, somos condenados pelos nossos erros se assim o aceitamos, mis uma vez o Sr. Demostra que não possui o conhecimento de palavras, mas me diga o que quer dizer a palavra (Inteligência) então podemos nos comunicar em igualdadeDenunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 29/04/2015

    Walter Monteiro. Você é o responsável por me fazer pensar sobre a sua pessoa que se mostrou superior em seu comentário, ou seja, mais sábio que os demais simplesmente por guardar o sábado. E depois você fez mal juízo da minha fé em Cristo que ao contrario de você que observa tal rudimento da Lei, eu julgo iguais todos os dias, ao qual estou seguro disso e respaldado na palavra. Quer guardar o sábado que guarde, agora impor aos outros sobre tal observância é forçoso demais, sabendo que não há nada na Doutrina dos Ap... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/04/2015

    Sr. Clodoaldo, só do sábado ter sido sobreposto, já o faz superior, se Deus é único, seu dia é igualmente único, pois o sábado foi feito por ele e se feito por ele é lógico que ele é superior, deveria o Sr entender de coisas clássicas seus admiradores ficariam mais satisfeitos, direcionado a vossa pergunta é que respondo não a vossa pessoa por causa do respeito citado por vós mesmo, mas me parece que gostas de julgar, falamos de temas não de indivíduos, não sou superior a ninguém e nem menos. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 28/04/2015

    4.Senhor Walter Monteiro. Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê." (Rm 10:4 ACF) . Paulo nos diz que uma vez que nós viemos para Cristo - ELE é o fim da lei. Assim, as únicas pessoas sob a lei são aquelas que ainda não têm a Cristo como Senhor e Salvador. O Sábado foi dado à nação de Israel como um SELO – NÃO PARA À IGREJA - À igreja tem o ESPÍRITO SANTO QUE É NOSSO SELOS DE AUTENTICIDADE (Ef. 1.13,14). Sr. Walter é fundamental ler e entender os contextos para não pisarmos na bola. Abraç... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 28/04/2015

    3. Senhor Walter Monteiro. O contexto Mc. 2.27,28, não enfoca a universalidade do sábado, mas a autoridade de Jesus sobre ele. Veja bem que o Senhor Jesus não alargou o mandamento, mas Restringiu-o aos judeus. Se Jesus estivesse realmente dizendo que o sábado era para todo ser humano, isto teria levantado outra controvérsia com o fariseu e não refutado ele, POIS OS FARISEUS CONSIDERAVAM O SÁBADO COMO POSSE ÚNICA DA NAÇÃO JUDAICA. (cf. Jubileus 2:19). Isso não é dificil de entender, difícil é aceitar…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 28/04/2015

    2. Sr. Walter Moneiro. Com relação a sua citação de que o Sábado foi estabelecido por causa do homem e não o homem por causa do sábado, observa-se que o texto não diz que o Sábado foi estabelecido para todo o “Gênero Humano”, mas foi constituido para o homem. Quais os homens com quem o Senhor estava dialogando sr, Water? É obvio que eram JUDEUS. Quando a Bíblia quer incluir todo o gênero humano, ela deixa bem claro isso, veja Mateus 28:19; João 3:16; Atos 2:17; I Timóteo 2:4; Tito 2:11. Estes versos indicam claram... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 28/04/2015

    1.Prezado sr. Walter Monteiro (São Paulo), o senhor se apresenta como um Expert, na arte de TERGIVERSAR. Sua resposta afirmando que “O SÁBADO É PRA DIREITO DE TODOS” é a sua opinião, respeito mas ELA NÃO É BÍBLICA, e sim, ADVENTÍSTICA. O sábado não foi oferecido a todas as nações. Só era determinado à nação de Israel. Olhe para Deuteronômio 5:1-15 onde se encontram as ordens dadas a Israel. Lá ESTA ESCRITO para quem foi dado o Sábado (Êx. 20.2) e o motivo para se LEMBRAR do Sábado…Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/04/2015

    Antonio, ou o senhor não entende, ou se faz de desentendido. Sou forçado a aceitar que, para ti, o primeiro caso costuma prevalecer, porque essas suas colocações emergem de uma incompreensão descomunal. Quando citei o fenômeno dos fusos horários, imaginava que o senhor fosse capaz de compreender que não me referia a hoje, mas ao conceito de “dia” presente em Gênesis. Mas pelo que noto, é difícil para o senhor entender alguma coisa que exija um mínimo de reflexão. Talvez por isso, quando a coisa começa a exigir um ... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/04/2015

    E os fuso-horários?Denunciar comentário ofensivo

  • ANONIMO (SAO PAULO) - 28/04/2015

    IRMÃOS SERIA BOM LEMBRAR QUE TEMOS TAMBEM CRISTÃOS NO JAPÃO, FICA DIFICIL ELES GUARDAREM O SABADO NO MESMO DIA QUE NÓS NO BRASIL, TEMOS QUE REFLETIRDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/04/2015

    Sr. Clodoaldo, ouvimos diariamente de pessoas incrédulas, que Deus não atendeu o seu pedido, como não devo responder por ninguém, mas também não posso mentir, respondo exatamente a pergunta sem rodeios, sei que o problema é a interpretação, nem sempre Jesus foi claro, não foi de proposito mas porque era conveniente, o sábado (Sabedoria) foi feito pro homem e não o homem pro sábado, portanto o sábado é pra direito de todos, cada um que o use como melhor lhe parecer. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/04/2015

    O homem, não foi feito por um só, diz a palavra, façamos e não faço o homem, anjo é constituído de pura crença, sem nenhuma observância, mas ao homem o que não falta é observância, melhor é ir com calma em julgamentos para não se precipitar, nada pessoal apenas cautela. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/04/2015

    Sr. Dbonfim, é relevante o seu raciocínio, realmente alguém deliberadamente querer impor sua crença como irrefutável, não condiz com o livre arbítrio, mas para isto Jesus disse, aquele que come carne, não condene o que não come, e o que não come, idem, pois há quem creia num e quem creia noutro, o princípio de tudo que há sobre a face da terra é de que alguém dele necessita, para honra ou desonra, devemos ser complacente e tolerantes, uns com outros.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 28/04/2015

    Prezado senhor Walter Monteiro (São Paulo), sempre foi de meu feitio, como cristão convicto, de respeitar o meu próximo pois este é o grande mandamento do Senhor Jesus, muito superior ao Decálogo e ao Sábado. Repito, com todo o respeito, mas em vez de responder, objetivamente, a sua expressão “O SÁBADO É PRA SÁBIOS”, o que o senhor fez foi TERGIVERSAR sobre o tema. Creio que tem capacidade para dar uma resposta mais objetiva, a qual continuo esperando. Abraços na graça e paz do Senhor, do Aprendiz de Cristão…Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/04/2015

    ad - aracruz. Meu irmão, não a impedimento algum em você observar tal dia para o Senhor. O problema está em você ou qualquer um outro em impor tal preceito como pratica de uma vida cristã. Não há nada nas epistolas apostólicas que nos ensina sobre tal observância. Fique em paz em reservar esse dia para Deus, agora fazer uso Gn 2 para provar que devemos cumpri-la aí já chega ser forçoso demais...Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/04/2015

    Guarde o sábado, Ad, mas não o imponha ou o trate isso como exigência, porque nenhum cristão o impôs em todo o NT a quem quer que fosse. Além do mais, Deus “criou o sétimo dia” porque antes criou seis dias (respeitando o teu literalismo). Citei os conselhos de Paulo, porque esses caem bem a quem se comporta movido por convicções religiosas e as usa para julgar o irmão. Sobre Gn 2,1-3, seria mais produtiva a discussão caso alguns considerassem a evidente distinção que o próprio autor faz entre “sétimo dia” (que suc... Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 28/04/2015

    Se não fosse pra guardar o sábado, Deus não teria criado o sétimo dia em Gn 2, e nem teríamos uma semana de 7 dias como temos hoje. Se Jesus guardou o sábado eu também guardarei.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/04/2015

    2. Atitude cristã é saber respeitar, sem querer impor, mantendo-se em qualquer situação o cuidado de não agir de modo a causar escândalos por causa dessas convicções, mas acolher o irmão, sem julgar mais importante suas convicções que o próprio irmão na fé, pois unanimidade em assunto polêmico, não se consegue: “Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para glória de Deus” (Rm 15,7). A comunidade de Roma não era apenas formada por judeus convertidos, ou por gentios convertidos, de modo qu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/04/2015

    1. Talvez a questão envolvendo o sábado fosse menos polêmica, caso seguíssemos o conselho salutar que Paulo desenvolve acerca da dedicação de dias à divindade, assunto extremamente importante para o judaísmo e para alguns cristãos convertidos do judaísmo que pretenderam perpetuar essa prática, mesmo convertidos à nova fé. Entretanto, Paulo tinha uma consciência bem esclarecida: “Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz” (Rm 14,6). Por outro lado, como essa não era uma exigência cristã, continua: “o que não f... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/04/2015

    Qualquer, ser humano é provido de dons que o sustentara por toda sua vida, habilidades com a palavra é e sempre sera diferenciada, pela escolha e responsabilidade de cada um, como única, neste caso compete o ouvinte de provar o que ouviu, não no sentido de falar, mas de praticar, tirando a prova da veracidade do fato, não se lê a bíblia como, apenas um livro, mas como alicerce de uma vida que ainda sera vivida pelo leitor, o melhor é fazer uma boa escolha do seu conteúdo, que tenha possibilidade de ser vivido pelo ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/04/2015

    Ganhar almas para Deus implica em enriquecer-se de Deus. Quanto mais alma se ganha mais rico em conhecimento, nasce o homem desprovido de alma, adquire-as com o tempo, portanto alma é sinônimo de habilidade de um ser, somos dotados de capacidade de compreensão infinitamente, como, entra o novo e sai o velho, sem necessidade de esquecimento, o ser humano é indubitavelmente perfeito. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 28/04/2015

    Walter Monteiro - Graça e Paz. Estou tentando entender a sua colocação em relação a minha fé na pessoa de Jesus Cristo, que por sinal é o shabbat... Você está insinuando que simplesmente por não fazer uso da guarda de dias, eu estaria negando todo o conteúdo das sagradas escrituras? E que você por guarda-lo se acha mais "SABIO" que os demais simplesmente por eles julgarem iguais todos os dias (Rom 14.5)? Explique-nos melhor, porque você está demonstrando está acima do seu próximo só por fazer uso dos rudimentos da ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/04/2015

    Negar Jesus, é quando se diz que quer ir para o céu, a palavra, Adão, quer dizer (terra) e eu prefiro a terra que é ... nesta vida e no porvir, o céu é e sempre sera para espíritos. Todo o universo serve a ela, não ela ao universo. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/04/2015

    Sr. Clodoaldo, a primeira coisa que aprendi de meus pais foi o respeito ao próximo, considero isto fundamental e de direito de todos, portanto o Sr encontrara este em mim sempre, em resposta a sua pergunta, nós por mais boa vontade ou boas intenções que porventura temos, não conseguiremos passar nosso aprendizado a ninguém que por sua vontade própria não esteja disposto a estudar no sentido de adquirir conhecimento, veja que o amigo, Eddie, não reconhece Jesus, este é a palavra de Deus ou (verbo) em provérbios 4: 1... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/04/2015

    Prezado senhor Walter Monteiro (São Paulo). Com todo o respeito mas gostaria de saber, se possível, com relação a sua expressão “O SÁBADO É PRA SÁBIOS”, postada em 26.04.2015, o que o senhor quer dizer com isso? Aguardo sua resposta na graça e paz do Senhor. Clodoaldo… Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 26/04/2015

    Sendo Cristo o nosso sábado (shabbat), tolo daquele que recusa entrar em seu "descanso", e levado por uma ignorância voltar a viver os rudimentos de uma Lei que não justificará a ninguém naquele grande dia... Misericórdia, afff...Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 26/04/2015

    Todos que conhecem a verdade, tem certeza de uma coisa, expô-la com o intuito de provar que sabe o que está dizendo é se expor ao ridículo, portanto só se pode tirar proveito da sabedoria, o sábio, aquele que tem conhecimento e prática, o que a bíblia ensina realmente é, a essência ou ciência de Deus (A vida) um bom conselho é: nunca arme uma rede que você possa cair nela, e livre-se das que outros armam, melhor ouvir do que falar, o sábado é pra sábios. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/04/2015

    Prezado irmão senhor Gideon – Guarulhos SP. Com todo o respeito a sua crença, mas gostaria que lesse, com muita atenção, com a Bíblia ao lado para conferir meu textos bíblicos, minhas postagens, de 1 a 7, de 23.04.2015, quando argumento que quem guarda o Sábado guarda a Sombra e despreza a realidade que é Cristo, pois parece que no seu coração o Sábado fala mais alto do que Cristo. PENSE NISSO. Ah! Se prestar atenção o 1º Mandamento do Decálogo diz para quem ele foi dado. Abraços na graça e paz do Senhor. Eu nã... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 24/04/2015

    Olá caro sr. Antônio de Mello. Heresias ao vivo e a cores na mente alugada pelo Adventismo que anda NA SOMBRA, que é a Lei e não na REALIDADE QUE É CRISTO. Podes refutar? Por que até hoje o sr. não responde qual é a Lei que o apóstolo Paulo diz que é para ser confirmada em Romanos 3.31? Que aconteceu? O gato comeu a língua? Ah! Quer saber a verdade sobre sua falsa profetiza clica em: http://adventismoexposto.blogspot.com.br/search/label/%22The%20White%20Lie%22%20%28%22A%20Mentira%20Branca%22%29. Abraços na graç... Denunciar comentário ofensivo

  • GILDEON (GUARULHOS -SP) - 24/04/2015

    MEUS QUERIDOS IRMÃOS CATOLICOS,SE VC DESEJA MESMO SABER SE DEVEMOS OU NAO GUARDAR O SABADO BIBLICO,,PERGUNTE AO PADRE FABIO DE MELO.....BUSQUE NO YOUTUBE....PADRE FABIO DE MELO E O SABADO DO 7 DIA....ELE TE RESPONDERA BIBLICAMENTE....SE ELE TE DISSE QUE DEVEMOS GUARDAR O SABADO,VC ACREDITA? E PASSARA A GUARDAR O SABADO COMO ORDENAÇA DIVINA? ENTÃO....BUSQUE LA QUE VC VAI ENCONTRAR ELE FALANDO QUE DEVEMOS GUARDAR O SABADO,,,,,COMO TAMBEM QUE AS PESSOAS TEEM EXAGERADO QUANTO A ADORAÇÃO A MARIA....ESTÃO COLOCANDO A C... Denunciar comentário ofensivo

  • GILDEON (GUARULHOS -SP) - 24/04/2015

    EU GOSTARIA QUE OS QUERIDOS IRMÃO ME EXPLICASSWEM ALGUNS VERSICULOS QUE CONSTAM NA BIBLIA QUE E A PALAVRA DE DEUS DEIXADA A NOS MISEROS PECADORES,PARA ENCONTRARMOS ATRAVES DELA,O CAMINHO PARA A VIDA ETERNA....JA QUE SEGUNDO VCS NAO DEVEMOS MAIS OBEDECER UMA ORDEM ESPRESSA DE DEUS EM RELAÇÃO A GUARDA DO DIA DE SABADO.( UM DIA IDEALIZADO , CRIADO , SANTIFICADO E ABENÇOADO) POR DEUS PARA O NOSSO PROPRIO BEM...POR FAVOR ME DEEM A EXPLICAÇÃO CORRETA COMO ESTA NA BIBLIA... ( EXODO 25...8 8 E me farão um santuário, e... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 24/04/2015

    Aqui estão as heresias ao vivo e a cores: http://play.cancaonova.com/play/webseries/os-dez-mandamentos/Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 23/04/2015

    7. Caro senhor Janailton . Sombras, para quê? Zacarias, pai do Batista, reconheceu que seu filho veio ao mundo para preparar o caminho para o sol nascente: “E isso, por causa das profundas misericórdias de nosso Deus, através das quais dos céus nos visitará o sol nascente” (Lc 1.78). Em Jesus chegou o sol nascente “para iluminar aqueles que estão vivendo em meio às trevas, e guiar nossos pés no caminho da paz” (Lc 1.79). NADA DE SOMBRAS! TEMOS O SOL, JESUS CRISTO! Texto do pr. Batista Izaltino Gomes Coelho Filho. ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 23/04/2015

    6. AS SOMBRAS ACABARAM. VALE A REALIDADE! Em Jesus, somos santificados de uma vez por todas (v. 10). O termo “santificados” (hagíazo) alude ao estado de pureza que ficava aquele que sacrificava. Somos purificados em Jesus (1Jo 1.9). NÃO PRECISAMOS ADMIRAR AS SOMBRAS DO PASSADO. Temos A REALIDADE EM JESUS. O AT prenunciava sua vinda. Era sua sombra. Ele, a luz, chegou. Somos do NovoTestamento, não do AntigoTestamento. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 23/04/2015

    5. JESUS, A REALIDADE EXPRESSA PELA SOMBRA – VV. 5-10 - “Quando Cristo veio ao mundo” (v. 5). Não quando nasceu. Ele já existia (Jo 17.5). Deus não queria “sacrifício (thusía, ‘uma vítima’) e oferta (prosphora, ‘apresentação de algo sem sangue’)”. Queria obediência, por isso Jesus disse: “Vim para fazer a tua vontade, ó Deus” (v. 7). Jesus aprendeu a obedecer, ele que era Senhor (Hb 5.8, Fp 2.5-8). Deus não quis nada do sistema legal do Antigo Testamento (v. 8). Jesus veio para fazer a vontade do Pai e assim cancel... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 23/04/2015

    4. A LEI, UMA SOMBRA DA REALIDADE QUE É JESUS – VV. 1-4 - O alvo da fé cristã é nos tornar discípulos (cópias fiéis) de Jesus Cristo (Rm 8.29, 2Co 4.4, Cl 2.17)”. A Lei era um “vislumbre” (skía, “sombra”). Dava a ideia do que viria. NÃO ERA A REALIDADE. A REALIDADE É CRISTO. Se os sacrifícios valessem, não seria necessário repeti-los. Os sacrifícios recordavam os pecados (v. 3). O v. 4 traz o termo “impossível”. É adynatos, “incapaz, sem poder”. Leia 7.19. Eram apenas sombra do que viria com Jesus. Uma visão pálid... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 23/04/2015

    3. A LEI, UMA SOMBRA DA REALIDADE QUE É JESUS – VV. 1-4. Citando a King James: “O sistema mosaico era composto da Lei e de todos os procedimentos sacerdotais levíticos (7.11). Contudo os sacrifícios perpetuados pela Lei, ano após ano, constituíam-se em uma grande ilustração e antevisão (literalmente em grego: sombra) do poderoso e derradeiro sacrifício vicário de Cristo. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 23/04/2015

    2. Na volta, diria aos amigos que aquilo é sombra de um mundo real. Eles não creriam, se zangariam e o ameaçariam. O autor de Hebreus é este homem, teologicamente falando. Ele saiu da caverna do Antigo Testamento, viu a verdade do Novo Testamento. Viu que a LEI era SOMBRA e que JESUS é a REALIDADE. Por isso, nada de voltar ao Antigo Testamento. Nada de Lei. Nem de reconstruir o templo de Salomão, como querem alguns. Leia Colossenses 2.16 e 17. Vejamos, então, “Sombra e realidade”.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 23/04/2015

    1.Caro senhor Janailton (Tobias Barreto-Se) com todo o respeito a sua crença, mas segundo o autor de Hebreus 10.1-10, parece que o senhor “ estaria” vivendo na SOMBRA e não na REALIDADE. A argumentação do autor parece com “o mito da caverna”, de Platão. Homens vivem acorrentados, desde o nascimento, numa caverna. Passam sua vida olhando a parede do fundo, onde sombras são projetadas pela luz de uma fogueira. Eles pensam que aquele mundo de sombras é o real. Um dia, um dos prisioneiros sai da caverna e vai ao mu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/04/2015

    Correções às duas postagens: Olá, sr. Janailton, devo destacar que em nenhum momento dedico meus comentários a julgar pessoas em si, o que comento é a postura pouco reflexiva que alguns costumam ter em relação ao que lhes ensinam. Eu sei que apesar de uma leitura bíblica que centraliza a lei, ou melhor, os 10 mandamentos, os adventistas têm virtudes: em geral são dedicados à sua fé, são pessoas de boa índole e realizam trabalhos bem qualificados no campo da comunicação, mas no estudo da Bíblia, deixam a desejar, po... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/04/2015

    2. Só para ilustrar: imagina que alguém vivendo num lugar onde o evangelho ainda não tenha chegado, recebe missionários cristãos que lhe dê um exemplar do Novo Testamento (NT) em sua língua, para que esse conheça o evangelho e se retire de lá prometendo retornar após três meses. Completado esse período, retorna e é recebido alegremente pelo nativo, que entusiasmado lhe fala sobre tudo o que aprendeu de Deus, de Cristo e da Igreja, ao ler o NT. Esse missionário, então, lhe pergunta: o cristão deve guardar o sábado? ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/04/2015

    1. Olá, sr. Janailton, devo destacar que em nenhum momento dedico meus comentários a jugar pessoas em si, o que comento é a postura pouco reflexiva que alguns costumam ter em relação ao que lhes ensinam. Eu sei que apesar de uma leitura bíblica que centraliza a lei, ou melhor, os 10 mandamentos, os adventistas têm virtudes: em geral são dedicados à sua fé, são pessoas de boa índole e realizam trabalhos bem qualificados no campo da comunicação, mas no estudo da Bíblia, deixam a desejar, porque submetem esse trabalh... Denunciar comentário ofensivo

  • Janailton (Tobias Barreto-Se) - 22/04/2015

    Nos dias de hoje devemos guardar o SÁBADO? É essa a pergunta e vem aqui minha resposta, o sábado não é um peso nas costas de ninguém, se soubéssemos como o fazer, seguindo alei de Deus, nada disso estaria acontecendo. religião A falando de B, o que devemos é sim era nos unir, fazer um estudo em conjunto do que a bíblia que é o livro mais traduzido do mundo quer nos ensinar. Boa noite Denunciar comentário ofensivo

  • Janailton (Tobias Barreto-Se) - 21/04/2015

    Boa Noite Sr DBonfim, Sou Adventista, me orgulho muito de o ser, vejo que muitas pessoas como vocês procuram nos julgar porque examinamos a bíblia como um todo e não uma parte dela. a bíblia é clara em todo o contexto. citarei aqui alguns versículos que para mim, mostra claramente que deveremos viver a palavra de Deus e não religião ou doutrina de homens. João 5:39 Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim. estes textos aqui é claro sobre o que Jesus qu... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/04/2015

    3.Sr. Antônio de Mello, chega ser constrangedora sua postagem de 20.04.2015: sobre: 1 João 5:3: e Mateus 11.30, e afirmar que “Nenhum dos 10 Mandmentos TEM SIDO UM FARDO… Muito pelo contrártio. Eles tem sido uma benção: O texto está afirmando que João e Jesus estão comentando sobre os mandamentos de Jesus e não dos mandamentos do Decálogo sr. Antônio. Quer ver? Leia 1ª. Jo.3.21-24 e Jo. 13.34,35 e Jo. 15.12.:Jesus disse: O meu mandamento é este, que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Viu só? O SEU... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/04/2015

    2.Sr. Antônio de Mello, Outro “ENGANO ADVENTISTA” É PREGAR QUE ADÃO, NOÉ, ABRAÃO, ISAQUE, JACÓ, JOSÉ GUARDARAM O SÁBADO. Como sr. Antônio, se nenhum deles conhecia a palavra SÁBADO, pois ela foi dada no Sinai? Ez. 20.10-12. A lei, dada por Jeová no Sinai, não liberta ninguém das suas más inclinações e dos desejos inconfessáveis. A proibição não educa, mas reprime e represa os desejos que com o tempo se tornam incontroláveis. A lei leva os homens a condição de escravos, e não de livres. SÓ A GRAÇA LIBERTADenunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 21/04/2015

    1.Prezado sr. Antônio de Mello, sua insistência em Gn. 2.1-3 ao afirmar: “por que já na Criação foi implantado o dia de Sábado”, com todo o respeito, mas lamentávelmente é uma MENTIRA e SÓ EXISTE NA DOUTRINA DA IASD. No texto de Gn. 2.1-3 o Senhor NÃO DISSE QUANDO COMEÇOU A EXIGIR DO HOMEM E NEM QUEM FOI MANDADO GUARDAR O SÉTIMO DIA.. ISSO É O QUE ESTÁ ESCRITO. De Gênesis a ÊXODO 16, NÃO não existe a palavra SABADO, bem como NENHUMA ordenança bíblica para guardar o Sábado.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/04/2015

    O sr. Antonio, não tendo o que argumentar sobre o que se levantou por aqui, desconversou e foi falar do Felipe Aquino. Felipe Aquino comenta CATECISMO CATÓLICO, não é especialista em Bíblia. Não me lembro de ninguém usar por aqui as aulas de doutrina da Igreja Católica, que ele ministra, como alguma referência sobre a interpretação do texto bíblico mesmo. Aliás, procura nas edições atuais de bíblias católicas alguma que omita os mandamentos tal como estão na tua bíblia para ver se o senhor encontra. Quanto a “manda... Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Angola) - 21/04/2015

    E este capítulo que vocês nunca leram completo: Mateus 12.1-8: 1 NAQUELE tempo passou Jesus pelas searas, em um sábado; e os seus discípulos, tendo fome, começaram a colher espigas, e a comer. 2 E os fariseus, vendo isto, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos fazem o que não é lícito fazer num sábado. 3 Ele, porém, lhes disse: Não tendes lido o que fez Davi, quando teve fome, ele e os que com ele estavam? 4 Como entrou na casa de Deus, e comeu os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, ... Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Angola) - 21/04/2015

    António Mello, não existe sábado cerimonial nem moral. Isso é uma invenção da IASD. Assim como também não existe Juizo Investigativo. Irmão aceita Jesus e não a IASD. Tanto a tua religião como a minha não estão isentas de erro nenhuns. A igreja é feita de homens e o homem não é perfeito. Lê só este texto de Mateus 11.7-19: 7 E, partindo eles, começou Jesus a dizer às turbas, a respeito de João: Que fostes ver no deserto? uma cana agitada pelo vento? 8 Sim, que fostes ver? um homem ricamente vestido? Os que... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Afinal cadê o segundo mandamentos? Evaporou? os catolicos sabem disso? veja isso. http://play.cancaonova.com/play/webseries/os-dez-mandamentos/ Neste link, o Prof. Felipe Aquino comenta cada um dos dez mandamentos. Só que aqui tem um problema... O Segundo mandamento original da Biblia, que fala DE ADORAÇÃO A IMAGENS, foi extinto.....O 4º mandamento que fala do Sábado, diz para guardar DOMINGOS E FESTAS.... O 10º mandamento que na Biblia é NÃO COBIÇARAS, na cartilha do prof felipe aquino, ele foi sub-dividido... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    kkkk. """"A palavra “mandamento” vem de” ordem”, “mandar” (tanto em hebraico miztvah, quanto em grego entolê"""""""""""......Fala isso para o seu IRMÃO o profe Aquino......Por que ele está comentando os MANDAMENTOS na CANÇÃO NOVA.....Ele tá ensinando quem??????.....Eu dou razão pra você meu querido. Isso deve ser pior do que um tapa na cara. Deve dor uma colocação dessas. Não viaja. Você fica procurando uma defesa mas se afunda mais ainda....Entolê. ....rsrsrsrsrr.......O prof Aquino não acha isso, pois veja como e... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/04/2015

    Antonio, não viaja, volta para o assunto. A palavra “mandamento” vem de” ordem”, “mandar” (tanto em hebraico miztvah, quanto em grego entolê, os principais idiomas do AT e do NT, respectivamente). Assim, o que não se caracteriza como ordem, mandado ou orientação para que se faça algo, NÃO É MANDAMENTO, nem pode ser tratado como tal. Então, que ordem, ou mandado há em Gn 2,1-3, que caracterize a passagem como um “mandamento”? Não confunda narração de um comportamento: Deus descansou no sétimo dia, com uma ordem: D... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Aqui estão todos os mandamentos...Quem encontrar o SEGUNDO mandamento que fala das IMAGENS ganha um doce. rsrsr....http://play.cancaonova.com/play/webseries/os-dez-mandamentos/Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Este LINK é O """NONO mandamento."""....Não cobiçaras a MULHER do proximo.... http://play.cancaonova.com/play/webseries/os-dez-mandamentos/9%C2%BA-mandamento-da-lei-de-deus/Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Vejam aqui o Prof. Felipe Aquino explicando cada mandamento. Eu tenho que rir....rsrsrs http://play.cancaonova.com/play/webseries/os-dez-mandamentos/10%C2%BA-mandamento-da-lei-de-deus/ Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Rapais eu tava esquecendo: Lá, o 4º mandamento que manda observar o dia de Sábado, está ironicamente assim: GUARDAR ... D-O-M-I-N-G-O-S ...e festas....Essa é a verdade que vocês pregam???Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Eu acho que vocês não tem mais noção do que é pecado e mandamento. Pois no Catecismo Romano o decimo mandamento foi subdividido em DOIS....NÃO COBIÇAR A MULHER DO PROXIMO.....e.....NÃO COBIÇAR AS COISAS DO PROXIMO... Sabe por que fizeram isso? Foi para que o DECÁLOGO no catecismo Romano continuasse numericamente igual, uma vez que o SEGUNDO MANDAMENTO foi EXTINGUIDO....O Mandamento que proibe a adoração de IMAGENS, foi """A-P-A-G-A-D-O"""".....O pior é que tem católico roxo que não sabe disso...Os que sabem são ... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é Transgressão da LEI. 1 João 3:4...... Você quer uma coisa mais clara que isso? Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Não sei se você já leu na Biblia esse verso: Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. 1 João 2:4...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Fardo? Guardar a LEI de Deus é um fardo? """"Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são PESADOS. 1 João 5:3""""""..Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. Mateus 11:30........Nenhum dos 10 mandamentos pra mim TEM SIDO UM FARDO....Muito pelo contrario. Eles tem sido uma benção.....Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/04/2015

    Adailtom. a respeito de seu texto: """Vemos que "o Sábado" não é uma questão a ser imposta a ninguém, mas bem o faz quem guarda o Sábado, assim como o Domingo e os demais dias da semana.""""......É exatamente por isso que nós insistimos em Genesis 2:1-3, por que já na Criação foi implantado o dia de Sábado, e em contrapartida não existe o dia de DOMINGO como dia de guarda...... Descansou SANTIFICOU e abençoou o setimo dia...... """"E OS DEMAIS DIAS DA SEMANA""" Outro grande engano!!!!!!!!!!!!!!!!..... Todos os di... Denunciar comentário ofensivo

  • Adailton (São José) - 20/04/2015

    DBonfim (Jaguarari), em complemento ao que você expos abaixo, e ao meu comentário de 03/03/2015 (e tantos outros já feitos) lembro de uma passagem dos Atos dos Apóstolos: "... Porque decidimos, o Espírito Santo e nós, não impor sobre vocês nenhum fardo, além destas coisas indispensáveis: abster-se de carnes sacrificadas aos ídolos, do sangue, das carnes sufocadas e das uniões ilegítimas. Vocês farão bem se evitarem essas coisas. Saudações!" (At 15,28-29). Vemos que "o Sábado" não é uma questão a ser imposta a ningu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/04/2015

    Sr. Clodoaldo, o que acho mais interessante nessa tentativa adventista de dar a Gn 2,1-3 um caráter de mandamento é o desprezo de quem assim o faz pelo sentido do termo "mandamento". “Mandamento” é tradução do hebraico MITZVAH (para o AT) e ENTOLE (para o NT). Ambos os termos, traduzidos para o português, têm sua equivalência em termo oriundo do verbo “mandar”, o mesmo que ordenar (ato de dizer o que fazer ou não fazer). Alguém que lê Gn 2,1-3, ao se deparar com um texto que se limita a descrever um comportamento ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/04/2015

    3.Ah! Sr. Antônio de Mello, os termos MANDAMENTOS escritos pelo apóstolo João, no seu Evangelho, nas suas cartas e no livro de Apocalípse, se referem aos madamentos ensinados pelo Senhor Jesus Cristo e dados pelo Espírito Santo aos apóstolos conforme descrito em Atos 1.1,2. Creio que é só ler e ententer, mas o seu problema, sr. Antônio é aceitar!Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/04/2015

    2. sr.Antônio de Mello,infelizmente lhe ensinaram que os textos mandamentos, se referem à Lei e ao Sabado, quando o seu “contextos” diz, claramente que são os mandamentos de Deus dados pelo Senhor Jesus Cristo. ´Sr. Antônio, por favor, compare Jo.14.15, 21, com Jo.13.34 e Jo.15.12; Agora sr. Antônio, compare 1ª.Jo. 2.4, com 1ª. Jo.3.21-24. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 19/04/2015

    1.Prezado sr.Antônio de Mello, pelo que tudo que já vimos escreveu neste blog, demonstra que o senhor não tem capacidade bíblica para responder os questionamento do sr. Dbonfim, pois o que aprendeu no Adventismo foi ler a Bíblia segundo Ellen G.White e decorar textos isolados ensinados na escola sabatina, que dão respaldo à guarda do sábado. Agora esperar que o senhor, Antônio, tenha condições de discernir os termos mandamentos no Novo Testamento é pedir demais. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/04/2015

    5. Enquanto os evangelhos e Novo Testamento inteiro falam de Cristo e assim ensinam falar, eles falam do sábado. Onde no Novo Testamento os discípulos ocupam tempo para falar da guarda do sábado? Algum adventista cita algum exemplo para que conheçamos? Por que para alguém sair dizendo que “ouvindo a verdade SOBRE O SÁBADO, não tinham como fugir”, supõe-se que falar sobre o sábado devesse ser um assunto muito importante para os discípulos. Alguém cita algum exemplo comprove ser essa uma doutrina apostólica? Ao longo... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/04/2015

    4. Não se deve esperar muito das colocações adventistas sobre esse assunto, já que entre o texto e a doutrina deles, sempre ficam com a doutrina e usam o texto como mero pretexto para falar do que querem (que é os 10 mandamentos, por causa do sábado), mas estão se lixando para a Bíblia (embora finjam que se importam mesmo com ela). Se se importassem, teriam o mínimo de vergonha de promover tantas mutilações de texto só para fazer parecer que estão com a verdade. Quem manipula texto, para alterar seu sentido, só o f... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/04/2015

    3. Após, já ressuscitado, Jesus retoma esse assunto e mostra que além de guardar essa palavra para si mesmo, os discípulos deveriam ensina-la aos outros: “...ide...ensinando-as a observar TUDO quanto vos tenho mandado...” (Mt 28,19-20). Os evangelhos não aplicam ao termo mandamento(s) um sentido que restrinja seu significado a 10 ordens, porque eles não foram ensinados por Ellen White, mas por Jesus, que não pensava me mandamentos como só esses que a IASD aceita. Tanto que quando fala de mandamentos, fala de algo m... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/04/2015

    2. E sobre o uso da expressão “mandamentos”, observações simples: não faz parte da discussão de Jo 14 (completo) a guarda ou não dos 10 mandamentos. Isso não está sendo discutido por Jesus naquele episódio – basta ler com atenção para notar. Jesus se despede de seus amigos e pede que esses sejam fieis às suas orientações como prova de amor a ele, pois, como ele mesmo diz naquele mesmo capitulo: “...o Espírito Santo que o Pai enviará ... fará recordar tudo que vos disse” (Jo 14,26). Mas antes diz: “Se alguém me ama... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/04/2015

    1. Antônio, alguma vez o senhor já se deu conta de que os textos que o senhor cita são carentes de sentido e que ao serem explicados e colocados em seu contexto, só resta a ti citar outro versículo e se esquecer daquele? O senhor simplesmente não consegue considerar nenhum texto integralmente, dependendo teu raciocínio de textos citados aos pedaços? Quando “completamos” o texto, tua saída recorre a escapatórias bem típicas: citar outros versículos soltos, o único jeito que um adventista encontra para não ficar cala... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 19/04/2015

    Minha irmã que mora em Ivaipora-pr, veio passar este fim se semana aqui na minha cidade e disse que a dois anos atras, apareceu na igreja que ela frequenta, uma familia completa, pai mãe irmão, todos bem trajados. Se identificaram dizendo ter sitio na cidade de Lunardeli, proximo dalí, e eles queriam ser batizados. Depois de descobrir através da radio novo tempo a VERDADE sobre o Sábado, não tinham como fugir. Hoje, temos mais uma IASD aberta naquela cidade pregando a mensagem dos tres Anjos de Apocalipse 14:6....E... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 19/04/2015

    No Genesis 2:1-3 diz que Deus descansou abençoou e santificou o setimo dia, será que eu deve começar apagando o primeiro livro da Biblia? Ou será que tem gente aí que não está sintonizado com a Palavra de Deus? Lembre-se disso: Quem diz que ME AMA e não guarda os meus MANDAMENTOS é um mentiroso e nele não está a verdade.... Se isso for mentira tenho que realmente apagar a biblia toda. Ficar só com a capa na mão.......De genesis a apocalipse encontramos a JUSTIÇA de Cristo e Sua eterna e SAGRADA lei.... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 19/04/2015

    Ou será que o Apóstolo Paulo tá errado? Talvez eu tenha que apagar o livro de Romanos. Será que foi o Espirito Santo que Se equivocou ao Inspirar Paulo a Dizer que A LEI SANTA????.......... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 19/04/2015

    E então, apago ou não apago Romanos 7.12 da minha Biblia. A LEI não é mais SANTA, JUSTA E BOA...Quem poderá nos defender.rsrsrs... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 17/04/2015

    Caro imão Erinaldo - Recife. O sr. tem observado neste blog, que até aqui tenho argumentado que devemos distinguir entre a VERDADE BÍBLICA e o erro nas doutrinas humanas da IASD; Eu sou um cristão e, como tal, tenho a responsabilidade de combater a heresia. Tenho também a responsabilidade, como parte da Igreja de alertar outros acerca da falsa doutrina. Abraços na graça e paz do Senhor, do Aprendiz de Cristão…Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/04/2015

    2. Outro ponto que aceitam da Torah é os 10 mandamentos, que eles dizem ser as bases do amor. Imaginem ler ditos de Jesus e toda a teologia expressa no NT, onde apontam para a necessidade de se viver o amor AO PRÓXIMO, sem distinguir judeu de gentio, homem de mulher e senhor de escravo, e ter a coragem de sustentar que esse “amor” a que NT nos convida conhecer, vivenciar e transmitir é nada mais que uma síntese de seis mandamentos do Decálogo. Mas percebam a diferença: quando nos 10 mandamentos se pede que não se c... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/04/2015

    1. Olá, Erinaldo, falando por mim, o que desejo é chamar a atenção a uma discussão do texto, sem compromissos doutrinários com essa ou aquela Igreja. Se queremos mesmo entender alguma coisa do texto bíblico, temos de voltar nossa atenção para o que nele se diz, o que as vezes exige desprender-se do que a doutrina diz sobre ele. Ermógenes comentou que os adventistas só observam a Torah, mas nem mesmo a Torah observam corretamente, pois dela só aceitam, no que diz respeito aos mandamentos, duas categorias. Uma é aq... Denunciar comentário ofensivo

  • Erinaldo (Recife) - 16/04/2015

    DBomfim e Clodoaldo, tenho aprendido muito com vocês e, até tenho usado desse aprendizado para conversar com esses ASD que vêm em minha porta.Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Angola) - 15/04/2015

    Mas afinal de contas, caros Adventistas; Quem devemos seguir? Cristo ou Moisês? Quem é o maior, Cristo ou Moisês? Quem preparou a chegada do outro, Cristo ou Moisês? Acordam meus irmãos adventistas! A Helen G. White foi uma falsa profetisa que quis igualar-se aos grandes profetas e apóstolos! Senão vejamos: Quantas vezes ela errou nas suas pregações acerca da vinda de Cristo? Uma, Duas, Três? Porque não investigam mais sobre a vida dela? E porque o vosso alvo de ataque religioso é sempre a Igreja Católica? No meu ... Denunciar comentário ofensivo

  • Ermógenes (Petrolândia -PE) - 15/04/2015

    Luciano, kkkkkkkkkkkk calma cara, quede sua temperância, tá faltando tempero!!!!!!! Bota aí um pouquinho de sal, quem sabe ou então um pouquinho de luz, aí você pode iluminar melhor, cuidado bichim, humildade viu????? Ou então tira a luz do bolço e bota sobre a mesa fazendo um banquete doutrinário pra cristão nenhum botar defeito.....kkkDenunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 15/04/2015

    Esses caras ficam discutindo Adventistas? ? Discutem sobre Leis? ? Que é isso? ? Há anos estão nessa discussão. O Messias ACABOU com a RELIGIÃO JUDAICA e porque ainda estão nessa discussão a respeito de RELIGIOES? ? Ele não acabou com tudo isso? ? Denunciar comentário ofensivo

  • Ermógenes (Petrolândia -PE) - 15/04/2015

    Antonio de Melo, desculpa-me, mas o adventista não é um defensor das leis de Jesus Cristo, mas, das leis da torah (pentateutico) ou seja: Todos os adeptos do seu credo, são um pacote pronto e acabado de doutrina. E para te confirmar que vocês defendem a primeira aliança ao contrário da segunda que é eterna e salvadora. leia Hebreus 9:1-4. E me diga o que entendeu. De antemão vou lhe dizer que esse texto tá dizendo que a primeira aliança constava de um tabernáculo, querubins, candelabro, pães da proposição, o véu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/04/2015

    3. Vamos ler Rm 7,12, sem apagar ao verso que o antecedem e que o sucedem para além de não apagar o verso não matar a ideia do texto? “Que diremos, então? Que a lei é pecado? De modo algum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei. Porque não teria idéia da concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás. Foi o pecado, portanto, que, aproveitando-se da ocasião que lhe foi dada pelo preceito, excitou em mim todas as concupiscências; porque, sem a lei, o pecado estava morto. Quando eu estava sem a lei, EU VIV... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/04/2015

    2. Afinal, pode ou não uma coisa em si ser boa, mas não servir para o fim a que existe? É isso que Paulo está discutindo, mas como o adventista só lê versículos soltos, não percebe, e então dispara contra o próprio argumento que Paulo desenvolve ao longo de TODO o capítulo VII de Romanos, um verso apenas, para com ele fazer parecer que o autor estava defendendo o apego a Lei, quando na verdade, ele reconhece a boa intenção da Lei e do mandamento que dela cita a título de exemplo, mas explica que apesar disso tudo,... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/04/2015

    < div p style='text-align:justify;'>1. Quer “matar” o real sentido de um texto? Então, elimine os trechos que justificam certas colocações e deixe o texto do jeito que você quer. Isso se chama DESONESTIDADE INTELECTUAL, mas é com essa prática lamentável que os “intelectuais” da IASD convencem seus ouvintes usando a Bíblia, ou melhor, trechos selecionados dela. Por isso, é muito curiosa essa ironia do sr. Antonio de Mello, quando diz: “vou ter que apagar na minha Bíblia Romanos 7:12... A LEI não é mais SANTA, JUSTA ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/04/2015

    1. Quer “matar” o real sentido de um texto? span style="color:blue">Então, elimine os trechos que justificam certas colocações e deixe o texto do jeito que você quer. Isso se chama DESONESTIDADE INTELECTUAL, mas é com essa prática lamentável que os “intelectuais” da IASD convencem seus ouvintes usando a Bíblia, ou melhor, trechos selecionados dela. Por isso, é muito curiosa essa ironia do sr. Antonio de Mello, quando diz: “vou ter que apagar na minha Bíblia Romanos 7:12... A LEI não é mais SANTA, JUSTA E BOA...”. O... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/04/2015

    4. Sr. Antônio de Mello. Temos que ver que a Lei não foi de modo nenhum a intenção original de Deus, A lei é como um termômetro. Um termômetro não lhe dará febre, mas se você tiver febre, o termômetro certamente a fará conhecida. A lei não levará você a pecar, mas se você tiver pecados, a lei imediatamente mostrar-lhe-á que é um pecador. Originalmente, você não sabia que era um pecador, mas agora sabe. Repito, …o máximo que a Lei pode fazer é exigir a sua morte. Após sua morte, a Lei nada mais pode fazer. Abraços ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/04/2015

    3.Embora essa GRAÇA estivesse planejada há muito tempo, foi somente quando o Senhor Jesus veio que conhecemos o que realmente a GRAÇA era. Que faz essa GRAÇA por nós? “O qual não só destruiu a morte, como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho”. Quando o Senhor Jesus foi manifestado, Ele aboliu as obras bem como o resultado das obras. O resultado de obras más é a morte. Mesmo que você tenha feito as piores obras, o máximo que a lei pode fazer é exigir a sua morte. Após sua morte, a lei nada mais... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/04/2015

    2. Sr. Antônio de Mello, Paulo ensina que À LEI dada no Sinai, FOI “ADICIONADA” por causa das transgressões e sua validade foi ATÉ que viesse Cristo. Gl. 3.19. . A Lei foi ACRESCENTADA posteriormente; ela foi introduzida para satisfazer certas necessidades urgentes. Ela foi produzida para cuidar de coisa que foram introduzidas ao longo do percurso. A Lei não estava na intenção original de Deus; a GRAÇA ESTAVA conforme 2 Tm. 1.9-10Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 14/04/2015

    1.Olá sr. Antônio de Mello de Londrina, o que o senhor precisa APAGAR SÃO OS COMENTÁRIOS BÍBLICOS de sua profetiza, aquela que “empresta” textos de outros escritores afirmando que são seus… Agora posta um texto, completamente isolado do contexto, e sem nenhum comentário e ainda sai SE ACHANDO…rsrsr. Leia o texto do sr. Dbonfim para entender o contexto do capítulo 7.12. 3 Ah! Para sua informação, a lei é santa, justa e boa, mas o homem é corrupto, desonesto e mau, por isso é que a LEI NÃO FUNCIONOU. Ainda estou ... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 14/04/2015

    Ficam aqui discutindo se o Adão comeu ou cobiçou? ? Que zorra é essa? ? 2.000 anos que Ele já falou? ? Dbonfim Creia no Salvador é isso que você deveria se ater. Creia e seja SELADO. SÓ. . Deixa essa Zorra de Mandamentos pra os RELIGIOSOS. NÃO ADORE A OUTROS DEUSES E AME AO PRÓXIMO. ACABA COM ESSAS MERDAS RELIGIOSAS.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 14/04/2015

    Dbonfim para com essas bobagens, esse negócio de fruto ainda hoje? ? Cobiças? ? Dbonfim eu te amo nada irei cobiçar de você ou de outro. Dbonfim acaba de vez com esse negócio de Mandamentos. Já fizeram essa pergunta ao Messias há mais de 2.000 anos meu amado. Eu te amo Dbonfim e vou lá querer saber de mandamento de não cobiçar? ? Para com isso meu " Velho Religioso "". Você sendo SELADO com o Espírito Santo? ? Ainda vai insistir nessas Idiotices discursivas? ?? Acabou Dbonfim. ACABOU. O MESSIAS ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 14/04/2015

    Observe que o autor destaca ser Santa a Lei, o mandamento justo e bom, mas questiona como uma coisa boa pode tornar-se má (o mandamento, citado a título de exemplo, “não cobiçarás”). Assim, explica que não foi a Lei ou mandamento que tornaram-se maus, mas sim o pecado que gerou, a partir da proibição do mandamento o mal, pois quando o mandamento diz “não cobiçarás”, despertada toda sorte de cobiça. O que faz lembrar aquela passagem da Escritura onde Deus diz: não coma do fruto daquela árvore. Eva olha para a árvore... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 14/04/2015

    Meu Pai! Até quando essas CARNIÇAS irão discutir RELIGIÃO ou DEFESA de suas Ideologias RELIGIOSAS? ? TODOS são RELIGIOSAS e não irão a nenhum lugar nessas BOSTAS TEMATICAS. Essas defesas de versículos em pro de suas AMBIÇÕES RELIGIOSAS vão ferrar vocês. Todos um Bando de Desgraçados Religiosos. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 14/04/2015

    E só para contar, em Rm 7,12 a Lei a que Paulo se refere é a Torah, em seguida é que ele fala de mandamentos.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 14/04/2015

    Antônio, o senhor não terá de apagar texto algum, apenas terá de ler um pouco mais esse capítulo, para entendê-lo, porque até agora o senhor não o entendeu, justamente porque insiste em “apagar” os demais versículos desse capítulo, e insiste em citar o que lhe parece interessante. Observe a real ideia que o autor desenvolve: “eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás. Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, operou em mim toda a concupiscência; porquanto sem a lei estava morto ... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/04/2015

    É mesmo, eu vou ter que apagar na minha Biblia Romanos 7:12...rsrsrs A LEI não é mais SANTA, JUSTA E BOA...Quem poderá nos defender.rsrsrs....Denunciar comentário ofensivo

  • Ermógenes (Petrolândia -PE) - 13/04/2015

    Amado Clodoaldo, realmente eles levam uma lavagem cerebral, inclusive há um curso que dissimuladamente introduzem no estudante a guarda do sábado. Um forma sutil de negar a Jesus Cristo. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 13/04/2015

    2.Caro irmão Ermógenes, só este texto de João 5.24. manda para o lixo a maioria das DOUTRINAS ensinadas pelos líderes adventistas, que só creem na Biblia quando esta é interpretada pela sua profetiza Ellen G. White. É só confrontar com a Bíblia a do Juízo Investigativo, do Sábado, do Santuário, do Aniquilacionismo, do sono da alma, do bode Azazel, e por aí vai… Caro irmão Ermógenes temos tentado neste blog transmitir essa verdade aos adventistas como o senhor Antônio de Mello e ad, e aos outros que aparecem ne... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 13/04/2015

    1.Caro irmão Ermógenes (Petrolina – PE). Quero lhe parabenizar pela sua CORAGEM e DETERMINAÇÃO em ZERAR tudo que lhe ensinaram no Adventismo e procurar com humildade e em oração, à Verdade Bíblca sobre o Evangelho da Graça de Deus que, é o único caminho que nos conduz à Vida Eterna. Issso não é para os fracos e covardes, mas para aqueles que bucam à verdade em Cristo: “Buscar-me-eis e me achareis se buscardes de todo o teu coração”. Basta entender João 5.24. “Aquele que ouve a minha (de Jesus) e crê Naquel... Denunciar comentário ofensivo

  • Ermógenes (Petrolândia -PE) - 13/04/2015

    Amado Antonio, o Sr. só consegue saber da verdade se fizer como eu fiz, permita-me contar minha história: No ano de 1991 resolvi abraçar a fé evangélica no ministério Batista Missionária em Carnaubeira da Penha, ministério ligado à de Serra Talhada. Como o meu trabalho era favorável, eu lia a bíblia na média de 8 (oito) horas diariamente. Eu ajudava em todo trabalho da congregação. Veio um parente meu que morava em Petrolina era adventista há muitos anos e me deixou confuso com essa coisa de sábado e lei. Recorri a... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 13/04/2015

    4. A outra parte dos estudos é completa por grande dedicação às obras de Ellen White, pois toda a ideologia adventista sobre a Bíblia é mera reprodução do que ela ensina em textos que eles julgam inspirados (a “bíblia” que interpreta a Bíblia, advenisticamente, é claro). Eles se debruçam nas ideias dela e depois de já influenciado o pensamento, segundo as diretrizes que ela apresenta, voltam-se para os versículos (não perícopes = trechos de ideias completas) que ela já disse como devem ser interpretados. Por isso, ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 13/04/2015

    3. E para piorar, são doutrinados a fazerem leituras parciais de textos. Observe que sempre que um adventista tenta emplacar seu credo sobre o assunto, citando o NT, usa textos de um ou dois versículos, onde aparecem termos genéricos como “Lei” e “mandamentos”, e em seguida dá o sentido que mais se adequa ao que ele quer dizer, ignorando o que o texto mesmo está discutindo. E quando encontramos pessoas que se submetem a esse tipo de leitura e compreensão, discutir com elas é quase que impossível, porque elas simple... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 13/04/2015

    2. Algo notável, porque sabe-se que as cartas, por exemplo, tinham um propósitos de instruir na fé e disciplinar a comunidade em todos os aspectos que julgavam importante, inclusive o doutrinário. Mas essas cartas são silentes quanto a um suposto dever de o cristão perpetuar a observância de qualquer dia da semana que seja. A verdade é que enquanto o AT conclama o povo da Antiga Aliança a consagrar um dia de sua vida a Deus, o NT conclama a consagração da vida inteira, por todos os dias. Assim, quando no NT tratam ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 13/04/2015

    1. É como destacou o Sr. Anselmo: em nenhuma dos episódios envolvendo o sábado, no NT, encontra-se qualquer recomendação em favor de sua observância. De modo que, por uma questão de respeito ao leitor, um sabatista com decência, não pode dizer que observa o sábado porque essa é uma determinação cristã (cristão nenhum que escreveu algum livro que hoje se encontra no que chamamos Novo Testamento (NT) ensina a guarda de dia como obrigação). Os cristãos tiveram que lidar com diversos mandamentos do AT, reconheceram alg... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 13/04/2015

    Prezado senhor Antônio de Mello. Segundo sua postagem de 12.04.2015, sobre Romanos 3.31: “Anulamos, pois, a Lei pela Fé? Não, de maneira nenhuma, antes confirmamos a Lei”. Poderia nos informar qual é a Lei que o apóstolo Paulo afirma para ser confirmada?Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Angola) - 12/04/2015

    Perguntem-se ainda: PORQUE OS JUDEUS QUERIAM MATAR CRISTO? POR DOIS MOTIVOS: 1.º porque ele violava o sábado (foi o próprio apóstolo João quem declarou esta verdade, e não os judeus, como querem alguns). “Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não somente violava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus” (Jo 5.18). Quem está dizendo isso é João, e não os judeus. Os judeus, escreve João, “procuravam matá-lo”! Jesus podia violar o sábado,... Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Angola) - 12/04/2015

    Caro António Mello, não existe em nenhum texto na Bíblia a distinção de Sábados cerimoniais ou morais. Senão vejamos: Paulo escreveu claramente: “Ninguém vos julgue por questões (...) dos dias de festas (cerimônias, anuais, como a páscoa, tabernáculos); ou de lua nova (cerimônias mensais); ou de sábados (cerimônias semanais). “Guardais dias (sábado), e meses (luas novas), e tempos (festas anuais como a páscoa), e anos (ano sabático, ano do jubileu)” (Gl 4.9, 10; Lv 25.9-54). A lei das tábuas de pedra não é a... Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Angola) - 12/04/2015

    Caro António de Mello preste atenção: Os cristãos jamais receberam mandamento algum, de Jesus ou dos apóstolos, para guardar qualquer dia. Pelo contrário, Paulo afirma que guardar dias é rudimento fraco e pobre e que, se alguém quiser fazê-lo, faça-o; se não quer, fique tranqüilo. Embora mencionado tantas vezes, nenhuma vez sequer Jesus (ou os seus apóstolos) recomendou a guarda do sábado pelos cristãos, nem advertiu sobre a sua violação. Pelo contrário, dos 58 versículos que trazem a palavra sábado, 44 deles s... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    cerimoniais Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    Anselmo, esse texto que vc citou não se refere aos sábados semanais e sim os sábados serimoniais. beleza? Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    Você está misturando um pouco essa questão da salvação, como muitos o fazem. Estar salvo é uma coisa. Crescer na fé e permanecer salvo é outra coisa.... Por isso na teologia encontramos aquilos que eles entendem como Justifiça IMPUTADA e Justiça COMUNICADA....Justiça imputada é quando a pessoa se converte, através do arrependimento e confissão dos pecados e passa pelo batismo. Imputada por que ninguem merece ser salvo, é pela GRAÇA. ENTÃO, Pronto. Tá salvo. ...Então eu lhe pergunto: Onde o ESPIRITO SANTO ATUA NO ... Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Angola) - 12/04/2015

    "E farei cessar todo o seu gozo, e as suas festas, e as suas luas novas, e os seus sábados, e todas as suas festividades." Oséias 02:11.Denunciar comentário ofensivo

  • Anselmo de Oliveira (Luanda) - 12/04/2015

    Se Cristo voltasse hoje e fizesse o que fez naquele tempo, seria também perseguido pelos Adventistas do 7º Dia e pelos supostos guardadores do sábado.Denunciar comentário ofensivo

  • Ermógenes (Petrolândia) - 12/04/2015

    Antonio de Melo, se é certo a guarda do sábado, mostre-me um texto da nova aliança que ampare sua afirmação. Pois, no novo testamento está repleto de textos que orientam a salvação gratuita pela fé em Jesus Cristo, desde os ensinos de Jesus até as dos apóstolos. Quem quer guardar qualquer dia pode guardar, não tem problema, o cristão tem o direito de independentemente de lei descansar em um dia. Mas, quando passa a ser por regra, aí está a demostração de falta de fé em Cristo. Eis o perigo: Vós que quereis vi... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    Se a LEI foi abolida, eu tenho que apagar romanos 7:12 da minha biblia...O Mandamento é SANTO, e ponto final. Não tem o que discutir. Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom. Romanos 7:12Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás. Romanos 7:7Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei. Romanos 3:31Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    Isso acontece até hoje. Lá em Israel existem prédios com elevadores exclusivos para Judeus. Esses elevadores param em cada andar automaticamente. Isso para que no dia de sábado eles não transgridem o mandamento apertando o botão. ...Ainda existem SUB-PRECEITOS referente ao decálogo em 2015. rsrsrsDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 12/04/2015

    É isso aí André. Cristo é o Shabbat. Isso é por que Ele é o Criador do Sábado...Assim o Filho do homem até do sábado é Senhor. Marcos 2:28... Por isso Jesus derrubou os mais de 280 sub-preceitos acrescentados pelos Judeus apenas a respeito do quarto mandamento que se refere ao dia de guarda....Só que tem um detalhe: Jesus jamais condenou a guarda do sábado, mas condenou A FORMA que estava sendo guardado ou observado. Puseram no sábado uma carga que nem eles podiam carregar...Resumindo, o 4º mandamento ainda é vige... Denunciar comentário ofensivo

  • André (Lisboa) - 12/04/2015

    Valeu! Achei excelente a frase: "CRISTO É O SHABBAT".Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/03/2015

    5. Tg 2 é clara maneira de mostrar que a Torah não era vista como 10 mandamentos apenas. E por que Tiago diz que a não observância de um dos mandamentos põe os demais a perder? Leia a mesma ideia em Gálatas: “Está escrito: ‘Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da Torah, para fazê-las’” (Gl 3,10). A ideia é a mesma: quem deseja cumprir a Torah como regra de fé, deve saber que ela tem CENTENAS de mandamentos. “Obras da Torah” é um termo que indica as exigências mandam... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/03/2015

    4. Observe o assunto tratado por Tg 2: “Meus irmãos, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em ACEPÇÃO DE PESSOAS” (v.1) “Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé, e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam? Mas VÓS DESONRASTES O POBRE. Porventura não vos oprimem os ricos, e não vos arrastam aos tribunais?” (vv. 5-6) “Todavia, se cumprirdes, conforme a Escritura, a lei real: AMARÁS A TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO, bem fazeis. Mas, se fazeis acepção de ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/03/2015

    3. Para ilustrar sua ideia, com base nas exigências legais da Torah, o texto cita três mandamentos: dois deles EXPRESSOS no Decálogo “não adulterarás” e “não matarás” (ambos de Ex 20 e Dt 5) e outro expresso FORA do Decálogo, constante de outro livro, como um mandamento À PARTE (tal como era tratado o mandamento do amor a irmão (Lv 19,18) no meio judaico). Os dois mandamentos do Decálogo aparecem apenas para ilustrar o assunto: não adianta se gabar de observar alguns mandamentos da Torah e ignorar outros, porque a ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/03/2015

    2. O autor de Tg sabia disso e necessitava levar à discussão a Torah (Lei) e sua prática para o âmbito da Igreja, a fim de resolver questões de ordem ética, prática e fraterna, para que a comunidade não ruísse por falta de identidade própria e incoerências. Sinceramente, não acredito que uma leitura honesta de todo o capitulo II daquela carta deixe qualquer dúvida quanto a “pauta de discussão” ali desenvolvida. Será que o autor daquela carta escrevia aquele capítulo por que na comunidade a que a dirigia havia algun... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 28/03/2015

    1. Faço menção honrosa desta vez ao Ad, porque se propôs a comentar um texto (apesar das gracinhas). Mas ele falha numa coisa: insiste em fazer parecer que Tg 2 estava preocupado com o Decálogo. Tg 2 é um texto que continua a se referir à Torah COMO UM TODO. O que se discutia na comunidade primitiva era a aplicabilidade da Torah como principal regra de fé cristã, isso porque o que hoje chamamos de “cristianismo” teve sua origem em meio judaico. E nesse, a observância da Torah (Lei), para quem era piedoso, nem era q... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/03/2015

    6). Sua vida está empobrecida e se vê impedido de seguir seu próprio caminho, de ser uma pessoa completa. E o indivíduo “melhorado” pela domesticação da IASD é uma caricatura do que deveria ser o cristão. A situação deste último é pior que a do cidadão, pois foi submetido a uma dupla domesticação — a do Estado e a da IASD. O leviatã adventista também se vale da astúcia para esconder sua monstruosidade. Em se tratando de relações de poder na Igreja, até os “servos de Deus” devem mentir. Qualque reclamação procu... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/03/2015

    5). A IASD cria e domestica seus membros e obreiros mediante a socialização psicológica e por suas pedagogias disciplinares — propaganda denominacional, escola sabatina, instituições educacionais, processos de treinamento, entre outras. O indivíduo “melhorado” pela domesticação é uma caricatura de ser humano, uma criatura enfraquecida e menos danosa por estar aprisionada entre forças apavorantes. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/03/2015

    4). Na IASD, a cumplicidade dos membros com o poder eclesiástico tem outros motivos: os membros aceitam ser confiados ao poder eclesiástico em troca de sua salvação e da certeza de que ele dará condições para que todos vivam a vida cristã. Mas os detentores do poder eclesiástico pensam de outra maneira: a máquina administrativa é a condição para a conservação e o funcionamento da denominação. E concluem: se suprimimos a máquina administrativa, suprimiremos junto a denominação. Para evitar isto e outros problemas re... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/03/2015

    3) Convém notar que poder e poder soberano nada tem a ver com o “poder” concedido pelo Espírito Santo aos cristãos. Paulo o define como “capacidade” e aparece nas comunidades cristãs como diversos “dons” que capacitam os receptores para contribuir com a edificação da Igreja. Em parte alguma do Novo Testamento se afirma que os dirigentes da Igreja receberiam poder do Céu para dominar seus irmãos na fé. O poder (a dominação) que as autoridades eclesiásticas exercem é o poder do leviatã adventista, e nada tem a ver co... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/03/2015

    2). O pastor adventista afirma que ser membro da IASD é igual a ser obediente ao poder soberano exercido pela Associação Geral. Este poder comum, onipresente —se expande em todas as partes através das Divisões—, controla, manipula e disciplina os indivíduos a fim de criar adeptos obedientes, o que faz atribuindo-se o monopólio de estabelecer normas, determinar os direitos e deveres de cada um e usar uma forma da força repressiva para evitar deslizes: a temível “disciplina eclesiástica”. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/03/2015

    1). Olá senhores deste blog, segundo o livro “ O Leviatã Adventista”, que se encontra na internet, que com todo o respeito peço licença para ousar indicar aos adventistas deste blog para darem uma lida aliada a uma reflexão bíblica, escrito pelo pastor adventista Edgard Silva Pereira, que militou na seara adventista por longos anos, é muito esclarecedor e estarrecedor, pois desnuda a forma de governo da IASD, cuja forma de governo é, em suma, a responsável pelo modus operandi como o comportamento, o proce... Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 26/03/2015

    Para quem falar pelos cotovelos que no NT a palavra lei nunca se refere aos 10 mandamentos e blá bla..."Porque aquele que disse: Não cometerás adultério, também disse: Não matarás. Se tu pois não cometeres adultério, mas matares, estás feito transgressor da lei. Tiago 2:11" Que ver ficar de mimimi agora...e digo mais: Aquele que disse: Não adulterarás também disse: Lembra-te do dia de sábado para o santificar. Portanto, Se tu pois não cometeres adultério, mas profana o sábado do Senhor, estás feito transgressor da ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/03/2015

    3. Se quisermos mesmo entender certas passagens, procuremos antes saber o que certas expressões e termos à época indicavam, para não entendermos errado coisas simples. Interpretar expressões judaicas a partir de doutrinas desenvolvidas longe desse ambiente (no tempo e no espaço) leva a equívocos. E ainda que o senhor quisesse entender que “lei” equivale a mandamentos, seria obrigado a reconhecer que quando Jesus faz o que segundo a fé o Messias faria, que era esclarecer a toda a Escritura, em Mt 5, ao esclarecer ma... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/03/2015

    2. Sabe-se que a expectativa judaica enfocava o cumprimento das Escrituras no que diz respeito à chegada do tempo messiânico, que segundo a fé israelita, seria inaugurado pelo Messias que viria, cumprindo-se assim, as Escrituras. Por isso é que Jesus ressuscitado parte dessas Escrituras, que ele mesmo chama de “Lei” (Torah), dos “Profetas” (Nevîm) e dos “Salmos” (Tehillim) – que é um dos livros que compõem a última seção da Bíblia Hebraica, chamada entre eles de Ketubîm (Escritos) – , na conversa com os discípulos... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/03/2015

    1. Willian, no discurso descrito, Jesus falava a judeus, não a brasileiros. No ambiente judaico (que era o de Jesus), esse termo (Lei) tem outro sentido, diferente de “Dez Mandamentos”. Portanto, procure entender o termo conforme eles o usavam, não conforme o senhor o usa (os judeus não liam literatura adventista para dar à Lei o sentido que o senhor acaba de atribuir). Eles não usavam a expressão grega “Bíblia” para se referir aos Livros Sagrados, usam expressões do tipo “Lei e Profetas”, ou simplesmente “Lei”, ... Denunciar comentário ofensivo

  • william (Cabedelo) - 26/03/2015

    Jesus diz: MT 5.17 NÃO PENSEIS QUE EU VIM ABOLIR A LEI OU OS PROFETAS, NÃO VIM ABOLIR, MAS CUMPRIR Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/03/2015

    5. É cômico, sr. Atônio, já usaste por diversas vezes o “argumento” de que “domingo é o dia do sol”, porque em INGLÊS, domingo se diz “Sunday” (embora não usaste a mesma lógica para reconhecer que “sábado”, em INGLÊS, diz-se Sturday (dia do deus Saturno) – Ou seja, o senhor só fala do que lhe convém. Eu, por outro lado, que nunca aleguei que o NT ensina a guarda do domingo, apenas explico que “domingo” é termo de origem latina (e por isso não aparece na Bíblia, que não foi escrita em latim), mas que é tradução do g... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/03/2015

    4. Exemplo: se para os teus partidários, o Decálogo é eterno (embora eu entenda que é eterno é o dever de amar), quando trato das bases do Decálogo, como próprias de um tempo, não eternas, pois ali há concepções machistas, etnocêntricas e trato desumano (escravidão) e compatibilidade com crenças pagãs (a aceitação da existência de diversos deuses), bem que o senhor poderia comentar onde estão os erros dessas colocações, pois as uso para demonstrar que o Decálogo é uma norma de conduta que obedece a uma concepção s... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/03/2015

    3. Sobre Tg 2,10, enquanto limitares tua visão a um versículo isolado e não leres o capítulo inteiro, citarás um trecho que só adquire esse sentido que o senhor aceita se o ler esquecendo do restante da passagem – o que é puro desrespeito à ideia que o autor desenvolve. Ou será que é tão difícil ler o Tg 2 (Completo) e não notar que o autor questiona indiretamente os legalistas que dizem cumprir a lei, mas que esses, negligenciando o que há de indispensável nela (que é amor mútuo), por causa disso, não se tornam cu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/03/2015

    2. Quanto a Bíblia não ter sido escrita em latim, é evidente que minha fala foi no sentido de que dentre as línguas maternas do AT e NT não se inclui o latim. O que há em latim dos textos bíblicos é TRADUÇÃO (e toda tradução tem seu problemas). E é por causa dessa tradução que o senhor hoje lê a palavra “lei” na tua bíblia em português, mistura com o conceito que a IASD tem do que é lei (já que ela usa esse termo com o sentido apenas de Decálogo) e pensa que os textos bíblicos estão tratando de algo diferente do qu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 26/03/2015

    1. Achei curiosa uma observação tua, Antônio: “ADULTERAR É PECADO, profanar o dia de SÁBADO também é”. Decerto, adulterar é pecado em qualquer dia e hora da semana. Mas, o que se deve entender por “profanar o sábado”? – O que é pecado, é pecado em qualquer dia e a qualquer hora, tanto faz se é sábado, segunda ou sexta-feira, porque o parâmetro do que é pecado não é o relógios ou um calendário (que serve para nos orientar no tempo), mas a ética, a moral e bem. Quanto a tua inocente pergunta, acerca de por que hoje é... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 25/03/2015

    Seu dbomfim...Agora vem o camarada dizer que a Biblia não foi escrita em Latim. kkk Fale alguma coisa que presta rapaiz. Poste alguma coisa aqui que a gente tenha prazer de ler e aprender. Ninguém é dono da verdade. Se você tem alguma verdade mais clara, tenha autoridade de me convencer. Me faça acreditar nas suas mensagens...Você teve a coragem de dizer que a Biblia não foi escrita em LATIN? Poste alguma coisa boa e deixe até de corrigir os erros gramaticais das pessoas... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 25/03/2015

    """NT não foi escrito em latim"""' Que argumento em!!! caraca!!!...Embora no NT a palavra Sábado apareça 77 vezes, eu não preciso de nenhuma delas pra defender a santidade do sábado. Pra mim, basta apenas UMA vez que ele tenha sido mencionado, e ainda no Antigo Testamento, para que eu sinta tranquilo em defender de uma forma irrefutavel o dia de descanso, o setimo dia, o sábado....Genesis 2:1-3...Assim os céus, a terra e todo o seu exército foram acabados. E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera,... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 25/03/2015

    O amor de Deus e ao próximo são representados pelos dez mandamentos? Qual “lei de amor ao próximo” valida normas de proteção ao “direito” de se ter escravos? Quando o 10º mandamento reduz a mulher ao status de “propriedade” do homem HEBREU que não dever ser cobiçada, a exemplo dos bois e da casa, trata mesmo a mulher com amor, ou almeja assegurar o direito do marido sobre ela em proteção a investidas de outros sobre aquela que tem dono? Quando o 10º mandamento proíbe a cobiça sobre os escravos alheios demonstra ama... Denunciar comentário ofensivo

  • José Cadete neto (Brasília-DF) - 25/03/2015

    Os mandamentos de Deus são eternos e nenhum deles foi abolido,principalmente os dez dez mandamentos que representam amor a Deus e amor ao próximo.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 23/03/2015

    2. Discutir a guarda do sábado pelo AT é desnecessário, porque a religião israelita ensina a guarda do sábado, mas com o NT isso não é possível, porque a religião cristã não ensina em qualquer dos livros que produziu que os cristãos deveriam orientar às comunidades formadas no sentido de observarem o sábado. No mais, os sabatistas deveriam antes de discutir, ler bem os textos do NT (que pensam apoiar a guarda do sábado), mas que os citam aos pedaços, sem ler o todo (tirando conclusões com base em isolamentos e prec... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 23/03/2015

    1. Sr. Ademir, dessas 77 vezes em que aprece a palavra “sábado” no Novo Testamento, o senhor poderia citar em qual delas é dito que os cristãos deveriam observar o sábado? Quando ao termo “domingo” não aparecer na Bíblia, esse argumento é vergonhoso, porque o termo “domingo” é de origem latina, e o NT não foi escrito em latim. “Domingo” é tradução do grego kyriakê hemera (dia senhorial). O NT chama o domingo, ao modo judeu, “primeiro dia da semana”. Nem é preciso contar quantas vezes aprece esse termo, para entende... Denunciar comentário ofensivo

  • aldemir (cachoeirinha) - 23/03/2015

    DEZ RAZÕES BÁSICAS PARA GUARDAR O DIA DE SÁBADO E NÃO O DIA DE DOMINGO 1. Guardo o SÁBADO, porque consta na Bíblia 578 vezes como mandamento, dia de guarda e descanso, dos quais, 501 no Antigo Testamento e 77 no Novo Testamento. Entretanto, a palavra DOMINGO não aparece em nenhuma parte da Bíblia, e quando se refere a este dia, compreendemos ser o 1° dia da semana. Portanto, aceitamos a idéia de que O Senhor Deus não iria mandar guardar o domingo, um dia que nem na Bíblia existe. 2. O Senhor Deus fez o 1° dia (do... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/03/2015

    6. Rm 7 não é uma exaltação da Lei (Torah), mas uma reflexão que busca demonstrar que se apegar à lei além de não resolver o problema do pecado, foi causa de provocação dele. Para quem se escandaliza com isso, basta ler com muita atenção todo o capitulo 7 de Rm, sem isolar versículo. Porque se há uma coisa que é necessária a todo adventista é ler pela metade e tirar conclusões sem considerar o todo. Por isso é que ousam citar Rm 7,7 para sugerir que sem a Lei não saberíamos o que é pecado (o que não tem o menor se... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/03/2015

    5. Se o leitor ler apenas o verso 7 de Rm 7, terá uma impressão que não corresponde ao que Paulo está dizendo. Só entenderá se ler, além desse versículo, os quatro seguintes, e souber que “conhecer” é um heraísmo que não equivale a “saber”, mas a “experimentar”, “ter intimidade” com algo ou alguém. Mesmo o texto tendo sido escrito em grego, expressa concepções judaicas e as palavras mesmo em grego, devem ser entendidas à luz do que em linguagem semita indicam. Aliás, o grego usado é o comum (koiné), que tem como c... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/03/2015

    4. O texto é de uma clareza absoluta: a Torah é Santa (tanto que os cristãos a aceitaram no seu cânon); os mandamentos que nela há, em si são bons (Rm 7,12), mas não evitam o pecado, mesmo idealizados para tal. Pelo contrário, o despertam (fazem viver), pois quando na Torah se diz: “não cobiçarás”, o homem cobiça (Rm 7,7-8). Ou seja, o mandamento dá vida ao pecado e o homem morre (pois esse é o salário do pecado, segundo a carta (Rm 6,23). Paulo não diz que o homem só SABE que a cobiça é errada porque a lei a pr... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/03/2015

    3. Mas a fim de conciliar o texto à sua doutrina, o adventismo interrompe a leitura no verso 7 e explica “conhecer” como sinônimo de “saber”, “tomar ciência”, quando se sabe que esse verbo, na linguagem semita indica: “fazer experiência”, “ter intimidade”. Assim o que Paulo diz, ao modo judeu, mas em língua grega, é: eu não faria experiência da cobiça, se na Torah não constasse: “não cobiçarás”, pois o pecado, aproveitando-se da proibição do mandamento, por ele despertou em mim toda a cobiça. Ganhou vida o pecado e... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/03/2015

    2. Presta atenção no jogo de ideias de Paulo usando as palavras oriundas os verbos “viver”, “morrer”, “reviver” e o senhor entenderá o que a doutrina não deixa o senhor entender: no verso 12, Paulo reconhece a santidade da Torah (conjunto de livros onde estão os mandamentos, dentre eles os 10), diz que o mandamento nela, em si é bom, entretanto há um “porém”, por isso mesmo, usa a conjunção adversativa “mas”, para desenvolver seu raciocínio: “... a lei é pecado? De modo nenhum. MAS eu não conheci o pecado SENÃO PE... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 21/03/2015

    1. Antônio de Mello, não é somente uma questão de interpretação, é de respeito ao que o texto argumenta. As passagens que citamos são taxadas de “difíceis” para o adventismo, porque notoriamente colocam em questão alguns de seus credos. Sobre a fuga para Rm 7,7, os fieis adventista se permitem ignorar o óbvio: Paulo não diz que só SABEMOS o que é pecado por causa dos 10 mandamentos. Ou será que não fosse a ciência da existência do texto dos 10 mandamentos, o homem não saberia que “matar” e “roubar”, por exemplo, sã... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/03/2015

    É somente uma questão de interpretação: Deixa eu te ensinar. Primeiro tente entender os textos que estão bem esclarecidos e somente depois de entende-los, só então estude aqueles que são mais controversos, como romanos 7.7 que é muito claro: """ Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás."""".........Fica muito dificil vc querer me convencer que o sábado é uma lei JUDAIZANTE, se Paulo garante que SEM A LEI ELE NÃO TERIA CONHECIDO O P... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/03/2015

    DBonfim - Havia comentado a algum tempo atrás que certas pessoas (igrejado ou desigrejado) que possuem uma carga grande de uma concepção de fé ligada a uma doutrina, credo ou religião, acaba impossibilitando estes de enxergar ou dar ouvidos a clareza dos ensinos expostos por Paulo, prendendo-se ao Antigo Concerto como o próprio irmão Antonio de Mello demonstrou destacando Êxodo 20.8, após Moisés ter descido do Sinai. E mesmo pela clareza e robustez argumentativa que seja, o entendimento destes permanece fechado, se... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/03/2015

    Não me venha com “churumelas”, também vou citar um texto, Sr. Antônio de Mello. Nele, o que se fala sobre a guarda de dias e apego ao Decálogo como expressão da fé cristã, na Carta aos Gálatas, é uma descrição fiel das ideias adventistas: “Guardais dias, e meses, e tempos, e anos. Receio de vós, que não haja trabalhado em vão para convosco... Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei? Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre. Todavia, o que era da es... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 19/03/2015

    e não me venha com chorumelas. rsrsrsDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 19/03/2015

    Sere este bonfim? Lembre-te do dia de sábado para O SANTIFICAR. exodo 20:8. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/03/2015

    2. Nada que não venha de seu grupo merece crédito, porque tudo o que sabem é em função da doutrina. A própria Escritura é compreendida apenas à luz do que a doutrina da igreja defende. Assim, por exemplo: pergunta a um adventista o que é “Lei de Moisés”, mas não espere que ele responda o que os textos bíblicos, o povo dos tempos bíblicos, ou mesmo os judeus de hoje, entendem ou entendiam pela expressão, porque isso não é ensinado pela doutrina deles. Na igreja adventista, “Lei de Moisés” é tratada como “Lei Cerimo... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/03/2015

    1. Graça e Paz, Eddie. Qualquer pessoa que atenta para o perfil de grupos fundamentalistas (independente do credo que esse grupo confesse), perceberá que para seus membros, qualquer compreensão diversa daquela apreciada pelo grupo é tratada como doutrina satânica. Esse é o mecanismo ideológico mais recorrente que se tem notícia em grupos assim, e o pior é que dá resultados. Porque isso se lhes é imposto sutilmente, e as “cabeças pensantes” fazem largo uso dessa artimanha, a fim de blindar os fieis acerca de opiniõe... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/03/2015

    "E agora, na verdade, sei que todos vós, por quem passei pregando o reino de Deus, não vereis mais o meu rosto. Portanto, no dia de hoje, vos protesto que estou limpo do sangue de todos. PORQUE NUNCA DEIXEI DE VOS ANUNCIAR TODO O CONSELHO DE DEUS"(Atos 20.25, 26, 27)...... - E como lemos nas cartas de Paulo, o "SÁBADO" não esteve entre os santos Conselhos de Deus!Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/03/2015

    Ad fez um apontamento que apesar de interessante, ainda não implica em que o “Cristão” deva praticar a guarda dos sábados. Ele declara no livro de Êxodo o evento do maná antes dos Hebreus receberem a Lei no Sinai - Pelo que se nota um costume já observado pela nação israelita, este só veio a ter caráter obrigatório na Lei como uma das suas ordenanças com a devida punição quem não a cumprisse. Não é questão de ignorância como ele acusa quem não o guarda, é pelo fato de não haver exigências quanto a esta ordenança, o... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 19/03/2015

    DBonfim - Jaguarari - Graça e Paz. Já havia conversado certa vez com uns adventistas sobre o devido assunto, onde posso te dizer que não foi uma das melhores. Fiz esses mesmos apontamentos que o irmão argumentou, onde no final das contas não me deram uma explicação mínima que fosse, porem fui acusado de herege e satanista, e mesmo depois de explicar que cultuávamos ao Criador não só aos Sábados mas nos Domingos e todos os dias da semana, a bendita ainda me acusou de guardador do Domingo e seguidor do credo católic... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/03/2015

    4. Continuando a leitura, fica facílimo perceber que Paulo lamenta que esses cristãos, fazendo caminho contrário ao de Paulo, passavam a viver ao modo judeu. E por isso, Paulo usa a própria passagem de um dos livros da Torah, para mostrar seus equívocos: “Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei? Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre” (Gl 4,21-22). Essa pergunta de Paulo é sequência da discussão de todo o capitulo IV, que envolve a guarda de dias,... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/03/2015

    3. Isso seria suficiente para entenderem que Gl 4,10-11 não se refere a costumes pagãos, de modo que a crítica a um suposto apego a guarda de dias por parte dos cristãos vindos do paganismo, seria ilógica porque eles não faziam questão disso, e se estavam praticando tais coisas, o faziam por influência dos cristãos vindos do judaísmo e isso o faziam certamente observando os dias de guarda próprios do judaísmo. Tanto é verdade, que Paulo reage sugerindo que enquanto esses cristãos-gentios convertidos estavam se pe... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/03/2015

    2. Se te responder às perguntas sobre Rm e Gl, dirá: Rm 14,5-6 se refere a dias de jejum (mesmo que o texto não aponte para isso – e não aponta mesmo. Mas como não aceitam que algum texto relativize a guarda de dias, que para sua doutrina é cara, partem para uma discussão que o texto em si não trata). Sobre Gl 4,10-11, procurará indicar que a crítica é a práticas pagãs, como se fizesse sentido Paulo criticar a guarda de dias, mas ele mesmo fizesse questão de manter essa prática na Igreja, pelo ensino da guarda do s... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 19/03/2015

    1. Eddie, sou cristão de espiritualidade católica e dedicado ao estudo da teologia bíblica. Acerca da tua pergunta para Ad, devo alertar que todos os adventistas têm uma resposta para as tuas questões, e por mais ilógicas que possam parecer, para eles é suficiente ter o o que dizer, pois não costumam ser críticos a nada do que a IASD ensina. Se ele responder à tua pergunta (já que os adventistas gostam mais de perguntar), não dirá nada além do que vou te explicar, porque eles só repetem o que lhes ensinam e nenhum ... Denunciar comentário ofensivo

  • Severo (Garopaba-sc) - 19/03/2015

    Que a graça e paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo esteja com todos. amados assim como Deus fez tudo e descansou no sétimo dia assim também Jesus Cristo fez na sua morte.ESTÁ CONSUMADO Jo.19:30; quer dizer cumpriu as ordenanças de Deus para com o todos os homens; ai descansou. por isso como diz as escrituras porei as minhas leis no seu coração...hb.8:10-13. Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 18/03/2015

    ad - aracruz - Graça e Paz. O irmão poderia então me explicar, respaldado nas escrituras o motivo pelo qual o Apóstolo Paulo admoestou nas suas Epistolas aos Gálatas e aos Romanos a não observar tais ordenanças como circuncisão, “guarda de dias” e qualquer uma outra das 613 da Torah? Porque no que entendo amado, não vejo guardar dias como uma obrigação, pois segundo Romanos 14 fala que cada um esteja seguro do que faz, independente do dia pois todos são iguais perante o Senhor. Sem falar que o próprio Apóstolo trat... Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 18/03/2015

    Deus, já no início da Bíblia, para não deixar dúvidas, já chega santificando o sétimo dia...Ora, para um ser humano ignorante pode até não significar muito, mas a Bíblia diz q nem o maná caía no sétimo dia...e isso antes do Sinai...obviamente o sétimo dia era um dia especial e sempre será, não importa quantas desculpas as pessoas inventem. A verdade é uma só, por mais que tentem dizer que não devemos guardar um dia, ou obedecer as leis de Deus, ou q devemos santificar o domingo. É como o dinheiro: existem vários ti... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 18/03/2015

    DBonfim - Jaguarari. Graça e Paz. Tenho acompanhado alguns de seus argumentos sobre alguns tópicos e fiquei curioso sobre a sua formação e qual Igreja o irmão frequenta. Poderia me dizer? caso não queira aqui, poderia mande-me seu e-mail?...Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 18/03/2015

    Antonio de Mello -Londrina - Graça e Paz. Apesar de o Criador ter descansado e abençoado o sétimo dia, ele não ordenou a sua criação (Homem e Mulher) que o guardassem. Diferente da circuncisão que era obrigatório antes de fazer parte da Lei Mosaica, a guarda de dias só passou a ser obrigatório com a Aliança no Monte Sinai – sendo que para aqueles que o transgredissem viriam lhe grande punição. Nós só vemos o sábado como uma ordenança no Antigo Pacto, antes disso não é mencionado, por vezes vemos teses e teorias par... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/03/2015

    Antônio, onde está o texto que disseste que irias citar? Não há na passagem que citaste qualquer determinação de que aos sábado deve-se ir á Sinagoga (e nem mesmo o senhor vai a uma, porque “Sinagoga” não é a mesma coisa que “igreja cristã”). “Ir á Sinagoga aos sábado era, no tempo de Jesus, um costume do judeu piedoso, mas não era um mandamento (como ainda hoje não é entre eles, embora, entre os praticantes, persista o costume de nesse dia irem à Sinagoga (não a uma igreja cristã). Além do mais, o texto de Gn tamb... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 18/03/2015

    """"Cita o mandamento onde se diz que era necessário comparecer à sinagoga aos sábados e então não estaremos falando de costume,"""""" Então la vai: """"Assim, pois, foram acabados os céus e a terra e todo o seu exército. 2 E, havendo Deus terminado no dia sétimo a sua obra, que fizera, descansou nesse dia de toda a sua obra que tinha feito. 3 E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a obra que, como Criador, fizera."""" Aqui não havia JUDEU. então a lei não foi feita para JUDE... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/03/2015

    Sr. Márcio, ninguém o está expulsando. Como o senhor pretende crescer? Fechando-se no teu mundo? Nas tuas ideias, como se elas fossem as únicas? Quem pensa assim não se dá o direito de crescer mesmo. O senhor, por exemplo, adjetiva argumentos diferentes dos teus como: “piada”, “ridículo”. No teu lugar, eu não ficaria no desdém, apontaria o que é ridículo e por que é ridículo (o mesmo para “piada”). Ridículo mesmo é o que fazem alguns teólogos com textos no NT (distorcem tudo, no intuito de fazer parecer que há nele... Denunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 03/03/2015

    Eu fiz todos os esforços do mundo para continuar debatendo aqui. Inclusive várias vezes. Mas não dá cara. Eu já disse, eu não estou aqui para vencer debates, para ficar apresentando argumentos para vencer debates com quaisquer pessoas que sejam, não é meu interesse. Não estou saindo desse debate por não ter argumentos, é porque não crescerei nada com ele, só isso. A resposta do genitivo e do dativo então é piada. Meu amigo, deixa eu te dizer uma coisa. Se você acredita em Deus, é sincero e é lúcido, foi... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/03/2015

    3. “Costume” não é o mesmo que o vulgarmente chamado de “hábito”, mas uma PRÁTICA CULTURAL de um povo. Ou será só a partir de Jesus é que aos sábados, tornou-se costume entre os judeus, ir à Sinagoga aos sábados? Cita o mandamento onde se diz que era necessário comparecer à sinagoga aos sábados e então não estaremos falando de costume, mas de mandamento. Jesus agiu conforme Seu costume (que era o costume judeu, ir à sinagoga aos sábados). Ou então, fica pior, se “costume” se refere ao sábado, não ao ato de ir à s... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/03/2015

    2. Jesus, como judeu, tinha um costume, esse costume era “seu costume” (evidente, mas não só seu, até porque antes dele, os judeus já faziam isso (ir às sinagogas aos sábados), não foi ele quem instituiu essa prática na Pastinha judaica). Do mesmo modo, não foi ele que instituiu o costume judeu (que Jesus também assumiu como seu) de, anualmente, ir a Jerusalém (Lc 2,42). O texto também chama de isso de “costume” e descreve Jesus exercitando-o com sua família (como era de se esperar de judeu piedoso). Será que os c... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/03/2015

    1. Não quero parecer arrogante, sr. Márcio, mas como o senhor sugere que sou um ignorante, digo que disponho de três exemplares gregos do NT: os textos NA 27 (Nestle Aland, 27 ed.), o texto de Agustustus Merk e mais o GNT (4ª edição). Não conheço esse texto (Lc 4,16) por intermédio de verbetes de dicionários, mas pelo teor deles mesmo, no texto grego. O que se traduz em português, por “seu”, no texto grego não está no genitivo indicando posse, mas no dativo, indicando movimento para (e como o senhor está apenas re... Denunciar comentário ofensivo

  • Adailton (São José) - 03/03/2015

    Márcio (Rio de Janeiro) é verdade, devemos ser a imagem de Cristo. "Ele disse : «Meu Pai continua trabalhando até agora e eu também trabalho.»" (Jo 5,17). Ele disse também "O sábado foi feito para servir ao homem, e não o homem para servir ao sábado." (Mc 2,27). Se você entende que deve guardar o Sábado, faça-o, mas não deve criticar aqueles que entendem que o dia a ser guardado é o Domingo, ou a Sexta-feira. Todos os dias são obra de Deus, e receberam o selo "tudo era muito bom" (conf. Gn 1,31) Denunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 03/03/2015

    Eu sentiria vergonha de escrever o li nos comentários abaixo Vamos as três palavras no texto no original grego: “segundo”, “seu” e “costume”. As informações a seguir foram extraídas do Léxico Grego de Strong “Segundo” – grego “kata”. Significados: 1) abaixo de, por toda parte; 2) de acordo com, com respeito a, ao longo de. “Seu” – grego “autos”. Significados: 1) ele próprio, ela mesma, eles mesmos, de si mesmo. 2) ele, ela, isto; 3) o mesmo. “Costume” – grego “etho”. Significados: 1) estar... Denunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 03/03/2015

    A explicação de Lucas 4:16 foi ridicula como sempre. O que não se faz para cumprir o plano de Deus na vida. Misericórdia. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/03/2015

    3. Sobre o texto de Lc 4,16, algumas observações: a ida de Jesus à Sinagoga, aos sábados, não era algo particular dele (um costume só seu), mas do povo judeu. Esse era um COSTUME no qual Jesus fora educado. Leia o texto com atenção (sem as lentes doutrinárias), atentando para o que é dito nele, não para o que a doutrina sabatista diz sobre ele: “E, chegando a Nazaré, ONDE FORA CRIADO, entrou num dia de sábado, SEGUNDO O SEU COSTUME, na sinagoga, e levantou-se para ler”. Onde está escrito que aos sábado o judeu tin... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/03/2015

    2. Não faz sentido, à luz do evangelho e em respeito aos limites que cada narrativa impõe, sugerir que Jesus fez uma revolução em favor da guarda do sábado. O que fez foi mostrar como os “ortodoxos” viviam uma fé legalista que não dava lugar ao que realimente importa: o amor. Se o sábado não salva ninguém, a negação da vivência do amor não é compensada pela observância de qualquer norma que seja. “Guardar” ou “observar” o amor sim, pode levar à vida. Mas negá-lo, certamente leva à perdição. Qual é maior, então: o... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/03/2015

    1. Não “guardamos” o sábado porque nenhum texto escrito por cristãos a cristãos exige isso de cristãos; por que Jesus nunca fez da guarda do sábado assunto do evangelho, no sentido de impô-lo a quem quer que seja. Pelo contrário, a centralização do sábado no culto judaico, nas narrativas do evangelho, só aparece como problema para sua Missão. Dizer que a questão é: “os judeus o guardavam de maneira errada” não condiz com o problema real. Afinal, só se vê no evangelho lideranças religiosas insensíveis que colocam o... Denunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 03/03/2015

    Qualquer pessoa que disser que não fará as mesmas atitudes que Jesus fez é porque não quer cumprir os planos de Deus em sua vida. Não guardo o sábado porque Deus o santificou e o abençoou. Não guardo o sábado porque está escrito nos Dez Mandamentos Não guardo o sábado porque está escrito em Isaias 56 que os gentios quando entrassem na Aliança guardariam o sábado. Não guardo o sábado porque os apóstolos e Maria guardaram Não guardo sábado porque Paulo o guardou Não guardo o Sábado todo o povo de Deus guard... Denunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 03/03/2015

    "Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos". Romanos 8:29 O plano de Deus para nossas vidas é que sejamos transformados a imagem de Cristo, conforme o texto acima. Cristo não muda conforme o texto de Hb 13:8 " Jesus Crsito é o mesmo ontem, hoje, e o será para sempre". Jesus guardou e ensinou a forma correta de como guardar o sabado conforme Lc 4:16 e Mt 12:12. Não somente o sábado como todos ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 02/03/2015

    8). Sr. Valmir Veloso. A ELI SÓ PRODUZ SOBERBOS, E NUNCA HUMILDES. Jesus contou uma parábola. É a história de um fariseu e um publicano. Todo o que guarda a lei, crê que é justo e despreza os outros (Lc. 18:9-14). Segundo o padrão de Jeová de Lv. 18:5; Ez. 20:11,13, 21; Sl. 71:3, o fariseu, que era honesto e fiel, sairia justificado do templo. Mas no Novo Testamento, guardar os preceitos da lei não tem valor salvífico. Paulo declara: “Se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu debalde” (Gl. 2:21). “Por... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 02/03/2015

    Sr. Valmir Veloso. E Paulo continua: “Irmãos, o bom desejo do meu coração e a oração a Deus por Israel é para a sua salvação. Porque lhes dou testemunho de que tem zelo de Deus, mas não com entendimento. Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e querendo estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram a justiça de Deus.”PORQUE O FIM DA LEI É CRISTO, PARA JUSTIÇA DE TODO AQUELE QUE CRÊ” 10:1-4). Paulo remata o assunto dizendo: “Ora, Moisés descreve a justiça que é pela lei, dizendo: O homem que fizer estas... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 02/03/2015

    6.). Sr. Valmir Veloso. A JUSTIÇA DE DEUS NÃO ESTÁ NA LEI DE JEOVÁ, INCLUSO OS DEZ MANDAMENTOS, pois lemos na carta aos romanos: “Que diremos pois? Que os gentios, que não buscavam a justiça, alcançaram a justiça? Sim, mas a justiça que é pela fé. Mas Israel, que buscava a lei da justiça, não chegou a lei da justiça. Por que? Porque não foi pela fé, ma como que pelas obras da lei; tropeçaram na pedra de tropeço” (Rm. 9:30-32).Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 02/03/2015

    5). Sr. Valmir Veloso. OS QUE SÃO DA LEI TEM OUTRO ESPÍRITO, QUE NÃO É O DE CRISTÃO. “Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: ABBA PAI” (Rm. 8:15). O espírito de adoção de filhos é o que produz liberdade (II Co. 3:17). FICA CLARO QUE O ESPÍRITO DA LEI É CONTRA O ESPÍRITO DE CRISTO, pois Ismael era adversário de Isaque. Não parece que do mesmo Deus procedem os dois, que até hoje são adversários.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 02/03/2015

    4).Sr. Valmir Veloso. …Porque estes são os dois concertos; um, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar. Ora, esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde a Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos. Mas a Jerusalém que é de cima, é livre, a qual é mãe de todos nós (cristãos)” (Gl. 4:21-26). CONTUDO O QUE DIZ A ESCRITURA? LANÇA FORA A ESCRAVA (A LEI) E A SEU FILHO, PORQUE DE MODO ALGUM O FILHO DA ESCRAVA SERÁ HERDEIRO COM O FILHO DA LIVRE(A GRAÇA).V.30.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 02/03/2015

    3). Sr. Valmir Veloso. A lei, dada por Jeová no Sinai, não liberta ninguém das suas más inclinações e dos desejos inconfessáveis. A LEI SÓ PRODUZ APARÊNCIA DE JUSTIÇA. A proibição não educa, mas reprime e represa os desejos que com o tempo se tornam incontroláveis. A lei leva os homens a condição de escravos, e não de livres. Paulo esclarece o assunto. “Dizei-me os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei? Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava e outro da livre. Todavia o que e... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 02/03/2015

    2). Sr. Valmir Veloso - Uma coisa é certa. À LEI DADA POR JEOVÁ NO MONTE SINAI, NÃO FABRICA JUSTOS. (Rm.3.10). Depois de 1.500 anos debaixo da Lei, O POVO DE ISRAEL ESTAVA PIOR QUE QUANDO SAIU DO EGITO. Jesus lhes disse: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que devorais as casas das viúvas, sob pretexto de prolongadas orações; por isso sofrereis mais duro Juízo” (Mt. 23:14). TODOS APARENTAVAM MUITA RELIGIOSIDADE POR FORA, MAS POR DENTRO A PRODRIDÃO DA CORRUPÇAÕ E DO PECADO. (Mt. 23:25-27). A LEI É U... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 02/03/2015

    1). Prezado senhor Valmir Veloso- Rio de Janeiro. Com todo o respeito à sua postagem sobre os Dez Mandamentos, peço sua licença para tecer alguns comentários e segundo um estudo do pastor Olavo Silveira Pereira, ele afirma que à LEI JAMAIS PRODUZIU SANTOS, mas produziu grandes e consagrados pecadores, com o que concordo plenamente. É a Lei que traz o conhecimento do pecado, pois sem à Lei não há nem pecado e nem culpa. Paulo disse: “Onde não há lei não há transgressão” (Rm. 4:15). É por isso que Paulo diz: “Ora... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/03/2015

    3. E Consta da fé judaica, que as palavras contidas em Dt 18,15 refere-se, por excelência, ao Messias de Deus (ainda que originalmente não fosse o caso, mas o texto foi assim interpretado nos ciclos messiânicos judaicos anteriores, contemporâneos e posteriores a Jesus), de modo que se está em Dt, um judeu não dizia: está escrito no livro de “Devarim” (nome do livro em hebraico), eles simplesmente diziam: “está na ‘Lei’”, pois Devarim é parte que compõem a Torah (lei). Logo, se a vinda de Jesus é cumprimento do que ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/03/2015

    2. Note que Mt 5,18 fala que tudo deve ACONTECER, conforme está na Lei (Torah, a correta tradução). Uma coisa é falar de “guardar” ou “observar” mandamentos, outra coisa, na linguagem bíblica, é falar de “ACONTECIMENTO” (o que se cumpre conforme as Escrituras). Mt 5,18 se refere ao que deve acontecer, não ao que se deve observar ou guardar. O senhor está entendendo Mt 5,17-18 à luz do que a IASD entende por “Lei”, eu estou falando do que o povo dos tempos bíblicos entendia por “lei” (que é a Torah escrita, conforme... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/03/2015

    2. Note que Mt 5,18 fala que tudo deve ACONTECER, conforme está na Lei (Torah, a correta tradução). Uma coisa é falar de “guardar” ou “observar” mandamentos, outra coisa, na linguagem bíblica, é falar de “ACONTECIMENTO” (o que se cumpre conforme as Escrituras). Mt 5,18 se refere ao que deve acontecer, não ao que se deve observar ou guardar. O senhor está entendendo Mt 5,17-18 à luz do que a IASD entende por “Lei”, eu estou falando do que o povo dos tempos bíblicos entendia por “lei” (que é a Torah escrita, conforme... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/03/2015

    1. Valmir, como o senhor alega que não disse nada do que eu comentei e em resposta repete exatamente o que diz não ter dito? De novo o senhor supõe que a menor letra da “Lei” e o traço que não desaparece até que ACONTEÇA refere-se à observância de mandamentos, confundido CUMPRIMENTO DAS ESCRITURAS com OBSERVÂNCIA DE MANDAMENTOS. A Lei a que Mt 5,17-18 se refere é, inequivocamente, a Torah. A Torah tem mandamentos, mas não é só mandamentos. Reduzir o sentido de “Lei” a mandamentos é mal explicar o que os textos bíbl... Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    Não! DBonfim, eu não disse nada disto e você sabe muito bem que foi apenas para provocar quem diz que o sábado pode ser abolido das escrituras sagradas pela interpretação do homem e de que a guarda do Sábado já não se faz mais necessário por n interpretações. Não foi por acaso que Deus colocou no 4º mandamento LEMBRA-TE? Não foi por isso que Jesus falou, Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra Eu descobri que... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 02/03/2015

    A maior parte dos comentários não condiz com o novo mundo, não é compatível com ele, não se arranja uma esposa agredindo-a no namoro, não se faz aceito com palavras agressivas ou descabida, discernimento e inteligência existe para serem usados, a guarda do sábado gerou a Babilônia, só se pode tomar conta da casa com o dono presente do contrário é trabalhar em vão, no fato do diabo ter dito a Deus que ele dava privilégio a Jó gerou a humildade no nascimento de Jesus... porque se vangloriar? Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 02/03/2015

    Muitos leitores deste site, entende desde a minha primeira postagem, que sou adventista e que defendo a guarda do sábado, sinceramente, o que tenho defendido desde o princípio é a fé alheia, cada um que creia no que for mais razoável ao seu entendimento e procure em suas angustias, onde tem falhado, tenho consciência, de que em matéria de aprendizado, todos estamos em igualdade de condições, temos, a imagem de Deus, que nos faz ver o que já existe e sua semelhança, que nos diz o que pode ser, amanhãDenunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/03/2015

    2. Quanto a ideia de que o sábado está em vigor porque “não matar”, “não roubar”, “não adulterar”, “não prestar falso testemunho” estão em vigor, basta pensar se um cristão de verdade só não faz essas coisas porque está ciente de que o Decálogo as proíbe. Se for por isso, é sinal de que ele ainda não sabe o que significa “ama a teu próximo como a ti mesmo”. Se souber e viver isso, certamente não será de uma imposição externa a ele que evitará tais coisas. Ou será que um autêntico cristão é incapaz de saber o que co... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/03/2015

    1. Sobre a tese do sr. Valmir Veloso, há que mais uma vez se chamar a atenção ao erro reincidente quanto a compreensão que boa parte dos cristãos (sabatistas ou não) têm de Mt 5,17, pois fica evidente a cada comentário que a falta de familiaridade com a linguagem e o universo conceitual judaicos prejudicam a compreensão de algo simples: o que é “lei”, para o povo a quem Jesus falava? Será que passava pela cabeça daqueles ouvintes que “lei” era apenas os 10 mandamentos? Será que passava pelo credo daquele povo a ide... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 02/03/2015

    Walmir perguntaram a Jesus qual o MAIOR MANDAMENTO DA LEI?????? MEU AMADO O QUE ELE RESPONDE? ? ENTÃO DEIXA DE FRESCURA. FAÇA COMO O JESUS RESPONDEU E PONTO FINAL. É ELE QUE FALOU? VOCÊ CRE NISSO ? ENTÃO ANDE POR ESSE CAMINHO. ELE NAO DISSE QUE ELE É O CAMINHO????Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    Se o 4º mandamento não precisa mais seguir, então vamos deixar também de cumprir o 1º e o 2º o 3º, 5º e o 10º também O 6º, 7º, 8º e o 9º se infringir pode se dar mal na lei dos homens Então porque criticar os católicos pela adoração aos santos? Não estariam os evangélicos também sendo legalistas? Que besteira, é só um peguinha na mulher do próximo, não é mesmo ? Podem fazer, deixem de serem bobos seus legalistas! É apenas a palavra de Deus, não é verdade? Ou só o Sábado pode deixar de ser cumprido?Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    10 - Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    9 - Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    8 - Não furtarás. Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    7 - Não adulterarás.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    6 - Não matarás. Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    5 - Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    5 - Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    5 - Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    4 - Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    3 - Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    2 - Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos. Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    1 - Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    OS 10 MANDAMENTOS Os Dez Mandamentos - Êxodo 20. 1 a 17 1 - Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. 2 - Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, a... Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    Jesus disse, Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra. Ainda existe céus e terra ? Então amados obedeçam e não discutam a palavra de Deus!Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 02/03/2015

    Isso aqui está escrito no velho testamento ? Jesus não mudou o sábado nem anulou. Ele o confirmou em sua vida e até declarou: “Não penseis que vim ABOLIR A LEI ou os Profetas; NÃO VIM ABOLIR, mas cumprir. Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra”. Mateus 5:17 e 18.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/03/2015

    O soberbo quer superar sempre os outros, mas quando é superado, logo se deixa dominar pela inveja. Para o soberbo, ele deve sempre estar no topo, sendo o parâmetro mais alto para as pessoas, despertando interesse e curiosidade de todos. Quando é superado, logo o soberbo se sente ameaçado, atingido, sendo tomado pela inveja, querendo depreciar os outros e vangloriar-se, sem que para isso se estruture para se superar ou até fazer uma avaliação da vida, dando-se em determinado momento por satisfeito.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/02/2015

    Caro amigo Márcio, creio que vc. não leu minha última postagem. A resposta que tanto solicita está no ítem 2: O Jesus que vive em mim é o MESMO DA BIBLIA, por isso guardo os seus mandamentos e procuro amar a Deus e ao próximo como Ele nos amou e “”NÃO GUARDO O SÁBADO”, porque o Senhor Jesus “NUNCA ORDENOU OS FILHOS DE DEUS A GUARDAR O SÁBADO”; “Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos FILHOS DE DEUS; a saber, OS QUE CREÊM NO SEU NOME”!(Jo.1.12). Simples e objetivo. Abraços na graça e... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/02/2015

    Eternamente, aprendiz, jamais chegara ao conhecimento, a vida é assim, livre arbitrio pra todos em igualdade de crençaDenunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 27/02/2015

    Me diga, o Jesus que vive em sua vida é diferente do que apresentado na Bíblia ? Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/02/2015

    Caro amigo Márcio, continua de salto alto, presunçoso e gosta de pegadinhas . Mas vou responder e espero que seja educado e responda as minhas. A resposta certa, Bingo! 1- O Jesus que vive em mim é diferente do apresentado na Bíblia, e por isso GUARDO O SÁBADO: 2 - O Jesus que vive em mim é o mesmo da Bíblia, por isso guardo todos os mandamentos de Cristo e NÃO GUARDO O SÁBADO, porque Jesus NUNCA MANDOU GUARDÁ-LO. Abraços na graça e paz do Senhor. Do Aprendiz de Cristão…Denunciar comentário ofensivo

  • Marcio (Rio de Janeiro) - 27/02/2015

    Esperando mim? Não precisa não. É so responder 1 - O Jesus Cristo que digo que vive em mim é diferenre do apresentado na biblia e por isto não guardo sabado. 2 - O Jesus Cristo que vive em mim é o mesmo sa Biblia e por isso guardos todos mandamentos, inclusive o sábado. Qual das respostas amigo. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/02/2015

    Prezado senhor Walter Monteiro - São Paulo. Gostaria que fizesse o favor de aguardar um pouco para continuar com suas colagens, para que o sr. Márcio possa ler a minha postagem. Antecipadamente agradeço sua compreensão e gentileza. Abraços na graça e paz do Senhor, Clodoaldo...Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/02/2015

    2). Amigo Márcio: Como comparar o Jesus que cumpriu a Lei em seu lugar para lhe dar a vida eterna, se o senhor O ofende, GUARDANDO O SÁBADO PARA TER A VIDA ETERNA? Como comparar o Jesus dos Evangelhos e das cartas paulinas com o seu Jesus arcanjo Miguel? Comparar o Jesus que a IASD prendeu no Santo Lugar até 1844? Comparar o Jesus que está noJuízo Investigativo investigando quem guarda o Sábado para ganhar a salvação e a vida eterna?? Ora, ora caro amigo Márcio, VIU SÓ QUEM TEM QUE PARAR DE BRINCAR?? Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio PR) - 27/02/2015

    1). Caro amigo Márcio, cá entre nós, suas postagens O demonstram, cabalmente, um PRESUNÇOSO para ninguém botar defeito que , para o adventista, é um grande elogio. No entando parece que carece de argumentos escriturísticos contextualizado para contestar o que lhe escrevi, e retorna a insistir que seu argumento é IMBATÍVEL. Este é o procedimento adventista no blog. Nunca repondem a nenhuma contestação, só indagam com versículos fora do contexto, como os seus irmãos ad (aracruz) e Antônio de Mello (Londrina). Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 27/02/2015

    obedecer a Deus é dever de todo homem, e isso inclui o quarto mandamento que diz que devemos santificar o sábado.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/02/2015

    3º Deus me deu em meus anos de vida, vários diplomas e certificados para fazer bom uso e cuidado com a palavra, e nos garantiu aquele que faz bom uso da palavra, este se torna digno do reino, pois aquele que a negligencia, deste até o que tem lhe sera tirado: se não cuidares bem do que recebeu ilicitamente, quem lhe dará o que realmente lhe pertence? Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/02/2015

    2º Com minhas postagens não quero, como já frisei, mudar a crença de ninguém mais sim fortalecer a fé que ela já possui, indicando um bom caminho, um caminho que exige muito empenho por parte do pretendente, mas de excelente recompensa em sua conclusão, que é o caminho da sabedoria e do conhecimento, pois ele é desejado até pelos anjos de Deus como ele mesmo diz.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 27/02/2015

    1º O dia do conhecimento de uma obra em seu final, aquele dia em que você vai poder ver pronta a obra que ordenara que lhe fizessem, é claro que é um dia diferente de todos os outros; O dia de uma formatura muito especial que é formação do curso superior aos superiores, ninguém jamais esquece, é o dia da ``Luz´´ conclusão da sabedoria e conhecimento, portanto muito especial.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 27/02/2015

    2). Sr.Márcio (Rio de Janeiro. Mas reaparece, como quê “exigindo” que respondamos, Qual é o Jesus Cristo que vocês buscam colocar em suas vidas. Ocorre caro senhor que para fazer essa indagação na forma como o senhor faz, o senhor, por uma questão de educação e respeito para com o seu próximo, , deveria: a) Ter dito qual é o o Jesus Cristo que o senhor busca e coloca em sua vida;, pois estamos em dúvida se é Miguel ou o Jesus que vocês prenderam no Santo Lugar até 1844; b) Responder o que lhe foi indagado. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 27/02/2015

    1).Prezado sr. Márcio (Rio de Janeiro). Fiz 4 postagens refutando suas argumentações senhor, Márcio (Rio de Janeiro), em 23 e 24.02.2015 “ “Baseado na Biblia, nos dias de hoje devemos ou não guardar o sabado? E a duas postagens nodia 24.02.2015 em “Onde se encontra a frase “não será omitido um j ou uma vírgula da Lei”? Até hoje, o sr. não se dignou a responder nenhuma das minhas refutações as suas colocações heréticas, extra bíblicas.Denunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 26/02/2015

    Favor não citarem versos aqui e acola e apenas respondam: Qual é o Jesus Cristo que vocês buscam colocar em suas vidas, o que esta na bíblia ou algum outro falso que apresentaram para vocês? Se não podem responder é porque não tem argumentos. Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 26/02/2015

    Walter Monteiro- é você que fica puxando esse Tópico do Sábado? Já chega de Sábado. Tudo bem sou a favor do que você comenta. Já chega desse assunto. Não chegará a nada insistir mais nesse tema. Pare meu amado. Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 26/02/2015

    Waltet Monteiro - Copiar Colar. Já chega ao ponto de faltar argumentos e você continua rssssss. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 26/02/2015

    O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 26/02/2015

    Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem. Como o inferno e a perdição nunca se fartam, assim os olhos do homem nunca se satisfazem. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 25/02/2015

    20 Não destrua a obra de Deus por causa da comida. Todo alimento é puro, mas é errado comer qualquer coisa que faça os outros tropeçarem. 21 É melhor não comer carne nem beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa que leve seu irmão a cair. Romanos 1-23Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 25/02/2015

    Walter Monteiro- O Messias já veio e subiu aos Ceus. O Messias falou que iria preparar LUGARES PARA OS SEUS NA CASA DO PAI. O MESSIAS FALOU QUE IRIA NOS LEVAR. MAS WALTER MONTEIRO vou te falar uma uma coisa. OS DESGRAÇADOS RELIGIOSOS AINDA ESTÃO DISCUTINDO LEIS. SÁBADOS??? NÃO ENTENDO ESSAS DESGRACAS RELIGIOSAS. WALTER MONTURO EU CREIO NO NOSSO SALVADOR. VOCÊ DISCUTINDO LEIS DO SÁBADO rssssss. Vai seguir o que o Messias disse, não seja um IMBECIL RELIGIOSO. . PARA COM ESSAS IDIOTICES RELIGIOSAS. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 25/02/2015

    Provérbios 28:4 – Os que desamparam a lei louvam o perverso, mas os que guardam a lei se indignam contra ele. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/02/2015

    Prezado sr. Márcio – Rio de Janeiro. Já demonstrei, sobejamente, que o Senhor Jesus guardou a Lei em meu lugar e no seu lugar sr. Márcio. Não seria muita ousadia alguém afirmar que guarda a Lei ou o Sábado? A Bíblia nos ensina que somente uma pessoa guardou TODA A LEI, JESUS CRISTO HOMEM, para resgatar os que estavam debaixo da maldição da Lei. Por que a Lei é maldição sr. Márcio? Simplesmente porque não existe nenhum ser humano capaz de guardá-la e quem não consegue guardá-la a penalidade é a MORTE! Por isso ... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 24/02/2015

    Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - Graça e Paz. Muito boas as suas argumentações irmão, pelo menos as poucas que li, mais esta ultima foi a melhor. Meus parabéns e Deus por seu filho Jesus Cristo seja sempre contigo...Denunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 24/02/2015

    O argumento é irrefutável. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/02/2015

    Caro sr. Willian de Assis – Itanhaem sp – Agradeço por me considerar irmão, pois a recíproca é verdadeira embora tenhamos divergências quanto à interpretação bíblica. Caro irmão Willian, é o apóstolo Paulo quem afirma que quem guarda o Sábado é escravo da Lei! Gl. 5.1,: “Para a liberdade foi que Cristo nos LIBERTOU. Permanecei, pois, FIRMES e NÃO VOS SUBMETAIS de novo a jugo da ESCRAVIDÃO.” É óbvio que se Cristo nos libertou era porque estávamos presos ao jugo da Lei! Ele ainda pede para ficarmos firmes e não su... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/02/2015

    CORREÇÕES: A maneira respeitosa com que o sr. Márcio expõe seu ponto de vista é digna de elogio. Entretanto, ele repete uma linha de argumentação bem conhecida no seio adventista: “Jesus guardou o sábado, logo, nós também devemos guardar”. Porém, essa linha é problemática, pois Jesus, como homem, de fato, foi educado segundo os parâmetros CULTURAIS e RELIGIOSOS de seu povo, o judeu. Assim, se a linha de raciocínio proposta pelo sr. Márcio fosse inquestionável, haveríamos de transportar para o cristianismo uma série... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/02/2015

    2. Jesus determinou a um homem que oferecesse sacrifício em testemunho de uma cura (Mc 1,44); celebrou a festividade judaica das Tendas (Jo 7,2.10); celebrou a Pascoa dos Judeus (Jo 2,3); foi circuncidado (Lc 2,21) e nunca colocou sob questão a legitimidade da circuncisão. Também, segundo o costume judaico (que era seu costume), aos sábado ia à Sinagoga (Lc 4, 16). Ora, nós não oferecemos sacríficos como testemunho de cura; não celebramos a festividades judaicas, não praticamos a circuncisão e apesar de no Brasil h... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 24/02/2015

    1. A maneira respeitosa com que o sr. Márcio expõe seu ponto de vista é digna de elogio. Entretanto, ele repete uma linha de argumentação bem conhecida no seio adventista: “Jesus guardou o sábado, logo, nós também devemos guardar”. Porém, essa linha é problemática, pois Jesus, como homem, de fato, foi educado segundo os parâmetros CULTURAIS e RELIGIOSOS de seu povo, o judeu. Assim, se a linha de raciocínio proposta pelo sr. Márcio fosse inquestionável, haveríamos de transportar para o cristianismo uma série de prát... Denunciar comentário ofensivo

  • Alex (Potim) - 24/02/2015

    Não é necessário guardar porque Jesus não guardou ! João 5:18 ...Sendo Jesus aquele a quem Ele mesmo pediu para imitá-lo não guardou, por que vou guardar ??? Se fosse pra guardar Jesus como exemplo teria guardado... Jesus jamais ensinaria algo que não fez !!! Jesus não é do tipo "faça o que eu digo, não faça o que faço". AGORA QUEM QUISER VIVER A LEI E NÃO GRAÇA, FIQUE A VONTADE ! somos livres.Denunciar comentário ofensivo

  • willian de assis (itanhaem sp) - 24/02/2015

    meu Deus agora viramos escravos só porque guardamos o sabado,sendo que o sabado vem de adão e eva eles ja guardavam o sabado. deus disse no principio da criação (agora lhes dou o meu sabado) ou seja qualquer leitor que ler corretamente as escrituras vera que o sabado nem éra um mandamento ele apenas foi acreçentado as leis e agora vejo pessoas dizerem que o sabado é uma prisão isto é uma disfeita a um presente que deus deu a nós,trocando o sabado de deus por outro dia que um homem seja ele quem for,governante,papa... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 23/02/2015

    Prezado sr. Márcio (Rio de Janeiro) Com sua licença e com todo o respeito, passo a comentar a sua bela mensagem muito bem estruturada e desenvolvida pela forma sequencial com faz, começando pelo Senhor Jesus Cristo, como Ele vive no cristo, por aí vai, para culminar com o objetivo principal de sua postagem, ou seja, demonstrar que o Senhor Jesus guardava o Sábado e os Dez Mandamentos. Só que para alçar o seu propósito, usa de textos bíblicos, esparsos, isolados, fora do contexto bíblico. Caro sr. Mácio, o Sen... Denunciar comentário ofensivo

  • Márcio (Rio de Janeiro) - 23/02/2015

    Em Hb 13:8 está escrito: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.” Ou na tradução que eu gosto mais: “Jesus Cristo é o mesmo ontem e hoje; e o será para sempre (Bíblia de Jerusalém)”. Para ser cristão devemos fazer aquilo que Paulo esplendidamente define em Gl 2:20: “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim”. Então, todos nós devemos buscar fazer isso ou nunca seremos verdadeiramente cristãos. Como Cristo vive no cristão? Através do Espírito Santo: “Vós, porém... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/02/2015

    3. Outra coisa, em 1888, ao que se sabe, já não era costume cristão observar o sábado. Mas Ellen White pinta seu quadro “profético”, fazendo parecer que todos os movimentos cristãos eram unanimes na observância dessa norma, mas que o Diabo, gradativamente, colocaria no coração do homem o empenho por descumpri-la. Hoje os leitores de White leem suas “profecias” e parecem imaginar que estão lendo o futuro que Ellen desvendou, quando na verdade, já em seu tempo, a observância sabática não fazia parte da vida comunitár... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/02/2015

    2. Seguindo à risca Ex 31,13-14 (texto que “inspira” essa visão de White), assim se aplica a norma, sem dispensar “um j ou til” do que está prescrito na Lei: “Estando, pois, os FILHOS DE ISRAEL no deserto, acharam um homem apanhando lenha no dia de sábado. E os que o acharam apanhando lenha o trouxeram a Moisés e a Arão, e a toda a congregação...Disse, pois, o Senhor a Moisés: CERTAMENTE MORRERÁ AQUELE HOMEM; toda a congregação O APEDREJARÁ FORA DO ARRAIAL. Então toda a congregação o tirou para fora do arraial, e o... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 22/02/2015

    As “visões” de White sobre o sábado pintam um quadro acerca da observância de um dia que até parece estar falando de um deus. Alguém já leu alguma coisa dessas nalgum livro do Novo Testamento? Parece que os cristãos do século I não tiveram essa mesma “visão” de White sobre os perigos de não guardar o sábado. Talvez por isso, ignoraram esse assunto que julgavam tão “importante” para a Igreja. Talvez porque conseguiam perceber os destinatários a quem se fala em Ex 31 (que não eles cristãos), e já não quiseram aplicar... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 22/02/2015

    O senhor é gerador de palavras do conhecimento, se bom do bem, se mal do pior, soberba é a alma da incompetência humana, pesadamente inútil! Quem anda segundo sua própria sabedoria, transforma seus finais de dias em um ponto de interrogação nas esquinas da vida digno destes, é o escarnio por falta de opções Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/02/2015

    Profetas e Reis pg 183-184 - Ellen G WhiteDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/02/2015

    Profetas e Reis pg 183-184 - Ellen G WhiteDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/02/2015

    De onde ela tirou isso em? Em meados de 1888! Caraca!!!..."Assim o mundo tornar-se-á meu. Eu serei o governador da Terra, o príncipe do mundo. Controlarei assim as mentes sob meu poder para que o sábado de Deus seja um objeto especial de desprezo. Um sinal? - eu farei a observância do sétimo dia um sinal de deslealdade para com as autoridades da Terra. As leis humanas serão feitas tão rígidas que os homens e mulheres não ousarão observar o sábado do sétimo dia. Pelo temor de que lhes venha a faltar alimento e vestu... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 20/02/2015

    De onde ela tirou isso em? Em meados de 1888! Caraca!!!..."Assim o mundo tornar-se-á meu. Eu serei o governador da Terra, o príncipe do mundo. Controlarei assim as mentes sob meu poder para que o sábado de Deus seja um objeto especial de desprezo. Um sinal? - eu farei a observância do sétimo dia um sinal de deslealdade para com as autoridades da Terra. As leis humanas serão feitas tão rígidas que os homens e mulheres não ousarão observar o sábado do sétimo dia. Pelo temor de que lhes venha a faltar alimento e vestu... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/02/2015

    2. Nesse sentido, o exemplo antropomórfico do Deus-Trabalhador, que no final da semana criadora, também descansa de sua obra, é bastante sugestivo. Curioso que o sabatistas falem tanto de sábado, mas por se apegarem tanto à letra da norma: tem que ser sábado, esquecem do espírito da norma (descaracterizar o trabalho como forma de escravizar e reconhecer que o Deus que atou e atua para dar vida é o mesmo que liberta da escravidão). Em todo caso, a observância do sábado longe dessa consciência não passa de formalismo... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/02/2015

    1. Boas colocações, senhor Rogério. Por isso mesmo é que ao tratarmos sobre a guarda de dias, nunca dissemos que é errado dedicar um dia da semana ao culto divino e à espiritualidade em geral, pois, como bem disse o Apóstolo Paulo em sua carta aos Romanos, aquele que faz distinção de dia é para o Senhor que o faz (cf. Rm 14,5-6), o que porém, não deve ser causa de acusação àquele que julga de igual valor para essas mesmas atividades, qualquer dia da semana, pois, se esse não distingue, também é para o Senhor que n... Denunciar comentário ofensivo

  • Alex (Potim) - 20/02/2015

    Não é necessário guardar porque Jesus não guardou ! João 5:18 ...Sendo Jesus aquele a quem Ele mesmo pediu para imitá-lo não guardou, por que vou guardar ??? Se fosse pra guardar Jesus como exemplo teria guardado... Jesus jamais ensinaria algo que não fez !!! Jesus não é do tipo "faça o que eu digo, não faça o que faço". AGORA QUEM QUISER VIVER A LEI E NÃO GRAÇA, FIQUE A VONTADE ! somos livres.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Petrolina - PE) - 20/02/2015

    Se vivemos num tempo de Graça, de graça é a salvação. As obras, porém, são reflexo da fé. Mas, a liberdade que temos de violar o sábado, não significa que somos proibidos de observá-lo. Pois, se for assim, a proibição teria que ser entendida como um novo preceito que deveríamos obedecer, para não sermos condenados, caso o violássemos. Liberdade e proibição são coisas diferentes, e tem efeito contrário um do outro. A liberdade de violar um preceito também implica em não sermos condenados por este preceito. Se, ao co... Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Petrolina - PE) - 20/02/2015

    Não somos salvos pelas obras, mas seremos julgados por elas, quer sejam boas ou más. Pra que serve o dia do juízo que Senhor trará sobre toda a carne, sobre todos os povos, senão para por na balança os atos dos homens? "Eu conheço seus pensamentos" disse o Senhor a Isaías quando falou do seu juízo. "A boca fala do que está cheio o coração" já disse o Filho. Mais do que as obras, Deus vai julgar o homem pelo que está no seu íntimo escondido. Se guarda o sábado ou domingo como ato de fé ou de justificação, Ele é quem... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/02/2015

    3. Pecado é muito mais do que transgredir normas de convívio e normas religiosas (pois é isso que em suma os 10 mandamentos são para o povo da Antiga Aliança a quem foram escritos). Chega a ser um regresso absurdo reduzir a grandeza da mensagem divina a 10 ordens (08 “não faça isso” e 02 “faça isso”). Também, achar que guardar os 10 mandamentos isenta alguém de pecado é pura ingenuidade. Guarda perfeitamente todos os 10 mandamentos, e ainda assim, esteja certo de que continuas em pecado, porque se pecado fosse tão-... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/02/2015

    2. Achar que a base de Deus, para julgar o que é ou não pecado é o Decálogo, destaco é reduzir demais a sabedoria divina. Na Lei nos 10 mandamentos não consta que traficar, por exemplo, é pecado (alguém precisa ler os 10 mandamentos para opinar que é? Nos 10 mandamentos não consta que escravizar pessoas é pecado, alguém precisa ler os 10 mandamentos para saber que é? Nos 10 mandamentos não consta que vender o corpo para ganhar dinheiro é pecado, alguém precisa ler os 10 mandamentos para saber que é?). Se pecado é... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 20/02/2015

    1. Há grande confusão na reflexão adventista, que é formada de suposições. Diz ela que Abraão guardou o sábado, mas com baseada se em qual relato da Bíblia? Quem ensina que Abraão guardou o sábado não é Gn ou qualquer outro livro bíblico, mas as lições de Ellen White (que não constam da Bíblia). Diz que Paulo, na qualidade de ministro do evangelho, guardava o sábado (certamente baseada em leituras de versículos que são isolados do contexto, como alguns de Atos, para fazer parecer que o cristão Paulo observava o sáb... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 20/02/2015

    Walter Monteiro - legal copiar textos Bíblicos. É o Copiar Colar. Legal mesmo. Você é muito Inteligente. Eu preciso. Mas e o " nem no MONTE e nem em YAHUSHALAYM"?? e o "" SAI DELA POVO MEU ""? WALTER MONTEIRO de nada adianta conhecer meia dúzia de textos Bíblicos se você permanecer NA IMBECIBILIDADE RELIGIOSA. Dentro desse SISTEMA PODRE RELIGIOSO. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/02/2015

    “Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele.” Salmos 118:24 Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/02/2015

    Aquela que se julgar, sabedor com exclusividade, na condição puramente humana, violenta a si próprio e deixa de buscar aquele que realmente da sabedoria, a saber Deus criador de toda boa obra, ``guardar´´ na literatura bíblica significa ``cuidar, estar atento´´ a novas revelações (Meu pai trabalha até hoje e eu também) Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/02/2015

    “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns (...) se transpassaram a si mesmos com muitas dores.” 1 Timóteo 6:10 Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/02/2015

    “Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos. Que façam o bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente e sejam comunicáveis.” 1 Timóteo 6:17-18 Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/02/2015

    Lavrar a terra, significa aparelhar, dar uma nova face, seria bom que se compreendesse a apresentação única (Eu sou o que sou) evitaria muitos desarranjos do entendimento e da pregação eficiente, aos que dela necessitem Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/02/2015

    Porque, quando Deus fez a promessa a Abraão, como não tinha outro maior por quem jurasse, jurou por si mesmo, Dizendo: Certamente, abençoando te abençoarei, e multiplicando te multiplicarei. Hebreus 6:7-14 Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/02/2015

    Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis. Mas desejamos que cada um de vós mostre o mesmo cuidado até ao fim, para completa certeza da esperança; Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 20/02/2015

    Porque a terra que embebe a chuva, que muitas vezes cai sobre ela, e produz erva proveitosa para aqueles por quem é lavrada, recebe a bênção de Deus; Mas a que produz espinhos e abrolhos, é reprovada, e perto está da maldição; o seu fim é ser queimada. ¶ Mas de vós, ó amados, esperamos coisas melhores, e coisas que acompanham a salvação, ainda que assim falamos. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    7). Caro sr. Carlos – São Paulo. O texto está em 1ª. 2.3,4 ..sabemos que o conhecemos; se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz eu o conheço e nao guarda os seus mandamentos é MENTIROSO E NELE NAO ESTA A VERDADE". Caro sr. Carlos, MENTIROSO é quem afirma que estes mandamentos referem-se ao 4º, ou seja o Sábado. Realmente o senhor não lê muita coisa se lesse em 1ª. João. 3.23, leria que: ORA, SEU MANDAMENTO É ESTE, QUE CREIAMOS EM O NOME DE SEU FILHO JESUS CRISTO E NOS AMEMOS UNS AOS OUTROS. Caro senhor C... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    6). Caro sr. Carlos - São Paulo. Mt.5.17-18: Observa-se que esta passagem NÃO DIZ que cada que cada jota ou til da Lei PERMANECERÁ até que o Céu e a Terra passem, mas ATÉ “que tudo seja cumprido”. É o que se lê em Luc.16.16 A Lei e os profetas duraram até João. Ora tanto um texto como o outro dão conta da TRANSITORIEDADE DA LEI – mas ela só passará depois de seu integral cumprimento. Visto que Jesus veio cumprí-la – e Ele não falhou. A Lei já passou!Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    5). Caro sr. Carlos – São Paulo, o sr. disse, que Hebreus, capitulo 4, verso 9, esta escrito: "Portanto resta um sabatismo para o povo de Deus". É evidente, sr. Carlos que o repouso de que se trata aqui não é o do sábado indicado no 4º mandamento, mas o repouso vindouro: Portanto, resta ainda um repouso para o povo de Deus (v.9). Os profetas falaram de antemão de um “outro dia” Sl.118.24 em vez do Sétimo, para comemorar o repouso maior que se seguiria a uma obra maior do que a Criação.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    4). Caro sr. Carlos – São Paulo, Só para ratificar os mandamentos de Deus no N.T., Jo.13.32;Mc.13.1.2; Lc. 21.5-9; e que em Mt. 22.36-40, Jesus diz que os mandamentos de Amar a Deus e ao próximo como a nós mesmo, SÃO OS DOIS MAIORES MANDAMENTOS, POIS DESTES MANDAMENTOS DEPENDEM TODA A LEI, OS DEZ MANDAMENTOS, SÁBADO E OS PROFETAS… Como pode ser a Lei de Deus o Decálogo se este depende do mandamento de Amar a Deus e ao próximo como Cristo nos amou?????Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    3) Caro sr. Carlos – São Paulo: NÃO EXISTE NO NOVO TESTAMENTO NENHUMA ORDENANÇA DE CRISTO OU DOS APÓSTOS PARA GUARDAR O SÁBADO. ESSA ORDENANÇA É DA PROFETIZA. “Importa guardar o Sábado para a vida eterna”…Por outro lado, o sr. está fazendo uma grande confusão com a palavra mandamentos, ao citar João 14.15, dando a entender que se refere aos Dez Mandamentos, quando na verdade refere-se ao mandamentos de Deus dados pelo Senhor Jesus Cristo, na Nova Aliança, é só ver João. “15.12, É amar a Deus e ao próximo como C... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    2). Caro sr. Carlos – Com todo o respeito, sem agressão, mas o sr. disse que leu e entendeu que no Novo Testamento a obrigatoriedade do sábado, só que sua leitura é baseada na ótica adventista que tem como base os escritos da falsa profetiza Ellen G.White e não do Novo Testamento. O povo de Deus não tem, nem precisa do Selo da guarda do Sábado. O ensino de Paulo em Ef. 1.13, indicar ser o Selo de Deus, nesse nosso tempo, O RECEBIMENTO DO ESPÍRITO SANTO (cfe.Tm.2.19; 1ª.Co.9.2. Jo.6,27; Rm.4.11.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    1). Caro sr. Carlos – São Paulo. Iniciou a mensagem com humildade, que não há razões para irracionalidades, para verbalizações, grotescas, odiosos por causa artigo da Lei de Deus, o Sábado, mas conclui “distoando da inicial”, já rotulando os que discordam da Lei de Deus como insolentes, atrevidos e desrrespeitadores da Lei de Deus, O SÁBADO. É sabido que os adventistas não conseguem se segurar sem “agredir” os que combatem a guarda do Sábado que, em suma, é uma ofensa ao Sacriício Vicário de Cristo na Cruz.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    4).Outro ENGANO adventista. Sr. Antonio, agora, pós Cristo, o referencial da “SUA JUSTIÇA”, NÃO É O SÁBADO NEM A LEI, É “JESUS CRISTO”. É O QUE ESTÁ ESCRITO EM Rm. 3.21,22: “MAS, AGORA, SEM LEI, SE MANIFESTOU A JUSTIÇA DE DEUS, testemunhada PELA LEI E PELOS PROFETAS; “JUSTIÇA DE DEUS” MEDIANTE A FÉ EM “JESUS CRISTO”, PARA TODOS os que crêm; PORQUE NÃO HÁ DISTINÇAO. Sr. Antônio tem que ter coragem para CHECAR os escritos da falsa e mentirosa profetiza Ellen, com a Bíblia. VAI TER UMA TREMENDA DECEPÇÃOAbraços... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    3) Caro sr. Antõnio de Mello, “como se eu(Paulo) assim vivesse,…” embora NÃO ESTEJA EU(PAULO) DEBAIXO DA LEI.”. 4) Paulo está debaixo da Lei de CRISTO (1ª.Co. 9.21) e por inferência e por todo o contexto, da LEI DE DEUS, para a qual ele era escravo (Rm. 7.25) pois, para Paulo, ELE é o NOSSO GRANDE DEUS E SALVADOR CRISTO (Tito 2.13) Uma dica para o Sr.Antônio: para entender um texto tem que analisar e estudar o contexto, pois é o N.T que explica o A.T. e o todo que explica a parte. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    3) Caro sr. Antõnio de Mello, “como se eu(Paulo) assim vivesse,…” embora NÃO ESTEJA EU(PAULO) DEBAIXO DA LEI.”. 4) Paulo está debaixo da Lei de CRISTO (1ª.Co. 9.21) e por inferência e por todo o contexto, da LEI DE DEUS, para a qual ele era escravo (Rm. 7.25) pois, para Paulo, ELE é o NOSSO GRANDE DEUS E SALVADOR CRISTO (Tito 2.13) Uma dica para o Sr.Antônio: para entender um texto tem que analisar e estudar o contexto, pois é o N.T que explica o A.T. e o todo que explica a parte. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    2) Caro sr. Antônio de Mello, viu só o TAMANHO DA MENTIRA da sua profetiza? Infelizmente o sr.Antônio crê na MENTIRA. O sr. sabe quem é o Pai da Mentira? Cuidado! O cristão é PECADOR, TRANSGRESSOR é quem guarda a Lei. Abraão e Paulo NÃO guardaram o Sábado, quem guardou o sábado foi o rabino Saulo; 1) Como Abraão poderia guardar o Sábado, se o sábado FOI “DADO’, E NÃO RESTAURADO, no Sinai Ez. 20.12; Êx.20.8-11.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 20/02/2015

    1). Caro sr. Antônio de Mello, a tática adventista muito manjada, é “CONFUNDIR PARA PREVALECER”. Quer ver? Se Deus tá falando que ABRAÃO GUARDOU O SÁBADO, então eu prefiro acreditar que a teologia de alguns desinformado tá furada. rsrsrs....NÃO FOI DEUS QUEM FALOU, FOI A MENTIROSA ELLEN, em O Grande Conflito, pag.4530 “Santificado pelo descanso e bênção do Criador, o sábado foi guardado por Adão em sua inocência no santo Éden; Foi guardado por todos os patriarcas, desde Abel até o justo Noé, até Abraão, Jacó.” , ... Denunciar comentário ofensivo

  • CARLOS (SAO PAULO) - 19/02/2015

    Li alguns comentários sobre a guarda do sábado. Nao ha razão para irracionalidades, nem para verbalizaçoes grotescas e impuras, odiosas afirmativas contra religioes, por causa de um artigo da Lei de Deus, nesse caso o sábado. Sou estudioso da Palavra de Deus. Leio a Biblia continuamente. Anoto tudo o que me interessa para minha salvação. Nao sou exemplo para ninguem. Sou um pobre e humilde cristão que busco com toda minha fé conhecer e respeitar o que Deus determinou. No caso do sábado, li e entendi no Novo Testame... Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Petrolina - PE) - 19/02/2015

    E se eu mudar a pergunta: Baseado na Bíblia, nos dias de hoje devemos ou não guardar o domingo? O domingo é um dia santo? É lícito trabalhar no domingo? Transferir o "conteúdo do preceito do sábado para o domingo" não equivale a manter um dia como santo? É errado ter folga no sábado? Ou dedicá-lo a Deus, já que eu tenho o sábado livre? Devo evitar descansar ou cultuar a Deus no sábado para não invalidar a morte de Cristo?Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 19/02/2015

    Em resumo, pecado não deixa de ser transgressão! Iniquidade! Se João disse que pecado é transgressão, deve haver algum código penal no Evangélio para que seja conhecido ou manifestado um eventual DEVEDOR..."""""Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; Gálatas 2:19-20"""""È muito simples: Por que Paulo está MORTO PARA A LEI? Essa resposta está no verso 17: """"""" Pois, se nós, que procuramos ser justificados ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 18/02/2015

    Saudações ao irmão Eddie (Itabatam) É de significativa importância a compreensão do homem do seu bem maior (O celebro) onde se armazena e processa a sabedoria humana, o cuidado com a língua é uma advertência para as armadilhas do coração cheios de maus desejos como sugeriu o diabo na tentação de Jesus dizendo que a seus anjos daria a ordem de apara-lo com as mãos, pois suspeitou que a vontade de Jesus seria a de voar livremente Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/02/2015

    Estou de pleno acordo com a tua colocação, Eddie. A dedicação de um dia da semana em favor de uma comunhão mais profunda com Deus não fere nenhum princípio da fé cristã, o que fere é sugerir que algum livro do NT impõe a observância de dias de guarda aos cristãos (Ver Cl 2,16). Não questionamos o direito que as comunidades religiosas têm de optar pela intensificação de suas atividades religiosas nesse ou naquele dia, mas sim o de fazer dessa uma questão fundamental à fé cristã, pois nenhum livro cristão escrito às ... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 18/02/2015

    Graça e Paz irmãos Ad (Aracruz), Dbonfim (Jaguari) e Walter Monteiro (São Paulo). Le algum de seus comentários, apesar de já ter feito um no mês passado sobre o referido item, mais uma vez o disponibilizarei neste embate. Tratando sobre a guarda de dias acredito no exposto em "Romanos 14:5" e "Gálatas 4:9-10". Pois boa coisa é quem reserva um dia em especial para o Senhor, a sua Obra, livre de qualquer obrigatoriedade ou força de uma Lei já extinta, pois vivemos na sua Graça. A situação muda e passa ser um problema... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 18/02/2015

    Não sei o que passa nas Cabeças desses BOSTETICOS RELIGIOSO que estão postando esses comentários que DEFENDEM POSICIONAMENTO DAS SUAS DEFINIDAS RELIGIOES. A mensagem do MESSIAS foi simples e objetiva. Mas esses aqui Dbonfim- Walter sei lá das quantas e outros Bosteticos Religiosos estão sempre colocando " Fardos " para as pessoas. Deviam ter vergonha do que estão fazendo. Sábado ou Não? ? E o que o Salvador Ensinou?? Cambada de Bosteticos Religiosos. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/02/2015

    “Porque te lembrarás que foste escravo na terra do Egito, e que o Senhor teu Deus te tirou dali com mão forte e braço estendido; POR ISSO o Senhor teu Deus te ordenou que guardasses o dia de sábado” (Dt 5,15). Desse texto, os adventistas preferem esquecer, pois nele fica claro porque na Antiguidade só povo de fé israelita guardava o sábado. Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 18/02/2015

    'LEMBRA-TE'...sem mais.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 18/02/2015

    Todo aquele que ficar preso na rede/velho testamento, fara de si judeu, crer que este povo é o povo escolhido por Deus, para guardar suas leis é outra história, mas Jesus disse a Pedro: siga-me e eu ti farei pescador de homens, e a todos que de alguma maneira buscaram Jesus, este os interrogou que queres que eu vos faça? E depois disse seja feito conforme a tua fé, ou tua fé te salvou, Jesus nunca disse eu curo, ou eu faço, ele sempre evidenciou o fato de um milagre ao comportamento do sujeito em procurar o conheci... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 18/02/2015

    Em todas as minhas postagem, fiz questão de tomar o máximo de cuidado para não sair fora do texto que é, se deve ou não guardar o sábado nos dias de hoje, e para um bom entendedor: existe confiança para não fazê-lo, ou estamos cercados de cobras e escorpiões, guardar ou não, cabe ao entendimento de cada um, quanto aos seus bens Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 18/02/2015

    Walter Monteiro para com essas Idéias. Aqui não é nenhum Laboratório. Apocalipse? João? Empresas? Virose? ? Meu amado ELE somente disse assim; IDE e ENSINAI. IDE E ENSINAI. O QUE? ? A MISSÃO É SIMPLES MEU AMADO. IDE E ENSINAI MAS VOCÊ FAZ O QUE? ? COMPLICA?? AMADO SOMENTE PASSAR A MENSAGEM DO MESSIAS. PARA COM SUAS IDIOTICES RELIGIOSAS. JÁ CHEGA " SEO ABESTALHADO ". Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 18/02/2015

    11º Nas visões apocalípticas de João ele evidencia a criação de um recurso muito mais sofisticado que o atual computador, que é acometido de viroses e toda sorte de impurezas, e este novo e excelente recurso está preste a ganhar vida, em linguagem bíblica, o nome deste recurso é /*#*/&*/=?8 Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 18/02/2015

    10º Tanto no governo como nas empresas se pratica o sigilo empresarial, com o protesto de que se não for assim outros roubariam a ideia passando à frente no que se refere a lucros ilícitos, até certa forma com razão, deve se cumprir as leis dos homens, mas as leis são para os desonestos/gananciosos inescrupulosos amigos do alheio, aos que não são, prefere criar/dar vida suas próprias ideias, indiferente aos projetos criado por imediatos Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 18/02/2015

    9º Estar vivendo no paraíso, significa estar sem responsabilidades obrigatórias da própria existência, a isto se refere deixe vim a mim as criancinhas, delas é o reino do céu, isto se dá tanto ao novo ser humano/bebê como as novas ideias; novas palavras, novo caminho, biblicamente quem mais inspirou as novas gerações foi João, com suas visões de avançadas tecnologias e evolução humanas da área sonora, televisiva, transporte aéreo e espacial dos dias atuais em que vivemos cada vez mais a era robóticaDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 18/02/2015

    8º Toda história bíblica é espiritual/inspiração; foi escrita por anciões relatando todos os acontecimentos e reações de seus sentimentos diante de cada novo problema/dificuldade que surgia no dia/dia pela falta de recursos técnicos para empregar em tudo que a sobrevivência requeria quer fosse intelectual, vestuário, alimentação, saúde e orientação para criar mecanismos que asseguraria a perpétua continuação da espécie no planeta, como sabemos a criança não tem noção das necessidades básicas da sobrevivênciaDenunciar comentário ofensivo

  • Alex (Potim) - 17/02/2015

    Não é necessário guardar porque Jesus não guardou ! João 5:18 ...Sendo Jesus aquele a quem Ele mesmo pediu para imitá-lo não guardou, por que vou guardar ??? Se fosse pra guardar Jesus como exemplo teria guardado... Jesus jamais ensinaria algo que não fez !!! Jesus não é do tipo "faça o que eu digo, não faça o que faço". AGORA QUEM QUISER VIVER A LEI E NÃO GRAÇA, FIQUE A VONTADE ! somos livres.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/02/2015

    Sr. Clodoado, boas colocações acerca das investidas de Ellen White para fixar seu credo. É notável e notório como aquela teóloga (que os adventistas chamam de profetisa) não se continha em plagiar até as formas de expressão bíblicas, adaptando-as às suas convicções, informando fatos que os autores bíblicos simplesmente ignoram, como por exemplo associar a salvação à guarda do sábado. Exemplo: quem não percebe a “inspiração” de Ellen White para a seguinte colocação: “Perguntei (ao anjo) quem era aquela multidão. O A... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 17/02/2015

    7º Eu particularmente, desconheço ter havido em toda história literária de bom nível, qualquer autor que tendo pretensões de realizar uma boa obra escrita, que não tenha buscado na bíblia, uma certeza de como vincular todos os recursos disponíveis de uma boa escrita, como pontuações, sinais gráficos e tipográficos, para convicção de que o leitor possa usufruir de um requintado trabalho de observação e dedicação a boa obra , recebendo com fiel exatidão o desejo do autor, de passar uma informação exata do sucedido/cr... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 17/02/2015

    6º Amigos a fé é a certeza de que o que falamos/plantamos hoje, vai se tornar amanhã em realidade, é a semelhança do homem com Deus, o passado o próprio nome já diz passado/colhido não voltara, está morto/encerrado o amanhã é boas novas, germinação de nova semente, cumpre-se a lei, torna para mim e eu me tornarei para vóis outro, e como eu já disse os estudos não é privilégio/não nasce conosco é uma obrigação busca-lo se formar e obter conhecimento, é sem dúvida honrar a Deus e seu filho Jesus Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 17/02/2015

    5º Não faz nenhum sentido, ficar citando números de capítulos e versículos com intenção de probabilidade da verdade, se os próprios autores dos textos já disseram que toda a escritura original foi mudada em seu verdadeiro conteúdo textual, se alguém disser que textos milenares não são verdadeiro, de que adianta este afirmar que um novo e atual sobre este é a verdade, afinal se quem viu mentiu, quanto mais nós que nada vimos Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 17/02/2015

    4º Lembra-te do dia de sábado, para o santificar/afirmar, dos seis passados e guardar a sua boca de, na presença de Deus não dizer o que não deve/se condenar, atendendo o que foi dito, ``Não deixe que sua boca o condene´´ dia de descanso/contemplação, no sábado é para divindade, para os humanos já tem todos os dias, períodos noturno, em que suas energias são recompostas, o sábado não significa uma porta de entrada, mais sim uma de saída, ou não seria final de semanaDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 17/02/2015

    3º Guardar ou não o sábado!!! já no antigo testamento disse Deus, não guarde para amanhã o que lhe dou pro dia de hoje, que este lhe trará os seus cuidados, basta pro amanhã o seu próprio mal, o senhor Deus não repetiu no final do sábado, o mesmo que repetiu em todos os outros dias ``E viu Deus que era bom´´ portanto o dia de SÁBADO, a despeito de muitos não foi, nem é selo, ou melhor não foi selado como ``bom´´ pelo seu criadorDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 17/02/2015

    2º O campo de batalha é o mesmo que o rei Nabucodonosor, teve de enfrentar por auto se proclamar poderoso/glorioso a espada do relato bíblico é a língua e o que Deus pediu naquelas circunstâncias foi para os homens de conhecimento divino/sabedoria, intervisse no avanço da ignorância/trevas daquele povo em questão e lhes despontasse o verdadeiro sentido da vida, ou melhor, sem Deus não há diferença entre homens e animais, viverão de instinto/rosnadoDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 17/02/2015

    1º Há um grande equívoco cinematográfico, das interpretações bíblicas do antigo testamento, em que são evidenciadas cenas de lutas de ``espadachins´´ como se fossem homens de Deus tirando vidas de inocentes mulheres, crianças e bebês, com derramamento de sangue em campos de batalha, o que não é verídico, este fato também evidencia o senhor Deus, supostamente ordenando matança de sua criação/povo, se seguirmos o raciocínio ``violência gera violência´´ teríamos um Deus violento, fato que não se encaixa no caráter de ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 17/02/2015

    2). Caro senhor Luciano, os chatos não conseguem desfrutar a felicidade com os outros, nem uma pessoa saudável pode ser amiga de uma pessoa intolerável. Esta casta não consegue viver descontraída e venturosa, pois sua rabugice a torna implicante por índol. Arrogante, murmurador, inoportuno, crítico e fofoqueiro, encarna todas as evidências de uma pessoa intolerável e intolerante. É muito comum julgarmos os outros por aquilo que somos. “Portanto, és INDESCULPÁVEL, ó homem quando julgas, quem quer que seja; porque,... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 17/02/2015

    1). Caro senhor Luciano - Natal - Já lhe repassei os textos bíblicos em 19.01.2015. Outra detalhe, respetável senhor, não tenho prazer e não vou dialogar com quem não respeita ningém. Teria imenso prazer em dialogar se o senhor fosse uma pessoa educada. A Bíblia diz que a boca só fala do que o coração está cheio, no seu caso seria bom procurar um cardiologista , pois se espalhar o que está no seu coração poderá ocorrer uma infecção generalizada.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 17/02/2015

    2). Sr, Antônio de Mello. Crie coragem, seja homem, confronta com a Bíblia as mentiras como: “Santificar o Sábado ao Senhor importa em salvação eterna”. - Testemunhos Seletos, vol. III pág.22, EGW ed.1956).“Foi-me mostrada então uma multidão que ululava em agonia. Em suas vestes estava escrito em grandes letras: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Perguntei (ao anjo) quem era aquela multidão. O Anjo disse: Estes são os que já guardaram o sábado e o abandonaram” - Ellen G White, Primeiros Escritos, Ed... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 17/02/2015

    1). Caro sr. Antônio de Mello, continua o mesmo, entra ano e sai ano, mas na realidade o senhor Antõnio, tem medo da sua falsa e mentirosa profertiza, pois é coagido, por ela, a guardar o sábado para não perder a salvação, e o pior, o senhor continua crendo e acreditando nas mentiras de Ellen, pois duvidar de seus escritos é estar em trevas (Testemunhos Seletos, vol. II, pág.291) e a compreensão de seus escritos decidirá o destino das almas (Primeiros Escritos, p. 258). HERESIA PURA. Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 17/02/2015

    Agora Clodoaldo se voce me repassar OS TEXTOS BÍBLICOS que falam desse Nome Jesus - podemos Discutir. Mas sabendo que Bíblia foi Roma que FORMALIZOU e isso é Fato. Temos ESCRITURAS e temos BIBLIA. O Nome pelo qual Devamos sermos Salvos? ? Clofoaldor qusm de o Nome ao Filho é o Pai - João 17?? Clodoaldo você deve ter ou não um Pai biológico? Duvido que o nome dele não faço parte do teu , e assim com teu filho. O Nome do nosso Salvador levaria também o Nome do Pai?? O teu problema é que tu fo... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 17/02/2015

    Clodoaldo pelo menos você tem coragem de se pronunciar. Agora não entendo o que tem haver um Personagem Hebreu chamado pelo Nome de YAHUSHUA cpm esse outro personagem Criafo Mais de Mil anos depois chamado pelo Nome de Jesus . Alias antes esse era o Iesou? ? Nunca houve nenhuma explicação para Mentira. Clodoaldo eu Creio " Segundo o Hebreu" não Creio segundo o Romano. Chamar voce de BOSTETICO RELIGIOSO é até um Enorme Elogio para você. O MESSIAS NÃO POPOU PALAVRAS PARA ESSES TIPO DE PESSOAS IGUAIS A VOCÊ ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 16/02/2015

    Caro sr. Luciano, ainda não disse nada sobre a nossa postagem de 29.01.2015, respondendo a sua indagação de que não crê no nome de Jesus e aí? Leu os textos bíblicos? Segundo eles o senhor tem um problemão. Parece que o senhor ainda não entendeu, Combata os argumentos e não a pessoa que argumenta. Ficar xingando não nos abala e só nos prova que sua falta de argumentos é nossa certeza de seu erro. mas o modo como o senhor nos trata, é um reflexo direto de como o senhor se sente consigo mesmo. O senhor é quem vive ... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 16/02/2015

    Eu tinha esquecido do Antônio de Meca. Agora forma-se O QUARTETO FANTASTICO. DOS BOSTETICOS RELIGIOSOS. rssssss. Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 16/02/2015

    Dbonfim - Alex Poutino - Clodoaldo etc. .. Amados vocês não acham que já foram longe demais? ? O que vocês querem? ? Guardar ou Não Guardar o Sábado vai colocar alguém Salvo ou não Salvo? ?? Senhores deixem de tantas RELIGIOSIDADE. Não interessa sr Guarda pu não Guarda o Sábado. Vocês com essas questões estão sendo VERDADEIROS BOSTETICOS RELIGIOSOS. UNS ABESTALHADOS RELIGIOSOS apenas isso é o que os Senhores citados são. Colocam aqui toda as suas IDIOTICES RELIGIOSAS. DESFILAM PALAVRAS E TEXTOS PARA SE... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/02/2015

    5. Em suma, se pecado fosse só a transgressão dos 10 mandamentos, Abraão estaria perdido, conforme a ideia adventista acerca de Tg 2,10, porque em Gn, além de nunca se falar de Abraão guardando o sábado, o que se vê são dois relatos de falso testemunho e mais um de adultério. Ainda bem que os autores do NT não conheceram as interpretações de Ellen White para Tg 2,10, senão, falaríamos de Abraão como “pai do pecado”, não da fé. Sorte que a sanidade de muitos grupos permite entender o óbvio, Gn 26,5 fala de mandados ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/02/2015

    4. Se é dos 10 mandamentos que Gn 26,5 fala, como pode Abraão ter prestado falso testemunho e adulterado, se ele, segundo ensina White, guardava os 10 mandamentos? Não precisa ser PHD em Escritura, nem teólogo para perceber a furada whiteana nesse caso, basta conhecer a narrativa de Abraão. Eu imaginava que o senhor a conhecesse, mas pelo jeito, o senhor só lê de Gn os textos soltos indicados nos estudos direcionados adventistas, que não costumam estimular visão do todo, mas apenas de partes, para que assim, esses ... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/02/2015

    3. Ora, se é dos 10 mandamentos que se fala em Gn 26,5, e que por isso, Abraão na concepção de Ellen White, observou o sábado, já que esse texto, SUPOSTAMENTE fala de um Abraão zeloso pelo Decálogo, seriamos forçados a concluir pela mesma lógica de raciocínio, que esse Abraão nunca prestou falso testemunho, nem adulterou APÓS ter sido chamado por Deus. Porém, todo mundo sabe que essas transgressões à Lei dos 10 mandamentos, ele cometeu – e em alguns casos, até reincidiu no pecado. Ou seja, como conciliar a interp... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/02/2015

    2. Partindo desse teu pressuposto, já que costume adventista citar Abraão na qualidade de “fiel” seguidor dos dez mandamentos (normas que ele, na narrativa, nem conhecia, diga-se de passagem), seguindo essa tua tese, se é mesmo dos 10 mandamentos que se fala no texto HEBRAICO de Gn 26,5, isto é, se ali se fala de um Abraão que cumpre os 10 mandamentos, como explicar que o próprio livro de Bereshit (Gênesis) trata de um Abraão que comete adultério (segundo a compreensão moral que se tem do que é adultério), além d... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/02/2015

    1. É ao contrario, caro sr. Antônio, nada de pessoal (como até pode parecer). Mas entra ano e sai ano e o senhor simplesmente tira conclusões de textos mal aplicados, carentes de compreensão terminológica e extremamente dependentes da língua portuguesa, como se os textos bíblicos tivessem sido escritos nesse idioma. E pior, não consegue levar à frente nem mesmo uma tese da tua igreja, quando estimulado, só para não ter de reconhecer a fragilidade dela. Exemplo: o senhor vive a dizer que pecado é a só a transgressão... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/02/2015

    1. É ao contrario, caro sr. Antônio, nada de pessoal (como até pode parecer). Mas entra ano e sai ano e o senhor simplesmente tira conclusões de textos mal aplicados, carentes de compreensão terminológica e extremadamente dependentes da língua portuguesa, como se os textos bíblicos tivessem sido escritos nesse idioma. E pior, não consegue levar à frente nem mesmo uma tese da tua igreja, quando estimulado, só para não ter de reconhecer a fragilidade dela. Exemplo: o senhor vive a dizer que pecado é a só a transgress... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 16/02/2015

    Entra ano e sai ano e os ""Teólogos"", ""PHDs"", ""Pós Graduados"", ""Bachareis "", D Bonfim e Crodoaldo, continuam FALANDO AGUA. rsrsrsrsrsrs....Como que JESUS NÃO GUARDOU O SÁBADO, se PECADO É TRANSGRESSÃO DA LEI....rsrsrsrsrsrs..... Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é transgressão da lei. 1 João 3:4Denunciar comentário ofensivo

  • Alex (Potim) - 16/02/2015

    Não é necessário guardar ! Pois Jesus não guardou, "SE FOSSE PRA GUARDAR JESUS JAMAIS TERIA QUEBRADO O SÁBADO", Jesus não teve falha alguma sobre seu andar andar sobre a terra, aqueles que diz que devemos guardar o sábado, está dizendo que Jesus pecou !!! pois Jesus não guardou o sábado, inclusive permitiu que os discípulos não guardassem, assim como alguns do povo ! Queriam inclusive matá-lo por causa disso !!! João 5:18 !!!Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 16/02/2015

    6). Se o pecador pudesse obter vida pela lei, a lei não seria perfeita, ou então ele não seria pecador. É impossível que o pecador possa obter vida por meio de uma lei perfeita, porque, embora seja perfeita, tem de condená-lo: a sua perfeição absoluta manifesta e sela a ruína e condenação do homem. "Por isso, nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado" (Rm 3:20). O apóstolo não diz que o pecado é pela lei, mas somente que por ela vem o conhecimento do... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 16/02/2015

    5).A Lei Condena o Pecador. É, portanto, claramente impossível que alguém possa obter a vida e a justificação por meio daquilo que só pode amaldiçoá-lo; e a menos que a condição do pecador e o caráter da lei sejam inteira¬mente alterados, a lei não pode fazer mais que amaldiçoá-lo.A lei não é indulgente com as fraquezas, e não reconhece a obediência sincera, embora imperfeita. Se fosse este o caso, não seria aquilo que é, "santa, justa e boa" (Rm7:12). É justo que o pecador não possa obter vida pela lei porque a le... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 16/02/2015

    4). Se eu fizer descer sobre um muro tortuoso um prumo, o prumo mostra a tortuosidade, mas não a altera. Se eu sair numa noite escura com uma luz, esta revela-me todos os obstáculos e dificulda-des que se acham no caminho, mas não os remove. Além disso, o espelho, o prumo, e a luz não criam os males que revelam distintamente: nem os criam nem os afastam, apenas os revelam. O mesmo acontece com a lei: não cria o mal no coração do homem nem tampouco o tira; mas revela-o com infalível exatidão."Que diremos pois? É a l... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 16/02/2015

    3). O Propósito da Lei de Deus. A verdade é que, como nos ensina o apóstolo, a lei veio para que a ofensa abundasse (Rm5:20). Isto mostra-nos claramente o verda¬deiro objetivo da lei: veio a propósito para que o pecado se fizesse excessivamente maligno (Rm 7:13). Era, em certo sentido, como um espelho perfeito enviado para revelar ao homem o seu desarranjo moral. Se eu me puser diante de um espelho com o meu vestuário desarranjado, o espelho mostra-me o desarranjo, mas não o põe em ordem. Denunciar comentário ofensivo

  • Alex (Potim) - 16/02/2015

    Não é necessário guardar ! Pois Jesus não guardou, porque vamos guardar ????????? Jesus inclusive permitiu que os discípulos não guardassem, assim como alguns do povo ! Queriam inclusive matá-lo por causa disso !!! João 5:18 !!! Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 16/02/2015

    2). Deus não manifes¬tará aquilo que é, nem revelará os segredos profundos desse amor que enche o Seu coração? Não existe nada mais no coração de Deus senão exigências e proibições severas"? Se fosse assim, teríamos de dizer que "DEUS É LEI" em vez de dizermos que " DEUS É AMOR". Porém, existe muito mais em Seu coração do que jamais poderão expressar os "Dez Mandamentos. Se quererermos saber o que Deus é, devemos olhar para Cristo; "porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade" (Cl 2:9).Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 16/02/2015

    1). A Lei mostra-nos o que o homem deveria ser; enquanto que a Graça demonstra o que Deus é. Como poderão, pois, ser unidas num mesmo sistema? - Como poderia o pecador ser salvo por meio de um sistema formado em parte pela Lei e em parte pela Graça? IMPOSSÍVEL: ele tem de ser salvo por uma ou por outra. Se considerarmos os Dez Mandamentos como a expressão do pensamento de Deus, então perguntamos, não há nada mais no pensamento de Deus senão "farás" isto e "não farás" aquilo? Não há Graça, nem misericórdia nem bond... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 16/02/2015

    Seria muito bom se, ``toda´´ humanidade tivesse conhecimento, do significado da apresentação do Senhor Deus a Moisés, ``Eu sou o que sou´´ este conhecimento tem o poder de mudar toda uma história de vida, seja qual for a situação desta, ser acadêmico, universitário, facultativo, possuir curso de teologia, bacharelado, pastorado, doutorado, mestrado e cursos de idiomas, não é privilégio, mas sim uma questão de escolha, afinal a ``Bíblia´´ está nas mãos do homem de bom animo, lembrem-se do conselho (Meu povo sofre po... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 16/02/2015

    Fraternidade é um termo oriundo do latim frater, que significa "irmão". Por esse motivo, fraternidade significa parentesco entre irmãos. A fraternidade universal designa a boa relação entre os homens, em que se desenvolvem sentimentos de afeto próprios dos irmãos de sangue. Fraternidade é o laço de união entre os homens, fundado no respeito pela dignidade da pessoa humana e na igualdade de direitos entre todos os seres humanos. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 15/02/2015

    5ºNinguém pode ler a última mensagem escrita na pedra que tapava a sepultura de Jesus, se não passar pela morte/fim do tempo, foi dito a João não escreva isto, não é pra agora, mas pra um tempo ainda distante; mas quando esta foi interpelada por Jesus em questão de tempo que isto duraria, a resposta foi `` dois mil´´ Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 15/02/2015

    A grande rede bíblica sustenta que toda a humanidade depende da interpretação bíblica, mas sugere que a trave do olho é o grande obstáculo para muitos, que acreditando que a inocência/ignorância pode salvar, esquecendo que foi dito ``Eu dou a cada um segundo sua capacidade´´ Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 15/02/2015

    O Walter Monteiro, o Dbonfim, ambos RELIGIOSOS e nas suas Justificativas Religiosas ficam rebuscando UM MONTE DE MERDAS RELIGIOSAS para se justificarem suas personalidades ou os seus conhecimentos acadêmicos religiosos. Enchem o comentario com MONTE DE BOSTAS oriundas dos seus aprendizados. A Mensagem que o Messias deu foi tão fácil de repassar, mad esses SUJEITOS RELIGIOSOS dificultam tudo. O Tema é GUARDAR O SÁBADO? ? SIM OU tNÃO? ? SE EU NÃO GUARDAR O SÁBADO NÃO SEREI SALVO?? SE POSSO SER SALVO SEM GUA... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 15/02/2015

    3ºJesus por sua vez, disse este é o meu corpo que é repartido por vós, como aliança eterna, o pão da vida; escrita puramente católica, adaptada sobre a palavra do partir do véu do templo no exato momento da suposta morte de Jesus o Cristo, e todos nós sabemos que repartir significa ``alongar´´ suposta morte porque o velho testamento era alheio e inocente a escolha humana Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 15/02/2015

    2ºEstes rituais tinham caráter puramente gananciosos e pretensões adversas, a realidade de cada um, e isto ainda hoje tem acontecido na grande maioria da sociedade mundial, a bíblia sugestiona que além das escrituras sagradas não há outro ensinamento capaz de conter os maus desejos humanos, e o sábado que para muitos significa o selo/cabeça de Deus entre linhas é o que se deve guardar Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 15/02/2015

    1ºEm certas ocasiões no passado com a evolução humana em crenças, houve época que se acreditava que rituais a deuses em certo dia da semana era sinônimo de um amanhã melhor, ou que este evento mudaria para melhor, caso houvesse alguma suspeita de infortúnio, e como se acreditava que o sábado era santo, tinha tudo a ver com a sorte, já que está escrito ``e eu mudarei a tua sorteDenunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/02/2015

    4. Se os cristão do NT falam de “Lei” isso se dá porque nos círculos judaicos a Lei (Torah, não os 10 mandamentos) era tida como a parte mais importante da Escritura (o que não quer dizer que para tudo escrito nela os cristãos se viam obrigados a seguir). O adventistas, educados a pensar que Lei e 10 mandamentos são a mesma coisa, sempre citam textos do NT e do AT em que se fala de “Lei” imaginando que esses se referem aos 10 mandamentos. E pior é que seus teólogos se aproveitam dessa ignorância deles para empurrar... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/02/2015

    3. Nunca o sábado é tratado como assunto cristão, e as ocorrências no NT acerca do sábado sempre o colocam em segundo plano. Nas cartas que eram enviadas às Igrejas, nunca se fala em favor da guarda de dia algum. Pelo contrário, iniciativas nesse sentido, geralmente são desaconselhadas. Se hoje os adventistas falam tanto em favor do sábado, não o fazem embasados em alguma orientação neotestamentária, mas nas interpretações de Ellen White que os faz imaginar que a guarda do sábado era assunto capital para os cristão... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/02/2015

    2. Custa entender que a guarda do sábado não é ensinada em nenhum livro do NT como exigência à fé cristã? O sábado somente aparece no NT porque o cristianismo teve origem em círculos judaicos, onde se guardava o sábado era um distintivo do povo judeu em relação aos gentios. Uma distinção inócua para a Igreja, porque ao contrário do povo da Antiga Aliança que fazia questão de se distinguir dos gentios, o povo do NT os recebe, sem lhe impor circuncisão e observância de lei que nunca o povo da Antiga Aliança aceitaria... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/02/2015

    1. Em qual dos livros do NT os sabatistas se inspiraram para falar tanto que a Igreja deve guardar o sábado? Em qual livro do NT lemos orientações aos gentios convertidos ao cristianismo para que observem a guarda do sábado? Não vemos nenhum autor do NT exaltando o sábado, ao contrário dos adventistas. Melhor seria que esses últimos se confessassem judeus atrelados à Antiga Aliança e suas exigências que cristãos empenhados por elevar o que realmente a Nova Aliança apresenta como indispensável à vivência da fé crist... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 15/02/2015

    5). Concluindo, Sr,. Rogério, Mas antes que viesse Cristo, estávamos sob a tutela da Lei e nela encerrados, para essa fé que de futuro HAVERIA DE REVELAR-SE (JESUS CRISTO); De maneira que a LEI, dada no Sinai, nos serviu de aio(mestre, professor) para nos conduzir a Cristo…, Mas vindo a fé – CRISTO – JÁ NÃO PERMANECEMOS SUBORDINADOS ao aio. … Em Rm. 3.21,22 afirma que a Lei foi substituida por Cristo; e em Hb. 7.12 afirma que houve mudança de Lei; e Hb. 8.13: Quando Ele diz Nova (Aliança do sangue de Cristo), to... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 15/02/2015

    4). O senhor Rogério, alega que chegou a dedução de que o Senhor Jesus não deixou suficientemente claro o que deveria ser feito com as leis antigas, nem com a circuncisão, nem com o sábado. Ora, basta ler Lucas 16.16 que é o próprio Senhor Jesus quem afirma que A LEI E OS PROFETAS VIGORARAM ATÉ JOÃO (o batista); desde esse tempo vem sendo anunciado o Evangelho do Reino de Deus… O apóstolo Paulo ratifica o fim da Lei em todas as suas cartas: Rm. 10.4: Porque o fim da Lei é Cristo para justiça de todo aquele que cr... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 15/02/2015

    3). Agora, sr. Rogério, veja a conclusão que se chegou o Concílio de Jerusalém: “Pois pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encaergo além destas cousas essenciais: Que vos abstenhais das cousas sacrificadas a ídolos, bem como do sangue , da carne de animais sufocados e das relações sexuais ilícitas; destas cousas fareis bem se vos guardardes. Saúde. v. 23.29. NENHUMA PALAVRA SOBRE A LEI E O SÁBADO. Alguma dúvida se a Igreja de Cristo, composta por judeus e gentios, é para continuar guardando... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 15/02/2015

    2). Continuando sr. Rogério: Ora, Deus que conhece os corações lhes deu testemunho, concedendo o Espírito Santo a eles (gentios) , como também a nós (judeus) nos concederá. V.8. e NÃO ESTABELECEU DISTINÇÃO ALGUMA entre nós (judeus) e eles (gentios)…v.9. Observou sr. Rogério? ESTA É A IGREJA DE CRISTO, onde não há diferença entre gentios e judeus. Mas Pedro ainda diz: Agora, pois, por que tentais a Deus, ´pondo sobre a cerviz dos discípulos(judeus e gentios), um jugo (A Lei, o sábado…) que nem nossos pais pudera... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 15/02/2015

    1). Caro sr. Rogério Dias – Palotina PE. Com todo o respeito e reverência a sua pessoa, peço licença para lhe mostrar, atavés do cap.15 de Atos, que o Concílio da Igreja de Jerusalém não se referiu exclusivamente sobre os gentios, como alega, mas sim, sobre judeus e gentios convertidos ao Evangelho da Graça de Deus, sobre o tema circuncisão e Lei de Moisés. A seguir At. 15.5, o texto diz que insurgiram-se entretanto, alguns da SEITA DOS FARISEUS (Judaizantes), que haviam CRIDO, dizendo: “É necessário circ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    O amor principal ingrediente do primeiro mandamento, é a mais forte aliança entre Deus e seus filhos, se você lê algo que o constrange, e se o próprio Deus diz que não vos enganeis tudo que é bom vem de Deus, o que constrange não vem dele, não há como aceitar como substancia de amor e dedicação vocacional, veja Coríntios:13 4-7 e Pedro 4:8 Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    Quando alguém pega uma bíblia, só o ato de pega-la já é a indicação de que algo deve ser mudado, este algo sabemos que é o caminho e para ser justo, mudar um caminho para um irmão/próximo, significa semear, pois é certo que este terá necessidade de sustento ao longo de uma nova jornada, e o conselho sábio é ``faça ao homem o que você quer que vos faça, portanto se semearmos, como um pai semearia para um filho, teremos a certeza de estar fazendo o que é bom e justo, perante Deus e os homens Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    continuando do post anterior...... Para dar continuidade, já que eu fui o último a postar algo relacionado com o tema, peço, por gentileza que releia os meus últimos comentários e, se tiver algo a comentar, sinta-se livre, como eu me sinto, para postar qualqer observação, opinião, ou lançar um novo argumento. Paz.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    Walter Monteiro, não sei se percebeu, mas.... você mesmo foi quem interrompeu a continuidade do assunto em questão, quando postou, intencionalmente, vários comentários que não tinham sentido com o tema. Usando as suas próprias palavas, você não honrou a opinião dos demais, quando fez isso. Você desconsiderou que, em cada opinião diversa, em cada argumento, de cada comentarista, está um desejo de prover orientação e conhecimento.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    Todos sabemos que honrar quer dizer fazer o mesmo, dar continuidade, se os amigos estiverem disposto a isto; certamente, usando da autoridade que nos é permitida pelo filho do ``Altíssimo´´ poderemos não só opinar, mas orientar, aqueles que buscam um maior/melhor conhecimento sobre o ``Sábado´´ e seu Senhor deixando de praticar discussões inúteis Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    ? E ele, respondendo, disse-me: Este é o Filho do Homem a quem pertence a justiça, com quem habita a retidão, e que revela todos os tesouros do que está oculto, pois o Senhor dos Espíritos o escolheu, aquele que tem a grande preeminência diante do Senhor dos Espíritos em eterna retidão”.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    E lá eu vi Aquele que era o Início dos Dias, e Sua cabeça era branca como a lã e com Ele estava outro ser cujo semblante tinha a aparência de um homem, e seu rosto estava cheio de bondade, como um dos anjos sagrados. E perguntei ao anjo que foi comigo e me mostrou todas as coisas ocultas, sobre esse Filho do Homem, quem ele era, e onde ele estava, (e) por que ele acompanhou o Início dos DiasDenunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    Walter Monteiro, me desculpa perguntar, mas... o que você está fazendo?Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    “No vigésimo quarto dia do primeiro mês do ano eu estava na beira do grande rio Tigre, quando levantei os olhos e olhei e eis que, havia um certo homem vestido de linho, cuja cintura estava cingida com um cinto de ouro puro de Ufaz. O corpo dele também brilhava como berilo, seu rosto tinha a aparência de um relâmpago, seus olhos eram como tochas acesas, os braços e os pés brilhavam como o bronze polido e o som de suas palavras como o som de uma multidão”.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    O termo רַבִּי (rabbi), que geralmente significa “meu professor”, tem significados muito mais profundos e sua origem pode ser traçada até os tempos bíblicos.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    Em outros momentos, a palavra רַב (rav) significa autoridade. No Hebraico antigo, רַב בַּיִת (rav bayt) foi utilizado para a governanta e רַב הַחֹבֵל (rav hachovel) para o capitão de um navio. Em Daniel 2:28, o Rei Nabucodonosor promoveu Daniel e o transformou em רַבִּי (rabbi), Aramaico para “governador, administrador ou chefe”.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    Geralmentes רַב (rav) é uma medida e tem que ver com quantidade numérica ou duração. Na Torá, a nuvem de presença divina pairou sobre o tabernáculo por יָמִים רַבִּים (yomim rabim) “muitos dias” (Núm. 19:19). Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    רַבִּי (Rabbi) vem da palavra Hebraica רַב (rav) que significa “muito, vários, numeroso ou notável” e a letra yud (י) no final é o sufixo possessivo “meu”. Então podemos traduzir רַבִּי (Rabbi) literalmente como "meu notável"Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    DEPOIS DISSO, observe que em Gálatas 2:1 a 3, APÓS CATORZE ANOS DE MINISTÉRIO o assunto 'circuncisão' ainda é discutido entre eles. E ainda, neste mesmo capítulo, versos 7 e 9, vê-se que Pedro, junto com Tiago e outros cooperadores, continuou a pregar a Cristo, a nova aliança, a ainda asssim a circuncisão, e provavelmente manteve a observância do sábado.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    Apesar da reunião no primeiro dia da semana (aliás, com que frequência aconteceu?), alguns apóstolos, senão todos, sendo judeus, mantiveram o hábito de ir à sinagoga aos sábados: Atos 13:14, Atos 13:42 a 49, Atos 16:12,13, Atos 17:1 a 3, Atos 17:17, Atos 18:1 a 5, Atos 18:11. Além disso vemos em Atos 16:1 a 3 que Paulo realizou a circuncisão de um certo discípulo judeu (não era gentio)chamado Timóteo.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    1- Para simplificar, você simplesmente pode se perguntar: Segundo a bíblia, sou judeu ou sou gentio? Depois, pode ir até o livro de Atos, no capítulo 15, e investiga sobre o debate registrado lá. Perceba que, ao final da discussão, a decisão deles se refere exclusivamente aos gentios, não aos judeus. Observe, também, que o sábado fica subentendido como lei de Moisés, neste debate. Daí percebe-se que a resolução não tem influência sobre os judeus de nascença convertidos a Cristo, fosse ele fariseu ou não.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    2- Por causa desse registro bíblico, deduz-se que Jesus não deixou suficientemente claro o que deveria ser feito com as leis antigas, nem com a circuncisão, nem com o sábado. Se os judeus deveriam, realmente, abandoná-los ou mantê-los, ou se os gentios deveriam ser ensinados a guardá-las também. Vê-se, neste registro, que foram os próprios apóstolos e anciãos da igreja, Pedro e Paulo e os demais, que tiveram que resolver isso. Parece claro, porém, que eles, sendo judeus, mantiveram a observância tanto da circuncisã... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/02/2015

    Olá caro sr. Antônio de Mello (Londrina). Cuidado com propaganda enganosa e falsa falando de Cristo, pois quando se adentra ao Adventismo, tudo se modifica, a conversa é outra, pois ali, é ensinado e pregado que é o Sábado e não a fé em Cristo que nos leva à vida eterna,No adventismo não é a lei de Cristo que serve de padrão para orientar e guiar o crente, mas o Decálogo que se insere na lei de Moisés. GUARDAR O SÁBADO, PARA O CRISTÃO, É INCORRER EM UM GRAVE PECADO CHAMADO – ADULTÉRIO ESPIRITUALDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/02/2015

    O Novo concerto foi feito lá no Édem, onde Adão depois de ter jogado o perfeito plano de Deus por terra, ao quebrar a LEI de Deus: E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, 17 mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.Genesis 2. 16.......Assim como foi oferecido a Adão e Eva uma nova oportunidade de VIDA ETERNA, esta mesma chance se estende a nós depois de seis mil anos de pecado...Com o evento da mor... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/02/2015

    2). Caro sr. ad(aracruz). Quem está sob a Le, como o sr. ad, É OBRIGADO A GUADAR TODA A LEI, É O QUE ESTÁ ESCRITO! Quem só guarda o sábado, ainda ligth, é TRANSGRESSOR DA LEI! QUEM LHE DISSE QUE A LEI É SÓ OS “DEZ MANDAMENTOS”, “MENTIU, e pior, o sr. ad, ACREDITOU! Outra MENTIRA que lhe ensinaram: Que somente crer não implica em salvação!”, esqueceram de lhe ensinar que todo aquele que crer no nome de Jesus Cristo NÃO SERÁCONFUNDIDO. Entendeu? Os demônios creem porque O conhecem, mas não O receberam como Sal... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/02/2015

    1). Caro sr. ad(aracruz),o sr.está careca de saber que “JESUS CRISTO, O MEDIADOR DO NOVO CONCERTO, NUNCA ORDENOU A NINGUÉM QUE GUARDASSE O SÁBADO; que O SÁBADO FAZ PARTE DE UM CONCERTO OU PACTO ENTRE DEUS E O POVO ISRAELITA E NINGUÉM MAIS.(Êx. 31.12-17); que ESTAMOS EM UM NOVO CONCERTO, O DA GRAÇA; que NO NOVO CONCERTO, SOB O QUAL ESTAMOS, NÃO “EXISTE MANDAMENTO” PARA “GUARDAR O SÁBADO”, EMBORA ENCONTREMOS TODOS OS OUTROS DO DECÁLOGO , mas o medo que tem de sua falsa e mentirosa profetiza, O IMPEDE de aceitar a Gra... Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/02/2015

    Ele Nasceu por Você ........... Ele Viveu por Você .................. Ele Chorou por Você ............ Ele Sofreu por Você............... Ele Se Entregou por Você ...... Ele Morreu por Você ............. Ele Ressuscitou por Você .................. Ele Voltará para Você .........Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/02/2015

    A paixão de Cristo é VOCÊ! Veja que coisa fofa! http://ministeriopessoal.org.s3.amazonaws.com/downloads/ss2015/sermonario.pdfDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/02/2015

    Se desviares o pé de profanar o sábado e de cuidar dos teus próprios interesses no meu santo dia; se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, não pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falando palavras vãs, 14 então, te deleitarás no SENHOR. Eu te farei cavalgar sobre os altos da terra e te sustentarei com a herança de Jacó, teu pai, porque a boca do SENHOR o disse.isaias 58Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 14/02/2015

    De que assunto mesmo estamos debatendo? não seria? Baseado na Bíblia, nos dias de hoje devemos ou não guardar o sábado? Então vamos nos ater ao assunto, pois acho que todos nós que acreditamos em Deus devemos fazer a sua vontade e a vontade de Deus está aonde? Não é na bíblia? Então procuremos a sua vontade de Deus na sua escritura. O resto é teoria do achismo, porque cada indivíduo vai ter sempre uma opinião diferente, por isso a pergunta é baseado na bíblia! Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 14/02/2015

    Viu, dizem que no Rio de Janeiro só tem bandido e traficante, mentira. Tem o Valmir Veloso, que respeita a LEI DO SENHOR. O Valmir é um ser que a Biblia declara como JUSTO... JUSTO é aquele que está debaixo da GRAÇA de Cristo e por isso a LEI não o CONDENA...""""Se desviares o pé de profanar o sábado e de cuidar dos teus próprios interesses no meu santo dia; se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do SENHOR, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, não pretendendo fazer a tua própria vontade,... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    E Ele terá prazer no temor do Senhor, e Ele não julgará pelo que Seus olhos vêem, nem deve tomar uma decisão pelo que Seus ouvidos ouvem; mas com justiça, Ele irá julgar os pobres e defenderá os direitos dos pobres; e Ele vai atacar a terra com a vara de Sua boca, e com o sopro de Seus lábios Ele vai matar os maus” (Isaías 11:3-4).Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    “O Senhor dos Espíritos sentou-o no trono da Sua glória e o espírito de justiça foi derramado sobre ele e a palavra de sua boca mata todos os pecadores e todos os injustos são destruídos diante do seu rosto”.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    Em Hebraico, a palavra "ru'ach" - "רוח" significa "espírito" e "vento", mas é comumente utilizada na Bíblia para referir-se ao Espírito Divino. Aparece pela primeira vez em Gênesis 1:2, "... e o Espírito Divino se movia sobre a face das águas ". Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    A palavra ``Bíblia´´ quer dizer, dois registro, duas escolha, Adão ou Noé, céu ou terra, pura ou impura, ou duas história, dois começo/dois conhecimento, ou ainda o dia da criação preto e branco, tanto a sabedoria como o conhecimento, vem através de palavras, escrita, que por sua vez criou e move o mundo que chamamos de universo, a evolução humana se dá em conhecimento de significado das palavras/valor e não de repetições de leitura/religião, vivemos de espirito e verdade e não de suposições Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 14/02/2015

    Fico feliz que os inimigos do sábado tentem argumentar com a circuncisão. Quer dizer que não tem mais argumentos! Ora, onde nos 10 mandamentos fala da circuncisão? Ah! toma aí então. E mais: se somente crer implicasse em salvação, os demônios seriam salvos ne? (pra quem le a bíblia nem precisa explicar...). Leia Tiago e veja a importância das obras e me poupe das besteiras.Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 14/02/2015

    O próprio Deus prometeu não alterar Seus mandamentos: “NÃO VIOLAREI a minha aliança NEM MODIFICAREI AS PROMESSAS DOS MEUS LÁBIOS”. Salmo 89:34 “Porque eu, o SENHOR, NÃO MUDO…” Malaquias 3:6 “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem NÃO PODE EXISTIR VARIAÇÃO OU SOMBRA DE MUDANÇA”. Tiago 1:17Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 14/02/2015

    Quando Deus deu os Dez Mandamentos a Seu povo, Ele também deixou claro que nenhum ser humano deveria mudar suas ordens. “NADA ACRESCENTEM às palavras que eu lhes ordeno e delas NADA RETIREM, mas obedeçam aos mandamentos do Senhor, o Seu Deus, que eu lhes ordeno”. Deuteronômio 4:2Denunciar comentário ofensivo

  • Valmir Veloso (Rio de Janeiro) - 14/02/2015

    Jesus não mudou o sábado nem anulou. Ele o confirmou em sua vida e até declarou: “Não penseis que vim ABOLIR A LEI ou os Profetas; NÃO VIM ABOLIR, mas cumprir. Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra”. Mateus 5:17 e 18.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    Em outras palavras, a ``Palavra não é maior que o sentimento que a produz, mas estão ligados como universo, capaz de reproduzir cópia fiel do planejado, como também do involuntário Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    É exatamente neste ponto Rogério Dias, que o senhor Jesus ressalta que é o ``senhor do Sábado´´ por isto diz (O servo não é maior que seu senhor) o que está difícil de alguns entender é que Deus criou o homem, não para ser apenas parecido com ele, mas para que o homem possuísse também sua ``Semelhança´´ o mesmo poder, isto é dar ordem a anjos: e Jesus ``Deus´´ confirmou isto, acalmando a tempestade Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    "Na verdade, nem Deus nem Jesus podem transgredir sua própria lei". Queria corrigir isso, pois não expressa exatamente o que eu queria. Fica melhor assim: "Na verdade, nem Deus nem Jesus, podem ser tidos como transgressores da própria lei que eles são responsáveis por administrar." Seria como um civil denunciar um policial em exercício por este portar arma de fogo, quando na verdade, o estado lhe concedeu poder para portar arma de fogo, em função do seu ofício.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    E a seus anjos dará ordens a teu respeito, para que acampem em derredor de sua casa, para que nada de mal lhe aconteça, a ordem, só é dada por justiça, ao imediato e não ao secundário, a falta de conhecimento continua a ver Deus como predador de homens e não como seu criador e protetor/bom caminho a seguir Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/02/2015

    Aos homens de bom animo não é difícil entender que ``Mandamentos de Deus´´ originais foram sete, os três primeiros atuais foram compilados, como uma segunda cabeça ou mudança de (Pensamento/comportamento) isto significa que o senhor mesmo cumpriu o que o homem era impossibilitado de cumprir, já que a lei não era pra homens e sim para anjos Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    1- Não é correto dizer que Jesus transgrediu o sábado já que ele apenas fez o que era lícito fazer no sábado. Ele mesmo ensinou isso. Ninguém pode ser condenado por fazer o que é lícito. Por outro lado, se Jesus, ao se justificar, argumentou que os sacerdotes, estando em serviço no templo, podem violar o sábado e ficar sem culpa, é óbvio que podemos entender que Jesus, sendo o Filho de Deus, e portanto, também é Senhor do sábado, e pode violá-lo.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 14/02/2015

    2- Você já ouviu falar, por exemplo, de Imunidade Parlamentar ou Imunidade Diplomática? Pois então, algumas autoridades precisam de certa liberdade para infringir algumas leis comuns aos civis (nós) para poder exercer sua função de forma plena e sem obstáculos, pois sua posição exige que seja assim. É o caso de Jesus e do próprio Deus. Na verdade, nem Deus nem Jesus podem transgredir sua própria lei, pois eles são os donos da lei, dos mandamentos e das profecias, e são eles que os administram sobre nós.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 13/02/2015

    Fora de contexto??!! O sábado é o QUARTO mandamento de um conjunto de dez. Este é o seu contexto. Na minha leiga opinião, se o sábado deveria ser tratado de forma diferente dos outros nove mandamentos, Deus não deveria tê-lo incluído entre os dez. Diferente dos dízimos, por exemplo, que não consta no decálogo, e apesar de ter sido extinto junto com sacerdócio levítico, é defendido com unhas e dentes. Denunciar comentário ofensivo

  • Alex (Potim) - 13/02/2015

    Sempre existe uma grande confusão quando falamos de leis envolvendo a vida espiritual, Deus estabeleceu várias leis no passado, a confusão que se faz é que Deus estabeleceu classes de leis morais, leis civis e leis ritualísticas, o sábado era uma lei ritualística, ou seja um pacto, um acordo com Israel !!! Não matar é uma lei moral, por favor querer comparar a guarda do sábado com não matar !!! Um pouco fora da contextualização bíblica.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Patrolina - PE) - 13/02/2015

    Sendo assim, o sábado é tão lei quanto "Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho,Honra teu pai e tua mãe" ensinado por Jesus em Mateus 19:17-19 e também ensinado por Paulo em Romanos 13:9. E ambos ACRESCENTARAM (não substituíram por) o "Amarás ao teu próximo como a ti mesmo."Denunciar comentário ofensivo

  • Alex (Potim) - 13/02/2015

    Se nem Jesus guardou o sábado " por que " eu vou guardar ? Quem lê a bíblia, ou melhor né, quem estuda a bíblia sabe disso. Os judeus queriam matar Jesus porque Ele não guardava o sábado !!! João 5:18... é só ler... Jesus também disse em Mateus 22:29 : Errais não compreendendo as Escrituras e nem o poder de Deus !!! Adventistas, abandonem a lei, abandonem Ellen white, a bíblia deve ser nossa única regra de fé e prática. Denunciar comentário ofensivo

  • Alex (Potim) - 13/02/2015

    Para entendermos sobre o Sábado temos que entender o que é lei e o que é Graça, o que é o Antigo Testamento e o que é a nova Aliança (Novo Testamento), ou novo pacto. Jesus era judeu e como judeu antes do cumprimento do seu sacrifício salvívico sobre a humanidade, todos nós estavam debaixo da lei (debaixo de regras, práticas incapazes de justificar o homem de forma eficiente). Diante de práticas espirituais cabem sempre algumas perguntas, Sábado é lei ou é graça ? Falar a verdade é lei ou é graça ? Visitar um doen... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 13/02/2015

    3). Caro sr. ad(aracruz) Outro detalhe, esses estrangeiros devem oferecer holocaustos e sacrifícios no dia de Sábado no Templo de Jerusalém. Ah! O sr. que guarda o sábado, já fez a Circuncisão? O incircusico não pode guardar o sábado… É a Lei que o senhor guarda. Bem como de costume o sr. ad, não vai comentar nada de minha postagem, vai dar uma sumida e depois reaparece com textos isolados aprendidos no Adventismo É isso aí. Abraços na graça e paz do Senhor.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 13/02/2015

    2). Caro sr. ad (aracruz), o sr. indaga: E qual era a orientação para os estrangeiros? Como o senhor está SOB A LEI e SOB MALDIÇÃO (Gl. 3.10) deve estar pensando em Isaias 56.1-8: “Aos estrangeiros que chegam ao Senhor, para o servirem e para amarem o nome do senhor,… que guardam o Sábado, não o profando, e abraçam a MINHA ALIANÇA” (V.6). Os estrangeiros são convidados a ABRAÇAR a Aliança do Sinai e não a Aliança do sangue de Cristo sr. ad. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 13/02/2015

    1). Caro sr. ad (aracruz). O povo escolhido de Deus, “eram” os filhos de Israel, descendentes físicos de Abraão, Isaque e Jacó, Com a vinda do Senhor Jesus. A recusa deste povo de Deus em receber Jesus como o Messias de Deus, o Senhor estendeu a Salvação aos gentios adotando-os como POVO DE DEUS. Jo.1.12;”Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o “poder” de serem feitos FILHOS DE DEUS; a saber aos que creêm no seu nome.” Viu só, aliáas TOMA ESSA: não diz aos que creêm na SUA LEI E NO SEU SÁBADO.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 13/02/2015

    É cada coisa que sai nesses comentários. Ad, comentários abaixo, diz: “Se Jesus é Senhor do sábado , logo, o sábado é o dia do Senhor. Jesus não diz que é Senhor do domingo.” (sugerindo que Jesus não é senhor do domingo). Eis uma prova cabal de que há pessoas extremamente apegadas à letra, e que simplesmente se dispõem a NÃO PENSAR além do que leem. Mas de onde se tira que Jesus não pode ser senhor do domingo pelo fato de nunca ter falado nesses termos? Dá para imaginar um Jesus-Deus, mas um Deus senhor de um dia d... Denunciar comentário ofensivo

  • luiz martins jose de sousa (sanclerlandia) - 13/02/2015

    quem escreveu este texto, so pode ser judeu pois sao eles o verdadeiro povo de DEUS que tem tem o conhecimento verdadeiroDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 13/02/2015

    Não há ressurreição se não houver cumprimento da lei, fazer o mesmo que Jesus fez significa cumprir a lei; da semente só germina o que é verdadeiro ``Bom´´ o resto morre ou se desfaz, cumprir a lei significa `` Entender toda escritura sem sombra de dúvida´´ do começo ao fim, falar de céus e terra de maneira ``Clara´´ que todos possam compreender/entender, por esta razão está escrito nenhuma virgula e nenhum til sera mudado Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 13/02/2015

    Tu, pois, que ensinas a outro, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas? Tu, que dizes que não se deve adulterar, adulteras? Tu, que abominas os ídolos, cometes sacrilégio? Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei? Porque, como está escrito, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por causa de vós, porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se tu guardares a lei; mas, se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão se torna em incircuncisão.Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 13/02/2015

    E todos estão carecas de saber q o problemas não são os 10 mandamentos, mas o sábado que, "coincidentemente" é o único que começa com a palavra lembra-te...Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 13/02/2015

    Clodoaldo, os 10 mandamentos foram dados para o povo israelita (nem era chamado de povo judeu). Aí eu te pergunto: quem era o povo de Deus? E qual era a orientação para os estrangeiros? Tomou? Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 12/02/2015

    3). A tragédia é que tanta gente separe as duas coisas, desejando uma sem passar pela outra. Alguns tentam ir a Jesus sem se encontrar primeiro com Moisés. Querem ignorar o Antigo Testamento, herdar a PROMESSA da justificação em Cristo sem o prévio sofrimento da condenação pela “LEI”. Outros vão a Moisés e “à LEI” para serem condenados, mas continuam nessa servidão infeliz. Continuam vivendo no Antigo Testamento. Sua religião é um jugo lamentável, difícil de suportar. JAMAIS FORAM A CRISTO PARA SEREM LIBERTADOS.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 12/02/2015

    2). Toda e qualquer pessoa, ou está presa pela “LEI” porque ainda está aguardando o cumprimento da “PROMESSA”, ou já foi libertada da “LEI” porque herdou a “PROMESSA”. Mas simplesmente, toda e qualquer pessoa está vivendo no Antigo ou no Novo Testamento e deriva a sua religião de Moisés ou de Jesus. Na linguagem deste parágrafo, ou está “SOB A LEI” ou está “EM CRISTO”. O propósito divino para a nossa peregrinação espiritual é que passemos pela “LEI” até atingirmos uma experiência da “PROMESSA”.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 12/02/2015

    1). “SOB A LEI EM CRISTO”: Em Gálatas 3.15-22 o apóstolo Paulo recapitulou 2.000 anos de história do Antigo Testamento, desde Abraão e passando por Moisés, até Cristo. Mostrou também como esses grandes nomes bíblicos estão relacionados entre si no desenrolar do propósito de Deus, como Deus deu uma “PROMESSA A ABRAÃO” e uma “LEI A MOISÉS” , e como por meio de “CRISTO” ele cumpriu a promessa que a Lei revelara ser indispensável, pois “À LEI” condenava o pecador “À MORTE”, enquanto que a “PROMESSA” lhe oferecia j... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 11/02/2015

    3). Caro sr. Reinaldo (Rondonópolis), Jesus não aboliu o cumprimento da Lei ATÉ QUE ELE A CUMPRISSE. É o que diz Mateus 5.17-18, por um lado, esta passagem NÃO DIZ que cada “jota” ou “til” da Lei “PERMANECERÁ” até que o Céu e a Terra passem, ma, “ATÉ QUE TUDO SEJA CUMPRIDO”. É o que se lê em lucas 16,16-17: “A Lei e os profetas DURARAM até João… Ora, tanto um texto quanto outro dão conta da TRANSITORIEDADE da Lei, mas ela só PASSARÁ depois de seu integral CUMPRIMENTO. Visto que Jesus veio CUMPRÍ-LA – e Ele não fa... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 11/02/2015

    2). Caro sr. Reinaldo (Rondonópolis). Com relação a sua colocação: Lembra-te do Sábado para o santificar, sou obrigado a responder-lhe com uma pergunta: Como pode algo que é intrinsecamente moral e parte da naturexa de Deus, como os adventistas dizem ser o caso do Sábado, PRECISA SER SANTIFICADO? Com essa pergunta, o senhor há de convir, que estribado na razão e na lógica bíblica, que o Sábado NÃO É MORAL, mas sim, CERIMONIAL como a Circuncisão…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 11/02/2015

    1). Prezado sr. Reinaldo (Rondonópolis), A instituição do sábado está associada à lembrança da libertação da escravidão egípcia (Dt 5.15; Ez 20.10-20), para não esquecerem da libertação da escravidão egípcia. A palavra “SANTIFICAR’ significa separar para uso sagrado, tratando-se de apenas um PRECEITO , assim como a CIRCUNCISÃO tinha caráter cerimonial. E diz-se dela o mesmo que Paulo declarou acerca do SÁBADO, como um preceito ritual ou cerimonial em Gálatas 4.8-11…Guardai diaa…Receio de que vos tenha trabalhado... Denunciar comentário ofensivo

  • Reinaldo (Rondonópolis) - 11/02/2015

    Esta discussão atesta somente a onisciência de Deus, já reparam que ele começa dizendo Lembra-te! (Lembra-te do dia do sábado, para o santificar...), isto porque ele sabia que muitos se "esqueceriam". Vale ressaltar que o próprio Jesus em momento algum aboliu o cumprimento da lei (os mandamentos) a única coisa que aboliu Jesus foi a lei cerimonial visto que ele próprio se ofereceu por nós como sacrifício único e aceitável por Deus para o perdão dos nossos pecados nos reconciliando assim o criador. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 11/02/2015

    E o reino de Deus pertence aos pequeninos, deixe vir a mim as criancinhas pois delas é o reino do céu, infelizmente a muitos que não tem discernimento, do significado destas palavras, Deus fez o homem perfeito mas ele foi atrás de muitas intrigas, como qualquer profissão a teoria é a base para a perfeição que se adquire com a pratica, também se sucede o mesmo com a ´´Sabedoria´´ ou o dia de ``Sábado´´ Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    4). No ítem 5, mais um equívoco caro sr. Rogerio, não há nenhuma evidência bíblica que Deus, NO PASSADO desejou que todo o mundo entrasse na Aliança Judáica, ISTO É OPINISÃO PESSOAL DE SUA PARTE, QUE RESPEITO. Na Nova Alliança da Graça de Deus, da qual faz parete todo aquele que, independe de nacionalidade, raça, cor que recebe a Cristo e crê como seu único e suficiente salvado, são chamados FILHOS DE DEUS (Jo.1.12). Ah! Jesus Cristo NUNCA ORDENOU A NINGUÉM A GUARDA DO SÁBADO, pois com seus sacrifício vicário, Ele... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    3). Caro Sr. Rogério. no ítem 4 outro equívoco, pois não existe, nenhuma evidência bíblica de que o Decálogo foi removido da pedra e gravado na mente e no coração. Deus na Nova Aliança se revelou como DEUS DE AMOR e não Deus da Lei. Na mente e no coração dos filhos de Deus (Jo.1.12), estão os mandamentos dados por Deus por intermédio do Senhor Jesus Cristo, que é Amar a Deus e ao próximo como Cristo nos amou. (Jo.13.34; Mt.22.34-40; Mc.12.28-31… Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    2). Caro sr. Rogério, no ítem 3 a Nova Aliança não somente torna nulo os sacrifícios de animais, esta proposição é esposada pelos adventistas, mas biblicamente torna nula toda a Aliança do Sinai, Dez Mandamentos, Sábado… (Hb.7.11,12; 8.13: “Quando se diz Nova (Aliança), torna antiquada a primeira (Decálogo). Ora aquilo que se torna antiquado e envelhecido (a 1ª. Aliança) ESTÁ PRESTES A DESAPARECER…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    1). Caro sr. Rogério Dias (Pegtrolina – PE). Embora o senhor não seja adventista, mas o texto que citou Isaias 56.1-8, é usado pelos adventistas para provar que os crentes gentílicos são obrigados a guardar o Sábado, pois faz referência “aos filhos dos estrangeiros…” Respeito sua colocação pois trata-se de uma opinião pessoal, extra bíblica. Vejamos, no ítem 2 não há nenhum registro bíblico afirmando de que era o desejo de Deus que todos observassem o sábado e a Aliança do Sinai; Esta Aliança era, exclusivamen... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    2). Caro sr. ad (aracruz) Mais um detalhe: “NÃO EXISTE NA BÍBLIA”, nenhuma ordenança para que uma pessoa, gentia, convertida ao Evangelho da Graça de Deus e que recebeu a Cristo como seu único e suficiente salvador – “Mas a todos quantos O (Jesus) receberam deu-lhes o poder de serem FEITOS FILHOS DE DEUS; a saber: aos que cêem no Seu NOME . Jo.1.12. -- e não os que guardam o Sábado, SEJA ORDENADO A GUADAR O SÁBADO? Agora, mostra-me me que estou errado? Abraços na graça e paz do Senhor, do Aprendiz de Cristão…... Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Petrolina - PE) - 10/02/2015

    O fato de Jesus ter ressuscitado no primeiro dia não significa, profeticamente, absolutamente nada. Pedro, Paulo e João, quando pregavam sobre a ressurreição de Jesus nunca deram ênfase ao dia em que ocorreu, mas unicamente ao fato de Jesus ter ressurgido dos mortos.Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Petrolina - PE) - 10/02/2015

    O sábado servia para cultuar a Jeová, o Deus Criador e Salvador, ao contrário dos outros deuses que eram adorados no primeiro dia da semana, considerado entre outras coisas, o dia do sol. O sábado fazia esta distinção. Não faz sentido, então, que em pleno domínio romano sobre os judeus, Deus resolvesse extinguir o sábado para dar liberdade ao povo de adorá-lo num dia que já era dedicado a outros deuses. Como se Deus estivesse mendigando um espaço entre os falsos deuses, se igualando a eles, para ser adorado no domi... Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Petrolina - PE) - 10/02/2015

    1- Não sou adventista. 2- A passagem esclarece que era desejo de Deus que TODOS observassem o sábado e a aliança, não apenas o povo hebreu, como insistem em dizer. 3- A Nova Aliança torna nulo todo sacrifício de animais. O sacrifício de Jesus extinguiu o templo e o sacerdócio levítico (ambos não faziam parte do decálogo). 4- enquanto que o sábado está incluso no decálogo, e por isso, foi, também, removido da pedra e gravado na mente e no coração dos homens. 5- Da mesma forma que Deus, no passado, desejou que todo o... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    1). Caro sr. ad (aracruz), realmente o sr. tem toda a razão pois o Sábado sempre FOI, importante para os filhos de Israel, mas não para os filhos de Deus da Igreja de Cristo.Vamos a prova: 1º Mandamento do Decálogo: “Eu sou o Senhor Teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão”. Êx.20.2: 4º Mandamento do Decálogo: “Lembra do dia de Sábado para o guardar…(Êx.20.8). Agora, sr. ad. Responda: Quem é que Deus retirou do Egito? A quem foi ordenado a lembrar do dia de Sábado para o guardar? Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    Prezado sr. Rogério Dias – Petrolina Pe. A passagem de Isaias 56.1-8 é citada pelos adventistas para provar que os crentes gentílicos são obrigados a guardar o Sábado, pois faz referência “aos filhos dos estrangeiros” que se chegaram ao Senhor v. 6. Caro sr. Rogério, se essa passa prova que os gentios devem guardar o Sábado, da mesma maneira prova que DEVEM GUARDAR todo o Concerto que Deus fez com Israel,(v.6 abraçam a minha Aliança…) oferecendo “HOLOCAUSTOS E SACRIFÍCIOS” no altar no Santo Monte, em Jerusalénm (v... Denunciar comentário ofensivo

  • Rogério Dias (Petrolina - PE) - 10/02/2015

    Agora vejam o que Deus esperava dos estrangeiros (não hebreus de nascença) e eunucos, com respeito ao sábado e a aliança, e vejam que promessas o Senhor lhes fez no livro de Isaías 56:1-8 : "Assim diz o SENHOR: Guardai o juízo, e fazei justiça, porque a minha salvação está prestes a vir, e a minha justiça, para se manifestar. Bem-aventurado o homem que fizer isto, e o filho do homem que lançar mão disto; que se guarda de profanar o sábado, e guarda a sua mão de fazer algum mal. E não fale o filho do estrange... Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 10/02/2015

    o sábado sempre foi importante, sempre foi o dia do Senhor, e sempre será. Baseado na Bíblia, é impossível provar que não devemos guardar o sábado. Que devemos guardar é lógico, basta verificar quantas vezes o sábado é mencionado como dia santo (enquanto o domingo nunca é mencionado como dia santo)Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 10/02/2015

    Nossa verdadeira morada/casa é nosso corpo, o que temos de tornar templo de Deus, já que foi dito `` o meu templo está em ruinas e não há ninguém que se importe, o que presenciamos é que as pessoas se preocupam com elas mesmo, não dando espaço para Deus, oram cheias de malicia e pedem mal e recebem o que pediram, pois está escrito e eu satisfarei todo desejo/pedido do teu coração Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 10/02/2015

    Só há uma pessoa a quem não podemos enganar ``nós mesmo´´ por esta razão está escrito, um profeta só não tem valor em sua própria casa, para justiça divina só nos conhecemos através da conduta de outrem, pois a regra é não condenes já que fazes o mesmo, pois está também escrito o que abençoares esta abençoado e o que amaldiçoares esta amaldiçoadoDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 10/02/2015

    A bíblia por diversas vezes diz que, pegaram pedras para apedreja-lo e que, Jesus tendo medo se escondeu atrás de alguma coisa, tanto a morte de Jesus como o medo, não é para ser entendida ao pé da letra, já que Deus não morre e tampouco tem medo do que quer que seja, seria contrário a palavra que diz`` eu sou o caminho a verdade e a vida´´ portanto aceitar o que é bom que está escrito é racional, mas aceitar o que é mal é não enxergar o que é má leitura/malícia, Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    7). Foi-me mostrada então uma multidão que ululava em agonia. Em suas vestes estava escrito em grandes letras: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Perguntei (ao anjo) quem era aquela multidão. O Anjo disse: Estes são os que já guardaram o sábado e o abandonaram” - Ellen G White, Primeiros Escritos, Editora Casa Publicadora, Tatuí – SP; 1995, página 37.“Outra vez deve o anjo o anjo destruidor passar pela Terra. Deve haver um sinal sobre o povo de Deus, e êsse sinal é a observância de Seu santo Sábado.”... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    6). Caro sr. Áureo, O Senhor Jesus Cristo e nenhum dos apóstolos, ORDENARAM A GUARDA DO SÁBADO. Todos aqueles guardam o Sábado, OBEDECEM, NÃO A PALAVRA DE DEUS, mas, por medo e termor, a palavra da falsa e mentirosa profetiza da IASD. Ellen G.White. “Santificar o Sábado ao Senhor importa em salvação eterna.” (Testemunhos Seletos, vol. III, p. 23) Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    5). Caro sr. Áureo, o Sábado é um sinal, “exclusivamente”, entre Deus e Israel (Êx.31.13); 1º Mandamento do Decálogo: “Eu Sou o Senhor Teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão”.(Êx.20.2). Quem é que Deus tirou do Egito e mandou guardar o Sábado sr. Áureo?? A única ordenança para lembrar do Sábado, está em Dt.5.15 “Porque te “LEMBRARÁS” que foste servo na terra do Egito… pelo que o Senhor Teu Deus te ORDENOU que guardasse O DIA DE SÁBADO. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/02/2015

    Foi-me mostrada então uma multidão que ululava em agonia. Em suas vestes estava escrito em grandes letras: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Perguntei (ao anjo) quem era aquela multidão. O Anjo disse: Estes são os que já guardaram o sábado e o abandonaram” - Ellen G White, Primeiros Escritos, Editora Casa Publicadora, Tatuí – SP; 1995, página 37.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 10/02/2015

    Como a palavra diz, se alguém lhe pedir algo, e você tem isto em teu poder, não diga vai e volte amanhã e o te darei, isto é o mesmo que você dar um passo para traz, não se tornou digno do algo que possuía e o perdeu por ganância, pois se o outro voltar amanhã certamente o daria cheio de malicia, mas certamente o senhor por sua justiça não permitirá que ele volte, pois não terá o que dividir com tal pessoa Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 09/02/2015

    4). Caro sr. Áureo, ele havia superestimado a importância do sábado e Jesus respondeu a ele não para aumentar ainda mais sua importância, mas para restringi-la. Seu ponto de vista era que o sábado foi feito para servir às pessoas e não o contrário. Para exemplificar isto podemos dizer que a "circuncisão foi feita para seres humanos e não para os anjos". Com isto ninguém em sã consciência iria insinuar que a circuncisão era para todo gênero humano, mas tão somente para os judeus. Com isso fica claro que a disputa gi... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 09/02/2015

    3). Caro sr. Áureo, o contexto de Mc. 2.27 não enfoca a universalidade do Sábado, mas a autoridade de Jesus sobre ele. “Jesus não alargou o mandamento do Sábado, mas restringiu-o aos judeus.” Se Jesus estivesse realmente dizendo que o sábado era para todo ser humano, isto teria levantado outra controvérsia com o fariseu e não refutado ele, pois estes consideravam o “sábado como posse única da nação judaica”. O fariseu Mc.2.24, tocou no comportamento dos discípulos e não dos GENTIOS. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 09/02/2015

    2). Caro sr. Aureo, quando a Bíblia quer incluir todo o gênero humano, ela deixa bem claro isso, veja Mateus 28:19; João 3:16; Atos 2:17; I Timóteo 2:4; Tito 2:11. Estes versos indicam claramente que quando Deus oferece algo a todo o gênero humano Ele não deixa dúvidas. Caro sr. temos que ter muito cuidado para não colocarmos na Bíblia coisas que não está lá como o sr. colocou que “Jesus teve que descansar em um Sábado em seu túmulo e depois ser ressuscitado,” bemo como não está na Bíblia que “DEVEMOS pois em todos... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 09/02/2015

    1). Caro sr. Aureo (Santo Ancré). No texto de Marcos 2.27, citado pelo sr., não existe nenhuma evidência bíblica de que “Jesus teve que descansar em um Sábado em seu túmulo e depois ressuscitado”. Também, não existe nenhuma evidência bíblica de que “devemos em todos os sábados lembrar da morte redentora do nosso salvador através de sua morte.” O texto é bem claro e NÃO DIZ que o Sábado foi feito para todo “gênero humano”, mas que foi “constituido para o homem” e só. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/02/2015

    O que Deus, espera ouvir de cada um em suas orações, é qual a ligação de um projeto, indiferente de quem é a autoria, mas que cujo traços/linhas esteja de acordo com o alicerce (bíblia) oferecido por ele, a todos sem acepção de pessoa, a proposta divina é, estar à frente do indivíduo, coisa que só mesmo ele que é espirito pode realizar, e não o homem com um corpo impuro, e como o senhor é justo escolheu o dia de sábado, contando que a pessoa depois de cinco dias planejando, tenha certeza do que quer Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 09/02/2015

    Para falar sobre o `` sábado´´ é preciso saber que há (sábado) dia da semana e o ``DIA DE SÁBADO´´ a diferença de um e outro é que o sábado da semana é apenas mais um dia, e o ``Dia de Sábado´´ significa um dia iluminado, ou sob a luz, quando alguém dizima ``FALA´´ antecipadamente com Deus sobre seus projetos e suas intenções, coloca o senhor soberano em primeiro lugar e certamente tudo que se fara terá sucesso, é o filho honrando o Pai e o Pai honrando o filho, pois neste dia foi criado o conhecimento, a certeza,... Denunciar comentário ofensivo

  • Aureo (Santo André) - 09/02/2015

    Está escrito: E disse-lhes: O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado. (Marcos 2:27). Portanto: O sábado foi feito por causa do homem, ou seja, o homem foi o causador de Deus ter necessidade de criar o sábado. Porque? O homem matou Deus na cruz do calvário em ele teve que descansar em um sábado em seu tumulo e depois ressuscitar. Devemos pois em todos os sábados lembrar da obra redentora de nosso salvador através de sua morte.Denunciar comentário ofensivo

  • lucia moreira (cruzeiro) - 09/02/2015

    Sou catolica,,mas acabei respeitando o sabado ,pork li muito na biblia e sempre o sabado ,sabado ,sabado,então resolvi guardar o sabado e ñ me arrependoDenunciar comentário ofensivo

  • giovanno aparecido da silva (paiçandu) - 02/02/2015

    Ja´fui sabatista e os respeito muito porque leem a biblia como nenhum outro e a tem como regime de fé mas dou lhes a dica para pensarem um pouco sobre julgar os que não guardam o sábado leiam Lamentações de Jeremias Cap 2 Vercículo 6 depois podem me retornar dizendo o que Deus mostrou a Igreja e a Israel em sua colocação. A Paz do Senhor amados . Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 02/02/2015

    O velho testamento, prediz guerras, morte, riquezas e honra e o novo testamento prediz arrependimento, salvação e vida eterna, fim do sofrimento, isto é do cristianismo que significa traição dor sofrimento e morte; o que Deus disse a Salomão, a saber ``sabedoria´´ foi está em suas mãos riqueza e honra e o alongar da vida, e não há e nem haverá outro igual. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 02/02/2015

    O que Paulo assegura é que ele tinha, nas mãos o poder de usar dos bens, que poderia adquirir com a palavra de Deus, para servir de ensinamento, mas ao invés disto preferia trabalhar para seu sustento, neste ponto não se encontra imitadores de Paulo, mas fazer referências a ele, no que aja possibilidade de lucros, há, isto está cheio de adeptos.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 02/02/2015

    Sabemos que todo fruto produzem semente própria, assim também o homem deve gerar semente, e como está escrito a semente que caiu sobre a rocha nem germinou, assim se sucede aos que persistem em lugares confortáveis, sonhadores de estarem em destaque, onde o próximo é o de menos valor, estes estão literalmente mortos, neles não há posteridade, todos seus caminhos levam a ambição financeira. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 01/02/2015

    3). Caro sr. Walter, o sr. diz que o comentário, agora, é sobre o VERBO DE DEUS, que é Cristo, a JUSTIÇA DE DEUS,(Rm.3.21,22) mas ao exaltar o “Santo Sábado’, em suas postagens anteriores, estaria talvez, involuntariamente, afirmando que o Sacrifício Vicário de Cristo, não foi suficiente para pagar nossos pecados que a “justiça” da Lei exigia. Então, caro senhor Walter, para os guardadores do Sábado, Cristo morreu em vão…(Gl.3.21). Abraços na graça e paz do nosso Grande Deus e Salvador, Jesus Cristo…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 01/02/2015

    2). Caro sr. Walter, o sr. é tão inteligente, até hoje o sr.nunca contestou,biblicamente, nenhuma refutação bíblica contextualizada sobre, que para o sr. Walter, é o Santo Sábado, e sobre o ENGANO ADVENTISMO, sempre desviando o assunto e inserindo, provérbios, enigmas e por aí vai, mas, sempre, furtivamente inserindo algo a respeito do Santo Sábado. Só agora vem propor O VERBO DE DEUS? Não quero crer, mas parece, que por falta de argumentos para contestar as minhas postagens, o senhor agora, semi-irado, rotula-m... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 01/02/2015

    1). Caro sr. Walter Monteiro, se há alguém aqui se fazendo de desentendido é o senhor, Walter. Mais uma vez o senhor está enganado sobre quem está fazendo suposições. É só reler os seus textos! NUNCA FIZ SUPOSIÇÕES E NEM AS ENFATIZEI, O QUE POSTEI SÃO VERDADES BIBLICAS ETERNAS. Foi o senhor quem escolheu o tema do “sábado”, inclusive pedindo-me o que entendia por sábado. Mais uma vez o senhor se engana ao afirmar que É só observar a maioria de suas postagens, como em “08.01.2015 o senhor diz: para quem tem c... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/02/2015

    Sr. Clodoaldo: Deus é logica ``Verdade´´ futuro e não suposições como você enfatiza, leia Eclesiastes e observe as vaidades e seus resultados, só é verdade a palavra que se pratica todo resto é suposições não interessando sobre o que e ou quem.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/02/2015

    4º- Isto é andar de mãos dadas com a extrema sabedoria e conhecimento, só assim estaremos verdadeiramente amparados e protegidos, e não há lei ou proibição alguma para que esta atitude possa ser realizada por quem quer que assim o desejar pois o senhor nosso Deus estará sempre de braços aberto para acolher e parabenizar aquele a quem vencer o mundo Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/02/2015

    3º- O conteúdo humano, essência de vida é interior e para retrata-la, antes temos que identificar individualmente qual o melhor e verdadeiro retrato de cada um, para isto ocorrer devemos estar apto em conhecimento e sabedoria, ferramentas indispensáveis no combate ao verdadeiro mal da humanidade ``A falta de conhecimento´´ dar um passo a favor de Deus, significa dar um passo pro futuro, alcançar a plenitude, o próprio Deus Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/02/2015

    2º- Atino que é bom que seja assim, pois alimenta-nos de fé, esperança de um dia melhor e nos assegura vivos, caso contrário é a morte, o que podemos fazer com o que recebemos de ensinamento de nossos pais, professores e social é enriquecer todos esses conhecimentos com o estudo bíblico adquirindo conhecimento e discernimento de qual caráter iremos nos vestir para seguir nosso próprio caminho na vidaDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 01/02/2015

    1º- Vivemos de futuro, o passado serve apenas para nos cautelarmos, neste exato momento em que digito, já é passado portanto o que vemos e pensamos é nonomamente futuro, se alongarmos este tempo, dirão que somos louco, pois diríamos coisas que irão se suceder e que ainda não podem serem vistas, mas as escrituras diz, que em parte profetizamos, isto revela que em parte parecemos loucos, eu como observador assíduo de palavras, significados e enigmas Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 31/01/2015

    Sr. Clodoaldo não se faça de desentendido, o assunto não é Ellen G. White, ou adventismo: o assunto é ``O verbo de Deus´´ ou seja ``Apalavra´´ e o seu poder e força na humanidade em todos os tempos, e não se esqueça a palavra criou o mundo e o move até o dia de hoje. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 31/01/2015

    5). Sr. Walter Monteiro, compare com a Bíblia o que diz Ellen: “SANTIFICAR O SÁBADO AO SENHOR IMPORTA EM SALVAÇÃO ETERNA. Testemunhos Seletos, vol. III pág.22, EGW ed.1956); “Foi-me mostrada então uma “MULTIDÃO QUE ULULAVA EM AGONIA””. Em suas vestes estava escrito em grandes letras: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Perguntei (ao anjo) quem era aquela multidão. O Anjo disse: ESTES SÃO OS QUE JÁ GUARDARAM O SÁBADO E O ABANDONARAM” - Ellen G White, Primeiros Escritos, Editora Casa Publicadora, Tatu... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 31/01/2015

    4). Sr. Walter Monteiro, O apóstolo Paulo escreve 14 cartas anunciando o evangelho de Cristo, afirmando que anunciou TODO o conselho de Deus, não esquecendo de NADA que fosse útil a ensinar, e não fala “NADA DA GUARDA DO SÁBADO? (At.20.20) Agora vou lhe mostrar a razão pela qual o senhor e seus irmãos adventistas guardam o Sábado: Veja as heresias da “mensageira de Deus”, Ellen, afirmou que Deus não leva um transgressor do sábado para o Céu, e que este ainda deve sofrer a segunda morte... ou seja, os adventistas ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 31/01/2015

    3ª). Sr. Walter Monteiro. Mostre-me como não entender que a LEI E O SÁBADO foram dados, exclusivamente e especificamente aos filhos de Israel , descendentes físicos de Abraão, Isaque e Jacó, e isto ESTÁ ESCRITO NO 1 º MANDAMENTO DO DECÁLOGO?(Êx.20.2); Como não entender que não devemos nos esquecer de que em Romanos 3.19 Paulo nos ensina que a Lei e o Sábado só vale para os que estão debaixo deles? Como não entender que a Justiça de Deus, que era representada pela Lei e os profetas, Paulo ensina que QUE AGORA, “S... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 31/01/2015

    2). Sr. Walter Monteiro. À VERDADE ofende os homens porque lhes rouba o bom conceito que fazem de si próprios. O modo como uma pessoa trata a outra é um reflexo direto de como ela se sente consigo mesma. Sobre o Sábado, Paulo nos ensina que uma vez que nós viemos para Cristo Ele é o fim do Sábado(Rm.10.4), assim, AS ÚNICAS PESSOAS QUE GUARDAM O SÁBADO, são aquelas que AINDA NÃO TEM A CRISTO COMO SENHOR E SALVADOR. Paulo ainda nos adverte: Quem guarda o Sábado É AMALDIÇOADO (Gl.3.10), A Lei amaldiçoa porque não ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 31/01/2015

    1).Sr. Walter Monteiro, a razão que passo ao pé da letra o que ESTÁ ESCRITO, é para alertar as pessoas ENGANADAS pelo ADVENTISMO. NÃO É O CORRETO deixar de alertá-las! A VERDADE BÍBLICA DÓI, MAS LIBERTA DO JUGO ADVENTISMO! Sabe qual é a dificuldade de entenderem O EVANGELHO DA GRAÇA? É O VÉU - Ellen G.White (2ª.Co.3.14,15), que tira a VERDADE BÍBLICA e coloca AS SUAS MENTIRAS. Sabe como tirar o véu sr. Walter? Paulo nos ensina que só quando “alguns” se converte ao Senhor Jesus Cristo, o VÉU LHE É RETIRADO.(2... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/01/2015

    Não creio no infinito, no entanto, sou incapaz de aceitar a finitude. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/01/2015

    2º escrita por provérbios, parábolas, enigmas e ditados, se o senhor Clodoaldo não guarda o sábado, porque razão quer passar ao pé da letra o que está escrito, quando sabes que não é o correto acaso não possui cultura, ou supõe que o seu semelhante não sabe ler o que é evidente e se sabes o correto, o que lhe parece ser a semelhança do homem com o senhor Deus Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 30/01/2015

    1º Sr. Clodoaldo, o que lhe diz a palavra bíblia, qual é o seu significado: dois irmãos, dois príncipes, duas palavras, dois deuses dois mundos, céu e terra, conhecimento do bem e do mal ou duas de muitas escritas, considere as palavras ``Eu sou o senhor dos exército´´ mais`` eu sou a rocha´´ mais quem dizes que eu sou, e mais ainda a palavra que diz a bíblia foi Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 30/01/2015

    4). Caro sr. Walter.Nunca li, de sua parte, nada referindo-se a Graça de Deus. Parece que no seu coração sr. Walter só tem a Lei e o Sábado, quando deveria ter Cristo. Tire a Lei e o Sábado de sua vida porque poderá estar sob MALDIÇÃO (Gl.3.10), ser desligado de Cristo e cair da GRAÇA de Deus (Gl. 5.4.) mas a Graça poderá lhe dar a vida eterna. )Jo.5.24. Ef.2.8,9) Quer entender a Graça? Leia os 13 primeiros capítulos de Romanos; Quer entender a Lei, Leia Gálatas. Abraços na graça e paz de Cristo. Aprendiz de Cr... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 30/01/2015

    3). Caro sr. Walter, em João 17.15-17 (Santifica-os na verdade. A tua Palavra e a verdade. A Palavra de Deus não ordena a nenhuma pessoa que recebeu a Cristo como seu único e suficiente salvador a guardar e nen a santificar a Lei e o Sábado Judáicos. 1ª.Co.6.11: Graças a Deus fomos lavados, santificados, justificados, em o nome de Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus. Caro senhor Walter Monteiro, o senhor observou que estes textos que fala da santificação na Palavra e no nome de Jesus Cristo. NÃO TEM NADA ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 30/01/2015

    2). Caro sr. Walter, observa-se em suas postagens, uma característica importante do cérebro que é o “VÍÉS DE CONFIRMAÇÃO”, pois só gosta de ler e ouvir aquilo que CONFIRMA algo em que o senhor acredita. A prova evidente deste fato são suas leituras do Antigo Testamento, da Lei, do Sábado.Em Lv. 19.12 a palavra é dirigida aos filhos de Israel; Cr.29.5-8 é para os levitas; Josué 7.13.; 1ª. Tes.4.3-7; Hb. 12.14; João 17.15-17 é sobre a santificação. Caro senhor Walter a Santificação é um processo que dura toda a v... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 30/01/2015

    1). Caro senhor Walter Monteiro (São Paulo). Quem foi ordenado a lembrar do dia do sábado para guardar e santificar, são aqueles que estão debaixo da Lei Rm. 3.19. O Clodoaldo não está debaixo da Lei, e, sim da GRAÇa. (Rm. 6.14b); Não disse que não santifico nada, “”disse que não santifico nada como o sábado””. Daí o senhor, lamentavelmente, distorce o que eu disse, afirmando, por sua conta e risco, que “não santifico nada” e isto está estampado em minhas postagens fazendo um JULGAMENTO TEMERÁRIO de minhas post... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 29/01/2015

    Prezado senhor Luciano (Natal), em 29.01.2015o senhor postou : “Eu não Creio nesse Nome Jesus e aí?? “Quem Nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto NÃO CRÊ NO “NOME” DO UNIGÊNITO DO PAI. (João 3.18); …Tais fostes alguns de vós; mas vós vos lavastes, mas fostes JUSTIFICADOS, em o “NOME” do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus.” (1ª.Co.6.11); “Estas coisas vos escrevi a fim de saberde que tendes a vida eterna, a vós outros que CREDES em “O NOME” do Filho de Deus (1ª.João 3.... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/01/2015

    Lembra-te do ``dia´´ do sábado para guardar e santificar, com o devido respeito a vossa pessoa senhor Clodoaldo de Cornélio Procópio, não santificar nada, isto está estampado em suas postagens ao longo do site, mas por acaso tem o senhor Clodoaldo conhecimento do que diz os versículos lv 19:1,2, || crônicas 29:5-8, salmos 37:27-29, Josué 7:13, tessalonicenses 4:3-7, hebreus 12:14, João 17:15-17, 1º Coríntios 6:11, um abraço. Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 29/01/2015

    Clodoaldo - Onde está Escrito que temos que " Crer no Nome de Jesus""?? Eu não Creio nesse Nome Jesus e aí? ? Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 29/01/2015

    3). Caro sr. Walter Monteiro, A mensagem de Jesus para aqueles que crêem em Seu Nome, diz respeito somente À SALVAÇÃO, que está NELE, subsiste NELE e se eterniza através do Seu Sacrifício Vicário. Não depende mais do esforço humano em guardar a Lei, o sábado ou adquirir méritos próprios. O ponto central da Salvação em Cristo é a INSTITUIÇÃO DA GRAÇA DE DEUS, em fazer Jesus homem para morrer pelos pecados da humanidade. Nada há que o ser humano possa fazer para SER SALVO, a não ser CRER EM JESUS (João 5.24). Ab... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 29/01/2015

    2).Caro sr. Walter Monteiro, s.m.j., não vejo como o senhor pode aliar o sábado, ao seu conceito pessoal à Luz das Escrituras … “como é o dia da ‘sabedoria da “certificação”…”. Sr. Walter, “não santifico nada como sábado”, pois não devemos nos esquecer de que em Romanos 3.19, Paulo nos ensina que a LEI, incluso o “SÁBADO, SÓ VALE PARA OS QUE ESTÃO DEBAIXO DA LEI”, Como já que recebi a Cristo como meu único e suficiente salvador, (Jo.5.24), NÃO ESTOU DEBAIXO DA LEI, E, SIM, DA GRAÇA. (Rm.6.14b).Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 29/01/2015

    1). Caro sr. Walter Monteiro (São Pauo). Agradeço sua postagem em atenção ao meu pedido de 14.01.2015. Tenho pleno respeito pelo seu conceito sobre o significado e conhecimento do sábado, que é pessoal, peculiar, com ilações que não tem nada a ver com o significado do sábado judaico cerimonial bíblico, que é UM SINAL entre Deus e os filhos de Israel.(Êx.31.13) À luz da Bíblia o sábado não é um dia qualquer, mas um dia santificado para os filhos de Israel. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 29/01/2015

    Sr. Clodoaldo de Cornélio Procópio, sobre sua postagem do dia 14/01/2015 sobre o significado e conhecimento do sábado de minha parte posso lhe garantir que este é o mesmo que um dia qualquer seu quando ao final de uma obra realizada por sua pessoa, agora toma consciência dela pronta que tudo ficou de acordo com o esperado portanto é o dia da sabedoria da ``certificação´´ e certamente também você o santificaria, como fez o senhor nosso Deus.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 28/01/2015

    4).Caro sr. Antônio de Mello, a resposta de Jesus é com relação ao “motivo” deles terem quebrado o sábado, e” não a interpretação farisaica do sábado.” A defesa de Jesus é a de que o sábado foi dado para que a humanidade usasse dele, mas a humanidade a quem foi entregue a Lei foram os judeus: Êxodo 20.2; 31:12-17; Deuteronômio 5:12-15; Neemias 9:9-14. Jesus usou um exemplo de quebra de sábado para sustentar o seu próprio (Números 28:8,9). Confira Romanos 5:13,14…”pois não estais debaixo da Lei, e, sim, da GRAÇA…”... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 28/01/2015

    3). Caro sr. Antônio de Mello, com toda a razão não havia judeus na criação, mas quem escreveu o livro de Gênesis, foi um judeu chamado Moisés. Por outro lado os adventistas afirmam e pregam que Jesus disse que o Sábado foi dado à humanidade, em Marcos 2.27 e não apenas aos judeus. Não é isto que a passagem diz. Lendo-se toda a perícope, e fica claro que Jesus e seus discípulos estavam quebrando o mandamento do sábado conforme Êxodo 34:21 (compare a Êxodo 16), colhendo alimento no sétimo dia.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 28/01/2015

    2). Caro sr. Antônio de Mello, em Gn. 2.1-3, Deus abençou e santificou o Sétimo Dia, mas não ORDENOU a ninguém sua guarda. De Adão até Moisés, NÃO EXISTE NADA SOBRE o “SÁBADO” E NENHUMA ORDENANÇA PARA GUARDÁ-LO. A palavra Sábado COMO ORDENANÇA, só aparece na Bíblia em Êx. 16.23, 29 em Êxodo 20.10, e em Deuteronômio 5.14 e 15, tambem, como como LEMBRANÇA “ … porque “TE LEMBRARÁS”, que foste servo na terra do Egito e que o Senhor teu Deus te tirou dali com mão poderosa e braço estendido.” Sr. Antônio te... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 28/01/2015

    1). Olá prezado senhor Antônio de Mello de Londrina, com todo o respeito, mas parece que o senhor é um daqueles que são useiros e vezeiros, que amam tirar um SARRO sobre a pessoas que comentam sobre sobre suas idéias, pensamentos, e sua doutrina sabatista, como ora faz com o senhor Adaílton, mas costumar fugir, com pusilanimidade , dos ataques à sua pessoa… Muitos ainda não entenderam que neste blog os comentários são sobre idéias, pensamentos, opiniões, pareceres, juízos… sempre respeitando e nunca agr... Denunciar comentário ofensivo

  • Adailton (São José) - 28/01/2015

    ad (aracruz), o descanso de Deus no sétimo dia é um texto do período do exílio, entre 580 e 540 a.C. E é o próprio Cristo que diz que "Ele e o Pai continuam trabalhando". Mas se você sabe mais que o Cristo ...Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 28/01/2015

    As pessoas que têm a mente controlada pela natureza humana acabarão morrendo espiritualmente; mas as que têm a mente controlada pelo Espírito de Deus terão a vida eterna e a paz. Por isso as pessoas que têm a mente controlada pela natureza humana se tornam inimigas de Deus, pois não obedecem à lei de Deus e, de fato, não podem obedecer a ela. As pessoas que vivem de acordo com a sua natureza humana não podem agradar a Deus. - Romanos 8:6-8Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/01/2015

    O homem sensato, vê o próximo como seu espelho e lhe dirige a palavra como tal, o insensato prefere olhar no espelho e ver a si mesmo, se abarrotando de elogios e vaidade, alheio ao torpor da sua conduta, tudo permanece na vaidade de sua má conduta, se Deus fez o homem seu semelhante, pelo qual motivo deveríamos vê-lo de outro modo Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/01/2015

    A natureza humana quer matar o lobo para salvar a ovelha! Mas a divina quer poupar ambos, a natureza humana quer sempre estar na frente, a divina não se incomoda de ir atrás, a natureza humana deseja toda riqueza, a divina tem prazer em dividi-la, a natureza humana só ele tem valor, a divina todos são de altíssimo valor, a natureza humana só tem mérito o filho próprio , a divina todos tem, a natureza humana eu sou o melhor, a divina todos somos iguais Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/01/2015

    Aos que reconhecem que o sábado pertence a Deus e faz dele, sua aliança com o supremo, certamente andara de mãos dadas com o criador pelas veredas da vida e não tropeçara os teus pés, estará seguro e protegido sob suas asas, a advertência se encontra em provérbios 10:8-14, e provérbios 11: 17 feliz o homem a quem Deus atribui justiça pois tem como santa e boa suas leis e graça Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/01/2015

    Entre todos os estudos, que graças a Deus pode realizar na vida, entre eles três cursos completos em teologia em universidade diferentes, nada pode se comparar, ao estudo solitário da bíblia, são momentos único não importando quantas vezes se repete o fato, é algo extraordinário em que nos desprendemos de tudo que julgamos ser ou que supomos que somos, diante da magnitude divina, a grandeza de Deus nos deixa menor que o grão de pó mais fino do universo Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 28/01/2015

    A falta de conhecimento era, e ainda é o grande obstáculo para muitos e muitos, o Senhor Jesus nasceu no coração do aramaico, o que em português significa, caipira ou, simplesmente humilde, este sentimento tem sido desprezado a séculos, mas é sem sombra de dúvida o maior e o melhor dentre todos os sentimentos ``anjos´´ de Deus Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 28/01/2015

    Adailton, se os judeus criaram o sábado como vc diz, como Deus já havia descansado no sétimo dia logo depois de criar o homem? toma aíDenunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 27/01/2015

    vocês são muito fraco demais.Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 27/01/2015

    «Meu Pai continua trabalhando até agora e eu também trabalho.»" Jo 5,17, portanto, "quem somos nós para contradizermos o mestre"?.......Quanto Jesus está cobrando pra você pra calibrar o AR QUE VC RESPIRA NO DIA DE SÁBADO A CADA MANHÃ?????????? Eu estou falando do do AR, O2, Oxigenio...Denunciar comentário ofensivo

  • Antonio de Mello (Londrina) - 27/01/2015

    Adailton, vc está certissimo. Jesus e o Senhor de todos os dias, mas o Sábado é simplesmente um dia Santo. ........¶ Assim os céus, a terra e todo o seu exército foram acabados. E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera. Gênesis 2:1-3......Descansou, Abençoou e Santificou o SETIMO DIA....Esse SETIMO dia é o QUATO MANDAMENTO...... Denunciar comentário ofensivo

  • Adailton (São José) - 27/01/2015

    ad (aracruz), o Cristo é Senhor do sábado, do domingo, da segunda-feira, da terça, da quarta, da quinta e da sexta-feira! Ele é senhor de todos os dias! O "descanço" no sétimo dia foi a forma que os judeus, no exílio, encontraram para poder honrar a Deus, pois nos outros dias estavam obrigados a "trabalhar" para os dominadores, mas Cristo diz que Ele e o Pai "continuam trabalhando até agora". Nisso, sou obrigado a concordar com Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr), há pessoas convertidas às igrejas e não a Cristo! Você... Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 27/01/2015

    Se Jesus é Senhor do sábado , logo, o sábado é o dia do Senhor. Jesus não diz que é Senhor do domingo. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 26/01/2015

    18); Por exemplo, para Paulo, “lutar juntos pela fé evangélica” significava não fazer concessões que adulterassem os conteúdos do Evangelho da Graça de Deus! Ora, neste sentido —com as conotações que a palavra “evangélico” carrega entre nós—, Paulo já não a usaria, pois, nossa prática relacional nega aquilo que ele entendia como “Evangelho”; e nossos conteúdos, falsificam ainda mais o significado original da mensagem à qual ele fazia referência. Pior do que isto, entretanto, é saber que Paulo, por exemplo, não nos ... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 26/01/2015

    17). E é por esta razão que não se pode nem mesmo usar mais as “nomenclaturas” do Cristianismo a fim de definir o conteúdo das palavras do Evangelho, pois, quase todos os termos se revestiram de outras conotações e de outros conteúdos.A terminologia já não serve mais, pois, seus conteúdos foram adulterados por um “outro evangelho”, que usa os termos de sempre, mas nega, na prática, seus conteúdos inegociáveis e eternos! Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 26/01/2015

    16). Hoje as pessoas se convertem à “Igreja”, não a “Cristo!” É por esta razão que os conteúdos do Evangelho da Graça estão tão adulterados entre nós. E pior: não enxergamos nada disso, pois, à semelhança deles—os judeus, os fariseus, os cristãos judaizantes—, nossos sentidos também estão “embotados”.A Graça é hoje a mais escandalosa de todas as mensagens cristãs!Denunciar comentário ofensivo

  • Adailton (São José) - 26/01/2015

    ad (aracruz), Cristo não diz que o "sábado" é o dia do Senhor, ele diz que Ele é Senhor também do sábado, e diz mais, que "o sábado foi feito para o homem e não o homem para o sábado". Além disso, "Jesus lhes disse: «Meu Pai continua trabalhando até agora e eu também trabalho.»" Jo 5,17, portanto, "quem somos nós para contradizermos o mestre"?Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 26/01/2015

    A Sra. Ivete disse: "O shabbat é o Cristo", mas Jesus diz: Pois o Filho do homem é Senhor do sábado". Mateus 12:8 Ora, Jesus diz que o sábado é o dia do Senhor, quem sou eu para contradizer o mestre.Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 25/01/2015

    palavra que também diz ``eu dou a cada um segundo sua capacidade´´ somos apenas o vaso nas mãos do oleiro, e sabedores de que há vasos para honra e para desonra tanto esta frase como a que diz ``quando chegares a uma festa não vá a frente mas aguarde la traz, são de altíssimo ensino aos homens de bom senso e de valor inestimável ,o véu do templo foi dividido mas não permanecera assim, isto é certeza, como certo é que Deus vive Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 25/01/2015

    Se atentarmos para o ensinamento de Jesus de todo coração, observamos que ele diz ``meu povo sofre por falta de conhecimento´´ creio eu, que tendo o senhor, dito esta frase a mais de dois mil anos, e levando em conta o que ele ouviu do homem que morava entre os sepulcro, se alimentando de corpos e que sua exclamação foi que a loucura deixaria o homem em dois mil, imagino eu que este fato já está ocorrendo em todo o mundo e que sera gradativo, segundo sua Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 25/01/2015

    15).”É a pressuposição da vigência da Lei o que nos impede de “discernir o espírito da Palavra e a palavra do Espírito”, com liberdade para mostrar a cara, crendo que somente pela expressão des-amedrontada do ser que confiou na Graça, é que vem a conversão incessante, de gloria em gloria, tendo a Jesus como a referência-infusa-cotidiano-existêncial, para a mudança””””Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 25/01/2015

    14.). Na Graça, todavia, a salvação é o oposto. Se a Lei cobre a face e esconde o ser, o Espírito, e a confiança na suficiência de Cristo, nos põe no extremo oposto dessa atitude:“E todos nós com o rosto desvendado, contemplando como por espelho a gloria do Senhor, somos transformados de gloria em gloria, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito”—é o argumento antitético de Paulo.E mais: não é algo apenas que ocorre na perspectiva individual, mas também, comunitária. Afinal, Paulo diz: “E todos nós…”Cont... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 25/01/2015

    13). A Lei cobre o rosto, esconde o ser, camufla a culpa, veste-se de exterioridades compartimentais, se jactancia de seu conhecimento e teme mostrar a cara a Deus e ao próximo, daí, pela Lei, o ser não revela jamais seu interior, pois, em o fazendo, mostra seu estado de desvanecencia! Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 25/01/2015

    12).Isto porque somente na Graça o véu é retirado. E este tirar o véu é fruto da “libertação do medo”, e que só acontece em nós como obra do Espírito no coração do ser humano que não tem nenhum tipo de auto-suficiência, porque confiou des-assustadamente na obra consumada de Jesus na Cruz. Assim, onde está-há o Espírito do Senhor, aí está-há liberdade! Neste ponto o argumento de Paulo nos remete, na Graça, para uma postura diametralmente oposta àquela gerada pela Lei! Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 25/01/2015

    11). “Até hoje, quando é lida a Bíblia, o véu está posto sobre o coração deles”—é o que com dor melancólica tem-se que dizer acerca da grande maioria dos cristãos, especialmente de seus “lideres” e “mestres”. Assim, o que se disse acerca “deles” é o mesmo que hoje temos que admitir acerca de “nós mesmos”, pois, se ainda há Lei, não há revelação da Graça.Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 25/01/2015

    muitos anos de vida e boa experiência, e com esta experiência nunca vi um justo a mendigar o pão nem o injusto a se fartar dele, portanto o que importa é o raciocínio lógico, a essência bíblica, o que poucos podem ver, não me manifesto para mudar o mundo nem tampouco a crença de ninguém, mas simplesmente busco dar um pouco de luz aos que dela necessitarem em suas horas de angustia e descrença, o senhor Deus e seu filho Jesus É a única soluçãoDenunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 25/01/2015

    Nas escrituras bíblicas se encontram escritos coisas boas e coisas má, conselhos bons e conselhos maus, e temos o livre arbítrio para decidir o qual seguiremos, seja qual for a escolha, a palavra aconselha que deverá ser bem percorrido e por esta razão sigo meu caminho de acordo com meu entendimento do que é bom e justo, o senhor Deus me deu de conhecimento para meu sustento engenharia, arquitetura, medicina, metafisica, psicologia, sociologia, e teologia; e para meu sustento espiritual o amor de minha grande famíl... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 25/01/2015

    Clodoaldo é lavar cabeça de Jegue com sabão. Esse Sujeito não vai querer saber do Salvador " Está Consumado""? Para nós " Está ". Para áureo? ?? Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 25/01/2015

    2). Prezado senhor Aureo –Santo André, Observe bem a maneira com que Deus começa a escrever o Decálogo: “Então, falou Deus todas estas palavras: EU SOU O SENHOR TEU DEUS, QUE TE TIREI DA TERRA DO EGITO, DA CASA DA SERVIDÃO – Êxodo 20.1-2; a) – Sr. Áureo, responda-me, com quem Deus está falando? b) – A quem Deus está se dirigindo? c) - A Aliança está sendo feita com quem? d) – A quem Deus libertou, tirando da terra do Egito? “Porque te LEMBRARÁS que foste servo na terra do Egito e que o Senhor, teu Deus, Te t... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 25/01/2015

    1). Prezado sr.Aureo – Santo André. Realmente o sr. tem razão quando afirma que Jesus havia acabado de cumprir toda a Lei para livrar o homem do pecado e TUDO ESTÁ CONSUMADO, por isso, o senhor Áureo, não precis mais guardar o Sábado. Outro equívoco de sua parte, sr.Aureo, onde diz: “Logo apos teria início o Sábado em que Jesus descansaria em seu túmulo de toda a obra redentora que acabara de fazer. Perceberam – Ao sétidmo dia descansou e restaurou-se (ressureição)”. Esta é a interpretação exclusiva e anti bí... Denunciar comentário ofensivo

  • Aureo (Santo André) - 24/01/2015

    Disse Jesus na cruz: " Tudo está consumado". Jesus havia acabado de cumprir toda a lei para livrar o homem do pecado. Logo após teria inicio o "sabado" em que Jesus descansaria em seu tumulo de toda a obra redentora que acabara de fazer ("tudo consumado"). Leiam com muita atenção Exodos 31.16: "Guardarão, pois, o sábado os filhos de Israel, celebrando-o nas suas gerações por aliança perpétua". Exodos 31.17 - Entre mim e os filhos de Israel será um sinal para sempre; porque em seis dias fez o SENHOR os céu... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    10)). “Até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles”—é o que diz Paulo! O que Paulo nunca imaginou é que dois mil anos depois nós ainda constatássemos a mesma cegueira, e muito menos ainda poderia ele imaginar que tivéssemos que repetir a sua frase relacionada aos judeus legalistas, agora, reatualizada e aplicada aos “cristãos”. Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    9). A Lei embota, cega, os sentidos! A Lei tira a sensibilidade para a Palavra! Somente a “conversão” ao Senhor—e aqui Paulo não fala de se tornar “CRISTÃO” ou “MEMBRO DE IGREJA” ou “CRENTE NA BÍBLIA”, conforme hoje entendemos a idéia de “CONVERSÃO”, mas QUE SE RENDA À GRAÇA EM CRISTO.”—, é o que pode des-anuviar os sentidos cegados pela presunção gerada pelo sentimento de superioridade oriundo da “observância externa da Lei, bem” como, pelo pre-conceito que dela se origina, criando uma barreira invisível para... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    8). Hb.8. 12: “Quando ele diz NOVA ALIANÇA (1ª.Co.11.25 -Cristo) torna-se ANTIGA a Primeira (Sinai, os Dez Mandamentos, O Sábado…). Ora aquilo que se torna ANTIQUADO E ENVELHECIDO (Os Dez Mandamentos, o Sábado…), está prestes a DESAPARECER.”. Ora, como a Lei estava dada, e sua constituição era fixa—desde o elemento no qual fora inscrita: “pedra” —, até mesmo as suas observâncias externas tornavam-se, também, fixas. Portanto, dela (a Lei) não se poderia esperar que “NASCESSE VIDA”, pois, esta acontece apenas onde... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    7). Hb.7.12: “ Pois quando se muda o Sacerdócio (de Levítico para Cristo) “NECESSARIAMENTE HÁ MUDANÇA DE LEI”; Hb. 8.6: “Agora, com efeito, obteve Jesus ministério tanto MAIS EXCELENTE…”; 7: “ Porque se aquela primeira Aliança (Sinai) TIVESSE SIDO SEM DEFEITO, de maneira nenhuma estaria sendo buscado lugar pa a SEGUNDA Aliança (1ª.Co.11.25-Cristo)”. Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    6). E é neste ponto que Paulo assume a maior ousadia quando compara a CADUCIDADE , O ESCLEROSAMENTO DA LEI, frente a eterna vida produzida pelo Ministério do Espírito como está escrito em Hb.7.11: “Se portanto, a perfeição houvera sido mediante o sacerdócio Levítico (pois nele baseado o povo recebeu a Lei dos Dez Mandamentos no Sinai) que necessidade haveria ainda de que se levantasse outro sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque (Cristo)…” Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 24/01/2015

    Em um dos comentários desse Patético Clodoaldo- Coronel Prosopopéia. Ele cita o João 10:27 más como é um IMBECIL RELIGIOSO nada de citar o João 10 : 3-4? " as Chamo pelo Nome e Ele Chama as Ovelhas Dele para Fora do APRISCO, as Ovelhas do Salvador o seguem ONDE? ? NO APRISCO RELIGIOSO ou FORA DESSA MENTIRA RELIGIOSA? ?? Clodoaldo não te conheço portanto nada sei para que venha eu afirmar sobre o que faz ou nao faz. Somente digo-lhe- se é Membro de Alguma Merda Religiosa- Se faz Práticas De Cultos A... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 24/01/2015

    Clodoaldo vocey é Cheio de Muita Conversa Fiada. É Muito Lero Lero para dizer "" aprendeu sobre o SALVADOR" Passa a Bola para o outro- e vai viver a tua vida na Paz. É só isso Clodoaldo. Mas você Enfeita com palavras Rebuscadas no teu Repertório Acadêmico IMBECIBILIZADO PELOS TEUS PROFESSORES.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 24/01/2015

    Clodoaldo-Cornélia Propício- Qual foi a " IGREJA que o Sha'ul FUNDOU"??? Você diz " O Paulo Funda uma Igreja e ficou decepcionado"??? Qual Igreja?? O QUE A IGREJA CLODOALDO???? Para com isso de IGREJA. O Salvador não e jamais admitiria esse tipo de colocação tua. O SALVADOR É O CORPO ONDE ESTAREMOS UNIDOS- EU e Voce. E para isso não preciso estar do teu Lado- no mesmo local en que você se encontra. Esse é o Corpo do Salvador. No qual somos os seus Membros. Se liga Clodoaldo. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    5). Paulo diz que a Lei e sua Gloria são coisas de outrora, diante da sobreexcelente Gloria do evangelho da Graça de Cristo. Todos os verbos por ele usados em relação à Lei a posicionam no passado da revelação da Graça.O que segue é a incomparabilidade de ambas as revelações: A Lei era externa, a Palavra é interna. A Lei era o ministério da morte, a Palavra é o ministério da Vida. A Lei falava de condenação, a Palavra fala de justificação. A Lei se desvanecia, desaparecia, a Palavra brilha de Gloria em Gloria. Con... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    4). O argumento dele é o de sempre: “a letra mata”. A observância da Lei salvaria apenas aquele que pudesse cumpri-la toda. E como não existe, à parte de Jesus, ninguém que a tenha cumprido complemente—dos ambientes interiores às suas sutis exterioridades—,todos, portanto, por ela, se colocavam apenas sob os desígnios da culpa e da morte. Tendo isto em mente, chega agora a hora de olharmos para a Palavra e não apenas para a “epístola de Paulo”. E qual é a “mensagem” que ela carrega para nós hoje?Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    3). A certeza de Paulo de que dera uma passo muito para além das basicalidades das pregações “estereotipadas e exteriorizadas sobre as virtudes da Lei”, vinha do fato que ele sabia que a “Lei—conquanto boa e santa—, servia apenas para mostrar a nossa “insuficiência”, em relação a sermos salvos por ela”. Paulo não se sentia suficiente nem mesmo para pregar a Graça e suas virtudes —como se procedessem dele—, quanto mais a Lei, como se por ela alguém pudesse ser salvo! Continua…Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    2).É opinião praticamente unanime que os tais “adulteradores da Palavra” eram os cristãos judaizantes ou os judeus próximos à igreja, e que tentavam, insistentemente, trazer aos cristão a culpa de não serem pessoas que observam a Lei de Moisés. A prova disto é a seqüência do texto, onde as ilustrações são todas as da Lei e de sua produção na mente humana.O que o ministério de Paulo gerara neles, pela obra do Espírito, era algo que realizava o sonho dos profetas, que era ver a Palavra inscrita não nas “exterioridade... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 24/01/2015

    1). Em 2ª. Co. 3.1-18; Gl. 1.6-24 observamos Paulo, um apóstolo apaixonadamente sofrido, sentindo-se traído e desconsiderado pela igreja que fundou, e que, agora, além de des-conhecer seu pai espiritual, ainda se entregava às seduções de “falsos apóstolos”, dos “obreiros fraudulentos”, que “adulteravam a Palavra de Deus”, e criavam um “outro evangelho”, pois eram, de fato, “mercadores do “evangelho”, ainda que tivessem o impressionante “poder” de se transformarem em “anjos de luz e ministros de justiça; At. 15.5;... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 24/01/2015

    Eu ja falei que se o " LUCIANO" não Trabalhar no dia de Sábado? ? Os SABATISTAS não poderão Sobreviver nas 24 Horas Desse Dia. SABATISTAS quebram o MAIOR MANDAMENTO QUE FOI DADO PELO SALVADOR. QUEM ESTÁ COMETENDO MAIOR PECADO FONTRA O PRÓXIMO? O LUCIANO QUE TRABALHA PARA O SABATISTA? ? OU ESSES RELIGIOSOS QUE VIVEM ÀS CUSTAS DO TRABALHO DAS PESSOAS NO DIA DO SÁBADO? ???? Ninguém vai me responder ou me Refutar??? Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 24/01/2015

    Walber -Araguiana- Ellen White? ? Você tá MENTINDO PARA AS PESSOAS PORQUE? ? O CAMINHO É A RELIGIAO OU O SALVADOR. CAIA FORA IMBECIL RELIGIOSO. VAI PROCURAR ENSINAR AS PESSOAS A SEGUIR AO SALVADOR. PARA COM ESSA IMBECIBILIDADE RELIGIOSA. Devo ouvir as Palavras do Salvador ou de Ellen White? ??? Seo Imbecil. Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 24/01/2015

    Walber- Araguiana- Você Cai em Contradição " para o Jesus há dois caminho"?? Mas mas depois diz " Ha Congregações Religiosas que devemos seguir""?? Mas o " Jesus não é o Caminho"?? Walber a tua CONTRADICAO IMBECIBILIZADA PELA RELIGIAO E TODA CONTRADITORIA. QUER DIZER PARA VOCÊ QUE:: O Luciano não Está CULTUANDO NO TEMPLO RELIGIOSO e agora?? O Luciano não estaria "" No Caminho""?? HIPOCRITA RELIGIOSO. WALBER voce Nunca vai seguir o Messias enquanto estiver " SEGUINDO RELIGIAO"". Você diz para ... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 24/01/2015

    Walter Monteiro - Para de se Enganar e de Enganar as Pessoas- Não vejo alguém "" Seguindo ao Salvador"" É Muita Mentira de vocês Religiosos. Você e ou outros citam Ellen G. WHITE? ? QUEM? ? BOA BOSTA essa. Tá vendo Walter? ? Cita as Palavras do Messias o Nosso Salvador. Pare com citações de outros DESGRAÇADOS RELIGIOSOS. Moody? Quem? Outra Merda Religiosa. Lutero. Constantino. Papas. Padres. Pastores. Wesley. Tudo um Monte de Religiosos. Alguns poderia até ter boas intenções. Mas de Boas Intenções... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 24/01/2015

    Seguir somente a Jesus, é algo extremamente difícil para quem não é provido de bom senso, o insensato sempre tomara um atalho, por causa da sua ganância, é difícil a compreensão da palavra que diz no 1º mandamento (e só a ele prestara culto) dizer, (aquele que não segue a Jesus) é muito fácil mas segui-lo!!! não é guardar mandamentos, mas cumpri-los, como ele fez; portanto prestar culto a Sra. Ellen G. White, ao papa a pastor a padre a bispo a apóstolo ou qualquer líder espiritual, é anátema Denunciar comentário ofensivo

  • Walber (Araguiana) - 23/01/2015

    O ditado que diz: “todos os caminhos conduzem a Deus” é um engano de Satanás para iludir as pessoas e fazê-las “adorar” a Deus (ou ao próprio inimigo) “de qualquer jeito”, para que percam a salvação. Para Jesus, não há “muitos caminhos”, mas apenas dois: um que conduz a Deus e outro que leva para perdição: “Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela), porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são ... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 23/01/2015

    Gasparinto-SPC- Você é por acaso um Cristão? ? Você é um seguidor de qual Messias? ? O Messias Romano ou o Messias da Escritura? ?? Denunciar comentário ofensivo

  • Gasparin (SBC) - 23/01/2015

    Silas, vc é CRISTÃO? O que eu escrevi, não esta na Bíblia? Me parece que fecha os olhas para as palavras do CRISTO! Alem disso, vc sabe o significado de TORÁ? Jesus veio dar cumprimento a ela, não foi? Bem TORÁ significa “REVELAÇÃO” e não “LEI”. JESUS consolidou a revelação do “DEUS ÚNICO”e dos Mandamentos MORAIS de Moises! JESUS simplificou tudo para nós qdo disse: “AME A DEUS SOBRE TODAS S COISAS E AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO” – “AI ESTA A TORÁ E TODOS OS PROFETAS” – Por que se agarrar ao VELHO se o NOVO é LUZ EM ... Denunciar comentário ofensivo

  • Silas Mariano (Pinhais) - 23/01/2015

    Shalom a todos,A guarda do sábado e mandamento de Deus,Jesus veio para dar testemunho da palavra de Deus e não aboliu a Torá, foi exemplo ,conhecia as escrituras ,era judeu e viveu como tal.A mudança do sábado para o domingo foi uma ação da igreja católica no século IV,que disse ter autoridade para fazer isso.Desde então o cristianismo segue neste engano.voltemos para as escrituras,sigamos os ensinos dos seguidores do messias do primeiro século. AmémDenunciar comentário ofensivo

  • Gasparin (SBC) - 23/01/2015

    Interessante como as pessoas se dizem CRISTÃS, mas não dão valor as palavras e exemplos do CRISTO! Acho que é pq se fizerem isto terão que rever sua FÉ e CRENÇA e não estão preparadas para isto ou não querem! JESUS diz TEXTUALMENTE que é o “SÁBADO que foi feito para o homem e não o homem para o sábado” e ainda fez questão de confrontar os FARISEUS e SADUCEUS para deixar isto claro! Além de dar exemplo vivo, TRABALHANDO e SERVINDO aos sábados! (Não sou eu que digo, tudo isto esta na Bíblia. Pq fugir a esta realidade... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 19/01/2015

    3). Veja bem sr. ad(aracruz), um fariseu, intérprete da Lei, pergunta a Jesus: “Mestre qual é o grande mandamento (Singular) na Lei? Respondeu-lhe Jesus: “Amarás o Senhor Teu Deus de todo o teu coração de toda a tua alma e de todo o teu entendimento”. Este é o PRIMEIRO E GRANDE MANDAMENTO. o SEGUNDO, semelhante a este é: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” DESTES DOIS MANDAMENTOS DEPENDEM “”TODA A LEI”” E OS PROFETAS . Viu só sr. ad(aracruz) Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 19/01/2015

    2),Sr. ad(aracruz). Segundo E.G.White, os GUARDADORES DO SÁBADO VÃO PARA O CÉU, e guardadores do domingo vão para o Inferno.- O SELO DE DEUS NÃO CONSISTE NA OBSERVAÇÃO DE UM DIA DA SEMANA, MAS NA PRESENÇA DO ESPÍRITO SANTO NA VIDA DO CRENTE (Ef. 1:13). Veja só onde pode chegar o fanatismo daqueles que não vacilam para validar sua doutrina de que o “mandamento de João 14.15 refere-se ao Decálogo? ” e involuntariamente agride o grande mandamento ensinado pelo Senhor Jesus Cristo em Mt.22.24: Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 19/01/2015

    1). Prezado sr. ad(Aracruz) Veja o que diz sua profetiza:“Vi que o santo sábado é, e será, o muro de separação entre o verdadeiro Israel de Deus e os incrédulos, e que o sábado é o grande fator que une os corações dos queridos de Deus, os expectantes santos”. (Primeiros Escritos, pág. 33). - A ÚNICA BARREIRA DE SEPARAÇÃO ENTRE ÍMPIOS E JUSTOS É O “ESPÍRITO SANTO”, O NOVO NASCIMENTO, A CONVERSÃO, OS FRUTOS DO ESPÍRITO. Caso contrário, seria muito fácil saber quem vai para o céu e quem vai para o inferno.Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 17/01/2015

    Graça e Paz. Como havia publicado antes, e como o Dbomfim comentou abaixo, no capitulo 14 aos Romanos ele cita a esse respeito: * Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. (Romanos 14:5). Não cabe a nós fazermos duro juízo acerca disso, independente do dia, o cristão pode reservar um caso queira para santificar-se, consagra-se a Deus por seu Filho estando seguro e convicto do que esta fazendo, boa coisa é. E depois acerca de algu... Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 17/01/2015

    Graça e Paz. Com todo respeito aos sabatistas. E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. * E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera. (Gênesis 2.2,3). Até então vemos que o Criador não deu nenhuma ordenança quanto a guarda do ultimo dia da semana. Pelo contrario, o mesmo só passou a vigorar como uma ordenança a partir de Moisés: * Guardarão, pois, o sábado os FILHOS de ISR... Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 17/01/2015

    Da mesma forma que o povo judeu se afastou do Senhor, se achando mais digno que outros povos a salvação, hoje os "gentios" fazem o mesmo: Usam textos isolados, suposições, achismos, e acham que serão salvos mantendo o mesmo espírito de desobediência do antigo Israel. Enquanto aqueles eram fanáticos, estes são totalmente liberais. Ambos extremos estão longe da verdade. Enquanto a Bíblia deixa claro que o sábado é e sempre será um mandamento, indivíduos ignoram a verdade, para a própria perdição.Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/01/2015

    3. Nunca na carta se fala sobre jejum – essa é apenas uma solução encontrada pelos teólogos adventistas para negar o texto de Rm 14 e confirmar suas convicções religiosas contrárias a ele, visto que, para o adventismo, a diferença de dias e a dieta alimentar são de suma importância para a fé (coisas que a carta nega, ainda que oriente o respeito a quem não conseguiu emancipar-se da fé judaica para abraçar definitivamente a fé cristã, que não é fundamentada em exigências de guarda de dias, nem em busca de preservaçã... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/01/2015

    2. Claro que o que se discutia era algo realmente ameaçador: a judaização da fé cristã e o legalismo religioso – isso se sim, era ameaça real à Igreja e incomodava suas lideranças, por desfigurar a proposta cristã, que não era se firmar como mera seita judaica, cuja distinção ao judaísmo oficial fosse apenas o reconhecimento de que o Messias esperado pelos judeus já havia chegado, na pessoa de Jesus. Ninguém que leia com objetividade Rm 14 deixa de perceber um conflito oriundo de percepções religiosas tradicionalis... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 17/01/2015

    1. A questão que fazem os sabatistas acerca da guarda do sábado não advém de nenhuma orientação neotestamentária sobre o assunto, apenas de uma leitura equivocada de uns poucos textos do NT (que na verdade nem tratam sobre a necessidade de guarda do sábado), seguido de uma enorme dificuldade de distinguir exigências religiosas do AT à fé israelita e o que realmente os cristãos que escreveram o NT entenderam que deveriam enfatizar e confirmar como fundamentos de sua religião cristã, a qual, evidentemente, não priori... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 17/01/2015

    Pelos frutos se conhece a árvore, ao puro tudo é puro ao impuro tudo é impuro, religião, igreja, pastor, padre, bíblia, templo, o que salva, se salvar de que, pra que? Guardar o sábado significa apenas adquirir conhecimento e sabedoria que é algo intransferível, a responsabilidade é única. Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 16/01/2015

    O Walter Monteiro - " ABISMO ENTRE ELE E AS OUTRAS PESSOAS.... " ??? ESSE BABACA RELIGIOSO julgando pessoas?? Ele diz assim : " Você não passa pra cá e nem eu passo pra lá. ."" ?? BABACA RELIGIOSO. WALTER MONTEIRO você não é melhor nem pior do que os demais Religiosos. Não sou melhor também e pelo contrario- Sou bem mais Pecador você. Tenha vergonha de si mesmo. BABACA.Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 16/01/2015

    Quem é salvo, obedece a Deus. Quem não é salvo, não consegue obedecer a Deus. Simples.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 16/01/2015

    Dbonfim o Sha'ul ENSINAVA a todos contra o TEMPLO imagina o que ele ensinava sobre Sábado? ?Denunciar comentário ofensivo

  • Eddie (Itabatan) - 15/01/2015

    Graça e Paz. Em nenhum momento cita-se nas Epistolas Apostólicas sobre alguma ordenança do sábado, tão pouco pelo fato dos Apóstolos se reunirem no primeiro dia da semana (Atos 20.7) eles não nos instruem para que se observe o domingo. Ao contrario destas observâncias defendidas por muitos cristãos, vemos na Graça de Cristo que todos os dias são iguais: * Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Romanos 14:5. E tratando-se da gu... Denunciar comentário ofensivo

  • carlinhos GOMES (SALVADOR-BA) - 15/01/2015

    gente vou ser curto e objetivo,os cristãos ñ guardam o sábado,e sim o domingo,porquê a igreja primitiva,adotou o domingo o dia do senhor,o dia que nosso senhor Jesus ,ressuscitou dentre os mortos Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 15/01/2015

    Hipócrita Religioso- o Messias disse o que sobre " Guardar o Sábado""?? Esse Sujeito cheio de palavreados perfeitamente correto. Mas cheio de Engano e Mentira. Sábado ou Domingo. Que diferença irá fazer?? Se o que nos manda fazer é Amar... Desgraçados Religiosos. Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/01/2015

    Correções: Sobre o argumento do sr. João Oliveira Neto: "’Então, se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E, no sábado, descansaram, segundo o mandamento’. O livro de Lucas foi escrito aproximadamente 16 anos após a morte de Jesus”, há que se destacar, a confusão que ele promove, ao que passamos a esclarecer: Sem adentrar no mérito de datas, pois esse evangelho de Lucas costuma ser datado entre os anos 80 a 90 E.C. (portanto, no mínimo, uns 50 anos após a morte e ressurreição de Jesus), narra contudo, episódio... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 15/01/2015

    Sobre o argumento do sr. Joao Oliveira Neto: "Então, se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E, no sábado, descansaram, segundo o mandamento. O livro de Lucas foi escrito aproximadamente 16 anos após a morte de Jesus”, há que se destacar, a confusão que ele promove, ao que passamos a esclarecer: Sem adentrar no mérito de datas, pois esse evangelho de Lucas costumar ser datado entre os anos 80 a 90 E.C. (portanto, no mínimo, uns 50 anos após a morte e ressurreição de Jesus), narra contudo episódio ocorrido em ... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 15/01/2015

    Religiosos Desgraçados- Só pensam em suas Religiões. O Messias diz que Devemos seguir a ELE e vocês DESGRACADOS PORCOS IMUNDOS nunca irão Entender? ?? Sábado ou Domingo não irá Salva-los. Porque não guardam as Palavras do Salvador? ? É a Palavra que Deveríamos Estar Guardando. Desgraçados Religiosos. dos Infernos. - Denunciar comentário ofensivo

  • Joao Oliveira Neto (Boa Esperança) - 15/01/2015

    Romanos 2:13 - Porque os simples ouvidores da lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados." Pergunta; Os que praticam a lei serão justificados? Não é somente pela fé no sangue de Cristo? Respostas objetivas. JoãoDenunciar comentário ofensivo

  • Joao Oliveira Neto (Boa Esperança) - 15/01/2015

    Lucas 23:56 diz:\"Então, se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E, no sábado, descansaram, segundo o mandamento.\" O livro de Lucas foi escrito aproximadamente 16 anos após a morte de Jesus. Pergunta: 1) As mulheres que conviviam com Jesus não foram avisadas pelo Salvador que o sábado fora abolido? 2) Por que elas continuavam a guardar o sábado conforme o mandamento?Mateus 19: 17 - Respondeu-lhe Jesus: Por que me perguntas acerca do que é bom? Bom só existe um. Se queres, porém, entrar na vida , guarda os ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/01/2015

    Há dois lados: o lado do rico e o lado de Lazaro e entre eles um profundo abismo de maneira que eu não posso passar para ai nem tu para cá; um abraço Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/01/2015

    2). O Sr. ad(aracruz) está equivocado ou não lhe ensinaram que obedecer a Deus não é o meio nem a condição para ser SALVO, mas sim o resultado e a consequência de quem já CREU e recebeu a Cristo como seu único e suficiente salvado, são as palavras do próprios Senhor Jesus Cristo, que disse: Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e CRÊ naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida. -João 5:24. MUITO SIMPLES sr. ad! Abraços na graça e paz do Se... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/01/2015

    1). O Sr. ad(aracruz), diz; “Quem é salvo, obedece a Deus”, mas a profetiza da IASD ensina que: ”:Nunca se deve ensinar aos que aceitam o Salvador, conquanto sincera sua conversão, que digam ou sintam que estão salvas ,ISTO É ENGANOSO”. – Parabolas de Jesus, pág. 155. O senhor ad, que obedece aos mandamentos de Deus “diz que é e sente-se SALVO”, mas sua profetiza ensina quem quem SALVO é ENGANOSO e está enganando.QUEM É O FALSO E MENTIROSO? O SENHOR ad(aracruz) ou a profetiza dos Adventistas Ellen G.White?Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 14/01/2015

    O Pão é A Carne do Salvador se você não compreende então é problema teu- Eles também não Compreenderam e foram embora- mas os que Entendem PERMANECEM COM O SALVADOR. TEMOS QUE COMER A CARNE DO SALVADOR e não o Pão de Dona Maria. Temos que Beber o Sangue do Salvador e não o Suco de Uva do Seo José. Quem entende faz isso. Quem não entende ?? PERDIDO ESTÁ E SOMENTE A MISERICORDIA DO PAI. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/01/2015

    Ele me deu para comer pão do céu João 6:11-12; junte tudo que sobrou nada pode se perder!Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 14/01/2015

    Quem é salvo, obedece a Deus. Quem não é salvo, não consegue obedecer a Deus. Simples.Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/01/2015

    2). Prezado sr.Walter Monteiro(São Paulo). A seguir, em 11.01.2015, o senhor começou a tergiversar, mas não respondeu a minha solicitação sobre o mesmo tema promovido pelo senhor que é o significado do sábado. Dai mudou completamente o asunto e pediu-me para citar um enigma bíblico. Caro senhor Walter, perdoe-me, mas com todo o respeito, estou apenas interessado em saber sua posição com relação ao sábado e sua solicitação de convencer os judeus a entregar a arca para a humanidade, pois ela contém o Santo Sáb... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/01/2015

    1). Prezado sr. Walter Monteiro (São Paulo). Retorno ao seu post de 08.01.2015, “onde o senhor diz para quem tem conhecimento do significado da palavra (sábado) tem plena consciência do significado de guardar o sábado e quem não tem tentar convencer os judeus a entregar a Arca da Aliança a humanidade pois ela contém o Santo Sabado… Foi sobre esse seu comentário que solicitei que o senhor elucidasse, biblicamente, o que entende do significado da palavra Sábado e para quem foi exclusivamente e especificamente ... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/01/2015

    Sr. Clodoaldo, eu não postei que o sábado é um enigma eu lhe pedi que vossa senhoria cita-se um dos vários existentes nas escrituras sagradas e aguardo a resposta, do contrário ficaremos desentendido por causa da palavra que diz se falo da terra e não me entende quanto mais se vos falar das coisas do céu, um abraço e que Deus o abençoe Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 14/01/2015

    Se for possível aos digitadores deste site elucidar ao significado da frase (tornai-vos para mim, e eu me tornarei para vois outro) em Malaquias, 3-7: não se esqueça Deus não faz dinheiro para que torne a ele Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/01/2015

    4). Caro sr. ad (aracruz). O verdadeiro significado da obediência está ligado à liberdade de ter sido ACEITO INCONDICIONALMENTE PELO AMOR DE DEUS.,O senhor já observou que o escravo cumpre o seu dever por medo, e o negociante satisfaz as exigências por interesse, mas o SALVO obedece somente por amor? Segundo C.Vasconcelos Jr., duas coisas pede o amor: “não pagar o que recebe e não cobrar o que dá”. O verdadeiro amor não exige reciprocidade nem se recente com a falta de correspondência. A característica genuín... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 14/01/2015

    3). Caro sr. ad(aracruz), “como amamos?” e sua resposta."Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos. João 14:15. Quero lhe afirmar que no Evangelho da GRAÇA , a Graça não permuta bênçãos por obediência. Não obedecemos para sermos abençoados, mas, porque somos abençoados graciosamente com todas as bênçãos em Cristo, fomos abençoados também com a bênção da “OBECIÊNCIA VOLUNTÁRIA. Na fé Evangélica, não há vassalagem nem obediência interesseira. Por outro lado,OBEDIÊNCIA OBRIGATÓRIA , É COERÇÃO. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 13/01/2015

    2). Caro sr. ad(aracruz), O senhor continua equivocado a respeito dos mandamentos no Novo Testamento. Se estudar com determinação e sem nenhum ranço de doutrinas humanas, verá que os mandamentos citados no N.T. são os mandamentos dados pelo Espírito Santo ao Senhor Jesus e que são chamados mandamento de Jesus (At. 1.2.). É o que está escrito em 1ª. Jo. 1.2,3,4 pois ali João fala de Jesus e usa o pronome possessivo “SEUS” (plural) e que revela tratar-se dos “mandamentos de Jesus”. A base dos mandamentos do Senho... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 13/01/2015

    1). Caro sr. ad(aracruz) , nos deixa PASMO ao afirmar que o mandamento de João 15.12, é “UM SUPOSTO E ÚNICO MANDAMENTO”. O senhor sabe o que significa a palavra “SUPOSTO”? No dicionário diz que SUPOSTO significa “FALSO’; “DESPROVIDO DE VERDADE; QUE SE ADMITI ATRAVÉS DE HIPÓTESES”… Viu só a dimensão da ABERRAÇÃO que o senhor citou? Nessa sua ótica o mandamento do Senhor Jesus para amar ao próximo é FALSO e DESPROVIDO DE VERDADE. Sua declaração transpõe a fronteira da insanidade e da sensatez. Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 13/01/2015

    Sr. Clodoaldo, eu não postei que o sábado é um enigma eu lhe pedi que vossa senhoria cita-se um dos vários existentes nas escrituras sagradas e aguardo a resposta, do contrário ficaremos desentendido por causa da palavra que diz se falo da terra e não me entende quanto mais se vos falar das coisas do céu, um abraço e que Deus o abençoe Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 13/01/2015

    Tudo que Jesus ensinou a seus discípulos, o próprio Cristo entende como mandamentos (por isso a colocação em Jo é no plural). Entretanto, por excelência, o mandamento de Jesus é o amor fraterno (amor mútuo), pois a igreja é uma comunidade de irmãos. Não há no evangelho de Jo qualquer recomendação acerca da guarda do sábado, como também não há nos demais evangelhos, onde sim, há a recomendação de não colocar o sábado acima do homem. Usar o evangelho para impor a guarda do sábado é desonestidade intelectual, pois a ... Denunciar comentário ofensivo

  • Adailton (São José) - 13/01/2015

    ad (aracruz), mas é Cristo quem diz que "o sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado". E, se Ele que é o Senhor de tudo, inclusive do sábado, diz isso, será que é o ad que vai dizer o contrário?Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 13/01/2015

    Clodoaldo: MEUS MANDAMENTOS. PLURAL. E outra coisa: Se acha que guarda o suposto único mandamento, que é amar, pergunto: como amamos? Resposta: "Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos. João 14:15Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 13/01/2015

    Prezado senhor ad(aracruz), O senhor está certo ao citar João 14.15: “Se me amais guardareis os meus mandamentos”. Só que esqueceu de citar que o mesmo apóstolo João que citou João 14.15, também citou em João 15.12 quais são os mandamento de João 14.15, que é para serem guardados, e que são estes: “ O MEU MANDAMENTO É ESTE: QUE VOS AMEIS UNS AOS OUTROS, ASSIM COMO EU VOS AMEI”. Agora sim, sua afirmação está completa. Abraços na graça e paz do Senhor, do Aprendiz de Cristão.Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 12/01/2015

    Adailton, quem ama a Deus guarda os mandamentos. Quem não ama, arruma desculpa e segue a mentira. ¶ Se me amais, guardai os meus mandamentos. João 14:15Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 12/01/2015

    3). Prezado sr. Walter Monteiro (São Pauo). Se tivermos essas atitudes, será difícil entender a Palavra de Deus. Infelizmente, todos nós somos afetados, até certo ponto, pelas pessoas à nossa volta. Isto posto, considerando que o Sábado, à luz da Bíblia, não é nenhum enigma, falemos então a mesma linguagem, ou seja, que o senhor, Walter Monteiro, elucide, biblicamente, a dois de seus questionamentos de 08;01.2015: 1º.) O que o senhor entende do significado da palavra Sábado??? - que não é nenhum enigma;... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 12/01/2015

    2). Prezado sr. Walter Monteiro (São Paulo). Mas outro fator chave (e de uma maneira surpreendente) é que a BÍBLIA FOI ESCRITA PARA SER DIFÍCIL DE ENTENDER , AOS QUE NÃO CRÊEM . Isto era um método consistente de Jesus ensinar enquanto Ele caminhava e ensinava aqui na terra: II Pedro 3:16 Falando disto, como em todas as suas epístolas {de Paulo}, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição. NÓS DEVEMOS PROCURAR O... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 12/01/2015

    1). Prezado sr. Walter Monteiro (São Paulo). Com todo o respeito, ouso, segundo a Bíblia, a discordar de sua afirmação de que a Bíblia foi escrita somente por provérbios, parábolas, enigmas e ditados, pois quando se estuda a bíblia, observa-se que foi escrita por parábolas para facilitar o seu entendimento, pois segundo o Senhor Jesus Cristo em sua oração ao Pai, diz que: escondeste cuidadosamente estas coisas dos sábios e dos intelectuais, e as revelaste aos pequeninos. (Lc. 10.21) .Denunciar comentário ofensivo

  • Adailton (São José) - 12/01/2015

    ad (aracruz), você sabe que esse trexo que citou só foi escrito quando do exílio da Babilônia? Lembra que Cristo disse: "Não pensem que eu vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim abolir, mas dar-lhes pleno cumprimento." (Mt 5,17)? "Meu Pai continua trabalhando até agora e eu também trabalho." (Jo 5,17)? "O sábado foi feito para servir ao homem, e não o homem para servir ao sábado." (Mc 2,27)? Então, quem é o Senhor? o Cristo Jesus? "Não fiquem devendo nada a ninguém, a não ser o amor mútuo. Pois, quem ama o próximo... Denunciar comentário ofensivo

  • ad (aracruz) - 12/01/2015

    E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera. Gênesis 2:2-3 Depois disso, Deus nunca revogou sua lei moral, logo, o sábado ainda é o dia do senhor, devendo o cristão obedecer a Deus, assim como qualquer outro mandamento, como não matar, não furtar, etc;Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 12/01/2015

    Quando O Salvador diz "" Aquele que Crer em Mim como Dizem a ESCRITURA... " ELE ESTAVA FALANDO DE QUAL ESCRITURA - Dbonfim? ?? Por isso é que Ele também fala "" Muitos virão em meu Nome..."" No Nome de Quem Dbonfim? ?? Jesus é um Plagio Romano Sr. DBONFIMDenunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 11/01/2015

    Os Religiosos consideram Sagrada uma Biblia toda Mexida. O Tanach? Escrito por quem? ?? Quando foi que os Textos dessa Biblia foram Sagrados? ?? Nunca. Sagrado é o que? ? Mudaram os Nomes dos Profetas e esses Animais Religiosos chamam issovde Sagrado? ? Mudam o Nome do Messias e onde está o Sagrado Nisso??? JERÔNIMO RECEBEU DO CRIADOR ALGUM TEXTO??? A ROMA MUDA TEXTOS DECIDEM O QUE É SAGRADO e vocês Animais Religiosos aceitam??? Onde é que esta esta Escritura Sagrada? Tudo isso é uma Mentira MENTIRAS RELI... Denunciar comentário ofensivo

  • DBonfim (Jaguarari) - 11/01/2015

    A resposta à questão sobre a necessidade ou não de guardar o sábado, segundo a Bíblia, deve ser cuidadosa. Isto porque, nós cristãos entendemos por “Bíblia” um conjunto de livros sagrados, reunidos em duas grandes seções: a primeira o AT (que corresponde aos livros próprios da RELIGIÃO JUDAICA, subdivididos em “Lei”, “Profetas” e “Escritos”), e que os judeus chamam de Tanach (ou Tanak) e segunda parte, o NT (que corresponde aos livros próprios da RELIGIÃO CRISTÃ (não aceitos, porém, por judeus). Assim, é correto a... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 11/01/2015

    SÁBADO? ? Vem depois da SEXTA-FEIRA. Mais que isso é um Monte de " Adnod" Discutindo Dogmas Religiosos. O Sr. Walter Monteiro? O outro Sujeito? ? São pessoas Religiosas e sempre estarão defendendo as Doutrinas e Ensinos que Aprenderam dos LIDERES RELIGIOSOS. Essas pessoas não pensam por si mesmo e sempre estarão na Dependência dos ALGOZES DO SISTEMA RELIGIOSO. Guardar o Sábado? ? É a mais pura Ignorância e um dos Maiores pecados. Quem não Trabalhar no Sábado jamais estarão com o SALVADOR PORQUE? ? SABAT... Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 11/01/2015

    Senhor Clodoaldo, não basta ser estudante bíblico, ela foi escrita por provérbios, parábolas, enigmas e ditados, e claramente dito só o coração apurado poderá entende-lo, cite você apenas um enigma bíblico para que viabilize a falarmos a mesma linguagem e então nossas mensagens serão claras e objetivas um abraço que Deus o abençoe. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 10/01/2015

    Prezado senhor Walter Monteiro (São Paulo). Com relação a sua postagem de 08.01.2015, para comentar o seu questionamento gostaria, se possível, que o senhor elucidasse, biblicamente, a dois de seus questionamentos: 1º.) O que o senhor entende do significado da palavra Sábado??? - 2º;) Para quem foi exclusivamente e especificadamente ordenado a guarda do Sábado? Fico aguardando sua resposta para comentar sua postagem. Abraços na graça e paz do Senhor, do Aprendiz de Cristão…Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 08/01/2015

    Bruno - Você Não vai à Igreja porquê? ?? Você é a Igreja. Não quer ser s Igreja? ? De que voce tem medo? ? Onde está escrito que deve ir ao Templo para Buscar à Deus? ?? : Duas os Três pessoas Reunidas é a Igreja??? Porque voce precisa ir ao Templo?? Você já é o Templo. Porque, temos que ir ao Templo? " Somos o Templo. E se eu não for ao Templo?? Deixo de ser "" Membro do Corpo do Salvador"????Denunciar comentário ofensivo

  • Walter Monteiro (São Paulo) - 08/01/2015

    Para quem tem conhecimento do significado da palavra (sábado) tem plena consciência do significado de guardar o sábado e aos que não tem pelo menos tente convencer os judeus a devolver a arca da aliança a humanidade, pois ela contem o Santo sábado, para quem sabe o que é. Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Percebo que você Luciano gosta muito de falar,mas escreva direito por favor,se você quer muito que as pessoas vejam seus comentários. De acordo com o que entendi você acha errado adorar a Deus?Tanta gente por aí adorando outros deuses e você dizendo que não pode adorar o verdadeiro Deus?Já usei minha boca para blasfemar,para falar palavras torpe,para mentir,fofocar,agora que conheci um Deus tão maravilhoso através da palavra de Deus em uma igreja,vou glorifica-lo,o cristão não deve usar seus membros para pu... Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 01/01/2015

    Eu não sei você,mas eu preciso me congregar,eu necessito ter um local onde me encontro com outros irmãos que buscam a Deus,lá sou fortalecido,não que uma religião ou a placa de uma igreja vá me salvar,eu não vou a igreja para ser justificado,pode ser a situação de muitos,mas para outros,ir a igreja é uma oportunidade de receber consolo e fortalecimento na fé e na esperança em cristo,estando um ou dois reunidos na fé em cristo,Jesus estará presente,significa que reunidos podemos obter uma espiritualidade, um ... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 30/12/2014

    O que essas pessoas religiosas não conseguem entender? Templo. O que é um Templo Religioso? ?? Veja se é isso ou não- Templo é Local de Adoração? Creio q sim. Se não for para Adorar então o porque de "" um Altar e púlpito""??? Altar para um Sacerdote? ? É Mentira? Altar para um Deus?? É Mentira?? Isto é um Templo Religioso. Eu nunca vi um monte de pessoas indo para sede de um Clube para Adorar a Deus. Todo mundo vai ao Templo chamado de Igrena Para Adorar a Deus. São pessoas Mentirosas se disserem que não é... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 30/12/2014

    Bruno voce coloca o versiculo de Heb. 10: 25? ? O texto fala de estarmos REUNIDOS-más que tipos de Reunião? ? Bruno Cultos de Adoração não é disso que este Versiculo de Heb. 10 : 25 está falando Bruno REUNIR é o Mesmo que CULTUAR EM ADORAÇÃO? ?????? NÃO É NÃO e voce sabe disso, mas você pode escolher entre a Mentira e a Verdade. Heb 10 : 25 não fala de se fazer Cultos de Adoração a Deus. Voce sabe disso. Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 30/12/2014

    Bruno voce tem certeza que leu o que eu coloquei? O Templo do Espirito do Pai está dentro de voce -agora não tenho que te dar satisfação nenhuma a partir de que voce não quer ser o Templo do Espírito. Não tenho mais nada a te falar. Eu não tenho que tomar cuidado "A Letra mata" ?? Mas que porcaria é essa que voce coloca? Eu estou com a defender o AMOR e não A Religião Desgraçada e voce vem com A Letra mata?? Ela vai te matar, pois Quem defende Religião é voce.Denunciar comentário ofensivo

  • Bruno (Fortaleza) - 28/12/2014

    Luciano (Natal),não me lembro de Jesus ter ordenado a sua igreja de se reunirem em algum templo,entendo seu ponto de vista,mas cuidado,a letra pode matar,porque a Bíblia relata que Israel era um povo sem entendimento,se preocupavam em cumprir as diversas obras da lei(escritas e ordenadas para Israel)sem entender que a lei se resume no AMOR,mas o espírito nos vivifica,e o bom senso está muito bem acompanhado nas coisas espirituais diferente das coisas carnais que não tem nenhuma virtude.Se Jesus fosse trazer ord... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Todas e qualquer RELIGIÃO é a INIMIGA do MESSIAS. Não adianta os Senhores insistir. Faço os questionamentos e ninguem os responde, porque? Se calam diante - não de mim pois sou um ZÉ NINGUEM, não sou TEOLOGO e tampouco Pastor. Más coloco que MANDAMENTOS foram dados pelo MESSIAS?? AMAR AO PAI E AO PRÓXIMO. CORRETO? aí pergunto = IR AO TEMPLO chamado de IGREJA e lá realizar um CULTO de ADORAÇÃO a DEUS é uma PRÁTICA ORDENADA pelo SALVADOR?? o SALVADOR mandou que fossemos para algum LUGAR e nesse lugar ( templo re... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    O que esse sujeito não vai nunca entender?? SEGUIR A RELIGIÃO voce não estará seguindo ao SALVADOR e porque?? o SALVADOR não está am NENHUMA RELIGIÃO. ELE ESTÁ DENTRO DE VOCE. Esse SUJEITO RELIGIOSO ainda quer ficar CONTRARIANDO ao que o SALVADOR veio nos dar nas suas MENSAGENS. O MESSIAS não veio TRAZER NENHUMA RELIGIÃO e justamente pelo contrario 0 SALVADOR ACABA COM A RELIGIÃO-- Más isso só vai ENTENDER aqueles que VERDADEIRAMENTE o SEGUEM. Esse camarada comenta com versiculos de "" MANDAMENTOS DO MESSI... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    "" E o meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como Eu vos amei."" E AÍ?? OS DESGRAÇADOS RELIGIOSOS citam para as pessoas este versiculo?? Más quem é que me conhece?? quem vai me dizer que NÃO AMO AO MEU PROXIMO?? Essas DESGRAÇAS RELIGIOSAS utilizam textos biblicos para manter as suas MERDAS RELIGIOSAS. O SALVADOR DISSE QUE ERA PARA NOS AMARMOS? O QUE OS RELIGIOSOS FAZEM?? VÃO AO TEMPLO ao qual eles o chamam de IGREJA ADORAR ??? Más o MESSIAS não mandou fazer essas coisas- ELE disse... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    "" AQUELE QUE DIZ EU O CONHEÇO, E NÃO GUARDA OS SEUS MANDAMENTOS - “COMO RESPEITAR E AMAR O SEU PRÓXIMO” (Jo. 15,12) – “””É MENTIROSO”” E “”NELE NÃO ESTÁ A “VERDADE”. esse SUJEITO coloca versos soltos?? Para quem? O QUE SÃO E QUAIS SÃO OS SEUS MANDAMENTOS??? FAZER PARTE DA RELIGIÃO é algum MANDAMENTO ??? CULTOS DIVINOS A DEUS é algum MANDAMENTOS do MESSIAS?? EXERCER O SACERDOCIO ( pastores ) é algum MANDAMENTO do MESSIAS?? QUAL SERIA A PRATICA RELIGIOSA QUE SEJA ALGUM MANDAMENTO DO SALVADOR?? e ess... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 27/12/2014

    AQUELE QUE DIZ EU O CONHEÇO, E NÃO GUARDA OS SEUS MANDAMENTOS - “COMO RESPEITAR E AMAR O SEU PRÓXIMO” (Jo. 15,12) – “””É MENTIROSO”” E “”NELE NÃO ESTÁ A “VERDADE”. 1ª. João 2.4. Estes versos são tão claros que dispensam quaisquer comentários. Qualquer semelhança , não é mera coincidência, é realidade pura daqueles que são convencidos de Cristo, mas não convertidos a Ele, pois os convertidos são mansos e humildes de coração. Não adiante dizer, dizer, mas não viver o que se diz. Esta é a diferença.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    SALOMÃO - ASSASSINO- IDOLATRA - O MAIOR BRUXO ou FEITICEIRO de TODAS AS EPOCAS aqui desse PLANETA. é o EXEMPLO para esse SUJEITO a seguirmos. DESGRAÇADO - ENQUANTO TENTAMOS em seguir ao que o SALVADOR diz - o que é bem dificil mesmo, não há como negar que é dificil. esse camarada aqui vai citar o SALOMÃO?? ISSO É UMA DESGRAÇA daquele que não ACEITA A GRAÇA DIVINA.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Agora eu sei porque esse sujeito vem utilizar o SALOMÃO como EXPERIENCIA --- esse CAMARADA é um IDOLATRA tal qual o SALOMÃO - se há alguem que PRATICOU mais IDOLATRIA que o SALOMÃO esse alguem ainda vai NASCER- Salomão prestou culto a Asterote, deusa dos sidónios, e a Milcom, o abominável deus dos amonitas. que BELA EXPERIENCIA esse SALOMÃO " O SÁBIO " dá para esse SUJEITO que colocou COMENTARIOS ELOGIOSOS A ELE. Chegou mesmo a construir um templo sobre o Monte das Oliveiras, do outro lado do vale que está em... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Esse SUJEITO se SUPERA nas suas MENTIRAS e ENGANOS- agora é o SALOMÃO QUE SERVE DE experiencia EXPERIENCIA DO MAL rsss. veja o que esse camarada diz. "" Isto posto, vamos acatar a experiência desse sábio e continuar a vida normalmente na, Graça de Deus -"" I Reis 11:9-12,14,23,26 "Então o Senhor se indignou contra Salomão, porque seu coração tinha se apartado do Senhor Deus de Israel, é esse o TIPO que devemos ter como experiencia?? CAIA FORA SUJEITO.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    vamos acatar a experiência desse sábio e continuar a vida normalmente na, Graça de Deus e..."" esse sujeito é um DESGRAÇADO - sem a GRAÇA do PAI e porque?? seguir o sábio SALOMÃO?? seguir outros deuses, e seu coração não foi fiel ao Senhor seu Deus, como era o coração de seu pai Davi. Salomão seguiu a Astarote, deusa dos sidônios, e Milcom, a abominação dos Amonitas. Salomão fez o mal aos olhos do Senhor, e não seguiu totalmente o Senhor, como fez seu pai Davi. Então edificou Salomão um alto a Quemós, a abom... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    "" Salomão que foi o maior sábio de sua época, "" agora é com o SALOMÃO que esse sujeito vai defender a sua MENTIRA. Veja camarada "" vamos acatar a experiência desse sábio e continuar a vida normalmente na, Graça de Deus . " - VAMOS ACATAR A EXPERIENCIA DESSE SABIO? veja SUJEITO = Entre aqueles que, embora inicialmente andava com o Senhor de todo coração, mas que mais tarde, ao permitir que o pecado entrasse em seus coração, se afastou Dele, provavelmente não há outro exemplo que... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    "" Jesus nunca acuou os opositores nem promoveu qualquer incitamente contra aqueles que o caçavam "" Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície. Mateus 23:27-- o SALVADOR falava essas coisas dos RELIGIOSOS- será que esse SUJEITO vai me dizer que MESTRES da LEI e FARISEUS não são RELIGIOSOS?? é bem capaz desse CAMARADA falar que estes NÃO eram da RELIGIÃO. Más porque esse sujeito DE... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 27/12/2014

    Salomão que foi o maior sábio de sua época, já nos alertara para que não respondêssemos mais aos insensatos segundo à sua estultícia, para que não nos tornassemos iguais a eles. Isto posto, vamos acatar a experiência desse sábio e continuar a vida normalmente na, Graça de Deus e na alegria que ela nos proporciona, mas, sempre, sem esquecermos de perdoar aqueles que nos criticam e nos agridem, pois esta é a vontade do Senhor Jesus Cristo, que nos ensinou, como filhos de Deus, a amar e respeitar o no... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Os que CAÇAVA ao SALVADOR eram os da RELIGIÃO e hoje ainda encontramos tais pessoas vivendo da mesma forma que aqueles DESGRAÇADOS RELIGIOSOS. esse camarada nunca vai aprender que os "" CAÇADORES do MESSIAS eram RELIGIOSOS """ Quando os chefes dos sacerdotes se reuniram com os LIDERES RELIGIOSOS, elaboraram um plano. Deram aos soldados grande soma de dinheiro, Mateus 28:12 -- OS RELIGIOSOS tinham planos para MATAR O MESSIAS e esse sujeito RELIGIOSO DESGRAÇADO ainda quer esconder os FATOSDenunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    ""Jesus nunca acuou os opositores nem promoveu qualquer incitamente contra aqueles que o caçavam. "" """ Serpentes! Raça de víboras! Como vocês escaparão da condenação ao inferno? Mateus 23:33 "" quem diz isso aos RELIGIOSOS - aqueles que PRATICAM A RELIGIOSIDADE? Esse Sujeito que disse que o SALVADOR nunca acuou os RELIGIOSOS ( opositores ) é um DESGRAÇADO RELIGIOSO.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    "" PODER DO EVANGELHO DA GRAÇA é capaz de CONVENCER .. "" outra IDIOTICE desse SUJEITO - Mas eu lhes afirmo que é para o bem de vocês que eu vou. Se eu não for, o Conselheiro não virá para vocês; mas se eu for, eu o enviarei. Quando ele vier, CONVENERÁ o mundo do pecado, da justiça e do juízo. Do pecado, porque os homens NÃO crêem em mim; esse sujeito diz que é "" PODER DO EVANGELHO DA GRAÇA capaz de CONVENCER "?? MALUCO esse camarada. o SALVADOR fala uma coisa e esse sujeito diz outra? esse é o... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    ""Jesus nunca acuou os opositores nem promoveu qualquer incitamente contra aqueles que o caçavam. "" ---Então, Jesus disse à multidão e aos seus discípulos: "Os mestres da lei e os fariseus se assentam na cadeira de Moisés."" depois o SALVADOR diz isso dos RELIGIOSOS- Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês fecham o Reino dos céus diante dos homens! Vocês mesmos não entram, nem deixam entrar aqueles que gostariam de fazê-lo. ESSAS PESSOAS SÃO RELIGIOSAS e o Sr. Clodoaldo quer as transformar... Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 27/12/2014

    2)- Prezada Paola Rodrigues. O espirito do Evangelho da Graça se caracteriza pela profunda certeza da fé, mas também pelo profundo respeito com a crença do outro. Jesus nunca acuou os opositores nem promoveu qualquer incitamente contra aqueles que o caçavam. Mesmo que não creia em nada do que o outro crê, como filhos de Deus, devemos respeitar a crença do outro, ainda que totalmente absurda. Pregamos o que cremos, respeitando o ponto de vista do outro, pois sabemos que o PODER DO EVANGELHO DA GRAÇA... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Mat.24.44- Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem. ELE VIRÁ e quero ver se a RELIGIAO DE VOCES IRÁ SER A DESCULPA. Denunciar comentário ofensivo

  • Clodoaldo (Cornélio Procópio Pr) - 27/12/2014

    1)- Prezada Paola Rodrigues. Devemos ter todo o cuidado para não sermos presas de pessoas que possam nos manter iludidos por uma aparência de sabedoria bíbllica. O grande perigo encontra-se na semelhança e, muitas vezes, a mensagem do inferno vem acondicionada em embalagens celestiais, causando uma confusão terrível, e não raras vezes somos iludidos pelas máscaras do engano afiveladas em suas faces. Por esse motivo, com frequência vemos estas pessoas criticando e zombando dos evangélicos confundind... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Penso que em primeiro lugar, João Batista confiou no Senhor, não procurou apoio de nenhuma organização RELIGIOSA do seu tempo e disse o que afinal já todos sabiam, mas ninguém tivera a coragem de denunciar. HOJE? VOCES RELIGIOSOS seguem aqueles do TEMPLO DE JERUSALEM Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Mas afinal, qual o ideal das RELIGIÕES? É o Templo de Jerusalém onde exibiam a sua santidade, ou o grupo de pecadores de João Batista? voces RELIGIOSOS ainda não percebem que estão em semelhanças ao DO TEMPLO DE JERUSALEM?? A sua RELIGIÃO em nada se compara com a MENSAGEM DO JOÃO BATISTA e muio menos com a mensagem do SALVADOR.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    O SALVADOR prometeu que voltaria, mas na sua segunda vinda já não será para salvar, mas sim para julgar o mundo e não podemos estar indiferentes aos últimos acontecimentos internacionais, a um mundo que cada vez se assemelha mais ao mundo que precedeu a vinda de Cristo, com a hipocrisia da RELIGIÃO, e dessa pessoas RELIGIOSASDenunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    João Batista recebia publicanos, considerados como traidores a Israel e até soldados, não sendo possível dizer se seriam soldados romanos ou soldados judeus destacados para protecção dos publicanos que os acompanharam, mas em qualquer das hipóteses eram o oposto aos santos das sinagogas e do Templo de Jerusalém.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Na o novo Reino de Deus que João Batista anunciava, os critérios eram outros. Ele chamou de “raça de víboras” aos “santos” e “perfeitos” segundo o critério veterotestamentário, mas não discriminou nenhum dos que o procuravam com sinceridade, pois segundo Mateus 3:6Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Também não me parece que João Batista se preocupasse com as regras da homilética nas suas pregações. É verdade que estamos noutra cultura bem diferente, mas segundo dizem os entendidos no grego, que não é o meu caso, ele não usa a linguagem elaborada dos intelectuais do seu tempo.Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Mat.3.7- Mas, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, disse-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira vindoura? quem diz isso?? o BATISTA?? o JOÃO O BATISTA diz para OS RELIGIOSOS daqula epoca isso-- raça de VIBORAS pensam que irão fugir da ira vindoura?? IRA VINDOURA - dessa IRA não temos como julgar e nem apontar as pessoas, somente sim- dizer que SERÃO VINDA AOS RELIGIOSOS- a IRA vai vir aos RELIGIOSOS - ou seja as pessoas que PRATICAM A RELIGIÃO ESTÃO ENQUADR... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Não há registo de milagres ou curas efectuadas por João Batista. O milagre que ele fazia era a transformação da mentalidade dos seus ouvintes. e hoje?? RELIGIOSOS dos INFERNOSDenunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    """ Lucas 3:11 a resposta de João Batista à multidão que lhe perguntava: Que faremos? ... Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos faça da mesma maneira. João Batista não pedia ofertas para o culto, nem para o seu sustento, mas pedia solidariedade entre os que o seguiam. Essa ajuda ao próximo era perfeitamente espontânea. Não havia contabilidade nem tesoureiros, nem fiscalização dos donativos. """ RELIGIOSOS dos INFERNOS. DESGRAÇADOS, sempre haverão de EXISTIR. a RELIGIÃO D... Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    "" Em Jerusalém o Templo ocupava o lugar central e as várias sinagogas rivalizavam entre si na busca dos melhores locais. João Batista não se preocupou em competir com eles. Como vimos, foi para uma região “deserta” nas margens do Jordão. Não nos consta que tivesse construído algum edifício para o seu CULTO. """ Más essas pessoas hoje?? Seguem a quem?? RELIGIOSOS dos INFERNOS Denunciar comentário ofensivo

  • Luciano (Natal) - 27/12/2014

    Nossos antepassados adoraram neste monte, mas vocês, judeus, dizem que Jerusalém é o lugar onde se deve adorar". o SALVADOR diz = "" No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. João 4:23 Más a minha irmã Paola Rodrigues vai ainda ao TEMPLO RELIGIOSO AD