Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a diferença entre epístola e carta?



  • Pergunta de Anna Paula Leite, Magé
  • 3196
  • 24/06/2018
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Cartas |


Uma grande parte do Novo Testamento é constituída por textos enviados como correspondência às comunidades ou líderes cristãos que viviam em diferentes partes do Império Romano.

Embora os dois termos que você menciona sejam sinônimos, alguns sublinham uma pequena diferença entre eles. A carta é algo mais pessoal, escrita diretamente a uma pessoa ou comunidade, sem uma finalidade ulterior. A epístola, ao invés, visa um público mais amplo; tem como objetivo não somente aquele público imediato, mas gostaria de ser difundida a toda os cristãos. Ou seja, a epístola era uma carta que tinha a ambição de ser amplamente difundida.

Sob esse ponto de vista, alguns dizem que os escritos de Paulo parecem mais com cartas, escritas de maneira pessoal a um grupo ou até mesmo a pessoas. Apesar disso, se difundiram e se tornaram epístolas por causa do carisma e da autoridade que Paulo ganhou como apóstolo de Cristo.

Conciliando as interpretações, poderíamos dizer que os escritos do Novo Testamento, que nasceram como correspondência, em suas origens, são cartas. Com o tempo e o difundir-se do cristianismo, tornaram-se epístola, pois são destinadas a todos nós que seguimos a Cristo.

3196 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook