Uma janela sobre o mundo bíblico

Uma página de profetas e sábios fala bem apenas do Antigo Testamento. A minha questão é: uma vez que o João Batista foi um profeta bem respeitado por muitos judeus, por que nada se diz dele?



  • Pergunta de Almeida, Maputo, Moçambique
  • 692
  • 22/06/2018
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre João Batista |


 Olá Almeida de Maputo - Moçambique!

Vivo em Porto Alegre, no bairro Bom Fim, tradicionalmente um bairro onde os judeus, moram em Porto Alegre, existindo Sinagoga, Bibliotecas, o Colégio Israelita para filhos de judeus, anualmente fazem a festa de rua judaica, etc.

Esta minha aproximação com este mundo judaico que vive em Porto Alegre, (morando no mesmo bairro), facilitou-me o contato com a revisa, editada pelo Instituto Morashá de cultura. Esta entidade procura preservar a cultura judaica, suas festas, tradições etc. Possuem também um site, que é citado na pergunta.

É natural que para o judaísmo a figura de João Batista, pouco representa, ele viveu no deserto, lugar tradicional de esconderijo dos revolucionários e contrários a ordem estabelecida, o Império Romano e o judaísmo com o Templo em Jerusalém. (as autoridades judaicas mantenedoras do templo eram coniventes com a presença dos conquistadores romanos em Israel)

A pregação, de João Batista era de “mudança de mentalidade”, um batismo de conversão, não era aceito pelas autoridades judaicas. O fim de João Batista, foi o mesmo de todas os chefes de movimentos revolucionários de seu tempo e contestatórios. Foi decapitado.

Assim o que afirmas na pergunta que João Batista foi um personagem respeitada pelos judeus, não é tão verdadeira assim.

João preparou a chegada de Jesus, batizou e em suas próprias palavras “não era digno de tirar-lhe suas sandálias”. Sua figura, pouco ou nada tem a ver com o judaísmo e nem com o Antigo Testamento judaico que nem o nomeia.

692 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook