Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que estudar se Jesus voltará?



  • Pergunta de Alexandre Teixeira, Salvador
  • 3834
  • 14/04/2012
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Parusia | Jesus | I Tessalonicenses


A pergunta me leva a buscar uma resposta na carta de São Paulo aos Tessalonicenses. Esta carta é um dos primeiros escritos do Novo Testamento por volta dos anos 51 D.C. Assim pela proximidade com a realidade de Jesus, e o anuncio da segunda volta de Cristo, os Tessalonicenses começaram a tomar atitudes que desagradaram Paulo e o motivou escreve a carta com muitas orientações aos Tessalonicenses.

Fazendo um contraponto entre nós e os Tessalonicenses, notamos que não somos muito diferentes. Se a segunda vinda de Cristo é iminente, nos perguntamos por que ainda trabalhar e acumular riquezas, por que se preocupar em melhorar as condições de vida e a vida dos membros da comunidade.

Aqui vale também Alexandre a pergunta que fazes porque estudar se logo Cristo virá, não seria tempo desperdiçado.

 

Orientações de Paulo aos Tessalonicenses

Paulo alerta a comunidade de Tessalonica pelas suas atitudes, que estavam prejudicando a vivência do cristianismo e do seguimento de Jesus. Esta orientação Paulina se reflete hoje em nós seguidores de Jesus Cristo e que queremos viver suas palavras. Podemos assim afirmar.

Devemos estudar a palavra de Deus para não sermos enganados por falso anunciadores que querem nos afastar de Deus. Nós acreditamos que o mundo inteiro verá a vinda do Filho de Deus, mas entendemos este pressuposto com os olhos do ensinamento paulino.

Alimentamos em nós a esperança de que todos aqueles que obedecem a Deus e acreditam na Sua existência e no seu poder, viverão a vinda de Jesus, até porque se já estiverem mortos no dia do Senhor, serão ressuscitados conforme o ensinamento de Paulo aos Tessalonicenses (1 Ts. 4,16); se ainda estiverem vivos, Jesus levará com Ele (1 Ts 4,17).

 

O que diz a Bíblia

A Bíblia nos ajuda a entender esta realidade da segunda vinda de Cristo e sua iminência.

Paulo afirma em seus escritos: “Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras” (1 Ts. 4, 16-18).

O certo é que devemos orar e vigiar porque ninguém sabe o dia e a hora em que Jesus há de vir.

Outra imagem da segunda vinda de Jesus nos ajuda a entender esta realidade: Ela acontecerá assim como um “ladrão na noite”.

 “Sabei, porém, isto: que, se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria, e não deixaria minar a sua casa. Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do Homem à hora que não imaginais”. (Lc 12,39-40) ou

“Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição…” (1 Ts. 5,2-3).

A expressão “virei como um ladrão de noite” (Ap 3,3) e “vira como um ladrão de noite” (2 Pd 3,10) e as demais citações que contém esta expressão não significam que Jesus virá escondido sem que ninguém perceba. O ladrão não avisa a hora da noite em que vai arrombar a nossa porta e roubar a nossa casa, do mesmo modo Jesus não vai avisar a hora em que virá buscar Seu povo. Então, Ele pede que vigiemos para não sermos pegos de surpresa, porque vai ser uma destruição total naquele dia.

Isso é o que Deus ensina a respeito da volta de seu Filho Jesus. O estudo de sua palavra é importante para evitarmos uma compreensão danosa.

Jesus alerta: “Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” (Mt 24,24).

Concluindo:

Embora vivemos na iminência da segunda vinda de Cristo, devemos acatar o que Paulo nos interpele. Não esmorecer em nosso trabalho, não deixar de estudar a palavra de Deus. Nossa atividade e trabalho clareará a mente a discernir entre o falso e o verdadeiro. Vamos estudar aprender a obedecer a Palavra de Deus, porque caso contrário, não resistiremos o dia de Sua vinda (Ap 6,17). Mas se obedecermos aos ensinamentos de Deus estaremos naquele dia com Jesus (Jo 17,24), seremos seus preferidos (Mt 24,31) e sempre estaremos com o Senhor (Jo 14,3).

3834 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook