Encontramos a história da infância de Moisés em Êxodo 2, como pode ver abaixo. Por meio da Bíblia não temos nenhuma informação sobre o nome da  princesa egípcia que salvou Moisés das águas. Em hebraido é dito simplesmente Bat-Pahoh, uma expressão hebraica que significa "Filha do Faraó". Em outras fontes extra-bíblicas é chamada de Thermouthis (em grego: Θερμουθις- Mencionado no Livro dos Jubileus 57,5 e também em Flávio Josefo).

Uma passagem em 1Crônicas 4,18 se refere a ela como Bit-Yah, literalmente "Filha de Yaweh", transliterada como Batyah ou Bithiah. Na mesma passagem ela é dita ha-yehudiyyah Hebraico: הַיְהֻדִיָּ֗ה, literalmente 'a hebrea'. Há traduções da Bíblia que tratam esse termo como um nome prório, Yehudiayah, mas na verdade é apenas um apelativo, que sublinha que ela já não é considerada uma pagã, mas uma do povo de Deus.

Portanto, podemos concluir que não sabemos o nome dessa personagem.

 

Êxodo 2,1-10

1 Um homem da tribo de Levi casou-se com uma mulher da mesma tribo: 2 ela concebeu e deu à luz um filho. Vendo que era belo, o escondeu por três meses. 3 Quando não pôde mais escondê-lo, pegou um cesto de papiro, vedou com betume e piche, colocou dentro a criança, e a depositou entre os juncos na margem do rio. 4 A irmã da criança observava de longe para ver o que aconteceria. 5 Nesse momento, a filha do Faraó desceu para tomar banho no rio, enquanto suas servas andavam pela margem. Ela viu o cesto entre os juncos e mandou a criada apanhá-lo. 6 Ao abrir o cesto, viu a criança: era um menino que chorava. Ela se compadeceu e disse: «É uma criança dos hebreus!» 7 Então a irmã do menino disse à filha do Faraó: «A senhora quer que eu vá chamar uma hebréia para criar este menino?» 8 A filha do Faraó respondeu: «Pode ir». A menina foi e chamou a mãe da criança. 9 Então a filha do Faraó disse para a mulher: «Leve este menino, e o amamente para mim, que eu lhe pagarei». A mulher recebeu o menino e o criou. 10 Quando o menino cresceu, a mulher o entregou à filha do Faraó, que o adotou e lhe deu o nome de Moisés, dizendo: «Eu o tirei das águas».

 

Per salvarlo, i genitori di Mosé lo abbandonarono alle acque del Nilo. Secondo l'episodio biblico, la figlia del Faraone recuperò la cesta contenente Mosé in fasce mentre si recava, accompagnata da alcune ancelle, a bagnarsi nel Nilo e lo trattenne con sé presso la corte egizia.