Siga-nos no FaceBook




Lugares bíblicos

Como se chama a mulher do fluxo de sangue?

Pergunta de Edinei, Gravataí / RS
Resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 30/01/2014


Leia mais sobre Hemorroíssa

Olá Edinei de Gravataí / RS!

 O texto sinótico da mulher do fluxo de sangue.

A narrativa deste milagre de cura de Jesus encontramos nos evangelhos sinóticos: Em Mateus 9,19-22; Marcos 5,25-34 em Lucas 8,43-48. Vamos citar um pelo menos para termos uma ideia do acontecido; Mateus 9,19-22:

“19 Levantou-se, pois, Jesus, e o foi seguindo, ele e os seus discípulos. 20 E eis que certa mulher, que havia doze anos padecia de uma hemorragia, chegou por detrás dele e tocou-lhe a orla do manto; 21 porque dizia consigo: Se eu tão-somente tocar-lhe o manto, ficarei sã. 22 Mas Jesus, voltando-se e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E desde aquela hora a mulher ficou sã. (Mateus 9,19-22) Bíblia Almeida

 

Qual o nome desta mulher que sofria fluxo de sangue

Lendo o evangelho de Mateus ele  não se preocupa com o nome dela no texto assim aparece: “E eis que uma mulher”, e segue a descrição do milagre.

O evangelho de Marcos fala em “certa mulher que”, não se preocupa em falar do nome, parece que o milagre quer mostrar mais a situação da mulher na época de Jesus do que falar em seu nome.

Lucas narra deste modo: “E uma mulher”.

Respondendo pelo nome da mulher que obteve de Jesus o milagre da cura do fluxo de sangue dizemos que no texto não aparece seu nome, isto vem confirmado pelos três evangelistas, Mateus Marcos e Lucas. Assim não sabemos o seu nome.

Podemos confirmar que segundo as narrativas, era uma mulher, que sofria fluxo de sangue havia 12 anos.

Edinei, embora não tenhas uma resposta a pergunta, pois o texto não favorece, isto não diminui a importância que a narrativa do milagre tem.

Sugiro que continues o estudo procurando entender melhor a situação da mulher na época de Jesus, e as dificuldades femininas na observância da lei do Puro e do Impuro segundo o Judaísmo.

 

A lei do Puro e do Impuro na época de Jesus.

Para o Judaísmo quem sofria com fluxo de sangue era considerado imundo. Não podia tocar, nas outras pessoas e nem ser tocado. Até mesmo objetos do uso do dia a dia, perdiam o valor se tocados por um doente com fluxo de sangue. O livro do levítico capítulo 15 fala da impureza física e de sua associação com a moral. A pessoa impura era excluída do convívio normal da sociedade até que se purificasse novamente. Pode-se imaginar a situação da mulher que a cada mês acontece à menstruação ou desta mulher que implora a cura de Jesus estando constantemente impura.

 

O que esta Mulher do Fluxo de Sangue nos ensina.

Deixando de lado a interpretação detalhada do milagre, retiremos ensinamento que a mulher nos propõe: Ela nos ensina que a fé precisa de uma ação. A Bíblia diz em Rm 10,17

“Pois a fé vem da pregação e a pregação é pela palavra de Cristo”. (Rm 10,17)

Somente assim vencemos os medos, os fracassos e tudo o que nos impede de chegar até Jesus. Ele sempre está disposto a transformar vidas. A mulher tomou uma decisão tocar a borda do manto de Jesus, tinha fé que seria curada. O milagre aconteceu.

A mulher curada nos mostra o caminho e diz: Agarre, segure o Mestre e confesse, Ele pode e quer lhe curar totalmente dando-lhe vida em abundância.

828 visitas

Nenhum comentário

Postar o primeiro comentário