Uma janela sobre o mundo bíblico

Mudar de igreja para poder ter barba



  • Pergunta de Reinaldo, Peruíbe
  • 1927
  • 21/01/2018
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Comportamento - regras e costumes | Igrejas do Apocalipse |


O comentário completo do nosso leitor

Olá, sou membro de uma denominação evangélica pentecostal, cujo nome não informarei por ética, mas que possui uma doutrina conservadora. Enfim, as regras de aparência da minha igreja não permitem que o homem tenha barba, e eu gostaria de ter barba. Estudando os versículos que eles usam pra explicar o porquê de não poder ter barba, e eu particularmente vi que a intenção do autor quando escreveu aquilo era completamente outra, e era baseada no fato da barba possuir uma conotação imprópria para um seguidor de cristo na sociedade em que viviam os destinatários. Agora não sei se estarei sendo infantil em mudar de igreja apenas por isso, eu gosto da minha igreja, sinto Deus lá, e não sei se vale a pena estragar isso indo para uma denominação que não reprove o uso da barba. Sei que renunciar o meu desejo de ter barba é muito bobo perto do sacrifício que Jesus fez por mim, mas é que não vi respaldo bíblico para essa norma, pois a barba não tem uma conotação má na nossa sociedade. Estou em dúvida!

Penso que a sua colocação coincide com o pensamento de vários cristãos e também de algumas igrejas.

Há uma corrente muito forte dentro do cristianismo pentecostal que procura impor regras de costume aos cristãos de hoje, baseando tais decisões em textos bíblicos. Trata-se de uma leitura fundamentalista e fora da lógica bíblica. A Bíblia não transmite regras morais, mas a revelação de Deus, que com certeza há consequência no nosso comportamento, mas eles não devem necessariamente coincidir com aqueles vividos pelo povo contemporâneo à Bíblia, pois afinal estamos há dois mil anos daquele período e o nosso modo de viver nada tem a ver com aquele. A verdade transmitida pela Bíblia tem valor perene, mas é aplicada em situações diferentes.

Há vários exemplos que podem ser apresentados. Os cristãos de hoje não podem fundamentar na Bíblia a imposição às mulheres de não usar calça comprida; não podem obrigar a não fumar por que assim é escrito na Bíblia; não podem obrigar a dar 10% do próprio salário por que assim está na Bíblia. Todas essas e outras que vocês certamente conhecem são princípios anacrônicos e desviam da verdadeira revelação transmitida pelo livro sagrado.

Em relação à barba, caso que você apresenta, a coisa é ainda mais escandalosa. É certo que era costume entre os homens do Oriente Médio, no tempo de Cristo, usar barba. Seria mais correto, dentro da lógica de algumas igrejas, pedir que todos os homens usassem barba do que o contrário. É sinceramente algo escandaloso e completamente longe da Bíblia. Toca aos fiesis começarem a estudar e desmascarar certas regras que querem apenas escravizar as pessoas, mantê-las ligadas com laços, tirar a liberdade, fazendo encontrar um deus que nada tem de bíblico.

Outra coisa importante é falar sobre a facilidade com que se muda de igreja. Como você, muitos procuram um lugar aonde estejam bem, aonde ouve aquilo que quer ouvir. Ninguém se preocupa com a Verdade, mas com resolver situações concretas, passageiras; não existe busca de valores profundos, que dêem sentido à vida, valores que não passam depois que certe situação se transforma. Todo esse movimento, de pessoas passando de uma igreja para a outra, deveria provocar a nossa reflexão, ajudando a esclarecer qual deus buscamos.

1927 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook