Uma escavašŃo arqueolˇgica de rotina, antes de uma construšŃo civil prˇxima a JerusalÚm, em Umm Tuba, revelou uma sÚrie de marcas de sigilos que sŃo do tempo do rei bÝblico Hezequias. Entre as marcas de sigilos encontradas estŃo algumas de dois altos funcionßrios chamados Ahimelech ben Amadyahy e Yehohail ben Shahar, pertencentes aos Ĺempregadosĺ do Reino de Judß.

TambÚm foi encontrada um pedašo de jarra do perÝodo hasmoneu, de dois sÚculos antes de Cristo.

No mesmo local havia uma grande construšŃo do tempo do primeiro templo. Os restos desta construšŃo incluem vßrios quartos organizados em torno a um pßtio. Os pedašos de cerÔmicas encontrados no local sŃo do perÝodo do primeiro templo.

Provavelmente tudo foi destruÝdo juntamente com a cidade de JerusalÚm, durante a conquista dos babiloneses. Depois, em Úpoca hasmonÚia, o local voltou a ser ocupado por outros 2 sÚculos atÚ a revolta contra os romanos em 70 depois de Cristo.

Em Úpoca bizantina a zona foi usada por monges. Hß 3 anos, de fato, foram encontradas, nas proximidades, ruÝnas de um mosteiro.

Em Israel, por lei, antes de realizar qualquer construšŃo, Ú necessßrio fazer escavaš§es arqueolˇgicas.