Uma janela sobre o mundo bíblico

Quando Jesus diz em Mateus 16,18 "tu és Pedro e sobre essa pedra edificarei a minha igreja", a "pedra" é Jesus ou é Pedro?



  • Pergunta de Raquel pivato, Maringá
  • 98185
  • 24/03/2013
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Pedro |


Trata-se de Pedro. A questão, todavia, não é totalmente ingênua, pois, hoje, a ligação entre o nome próprio "Pedro" e o substantivo "pedra" não é automática como podia ser no momento da conversa entre Jesus e o apóstolo. À origem do nome pedro está o substantivo "pedra". Como sabemos através de João 1,42, o nome do apóstolo, era Simão. Foi Jesus que lhe deu um outro nome, como acontece com vários personagens na Bíblia que, graças a uma missão, mudam de nome (veja Abraão, Paulo). Jesus o chamou de "Cefas", que é a mesma palavra, em aramaico - língua que eles falavam - usada para "pedra". Portanto, Pedro é a mesma coisa que Pedra. Nós hoje, quando ouvimos "Pedro" pensamos imediatamente num nome próprio e a ligação com "pedra" não é mais automática.

Como os evangelhos foram escritos em Grego, invés de "cefas" se usou a palavra grega para "pedra", ou seja, se usou "Petros". É daí que deriva o nosso nome próprio "Pedro".

Teologicamente esse nome é muito importante, mesmo sem considerar a questão da ligação de Pedro com o papa. É evidente, nos evangelhos, que Pedro é protagonista entre os apóstolos. A missão que Jesus lhe confia exige muita solidez, como a imagem da casa construída sobre a rocha, que nenhum vento consegue destruir. Pedro, ou quem quer que seja que assume um protagonismo na igreja, precisa ser sólido, capaz de enfrentar as dificuldades sem vacilar.

98185 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook