Siga-nos no FaceBook




Lugares bíblicos

Em gálatas 5,19-21 na Bíblia de Jerusalém contém 15 obras da carne não aparecendo a palavra adultério e nem homicídios e a palavra fornicação, aparece como se fosse no lugar de prostituição. Na almeida corrigida e revisada fiel já aparecem 17 obras da carne: adultério, prostituição (fornicação), impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonaria.

Pergunta de Antônio, Juiz de Fora / MG
Resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 17/03/2013


 Olá Antônio, de Juiz de Fora / MG!

 

Pergunta importante, porque faz um alerta a comunidade da Gálacia a caminharem segundo o espírito.

As 15 obras da carne vem contrapondo a obra do espírito, que para Paulo é uma só o amor. Paulo usa muito este expediente, na apresentação de suas ideias. Ele contrapõe conceitos, ideias, jogando uma contra outras segundo características próprias da literatura de sua época, e no final conclui com seu pensamento.

Com respeito de 17 obras da carne que aparece na Almeida corrigida, 2 delas são repetidas ou tem o mesmo significado. Olhei a Biblia King James, que é outra tradução para o Inglês e no final aparece com as bebedeiras, glutonarias os homicídios, no texto esta “murders”. Olhando a tradução Almeida revisada aparece invejas, bebedeiras e glutonarias, totalizando 17 vícios que as obras da carne produzem.

Lendo os comentários, grande parte deles coloca, que Paulo usa o expediente da literatura grego-romana, que utilizava muito os catálogos dos vícios e virtudes, e esta enumeração de 15 obras da carne que aparece em Gl 5,19-21 é um exemplo. Cito uma passagem de um trabalho que fiz sobre Catálogos de vícios e virtudes ali aparece 15 conceitos em 4 grupos:

1 - Paixões sexuais (fornicação, impureza, licenciosidade);

2 - Falta de fé em matéria religiosa: (idolatria – feitiçaria);

3 - Falta de fraternidade: (inimizades...intrigas);

4 - Intemperança: (bebedeiras e orgias)

O comentário do Novo Testamento da BAC (Biblioteca de Autores Cristianos) assim comenta. Nestes versos Gl 5,19-21 aparecem 15 obras da carne:

Cinco pecados de intemperança: fornicação, impureza, lascívia, orgias e bacanais

Dois contra Deus: Idolatria e magia;

Oito contra o próximo: (inimizade, ambições, discórdias, facções, ciúmes, iras, invejas, ódios.)

Concluindo, deste ensinamento Paulino que aparece em Gálatas, acredito que o principal na vida do cristão é construir a obra do espírito que é o amor. As obras da carne mais abundantes chegando a 15 segundo Paulo, devemos evitar. Neste texto não é o principal fixarmos se uma tradução colocou uma obra da carne a mais ou menos, mas nossa luta constante com a ajuda do espírito de Deus e evitar as obras da carne e nos aproximar da obra do Espírito.

 

Fonte de consulta:

Casonatto, O. D., A Escatologia cristã na carta aos Gálatas, Análise Temática da Perícope 5,16-26, pág.62, Instituto de Teologia e Pastoral de Passo Fundo, 1994.

Casonatto, O. D., Antíteses e Catálogo dos Vícios e Virtudes em Gálatas 5,16-26. Uma Chave de Leitura. http://www.abiblia.org/ver.php?id=3819#.UUdBuReHvbw, em 17.03.2013. 

1213 visitas

2 comentários

Postar um comentário

  • Jaime Antonio Dias (São Paulo) - 26/03/2013

    Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Gálatas 5:19-22....Esta traduç...

  • Paulo Favero (Ponta Grossa) - 21/03/2013

    Verificando os dicionários vemos que a palavra fornicação significa relações sexuais ilícitas. Ao meu ver adultério e prostituição são relações ilícitas, sendo assim estas duas palavras poderiam ser substituídas por uma única, assim, de 17 diminuímos para 16. Talvez lascívia ou impureza possam ser incluídas como relações ilícitas. Assim o número será 15. Acredito que o tradutor achou que fornicação seja uma palavra pouco conhecida e assim colocou outras para substitui-la. Concordo com o Dr. Odalberto, o mais import...