Siga-nos no FaceBook




Lugares bíblicos

Gostaria de saber se é verdade que o primeiro livro a ser escrito foi mesmo o de Jó.

Pergunta de Leilma Ferraz,
Resposta de Luiz da Rosa, em 01/11/2008


Leia mais sobre Formação da Bíblia

Leilma, o livro de Jó não é o mais antigo texto da Bíblia. A personagem principal do drama contado no livro parece ser, de fato, um herói dos tempos antigos, conforme diz Ezequiel 14,14.20, onde ele aparece com Noé e Daniel, considerados homens justos. O autor do livro, que obviamente não é Jó, provavelmente era alguém que tinha contatos com a literatura de todo o Oriente Próximo e alguns afirmam que possa ter vivido também no Egito. De qualquer forma, com certeza era um israelita que quando escreveu vivia na Palestina. Há algum tempo se hipotizava que o livro tivesse sido escrito por Moisés, sobretudo por causa do tom patriarcal. Contudo isso não tem fundamento e tal aspecto aparece somente nos textos poéticos do livro e se explica por causa da influência da tradição sobre o autor.
Considerando o texto, vemos que foi escrito depois de Jeremias e Ezequiel, pois copia deles certas expressões e também idéias. Analizando as caracterísitcas literárias, os espertos notam uma série de aramaísmos, o que situa a obra depois do Exílio em Babilônia (o exílio terminou em 538 antes de Cristo), num período em que a discussão passa a ser sobre o destino da pessoa e não mais sobre aquele da nação. Embora os argumentos não sejam inquestionáveis, poderíamos colocar a composição do livro de Jó por volta de 500 antes de Cristo.

A sua pergunta exige que façamos uma comparação com outros livros bíblicos, quanto à data de composição. Estabelecer quando um livro do Antigo Testamento foi escrito é uma tarefa árdua. Os livros do Novo Testamento foram escritos num período de tempo relativamente breve; entre 50 e 100 depois de Cristo foram escritos todos os 26 livros do Novo Testamento. Mas para o Antigo Testamento a história é diferente. Os exegetas trabalham intensamente para levantar hipóteses sobre a época em que cada livro foi escrito. E, muitas vezes, uma hipótese é rapidamente derrubata por outra argumentação igualmente plausível. Diante disso, é necessário tomar cuidado com afirmações que determinam datas exatas para certos textos. Nesses casos a dúvida deve aparecer sempre como pano de fundo.

A escritura dos livros bíblicos não aconteceu como os romances de hoje, quando um autor, em alguns meses escrece a história do começo ao fim. Um elemento fundamental do povo de Israel era a tradição oral. As histórias eram contadas de pai pra filho e a escritura não era comum. Portanto antes de ter sido colocada por escrito, uma história já existia há muito tempo. Às vezes a mesma história era contada de forma diferente (veja a criação, a diferença entre Gênesis 1 e Gênesis 2). Isso explica as contradições, às vezes, existentes na Bíblia. Mas tarde, quando todo mundo já conhecia a história, alguém se sentou e colocou isso por escrito. No campo do estudo bíblico, essa personagem nem chamada de “autor”, mas “redator”, pois reúniu diferentes fontes, fazendo uma composição sua. Apesar de tomar materiais que não são originalmente seus, deu um carácter próprio à composição e, graças a esse fator, podemos estabelecer, mais ou menos, quando foi feita essa redação. Sobre os primeiros livros bíblicos, para citar um exemplo clássico, os estudiosos falam em diversas tradições: javista, eloísta, sacerdotal e deuteronomista. Cada uma dessas tradições conta a história conforme um ponto de vista particular. Além de ter sido uma tradição oral, provavelmente circulavam também textos escritos que reproduziam ao menso partes dessas fontes. Contudo, só muito mais tarde, provavelmente depois do exílio em Babilônia, alguém se sentou e tomou essas diferentes fontes e fez uma composição. Poderíamos, portanto, ainda dizer que os 5 primeiros livros da Bíblia foram compostos por Moisés? Claro que não. Foram escritos com o tempo. Há textos dentro desses livros que provavelmente têm origem lá pelo ano 1000 antes de Cristo (tempo de Davi), mas, ao mesmo tempo, também pedaços que são escritos 500 anos mais tarde, fruto da ‘pena’ do redator final, que nos deu o texto que temos hoje.

Em relação ao livro de Jó, existem textos que com certeza foram escritos antes, como os livros históricos, fruto da obra deuteronomística ou também vários profetas, alguns dos quais podem ter sido escritos entre os anos 800 e 700 antes de Cristo (Amós, Oséias...).

3454 visitas

Nenhum comentário

Postar o primeiro comentário