Já ouvi dizer que Jesus não veio para mudar a lei, mas para fazer cumpri-la. Entretanto, existem várias passagens em que parece revogação da lei, Mateus 5. A Lei manda apredejar a mulher adultera, Jesus diz o contrário. A lei proibe certos alimentos (porco) Jesus nem se preocupa com isso. Manda guardar o sábado Jesus trabalha no sábado. Qual a explicação?

Pergunta de Paulo Roberto Favero, Ponta Grossa
Resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 27/06/2011


Leia mais sobre Lei Jesus

Olá Roberto!

A preocupação em querer entender as reais intenções das ações de Jesus perante a lei são verdadeiras. De fato, a interpretação destas passagens bíblicas merece uma atenção especial. As atitudes de Jesus com referencia ao sistema da Lei Judaica, não coloca Jesus em oposição a Lei e preceitos estabelecidos por seu Pai. Por isso que ele mesmo diz não vim mudar a lei, mas cumpri-la. A pratica religiosa Judaica, passou a ser manipulada por um grupo de autoridades vindas do farisaísmo, que começaram a dar interpretações absurdas daquilo que Deus queria que o homem fizesse. Por isso que Jesus debate com os Fariseus a questão do apedrejamento da mulher adultera, a Lei do sábado, a lei do puro e impuro etc. Para podermos entender esta mudança que Jesus propunha da prática da Lei devemos ter em mente a situação da vivência religiosa, social etc, da Palestina do tempo de Jesus.

Jesus viveu na Palestina, dentro do quadro do Império Romano e do Judaísmo. Encontrou estruturas sociais geradoras de morte, tais como o sistema da Lei no Judaísmo e também as Leis econômicas do Império Romano. Para podermos compreender em profundidade as atitudes de Jesus e seus gestos, temos que entender também a situação do homem de seu tempo. Só assim teremos a compreensão do posicionamento de Jesus perante a Lei, e o porquê de sua interpretação irônica (muitas vezes) da mesma.

Jesus, em sua época, conseguiu distinguir, de modo claro, as estruturas que sustentavam Leis de morte, daquelas Leis que geravam vida. Perpassando as páginas do Evangelho, encontramos Jesus em constante conflito com os Fariseus, pois eram os guardiões da mais terrível estrutura de morte de sua época.

 

 Lei do Puro e Impuro: marginaliza o pobre

Na lei do apedrejamento da mulher adultera vem à tona a questão da reinterpretação que Jesus faz das leis farisaicas do puro e impuro. A mulher apanhada em adultério está infligindo uma serie de leis da casuística farisaica. Ela era uma mulher, por causa deste fato era mal vista e considerada em eterno estado de impureza. Jesus vê a mulher com outros olhos, se aproxima e dá chance de recuperação. Oferece a ela o perdão e a dignidade que o sistema do puro e impuro lhe haviam tirado. Na mesma direção outras atitudes de Jesus escandalizavam os fariseus. Jesus tocava nos leprosos (Mc 1,41; Mt 8,2; Lc 5,12), tocou no cadáver do filho da viúva de Naim e o ressuscitou. Os seus discípulos escandalizavam os Fariseus, porque comiam e bebiam sem lavar as mãos. Tudo isto que Jesus e seus discípulos faziam, tornava impuras as pessoas. Os Sacerdotes e Fariseus, vendo estas atitudes de Jesus e dos discípulos, os repreendiam severamente. Cristo viu que estas Leis do puro e do impuro eram uma carga pesada demais para o povo. Para tudo, existia uma Lei: o que devia comer ou não, vestir, a distância que podia caminhar no Sábado, ou o que poderia fazer, etc. Existiam nada menos que 600 mandamentos. Em conseqüência de todas estas leis, tornou-se para o pobre um peso insuportável observá-las e, com freqüência, infringia algumas, tornando-se impuros.

 

Questão fundamental: o próximo e o não-próximo?

 Sério problema causador de morte a Lei que distinguia as pessoas e as classificavam em próximo e não próximo. 0s Judeus, apoiados na Lei, desprezavam os Samaritanos por serem impuros, não passavam em seu território para não se tornarem impuros, desprezavam os Galileus pois seus habitantes casavam-se com mulheres estrangeiras. Natanael diz a Felipe: “De Nazaré, pode sair algo de bom?” (Jo 1,46). Da mesma forma, no Templo, os estrangeiros podiam apenas entrar no átrio dos Gentios e antes da entrada do Templo propriamente dito, dos sacrifícios, existia uma placa condenando à morte os não-judeus que por ali passassem.

Cristo trouxe uma nova interpretação a esta Lei: não existia mais o “não-próximo” e ilustrou a nova doutrina com a parábola do Bom Samaritano, dando uma resposta ao legista que lhe pergunta: “E quem é o meu próximo” (Lc 10,29): 0 próximo é para todo o homem, aquele que nos aproximamos, quer necessite de ajuda quer não.

 

A Lei da observância do Sábado: Como entender?

A relativização da Lei farisaica chega a um ponto crucial. Jesus realiza trabalhos que não eram permitidos no Sábado. Os Judeus o condenam violentamente. Ele realiza curas no Sábado, trabalho este condenado segundo a casuística farisaica (Mt 12,10; Mc 3,2; Lc 6,7; 14,5; Jo 5,8). Sob os olhos de Jesus, os discípulos colhem espigas de trigo (Mt 12,1-8; Lc 6,1-5; Mc 2,23-28). Jesus, vendo toda esta casuística farisaica, verdadeiro instrumento de escravidão e de morte, toma atitudes inesperadas e provocatórias diante dos Fariseus.

No episódio da observância do Sábado, Cristo redimensiona a Lei. Coloca, como o mais importante, o Homem em vez da Lei: “0 Sábado foi feito para o Homem; e não o Homem escravo do Sábado” (Mc 2,27). Esta atitude de Jesus faz com que a longa lista do que era permitido ou proibido fazer no Sábado caia por terra. De agora em diante, é a Lei do Amor que governa as ações do homem.

Uma explicação para toda esta controvérsia de Jesus com os sistemas estabelecidos na época é para apresentar seu evangelho como uma proposta nova. O texto comentado propõe para a humanidade uma proposta nova, mostrando novos valores a ser vividos pela humanidade. Jesus na sua proposta mostra a humanidade um novo modo de relacionamento com a mulher, mostra que aquilo que sai da mente humana é que nos corrompe e não os alimentos que nos alimentam. Jesus nos quer mostrar em seu evangelho que Ele mesmo é a Lei, o Templo e mostra como seu ensinamento novo, o mandamento do Amor, supera a Lei.

3320 visitas

42 comentários

Postar um comentário

  • GIVALDO GOMES DE SA DE SÁ (CAMAÇARI) - 30/08/2014

    Segundo a palavra de Deus a lei ela nos condena,mas hoje vivemos segundo a graça,e ela não nos condena ,mas nós liberta,a palavra de Deus nos diz,que o justo viverar pela fé.

  • Erivaldo (Salvador) - 29/08/2014

    Jesus não cumpriu nada. O Messias disse "" está Cumprido"" e o que mais vocês querem? ?? Se Cumpriu. Ele não disse? Porque voces ainda insistem? O que falta agora? O Messias tambem não disse???? " CRER ????? agora Crer no que? Voces acreditam em Religiões. Mas é para Crer no que ou em Quem???? RELIGIOSOS são Inimigos do Salvador. Todos voces que praticam a Religião também serão inimigos Dele.

  • Erivaldo (Salvador) - 29/08/2014

    Ad meu irmão amado a Lei é o AMOR. Contra o Amor não há argumentos. Eu te amo. meu irmão.

  • ad (aracruz) - 29/08/2014

    Esse negócio de matar a lei é a desculpa de pecador mais esfarrapada. Servem a um deus morto, subjetivo.

  • jefferson (São Gonçalo) - 29/08/2014

    Devemos sempre lembrar que Jesus Cristo foi o altar, o sacerdote e a oferta de sacrifício. Em Jesus está a lei, pois Ele é Deus.

  • Erivaldo (Salvador) - 28/08/2014

    Estou com voce irmão. Graças ao Criador voce irmão Ad não faz parte de Igrejas ou Religiões. Muito bom irmão Ad.

  • ad (aracruz) - 28/08/2014

    Pessoal quer usar Bìblia ainda...quer induzir uma doutrina que nem tem na Bìblia e quer criticar o sábado que está na Bìblia...aff pessoal para que não pensa. BOm, ao menos tenho paz conhecendo as profecias e vendo que tudo faz sentido, até essas besteiras de vc, o pior são vcs que defendem mentiras e sabem que estão errados. Deve ser horrível.

  • Ricardo (Rio de Janeiro) - 28/08/2014

    Muitos ainda se encontram enrolados com os judeus, quanto ao jesus não cumpriu nada, chegou atrasado, 15 seculos depois.

  • Erivaldo (Salvador) - 28/08/2014

    Erinaldo fico feliz pelo seu comentario. Logico que voce não deve fazer parte dos Sabatistas. Que bom que voce nao pertença a IGREJA Denominacional e voce não seja membro de Nenhuma Religião. Voce sabe que a RELIGIAO era e continua Sendo a INIMIGA do SALVADOR. Creio que voce não vai ficar do lado dos LÍDERES RELIGIOSOS porquê os Lideres Religiosos juntamente com o s Fariseus e Saduceus JULGARAM E ASSASSINARAM o MESSIAS. de que lado voce esta? Do Messias ou da Religião?

  • Erinaldo (Recife) - 28/08/2014

    4. Sr Adventista, os Profetas a que Jesus se refere em Mt 5,17, e sobre os quais diz ter VINDO PARA CUMPRIR (não anular), são os livros Proféticos, anteriores a ele (é claro), e que profetizaram acerca do tempo messiânico, que ele (Jesus) inaugura. Essas profecias sobre a chegada do Messias, ocorreram até os dias de João (como o próprio Jesus diz em Mt 11,13, já que depois de João, que também anunciava a vinda do Messias, aparecendo Jesus, tudo o que a profecia dizia sobre a vinda do Messias se cumpria em Jesus. Po...

  • Erinaldo (Recife) - 28/08/2014

    3. Sempre que lêem essa palavra nalgum livro da Bíblia, com muita probabilidade aplicam o sentido incorreto que aprenderam, e pelo qual discutem acerca de algo que, na verdade, desconhecessem, dependendo sua interpretação de evidente erro de compreensão acerca do que de fato o povo da Bíblia chama de “lei”. Pesquisem e evitem citar textos violentando seu real sentido, o qual primeiramente deve ser buscado na cultura judaica, não na língua portuguesa ou inglesa, pois a sra. White não sabia hebraico e interpretava a ...

  • Erinaldo (Recife) - 28/08/2014

    2. Note que Jesus diz ter vindo cumprir a Lei e os profetas. Ora, como Jesus cumpre os profetas? – Do mesmo jeito que compre a Lei, realizando o que nele se previu acerca do Messias. Os judeus ensinavam que a vinda do Messias seria o cumprimento da promessa contida na Lei e nos Profetas (e é isso que Jesus está dizendo em Mt 5,17, que é Ele aquele acerca de quem se falava). E mais, que sua vinda marcaria a planificação da Torah (sua plena explicação). Há passagens ao longo do evangelho onde Jesus se identifica ou é...

  • Erinaldo (Recife) - 28/08/2014

    DBonfim, permita-me usar seus comentários 1. Adventistas do sétimo dia, querendo validar pelo NT a guarda do sábado, comentam: “apenas leiam êxodo 20 verso 8 à 10 (Antigo Testamento), Mateus 5, verso 17 à 19(Novo Testamento), e terão a resposta”. O problema é esse, os adventistas do sétimo dia, apenas LER SEM ESTUDAR. Ex 20,8-10 fala da guarda do sábado, UM DOS mandamentos da Lei, mas o sábado em si NÃO É a Lei. Em Mt 5,17-19, Jesus fala de “Lei”, não do sábado. E Lei, no idioma judeu, é referência à Torah, que tem...

  • Erivaldo (Salvador) - 28/08/2014

    Ad para de ficar colocando esses homens tão pecadores que todo nós hoje. MOISÉS? Se o Deus dele escreveu com seus dedos na Tábua da Lei "" NÃO MATARAS" Moisés minutos ou haras depois de descer do Monte com essa Lei na Tabua. O que Moisés faz ???? Manda MATAR 3 MIL IRMAOS??? Mas o que tava Escrito na Tabua da Lei?

  • ad (aracruz) - 28/08/2014

    As pessoas esquecem de apenas de transitória, a lei de Moisés (que é muito diferente da Lei de Deus, que Ele escreveu com seu dedo) teve aprovação divina de Jesus, o mesmo Deus do NT. E olho por olho, dente por dente é apenas um trecho da Bìblia, pois se vc ler o livro vc verá uma Constituição civil completa, com várias casos específicos. Deus é maior do que qualquer um para saber lidar com aquela cultura, q nem mesmo conhecemos direito. Se Ele deu essas lei, é porque era necessários. Contudo, passado um período, e...

  • Hellen Lemos (Rio janeiro) - 28/08/2014

    Isso...vamos guardar o sábado e todas as demais leis .. não esquecamos... olho por olho e dente por dente.

  • Antonio de Mello (Londrina) - 28/02/2014

    Jaime, você se mostrou mais um fora-da-lei. Esse discurso aí é proferido pela maioria que pisam na justiça de Cristo que é observada em Sua lei. Digo isso por que se a LEI fosse entregue aos homens hebreus carnais como você refere, Cristo não teria vindo aqui por causa da transgressão de uma LEI. João frisa que pecado é a transgressão da lei. O Mandamento do sábado mencionado nas tábuas de pedra começa dizendo ao povo: LEMBRE-TE do dia de Sábado para o santificar. O povo foi advertido a LEMBRAR por que durante 430 ...

  • Jaime Dias (Curitiba Pr.) - 28/02/2014

    Olá a todos! Na verdade na acepção da palavra, Jesus não veio mudar A LEI DE DEUS, MAS ESTABELECÊ-LA EM SUA JUSTIÇA ESPIRITUAL (Rom. 3:31). Entendendo melhor isso: A lei de Deus dada a Moisés no Sinai, composta pelos dez mandamentos, estatutos e juízos (Det. 4:13-14), num primeiro plano, foi manifestada aos israelitas, através de DUAS TÁBUAS DE PEDRA, E DO LIVRO DO CONCERTO em sua forma rudimentar, apenas COMO SOMBRA (Heb. 10:1), e TESTEMUNHO (Rom. 3:21), da LEI REAL, A LEI DE CRISTO – O EVANGELHO, que iria ser man...

  • William (Itajaí) - 28/02/2014

    Olá, gostaria de contribuir com minha opinião, sobre o tempo em que viveu Jesus, bem penso que o que Ele ensinou não tem tempo... o que Ele disse é certo no passado, presente, e futuro. Jesus resumiu de forma bem simples a melhor forma de vivermos bem com Deus, com nós mesmos e com o próximo, o resto... é balela. Balela é pouco, o correto é dizer trágico, pois a vontade do homem de impor sua interpretação de Deus aos demais, é senão por um único motivo, manipulação e o poder que isso traz, e a prova é toda a histór...

  • Gabriela (S.J. Rio Preto) - 21/10/2013

    Mas agora temos sido libertados DA LEI,tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos;para que sirvamos em novidade de espírito,e não na velhice da letra.Rm7:6-Não aniquilo a graça de Deus;porque, se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu debalde.Gl2:21-Se a justiça,se fossemos justificados pela lei,por guardar o sábado,entre outras leis,então Cristo teria morrido por nada, mais Ele morreu e levou consigo na Cruz o peso da lei e do pecado!Então o ÚNICO PODEROSO para nos ouvir,levar nossas orações a...

  • Gabriela (S.J. Rio Preto) - 21/10/2013

    Jesus veio CUMPRIU AS LEIS,cumprir é o mesmo que executar,Jesus cumpriu algo, cumpriu a lei!A lei servia p/ as pessoas terem redenção,porém ela não aperfeiçoava ninguém.(Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança,pela qual chegamos a Deus. Hb7:19-JESUS é esta MELHOR ESPERANÇA.Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei,porque PELA lei vem O conhecimento do pecado.Rm3:20-A Lei de Deus era perfeita,porém o homem ñ(A.C.viviam sob a lei,faziam sacri...

  • Daniele (São Paulo) - 20/10/2013

    DO QUARTO MANDAMENTO: .4- Lembra te do dia de sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra, mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu DEUS; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem os teus servos, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro. Porque em seis dias fez o Senhor os Céus e a terra, o mar e tudo o que nele há, e ao sétimo dia descansou: por isso o Senhor abençoou o dia de sábado, e o santificou. Do sábado: Seis dias trabalh...

  • Igor (Candangolandia DF) - 21/01/2013

    Bom dia a todos! Sou Cristão, crente, evangelico, presbiteriano, protestante. Porém o que importa pra mim, é ser Cristão, pois acredito em cristo. Vi aqui, vários comentarios de pessoas falando mal de catolicos e pessoas falando mal de evangelicos. Serão salvos todo tipo de pessoas, sendo evangelica ou não. Ser evangélico não significa ser salvo. Ser católico ou evangélico não significa ser melhor que ninguém. Existem várias igrejas que dizem ser evangélicas, mas na verdade não prega a Cristo, somente "dinhe...

  • Rosangela Saldanha (Peruibe - SP) - 13/11/2012

    Paz querido irmao, Muito exclarecedor o seu comentario. Situacoes que muitas vezes nos faz parar algum tempo para entender, voce as exclarece com tanta simplicidade. Os meus sabados eu procuro fazer algo para o SENHOR sem receber nada em troca, somente o prazer de faze-lo e servi-LO. DEUS abencoe sua vida e use-o tremendamente para facilitar o entendimento do evangelho para aqueles mais necessitados. Abracos.

  • Denis Willian (Jacareí-SP) - 03/03/2012

    Gostei muito do texto do Odalberto, só um ponto que não concordo, mas que respeito a opinião de cada um. Creio eu, que Jesus não trabalhava no Sabado, pois a cura de pessoas não era um trabalho e sim fazendo o bem. Trabalho é uma coisa que você faz e recebe algo em troca, quando Jesus curava pessoas não estava recebendo nada em troca, simplesmente fazendo o bem para a humanidade. E eu creio que o dia que devemos guardar seja o Sábado, pois Jesus é muito claro ao dizer que: \"Seis dias se trabalhará, porém o sétim...

  • ad (colatina) - 13/01/2012

    Odalberto fez uma abordagem interessante sobre o sábado. Evidenciou o a `BIblia trás: Os judeus impuseram leis absurdam e Jesus redimensionou isso, não anulando nada. Evidente que "O Sábado foi feito para o homem, e não o Homem escravo do Sábado", portanto, o sábado não deixa de ser um dia especial de adoração, mas deixa de ser um fardo. Não é Amor ir trabalhar na sua empresa num sábado, quando Jesus diz para santificar. Amor é renunciar um suposto lucro que vc teria a mais, para passar momento com Deus e com a fa...

  • Paulo (Ponta Grossa) - 04/07/2011

    Antonio muito interessante e oportuno seu texto e reflexão, bem dentro do espírito da pergunda. Mas acho que voce concordará comingo que existem momentos que ficamos em dúvida como por exemplo na sua citação: No Sinai Deus diz: \"Não matarás\". (Êxodo 20:13). Entretanto no Levítico existem tantas penas de morte que assusta. Certa vez assisti a uma entrevista de um pastor presbiteriano (NÃO TENHO NADA CONTRA A IGREJA PRESBITERIANA) defendia a aplicação de pena de morte no Brasil. O entrevistador questionou se tal pe...

  • Antonio de Mello (Londrina) - 02/07/2011

    O Autor de Hebreus faz uma ligação interessante do SINAI AO CALVÁRIO.do Velho ao Novo testamento... Capítulo 12:18: "Ora, não tendes chegado ao fogo palpável e ardente, e à escuridão, e às trevas, e à tempestade, e ao clangor da trombeta, e ao som de palavras tais, que, quantos o ouviram suplicaram que não se lhes falasse mais, pois já não suportavam o que lhes era ordenado: Até um animal, se tocar o monte, será apedrejado. Na verdade, de tal modo era horrível o espetáculo, que Moisés disse: Sinto-me aterrado e tr...

  • jose (são paulo) - 02/07/2011

    São milhares de igrejas ,com a mesma Bíblia e com opiniões diferentes!! Isso só prova que eles mesmo, não acreditam no que pregam. O que importa? entrando dinheiro ta bom!

  • Paulo (Ponta Grossa) - 01/07/2011

    Amigo Vinícius, eu fui o autor da pergunta porque realmente fico confuso. Existem situações no NT extremamente contraditórias ao que está escrito no AT. Por isso elaborei esta pergunta aos biblistas deste site pois eles tem um conhecimento bíblico muito maior que eu. Pois conhecem grego, hebraico, aramaico e latim. A minha pergunta é idependente de religião mas, infelizmente alguns comentaristas deturpam o que esta debatendo como é o caso do Claudio que usa a biblia como um porrete para agredir os catolicos. Em rel...

  • ana (rgt) - 01/07/2011

    Só uma observação, Francisco, se a unica que vc disse estar certa é a evangelica, então pq são tantas?? mais de 45.000 mil igrejas evangelicas, se esta certa bastava uma. não é?

  • Francisco Vinícius (Uruguaiana RS) - 01/07/2011

    Olá,sou cristão evangélico,e não defendo religião,pois a Palavra diz:''Porque não me envergonha do evangelho,pois é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê''(Romanos 1.16)Vou escrever aqui algumas coisas que eu sei da Bíblia.Que Deus abençõe.A igreja católica está sempre dando essa desculpa dos cânones da Bíblia ,só que sabemos que os sessenta e seis são os únicos livros considerados inspirados!A Bíblia contém sessenta e seis livros e é dividida em Antigo e Novo Testamento.Ela foi escrita por não men...

  • Francisco Vinícius (Uruguaiana RS) - 01/07/2011

    No Velho Testamento o homem era declarado justo diante de Deus praticando as obras da Lei,ou seja,a salvação era pelas obras,e por isso os gentios que somos nós não podiam ser salvos.Porém quando Jesus Cristo veio,Ele nos resgatou da maldição da Lei,fazendo-se maldição por nós(Gálatas 3.13,14).Como hoje nós vivemos sob o tempo da graça,o homem só é declarado justo diante de Deus pela fé em Jesus Cristo,ou seja,estando em Cristo(2 Coríntios 5.17),e esse ''estar em Cristo''é uma obra gerada pelo Espírito Santo de Deu...

  • Alex Pedruzzi (Serra - ES) - 30/06/2011

    José, meu irmão... Deu para perceber que vc é católico, e que se sentiu ofendido com um dos comentários aqui postado. Eu quero lhe dizer que antes de tudo, tento ser cristão, mas sou também protestante. E não sou alienado. Por que me chamas desse jeito? Como sou hipócrita? Afinal Jesus nos ensinou a responder uma ofença/critica com outra?! Vigia meu amigo... vigia!

  • Jose (São Paulo) - 28/06/2011

    Quando disse alienados,eu me refiro somente aos protestantes. que na minha opinião são os unicos alienados.

  • Márcio Batista (Monte Carmelo) - 28/06/2011

    Ola Roberto em Mt.5,17 Jesus diz Não julgueis que vim abolir a lei dos profetas.Não vim p/ abolir,mais sim p/ LEVÁ-LOS À PERFEIÇÃO. se vc continuar lendo o msm capitulo vc vai ver que Jesus da varios ex: como era a antiga lei e o que ele acrescenta na lei , por ex:Mt.5,27 Jesus diz:Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar (APENAS OLHAR C/ COBIÇA), em seu coração cometeu adultério com ela. Portanto, se o teu olho dir...

  • Jose (São Paulo) - 28/06/2011

    Os alienados querem tanto criticar os outros que acabam saindo do assunto proposto aqui. Nem a pergunta , nem a resposta não citam a igreja católica. Mais os alienados sempre dão um jeito de introduzi-la nas discussões. Como são hipóclitas!

  • Luiz da Rosa (Roma) - 27/06/2011

    Odalberto, gostei muito do seu texto!

  • Erinaldo (Recife) - 27/06/2011

    Claudio, Não dá pra você ser menos idiota? Isso já não dá pra suportar. Ninguém é obrigado a aceitar sua opinião, que ao meu ver deveria ficar só no que você acha ( o famoso achismo ). Uma vêz que você cultua a Deus no DOMINGO, divergindo de que tanto os critica por isso ( seus proprios irmãos protestante Adventista ), usando da mesma bíblia. Agora, tirar proveito de certos assunto para criticar a Igreja Católica isso não é atitude cristã. Isso é provocação. Deixe de ser irônico.EU AMO OS CATÓLICOS O que têm a ver ...

  • Claudio Jacinto - 20/10/2010

    ESSA PERGUNTA LEMBRA JO 8.1-11; EM UMA DAQUELAS TENTATIVAS DOS ESCRIBAS E OS FARISEUS, OS RELIGIOSOS,TEOLÓGOS DA ÉPOCA.TENTAVAM PEGAR JESUS EM CONTRADIÇÃO. JESUS DEU A SUA VIDA POR MIM, POR VOÇÊ,E POR AQUELA MULHER,E POR TODA A HUMANIDADE.AQUELA MULHER SE ARREPENDEU E ALCANÇOU A MISERICÓRDIA. O PERDÃO É UM DOS BENEFICIOS QUE ELE ENTREGA A TODOS QUANTO DESEJAREM. MC 7.6 Respondeu-lhes: Bem profetizou Isaías a respeito de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está ...

  • Paulo (Ponta Grossa) - 26/01/2010

    Obrigado pela resposta SJ. Minha pergunta deve-se ao fato que com frequencia vejo debates entre crstãos discutindo coisas de menor importancia,às vezes se agredindo. Esquecendo porque Jesus se fez homem. Guardar ou não guardar o sábado, usar saia, não cortar o cabelo são na minha opinião disciplinas de algumas religiões, entretanto o ensinamento biblico me é mais importante.

  • sj.floripa (Florianópolis) - 17/01/2010

    Jesus veio cumprir toda a lei! E o que toda a lei dizia? Primeiramente diz Moisés: "O SENHOR teu Deus te levantará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, como eu; a ele ouvireis;" (Deut. 18:15) Davi diz: Jurou o Senhor e não se arrependerá: Tu és sacerdote eternamente segundo a ordem de Melquisedeque. (Sal. 110:4) Obs. Os sacerdotes no templo tinham ordem da lei p/ quebrantarem o sábado por causa dos seus sacrifícios. Jesus também quebrantava pois seu sacrifício é maior e infinitamente superior ao do...