Qual o significado etimológico da palavra moral?

Pergunta de Myrian Machado, Rio de Janeiro / RJ
Resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 23/11/2012


Leia mais sobre Moral

Olá Myriam Machado do Rio de Janeiro / RJ!

A palavra “Moral” e sua etimologia
Querer falar em Moral entramos num vasto campo do saber humano, que engloba as diversas ciência do conhecimento humano. Em poucas palavras, respondendo a pergunta dirigida sobre a etimologia da palavra moral assim entendemos:

A moral advém da palavra latina "moralis" e da palavra latina "more" (que significa "costume" ou "hábito".

Portanto “Moral” tem sua origem na língua latina: “morale”, relativo aos costumes (mores).

Uma vez que a língua latina já possuía a palavra “mos, moris”, não houve a necessidade de buscar no helenismo seu significado, pois o adjetivo “moralis, -e” já queria dizer o mesmo “relativo aos costumes de um povo”. Por outro lado buscou-se no helenismo, o termo “ethica”, como substantivo, passando a ser usado para designar a parte da filosofia denominada por ética ou moral na língua portuguêsa.

Alguns dicionários definem moral como "conjunto de regras de conduta consideradas como válidas, éticas, quer de modo absoluto para qualquer tempo ou lugar, quer para grupos ou pessoa determinada" (conf. Aurélio Buarque de Hollanda), ou melhor entendido são as regras estabelecidas por um povo e aceitas pelas comunidades humanas durante determinados períodos de tempo de seu convívio.

Complementando: Moral e Direito como entender?
Já vimos que a Moral é um conjunto de regras no convívio. Difere do direito e tem uma aplicação muito mais ampla. Por isso que dizemos no nosso dia a dia “nem todas as regras morais são regras jurídicas”. Uma possível semelhança entre Direito e Moral são formas de controle social.

Concluindo: A moral e a pratica religiosa
A prática da moralidade nas comunidades religiosas indica que seus membros possuem em comum uma mesma conduta e procuram evitar a pratica de tudo aquilo que é condenado pela religião que pertencem. A salvação para cada membro destas comunidades depende da prática destas leis divinas. Torna-se a moral religiosa fator determinante no controle do indivíduo e da sociedade.

A moral cristã e sua prática
A moral cristã está centrada na pessoa de Jesus Cristo e seus ensinamentos contidos nos evangelhos, gravitando nesta prática a busca das virtudes essenciais que conseguidas, levam inevitavelmente à fraternidade e à paz de espírito e o recebimento do prêmio do convívio dos que amam a Deus. A moral cristã se entrelassa com a moral de Jesus. Definindo-se na prática do amor que leva a caridade e a humildade nas atitudes com o semelhante. Estas são duas virtudes contrárias ao egoísmo e ao orgulho.

_____________________
Fontes:

Dicionário de Aurélio Buarque de Hollanda.
Dicionário Prático de Filosofia.
Concise Oxford Dictionary.
Lexicon für Theologie und Kirche, verbete Moral, Herder, Freiburg 1962.

1281 visitas

1 comentário

Postar um comentário

  • ad (aracruz) - 23/11/2012

    Percebam então que a moral do mundo é diferente da de Cristo. Para Deus, guardar o sábado é moral, e para o mundo é imoral.