Uma janela sobre o mundo bíblico

Se no início existiam somente Adão e Eva, como Caim casou-se? Qual a interpretação de vocês?



  • Pergunta de Glauber Campos, Manaus
  • 8758
  • 11/09/2012
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Criação | Caim |


Nessa sua pergunta existe uma preocupação que perturba muitos leitores da Bíblia. Se tudo começou como conta a Bíblia, os nossos ancestrais teriam se casado entre si, pais com filhos e irmãs com irmãos. E isso urta os nossos princípios morais, pois caracterizaria um incesto, que não podemos aceitar, sobretudo como um episódio bíblico. Por outro lado fomos ensinados que nada do que está escrito na Bíblia é falso, que tudo nela é verdadeiro. Por isso, para nós cristãos - e também para os judeus - é difícil aceitar a tese segundo a qual o ser humano não foi criado como contado na Bíblia, que tenha vindo, através de um processo de evolução, como diz a teoria evolucionista, do macaco.

A dificuldade deriva da nossa atitude fundamentalista diante da leitura bíblica, que não é culpa nossa, mas de quem nos formou na fé. Não é errado pensar na inerrância da Bíblia. Todavia, a verdade Bíblia não é limitadamente uma verdade histórica. De fato a Bíblia não se limita a uma narração histórica da vida humana na terra. Se a lermos sob essa ótica, erramos completamente a sua interpretação. A verdade da Bíblia consiste na revelação da vontade divina, que se desenvolve até chegar na iluminação plena em Cristo. E tudo isso Deus realiza, como um pedagogo, por meio do povo de Israel. A revelação da verdade para o povo escolhido cresce, na medida em que a história caminha até chegar em Jesus. No início, por exemplo, a fé em um único Deus, pode não ter sido um elemento constante na vida do povo. Mais tarde descobriu-se que o Deus verdadeiro é somente Yahweh e fora dele não tem outro deus.

Com esse excursus quero dizer que não erramos se pensarmos que a história do início da humanidade não foi, historicamente, como contada na Bíblia. Já repetimos aqui no site (veja outras respostas sobre esse argumento) que a descrição da criação contada na Bíblia não é uma narração histórica. É uma narração antiga que tenta interpretar, graças aos instrumentos disponíveis na época do autor e à inspiração divina, como surgiu a vida na terra, sublinhando que tudo provem de Deus. Quando a Bíblia fala que Caim conheceu sua mulher (Gênesis 4,17), da qual nasceu Henoc, não significa que na história desse homem existiam somente seus pais. Caim (assim como Adão e Eva) não é histórico, no sentido moderno, mas um símbolo: construtor da primeira cidade, pai dos pastores, dos músicos, dos ferreiros e das prostitutas, expressões da comodidade urbana e, talvez por isso, amaldiçoado.

8758 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook