O que você acha sobre esse versiculo: o que Deus uniu homem nenhum separa. O que quer dizer “o que Deus uniu”? E quando o casamento não der certo temos que divociar? Isso é biblico?

Pergunta de Arnaldo, 44
Resposta de Luiz da Rosa, em 28/08/2009


Leia mais sobre Casamento

O divórcio não é bíblico, embora no Antigo Testamento ele fosse permitido (veja Deuteronômio 24), como podemos ver em Mateus 19,3-9. Nesse texto é claro também que, no tempo de Cristo, entre os judeus, havia quem aceitava o divórcio e quem o repudiava. Jesus toma uma posição: Moisés permitiu o divórcio por causa da dureza do coração dos homens, mas no início não era assim, isto é, quando Deus criou o homem e a mulher estabeleceu que quando se unissem seriam ‘uma só carne’ (e Jesus cita Gênesis: “não lestes que desde o princípio o Criador os fez homem e mulher? E que disse: Por isso o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher e os dois serão uma só carne? De modo que já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não deve separar”

Portanto, segundo Jesus, a vontade de Deus é que o matrimônio seja para toda a vida. E sublinha que o homem não deve intervir nessa lei.

Concluindo, o divórcio não é bíblico. Enquanto não tínhamos a revelação plena, que se dá em Jesus, existia essa possibilidade, mas Jesus esclareceu uma vez por toda o ‘pensamento’ de Deus sobre esse tema. Todavia aplicando a Lei à realidade, não creio que uma mulher e um homem que não se suportam, devam viver o resto da vida sob o mesmo teto. Temos que lembrar sempre que a Lei foi feita para o homem. Existe um princípio e este é claro e não deve ser tocado: o matrimônio é indissolúvel. A vida, por causa de decisões erradas, pode nos levar a situações particulares, que precisam ser consideradas. E aqui a reflexão pode ser muito ampla e não quero ser causa de equívocos.

Leia mais detalhes sobre esse argumento.

2054 visitas

5 comentários

Postar um comentário

  • José William da Silva (Fortaleza-Ceará-Brasil) - 10/08/2010

    Dia 31 de julho do ano em curso festejamos nossas bodas de ouro - 50 Anos de casados contamos com 8 filhos, 12 netos e 1 bisneto, uma caminhada a dois que teve a primeira festa aos 10 anos de convivencia, dai gostamos e festejamos as bodas de prata, aos 40 anos nosso filho do coração padre Eudasio fez a celebração em nossa residencia com a presença de uma gama de amigos de todas as camadas sociais, e agora dia 31 de julho tivemos uma festa iniciando com uma missa celebrada por Padre Eudasio um filho que Deus nos de...

  • JAcy (MAranhão) - 18/07/2010

    Cristãos não tem pq se separarem, pois amar é decisão. Essa história q o amor acabou, não existe. Decida continuar amando, pois se a Bíblia nos determina q devemos amar até nossos inimigos, imagine o cônjugue. Amar é decisão.

  • GERALDO MARQUES DA CRUZ JÚNIOR (Taboao da Serra) - 10/01/2010

    A paz do Senhor para todos . Este assunto está sendo tratado com zelo no endereço abaixo. http://verboeterno.wordpress.com/2007/08/30/novo-casamento/ Fiquem com Deus.

  • jucilene santos (kortrijk) - 01/09/2009

    amo ler este site e resposta tao objetivas..penso a respeito deste assunto que temos que fazer nossas escolhas,e orar muito para DEUS nos dirigir e escolhermos bem o nosso conjuge..problemas surgirao em todos num relacionamentos, mas num casamento Cristao existira solucoes...casamento na minha humilde opiniao e para uma vida toda..bom e orar antes de casar e conhecer bem a pessoa o carater dela a fundo...pois infelizmente existem muitos lobos com capas de cordeiro..

  • Elisangela - 31/08/2009

    gostei da resposta tbm penso assim