Em 1Coríntios 1.1-8 o Apóstolo Paulo fala acerca de vários dons do Espírito e mostra que todos são importantes para a Igreja. Todavia faz um alerta sublinhando que se não houver amor não teria proveito algum. No verso oito, Paulo lembra que o amor nunca falha, enquanto que as profecias serão aniquiladas, as línguas cessarão e a ciência desaparecerá.

Aqui Paulo contrasta o amor com os dons que seriam superados e encerrados. Eles cessariam porque veriam um período de conhecimento e de profecia perfeitos ou completos (verso 9). A revelação parcial, por meio do conhecimento inspirador direto, a profecia, e das línguas, daria, desse modo, lugar àquilo que é perfeito (verso 10).

Por último Paulo diz: “agora, pois, permanece a fé, a esperança e o amor, mas o maior destes é o amor” (verso 13).