Quem foi o discipulo amado?

Pergunta de Bruna Mayara, Jataí / - Goiás
Resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 20/06/2012


Leia mais sobre João João

Olá Mayara de Jataí!

A pergunta esta incluída em um dos temas que geraram muitas controvérsias e que ainda não temos uma resposta 100% concluída. A questão envolve a identificação do discípulo amado e junto com ela quem é o autor do quarto evangelho. O ponto de partida de toda problemática está no fato que nenhum momento no evangelho de João é distinguido o discípulo amado com o seu próprio nome. Para o discípulo amado não aparece o nome do apóstolo João.

Destacamos as citações do evangelho para evidenciarmos melhor. Em João 13,23 na descrição da ultima ceia:

“ Ora, achava-se reclinado sobre o peito de Jesus um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava”. (João 13, 23 – Bíblia Almeida)

Em João 19,26-27 no momento que antecediam a morte de Jesus, Ele aind diz:

“26 Ora, Jesus, vendo ali sua mãe, e ao lado dela o discípulo a quem ele amava, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. 26 E depois de consumida esta minha pele, então fora da minha carne verei a Deus;

27 Então disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.

27 vê-lo-ei ao meu lado, e os meus olhos o contemplarão, e não mais como adversário. O meu coração desfalece dentro de mim!”(João 19,26-27 – Bíblia Almeida)

 

Em João 20,2 na descrição do episódio do sepulcro vazio:

 

“Correu, pois, e foi ter com Simão Pedro, e o outro discípulo, a quem Jesus amava, e disse-lhes: Tiraram do sepulcro o Senhor, e não sabemos onde o puseram”. (João 20, 2 – Bíblia Almeida)

 

Em João 21, 7 que descreve a aparição de Jesus aos apóstolos depois da ressurreição;

 

Então aquele discípulo a quem Jesus amava disse a Pedro: Senhor. Quando, pois, Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cingiu-se com a túnica, porque estava despido, e lançou-se ao mar”; (João 21, 7 – Bíblia Almeida)

 

Em João 21,20 no epílogo do evangelho aparece:

 

“E Pedro, virando-se, viu que o seguia aquele discípulo a quem Jesus amava, o mesmo que na ceia se recostara sobre o peito de Jesus e perguntara: Senhor, quem é o que te trai”? (João 21, 20 – Bíblia Almeida)

 

Os estudiosos da literatura dos escritos Joaninos do Novo Testamento, o Evangelho, Apocalipse e as três cartas colocam uma serie de pressupostos para testemunharem o fato que o discípulo amado que aparece no evangelho é o próprio apóstolo João. A seguir coloquemos algumas destas considerações que os autores apresentam:

 

- João faz parte do grupo dos três prediletos de Jesus (Pedro Tiago e João). Sempre que Jesus necessitava de testemunhas os três apóstolos que levava consigo eram eles. Encontramos por exemplo o fato na Transfiguração de Jesus no monte Tabor ou mesmo no Jardim das Oliveiras quando foi preso pelos soldados Romanos e Pedro perdeu sua orelha.

 

- Os escritos do evangelho testificam que o autor tenha sido uma testemunha ocular e João é indicado.

 

- Recebeu de Jesus o pedido de cuidado da sua mãe de Jesus aos pés da cruz. Jesus confiou a ele esta tarefa.

 

- Era o discípulo mais jovem por este motivo se coloca o evangelho de João escrito depois do ano 90 D.C. Nas pinturas da última ceia esta sempre ao lado de Jesus, e se caracteriza por não ter barba, pois era adolescente.

-

- Na última ceia Jesus demonstra sua proximidade com Ele reclina sua cabeça no peito de Jesus.

 

- O escrito do evangelho em primeira redação foi em aramaico, mas o escrito destaca uma pessoa de culta grega, com a inclusão de aramaísmos sendo este João.

 

- As descrições dos textos do evangelho mostra que João depois de Pentecostes tenha permanecido em Jerusalém.

 

- A Samaria aparece com destaque inclusive em seu evangelho ele fala da samaritana, mostrando que esta região foi evangelizada por João e Zebedeu.

 

Estas são algumas considerações que nos ajudem a entender quem é este discípulo amado que aparecem citados tantas vezes no evangelho de João.

 

Concluindo:

 

Identificar que é este discípulo amado é conhecer o evangelho e a pratica de Jesus. Ele ama aos seus discípulos, quer ensinar os segredos de seu Pai, quer que eles se tornem protagonistas deste amor sem limites. (ver João 11,5; 13,1; 13,34; 14,21; 15,9. 12). O discípulo amado que aparece no evangelho de João, amigo de Jesus, seu confidente, conhecedor em profundidade de seu mestre é considerado como o modelo deste do vínculo deste amor. O Amor de Jesus para seus discípulos é amor de amizade, semelhante do amor do Pai para com o filho e que exclui a submissão e a dependência irracional. A amizade será alicerçada no que Jesus manda isto é na prática do amor recíproco.

6250 visitas

5 comentários

Postar um comentário

  • Cassiano Rangel (Rio de Janeiro) - 06/02/2014

    Inferir ser outro e não João, o discípulo por quem Jesus demonstrava um amor tão especial. No quarto Evangelho, Capítulo 11, Versículos 3 e 5, lemos: "Mandaram-lhe pois suas irmãs dizer: Senhor, eis que está enfermo AQUELE QUE TU AMAS. Ora, Jesus AMAVA a Marta, e a sua irmã e A LÁZARO." Eis, pois, declarado, quem era o discípulo a quem Jesus amava: Lázaro. Não existe qualquer evidência interna ou externa que nos impeça de acreditar que Lázaro também estava assentado ao lado de Jesus durante a última Páscoa...

  • Wemerson (RECIFE) - 07/12/2013

    Gostaria de saber de onde o companheiro Antônio de Curitiba encontrou as referências sobre o apóstolo André ter escolhido alguém pra servir às necessidades de Jesus?

  • ANTONIO (CURITIBA) - 22/06/2012

    Caro amigo: meu e mail está a sua disposição... aclaio@bol.com.br

  • Paulo (Ponta Grossa - PR) - 21/06/2012

    Olá Antonio (Curitiba) Tenho uma curiosidade. O seu comentário está muito bem escrito. Entretanto, gostaria de saber qual a fonte que o senhor utiliza, pois o senhor descreve caracteristicas que não estão na Biblia. Tais como: \\\\\\\\\\\\\\\"O seu longo convívio com Jesus trouxe muitas grandes mudanças para o seu caráter. Essa vaidade ficou bastante diminuída, mas, depois de envelhecer e de tornar-se algo como que infantil, aquela auto-estima reapareceu com uma certa intensidade, de modo que, quando se empenhou em...

  • ANTONIO (CURITIBA) - 20/06/2012

    JOÃO ZEBEDEU.... Quando se tornou apóstolo, João estava com vinte e quatro anos e era o mais jovem dos doze. Sendo solteiro, vivia com os seus pais em Betsaida; era pescador e trabalhava com o seu irmão Tiago, em sociedade com André e Pedro. Tanto antes, quanto depois de tornar-se apóstolo, João funcionou como o agente pessoal de Jesus para cuidar da família do Mestre, e continuou com essa responsabilidade enquanto Maria, a mãe de Jesus, viveu. Sendo o mais jovem dos doze e mantendo um contato tão íntimo com Jesu...