Uma janela sobre o mundo bíblico

Explicação sobre Êxodo 4,24 seguintes...



  • Pergunta de Glaucio, Brasília
  • 30061
  • 07/06/2008
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Circuncisão | Êxodo


Depois que Yahweh pede a Moisés que volte ao Egito para libertar o seu povo da escravidão acontece um fato misterioso. Êxodo 4,24-26 diz: Aconteceu que no caminho, numa hospederia, Iahweh veio ao seu encontro, e procurava fazê-lo morrer. Séfora tomou uma pedra aguda, cortou o prepúcio do seu filho, feriu-lhe os pés, e disse: “Tu és para mim um esposo de sangue.” Então ele o deixou. Pois ela havia dito “esposo de sangue”, o que se aplica às circuncisões.

Essa narrativa não tem um contexto e o seu significado é bastante enigmático. Normalmente se pensa que o personagem a quem se refere seja Moisés, mas não é mencionado o seu nome. Alguns interpretam que Deus procurava matar a Moisés por que ele não era circunciso. Séfora teria feito a circuncisão do filho e com um gesto simbólico circuncide também a Moisés (feriu-lhe os pés). Os pés significa “sexo”, como se pode ver em Isaías 6,2.

Com certeza o texto que quer sublinhar o valor e a importância da circuncisão. O tema da circuncisão é desenvolvido em Gênesis 17. No início parece que se tratasse apenas de um rito de iniciação. Mas na Bíblia a circuncisão se torna um sinal que faz com que Deus lembre a sua aliança com o povo e ao mesmo tempo faz com que o povo recorde que ele pertence a Yahweh. Assim tanto Deus quanto o povo têm consciência das obrigações que um tem para com o outro.

30061 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook