Siga-nos no FaceBook




Lugares bíblicos

Como Pedro morreu e porque ele negou a Jesus?

Pergunta de Vanice, Diadema / SP
Resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 22/09/2012


Olá Vanice de Diadema SP!

 

São duas perguntas em uma só. A primeira já foi respondida neste site deixo a um resumo, mas poderá conferir a resposta. De antemão já sabemos que não temos provas escritas nos evangelhos que falam da morte de Pedro.

Pergunta semelhante a esta “Como Pedro Morreu? E onde está escrito?” de Wagner Machado - São Paulo/SP . Enviada em 22/01/2012 e respondida por Odalberto

 

Não encontramos nenhuma citação no Novo Testamento que fala da morte de Pedro. Apenas a tradição alguns anos depois nos narra em detalhes o martírio de Pedro. Mas nem por isso a figura de Pedro um dos 12 apóstolos chamados por Jesus diminui. Existem muitas passagens do Novo Testamento que comprovam a verdade sobre os fatos. Até duas cartas de Pedro estão incluídas no texto do Novo Testamento.

Lembro a vocação e o chamado de Pedro por Jesus para ser pescador de homens em Mt 1,16-18  e Lc 5,1-11; recebe de Jesus o nome de Cefas em Jo 1,40-42 etc.

Que tipo de morte aconteceu com Pedro. Vamos encontrar no final do evangelho de João uma profecia que diz:

 

“....19 Disse isso para indicar com que espécie de morte Pedro daria glória a Deus. Tendo falado assim, disse-lhe: segue-me”. (Jo 21,18-23)

 

Nesta passagem Jesus profetizou de que maneira Pedro haveria de morrer, seria o martírio semelhante a ele, para glorificar a Deus. Isto é, crucificado. É a profecia da morte de Pedro. Nada mais encontramos.

 

Considerações da tradição sobre a morte de Pedro.

 

Por 10 anos Pedro governou a Igreja na cidade Jerusalém, na Judéia, Samaria, no litoral e em Antioquia. No ano de 42 D.C. transferiu a Igreja para a sede do Império a cidade de Roma. Foi estratégia de evangelização. A parir do centro do Império seria mais fácil a locomoção para evangelizar. No tempo de Nero, em 67 D.C., foi preso e crucificado nos arredores de Roma (atual Vaticano), além do rio Tibre. Conta à tradição apostólica que na hora da crucificação pediu aos algozes que fosse crucificado de cabeça para baixo, dizendo “Não sou digno de morrer como meu mestre Jesus”, que morreu em posição normal. Os algozes atenderam este pedido de Pedro.

Séculos mais tarde, no lugar da morte, em Roma, foi construída a Basílica de São Pedro (330 D.C.), reconstruída no século 16 D.C. Hoje o tumulo de São Pedro, que arqueólogos encontraram esta nos subsolo da Basílica exatamente no centro abaixo do altar-mor da Basílica (possível à visitação).

Dos 12 apóstolos um único tem a morte registrada na Bíblia é Tiago (Atos 12,2). O rei Herodes “fez Tiago passar a fio de espada” – referindo-se à decapitação. O modo às circunstâncias das mortes dos outros apóstolos, inclusive de Pedro temos conhecimento através dos escritos tradições da igreja; portanto não devemos dar muito crédito a nenhum desses relatos. A tradição da igreja comumente afirma que a morte do Apóstolo Pedro e que foi crucificado, de cabeça para baixo em uma cruz em forma de x, nos arredores de Roma, cumprindo a profecia de Jesus (João 21,18).

 

A segunda pergunta indaga sobre a negação de Pedro a Jesus.

 

O texto Bíblico nos fala de três negações de Pedro em Mateus 26, 69-75:

 

“69 Ora, Pedro estava sentado fora, no pátio; e aproximou-se dele uma criada, que disse: Tu também estavas com Jesus, o Galileu.

70 Mas ele negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes.

71 E saindo ele para o vestíbulo, outra criada o viu, e disse aos que ali estavam: Este também estava com Jesus, o nazareno.

72 E ele negou outra vez, e com juramento: Não conheço tal homem.

73 E daí a pouco, aproximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro: Certamente tu também és um deles, pois a tua fala te denuncia.

74 Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou.

75 E Pedro lembrou-se do que dissera Jesus: Antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, saindo dali, chorou amargamente. ”(Mateus, 26,69-75) Biblia Almeida

 

Porque Pedro negou.três vezes?

 

Poderíamos simplesmente responder assim porque quando reconheceram Pedro como seguidor de Jesus, uma espécie de inimigo do povo Pedro passou a ter medo. Imaginava que teria o mesmo castigo de Jesus, perderia sua vida.

Uma segunda explicação é que ele não tinha experimentado a comunhão plena com o Espírito Santo (seus medos e angustias eram bem maiores que sua fé de principiante que impediam Deus de agir plenamente sobre sua vida)

 

Concluindo: Uma lição para nós é o giro de 360 graus na vida de Pedro. Ele sinceramente esta arrependido, o galo canta três vezes, confirmando as palavras de Jesus. Pedro neste momento chora amargamente e se inclina para Cristo, na sua vida acontece uma virada.

Lição de moral que nos deixa o fato é que Deus pode mudar nossa história, basta apenas que estejamos abertos, e não importa os erros do passado ou o quanto o negamos, basta-nos um arrependimento sincero e vontade decidida de mudar de vida.

1455 visitas

1 comentário

Postar um comentário

  • pedro de moura cortes (cachoeira do sul) - 14/07/2014

    Pedro naquele momento certamente não teve medo,e sim escandalizou-se da cruz,pois a morte de cruz era vergonhosa.