Siga-nos no FaceBook




Lugares bíblicos

O que significa Pentecoste?

Pergunta de Izaias Marra, Belo Horizonte
Resposta de Luiz da Rosa, em 03/01/2012


Leia mais sobre Pentecostes Atos dos Apóstolos

“Pentecostes” é um vocábulo grego e significa “cinquentésimo”. Nós cristãos normalmente, com essa palavra, recordamos o evento contado por Atos dos Apóstolos 2: depois que Cristo subiu aos céus, os discípulos, reunidos, receberam o Espírito Santo. Foi um acontecimento importante para o cristianismo. Nesse momento os primeiros cristãos receberam a força que encheu os seus corações e fez com que criassem coragem e pregassem a mensagem de Jesus. Todo ano essa recorrência é recordada, 50 dias depois da celebração da páscoa.

Apesar dessa ligação que nós cristãos fazemos entre Pentecostes e vinda do Espírito Santo, a  festa em si vem da tradição hebraica, onde é chamada de Shavuoth (“semanas”). Durava 7 semanas, desde o dia seguinte à Pásqua até o cinquentésimo dia. À base dessa festa existe uma tradição agrícula, que coincide com o início da colheita, seja de trigo que frutas e vegetais. Os agricultores agredeciam a Deus esse dom com ofertas das primícias. As 7 semanas, como dissemos, começavam a partir da Festa da Pásqua (Pesah, festa da libertação do Egito). No cinquentésimo dia, cada família oferecia os seus dons derivados da colheita. Em Levíticos 17,15-22 são indicados os detalhes desta festa, celebrada até hoje pelos judeus.

Com o passar do tempo, sobretudo depois da destruição do Templo, os judeus passaram a comemorar durante esta festa o dom da Lei, a Torah.

Não existe uma relação direta entre a festa hebraica e a Pentecostes cristã, que é celebrada 50 dias depois da Pásqua. Todavia os símbolos usados dos cristãos para recordar, na festa de Pentecostes, o dom do Espírito Santo recebido pelos apóstolos (língua de fogo e forte vento) lembram aqueles que testemunham a presença de Deus sobre o Sinai, onde a Lei foi doada ao povo hebreu.

36471 visitas

6 comentários

Postar um comentário

  • yara (matola) - 04/07/2014

    Deus e pai

  • andressa (santa cruz do rio pardo) - 17/06/2014

    obrigada ajudou muito sobre a minha pesquisa

  • Ricardo (Rio de Janeiro) - 14/06/2014

    O pentecoste descrito em Atos 2, nada tem a ver com estes "pentecostes" que acontece nos cultos evangélicos romanos.

  • maria das graças (caucaia) - 14/06/2014

    muito legal adorei muito para pesquisa para a catequese thau

  • bruno (manaus) - 09/06/2014

    bom me ajudou a faser meu trabalho :)

  • Joaquim Francisco Machado da Cruz (Governador Valadares) - 04/11/2012

    O texto que trata acerca da festa de pentecoste e Levítico 23:15-25, não 17 como dito. Importante detalhe e que assim como a ressurreição do Senhor Jesus, o derramamento do Espirito Santo deu-se também no domingo, a primícia da semana, para os salvos o alento de obter antecipadamente a manifestação da graça. Lembra-nos o jubileu, euforia (liberdade) aos que desejavam pertencer ao povo do Senhor sendo eles selados com o brinco, elo ininterrupto da aliança com a descendência da promessa.