Uma janela sobre o mundo bíblico

O José esposo de Maria é o mesmo José que foi vendido pelos irmãos?



  • Pergunta de Izabel , Fortaleza - Ce
  • 40097
  • 18/12/2011
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre José do Egito | José esposo de Maria |


Olá! Izabel de Fortaleza - Ceara.

De fato com facilidade podemos nos enganar, quantas vezes ouvimos dizer das pessoas que Jesus nasceu em Nazaré, só por que existe a musica do Pe. Zezinho Jesus de Nazaré!

Mas os dois Josés que você pergunta, são duas figuras da história Bíblica muito interessante. No caso de José vendido pelos irmãos os fatos ocorrem no Antigo Testamento, mais precisamente no capítulo 37 do livro do Genesis, e José esposo de Maria os fatos acontecem no Novo Testamento.

A história de José do Egito

A história de José do Egito é considerada uma das mais belas novelas que encontramos no Antigo Testamento. O início da história é violenta e dramática, indicando como seria o processo de desenvolvimento posterior. José era filho de Jacó, um dos patriarcas do povo de Deus com Raquel e por ser o filho mais novo e frágil foi o preferido de seu Pai. O presente que ganhou do Pai foi uma túnica colorida e de mangas longas, esta vestimenta, era considerada uma roupa de festa, um sinal evidente para seus irmãos que seu Pai não queria que ele trabalhasse. Não bastasse isto contava seus sonhos à família causando inveja aos irmãos, estes sonhos indicam claramente que ele seria melhor que os irmãos, recebeu o apelido dos irmãos de “José o sonhador”. Por este motivo, a inveja dos irmãos foi vendido a mercadores que viajavam para o Egito e disseram ao pai que as feras o tinham devorado. A história não termina aqui, tem outros episódios, José no Egito torna-se importante e passa ser um do ministros do Faraó e numa época de fome, seus irmão vem ao Egito pedir socorro e belos episódios continuam sendo narrados.

As citações bíblicas José esposo de Maria:

A figura de José, pai adotivo de Jesus é totalmente diferente de José do Egito, os fatos ocorrem no Novo Testamento, com outros episódios e narrativas, observemos alguns:

Os estudiosos da Bíblia afirmam que José casou-se com Maria aos 30 anos de idade, sendo viúvo, com filhos do primeiro casamento e foi escolhido a dedo por Deus para guardar a virgindade Maria. Também afirmam que morreu aos 60 anos de idade, antes do início da vida pública de Jesus, pois a partir deste momento não é citado mais no texto bíblico.

José o carpinteiro:

José era carpinteiro, mas também se dedicava a agricultura, um trabalhador, tanto que, em Nazaré, os fariseus falavam de Jesus e perguntavam "Não é este o filho do carpinteiro?" (Mateus 13,55).

Da descendência de Davi

José veio de uma linhagem real. Lucas e Mateus discordam um pouco em relação aos detalhes da genealogia de José, mas eles falam de sua descendência a partir de Davi, (Mateus 1,1-16 e Lucas 3,23-38

A gravidez de Maria

Quando José soube que Maria estava grávida após estarem para se casar, sabendo que a criança não era dele e desconhecia, ele planejou separar-se de Maria de acordo com a lei, mas temeu pela segurança e o sofrimento dela e do bebê. Ele sabia que mulheres acusadas de adultério poderiam ser apedrejadas até a morte, então ele decidiu deixá-la silenciosamente e não expor Maria a vergonha. (Mateus 1,19-25). Era homem de fé, obediente a Deus. Quando o anjo apareceu a José em um sonho e contou-lhe a verdade sobre a criança que Maria estava carregando, José imediatamente e sem questionar, tomou-a como esposa.

A oferta dos pobres

Ele não possuía posses e quando levou Jesus ao Templo para ser circuncidado e Maria para ser purificada ofereceu o sacrifício dos pobres, isto é, um par de rolas ou dois pombinhos, permitido apenas àqueles que não tinham condições de comprar um cordeiro (Lucas 2,24).

A fuga para o Egito

Quando o anjo reapareceu para dizer-lhe que sua família estava em perigo, ele escapou para um país estranho, o Egito, com sua jovem esposa e o bebê. Ele aguardou no Egito sem questionar até que o anjo disse a ele que já era seguro retornar (Mateus 2,13-23).

Volta para Nazaré e perca de Jesus no Templo

Por ocasião de seu retorno fixou residência na pequena cidade de Nazaré sem temer por sua vida. Quando Jesus ficou perdido no Templo, José (junto com Maria) procurou por ele com grande ansiedade por três dias (Lucas 2,48). As pessoas de Nazaré constantemente repetiam a frase em relação a Jesus, "Não é este o filho de José?" (Lucas 4,22)

As festas judaicas em Jerusalém

Ele levava sua família a Jerusalém todo ano para a Páscoa e outras festas de preceito, algo que não era fácil para um trabalhador.

Na vida pública de Jesus

A última menção feita a José na Bíblia é quando ele procura por Jesus no Templo de Jerusalém. Depois deste acontecimento José desaparece do cenário da narrativa bíblica. Durante a vida pública de Jesus não encontram mais nenhuma citação, nem nas narrativas da morte e ressurreição de Jesus. Aqui entra a constatação feita por muitos estudiosos da Bíblia. Provavelmente José havia morrido antes que Jesus iniciasse sua vida pública. Seguindo estas considerações dos Biblista Jesus teria 30 anos de idade. Seria uma das hipóteses quanto a pergunta que é feita.

Concluindo:

Izabel!  Pelo exposto acima podemos perceber a diferença entre José do Egito e José, o esposo de Maria. São duas personagens históricas importantes na Bíblia Sagrada, mas que viveram em épocas totalmente diversas. José esposo de Maria não tem nada em comum com o personagem antigo-testamentário José do Egito.

Talvez a única semelhança que possa existir é no nome, os dois se chamam José. Mas isto não vem o caso. Assim com o nome Jesus, em sua época era muito comum e o nome Maria no judaísmo do mesmo modo era um nome muito comum.

40097 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook