Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual foi a primeira igreja fundada no mundo?



  • Pergunta de Fabiana Cristina, Barueri
  • 238099
  • 23/10/2011
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Igrejas |


A primeira igreja cristã, foi sem dúvida aquela que nasceu da primeira experiência vivida pelos apóstolos, depois da morte e ressurreição de Cristo. Obviamente você perguntará: e qual foi? Essa segunda pergunta é influenciada pela realidade de hoje, pela existência de tantas denominações que, muitas vezes, querem ser julgadas como aquela autêntica. Minha opinião pessoal, que já tive oportunidade de exprimir aqui no site, é que enquanto há divisão há pecado e, por isso, falta de autenticidade. A divisão deve condenar a todos nós e nos incentivar a caminhar em direção ao diálogo e à compreensão mútua, baseados no princípio que todos nós nascemos em Cristo e por isso somos irmãos. Se digo "a minha igreja é aquela autêntica" estou excluindo o diálogo e não me abro ao próximo.

Um estudo sério sobre essa questão necessariamente deve passar por aspectos históricos, que não é o nosso campo. Devemos ter consciência que já no início da vida cristã existiam dificuldades de unidade e lá pelos anos 300 nasceu a primeira divisão oficial, com Nestor, que não aceitava o fato que Jesus fosse ao mesmo tempo ser humano e Deus. Depois vieram as grandes divisões, primeiro com o cisma entre ocidente e oriente, sobretudo por causa da questão do filioque (o Espírito Santo que procede do Pai e do Filho) e, no século XVI, a divisão protagonizada por Lutero. Ao mesmo tempo é muito importante ter consciência histórica que Jesus não criou nenhuma instituição, seja a igreja católica, seja a igreja protestante. De fato o próprio Jesus frequentava o templo, era judeu e assim também os apóstolos (veja Lc 24,53; At 2,46; 3,1). Só alguns anos depois da morte de cristo é que os cristãos começaram a criar uma identidade própria e a reunir-se.

No novo testamento aparece em continuação a palavra Igreja, que em grego é Ekklesia. O termo grego pode ser traduzido como "Assembleia". Etimologicamente é formado pela preposição ek (de fora) e pelo verbo kaléo (chamar). A palavra grega não é, na origem, religiosa, mas era usada com sentido político, descrevendo a assembleia dos cidadãos que se reunia para tomar as decisões inerentes à pólis, à cidade grega. É por isso que essa palavra aparece bem antes de Cristo,  em escritores clássicos como Platão.

Os cristãos, invés, quando usam esse vocábulo tem em memte o vocábulo hebraico kahal, pois é com ekklesia que os LXXX traduzem essa palavra hebraica. Para entender o que significa kahal basta lermos o Salmo 22,26: "De ti vem o meu louvor na grande assembleia; cumprirei os meus votos na presença dos que o temem".

Nos evangelhos a palavra Ekklesia aparece somente duas vezes, em Mateus. Há muitas outras citações onde ela aparece nos Atos dos Apóstolos e, depois, nos outros escritos. Indico aqui somente as duas passagens de Mateus:

Mateus 16,18: Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

Mateus 18,17: E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano.

238099 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook