Em João 04, quando fala da mulher samaritana, alguns estudiosos dizem que, quando Jesus a mandou buscar o seu marido e ela diz que não tinha, esse texto não fala de prostituição e adultério, mas que no original marido quer dizer baal, dando a entender que os cinco maridos são cinco deuses.

Pergunta de Carlos Carvalho, Rio de Janeiro
Resposta de Silvia Togneri, em 24/07/2011


Leia mais sobre Samaritana

Olá Douglas. Realmente uma das possibilidades que o texto de Jo 4,1-30.39-42, aponta para sua melhor compreensão a respeito da Samaritana é que naquela região havia ainda a adoração a cinco deuses advindos desde a época do término do Reino do Norte em 722 a.C. pelos Assírios. Um pouco de história pode nos ajudar que está relatada em 2 Rs 17,24-34. A relação da Samaria com outras divindades advém mais claramente desta época em que os povos que passaram a habitar esta região faziam seus cultos a: Sucote-Benote; Nergal; Asima; Nibaz e Tartaque; Adramalec e Anamaleque. A relação dos judeus com os samaritanos a partir desta época ficou mais complicada, se anteriormente era a questão da divisão do reino acontecida em 931 a.C. com Jeroboão, que institui na região o culto aos dois bezerros de ouro, indicando que estes foram quem haviam libertado o povo do Egito em 1250 a.C. ,confira em 1 Rs 12,25-33.

 

A relação com os samaritanos teve ainda mais um endurecimento quando na volta do Exílio o grupo liderado por Zorobabel e Josué não aceitou a ajuda dos samaritanos, então considerados impuros porque eram um misto de judeus e dos outros povos que vieram colonizar a Samaria, depois de 722 a.C., confira em Esd 4. Os judeus e os samaritanos desenvolveram uma relação muito tumultuada a partir de então. A respeito de outros dados históricos desta relação dos judeus e samaritanos veja também Ne 4; 6,1-11; 13,28; 1 Mc 10,30.38; 11,28-34.

 

A relação da denominação de Baal como marido se refere a baal ter o significado de senhor, proprietário, de dono de uma mulher, de um escravo ou de um terreno. É interessante lembrar que o culto a Baal-Fegor entre os israelitas já havia acontecido anteriormente veja (Gn 25,1ss; Js 6,28)

 

Muitas vezes em relação a este texto de Jo 4, 1-30 nos mantemos fixados nesta situação da mulher, se ela teria realmente cinco maridos e por que isso? O importante neste texto como no de Lc 10,25-37 é a outra maneira que Jesus nos aponta em olhar a quem é considerado como impuro. Se em Lc a intenção é mostrar que o samaritano não se deixou apegar às normas que impediam o contato com alguém ensangüentado e doente e que o socorreu. Já em Jo 4 em relação ã samaritana nos indica que esta idéia de exclusão precisa ser superada uma vez que é o próprio Jesus quem toma a iniciativa em conversar com a mulher à beira do poço de Jacó (lugar de muitos acontecimentos na época dos patriarcas), lhe pedindo água. Atitude esta que nenhum judeu e homem faria em relação a alguém da Samaria e muito menos uma mulher, veja a admiração dos discípulos quando voltam em ver que Jesus estava conversando com uma mulher samaritana (Jo 4,27). Outro detalhe é que no evangelho segundo João Jesus ao voltar da Judéia para a Galiléia, faz questão de passar por aquele lugar, a cidade Sicar ou mais provável Siquém. O foco do texto não está na condição moral da mulher e sim a sua atitude depois de encontrar o verdadeiro Deus, no seu enviado Jesus de Nazaré. Ela não precisa mais dos outros deuses, e por isso larga seu balde, já que agora tem a Água Viva para sua vida e vai anunciar Jesus  à toda cidade que passa a acreditar nele em Jesus por causa da palavra da mulher.

4004 visitas

32 comentários

Postar um comentário

  • Erinaldo (Recife) - 02/08/2014

    Era um Pastor ou um Índio? Que eu sáiba quem come gente é canibal.

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    Sabemos disso Ricardo, o Salvador nao sendo m Judeu e sabemo disso, mesmo assm Ele di qe ela devia continuar adorando no Templo monte? Ou os yaohudim estavam certos em adorar em Jeruzalem? O que judeu ou nao judeu ele responde?

  • Ricardo (Rio de Janeiro) - 02/08/2014

    Em primeiro lugar este texto está totalmente adulterado, a mulher samaritana dizendo que o Salvador é judeu, em outro verso o Salvador dizendo que a salvação vem dos judeus,a biblia foi escrita no sentido de colocar o judeu no topo, e com isso mais os ensinamentos falsos dentro dos templos,o povo fica confuso e passa a acreditar que os descendentes de Jacó( nome falso) são os judeus de Israel. Quanto aos Samaritanos nunca foram levados cativos para a Babilonia, foi a tribo do sul. Os samaritanos surgiram apos as ...

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    Me mostraram um video de um Pastor ou .nao Pastor comendo duas mulheres dentro de um templo religioso e o pior que foi em pleno Culto de Adoracao a Deus, quer dizer que essas pessoas mao respeitam a Deus?

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    O negocio dessa gente e ficar arrumando desculpas para se deslocarem para o Templo. Porque? La eles PROFETIZAM , falam LINGUAS ESTRANHAS, SAO PASTORESE LIDERES ESPIRITUAIS, RECEBEM O ESPIRITO SANTO, CULTUAM E ADORAM A DEUS, FAZEM LITURGIAS SACRAMENTAIS, enfim fazem um monte de merdas no Templo Religioso, consideram o Templo o chamam ds IGREJA, UM LOCAL SAGRADO e ha muitos que o chama A Casa de Deus, o Korroi diz que o Templo e a casa de Deus.

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    Eu entendo voce Dbonfim, meu amado irmao, sei que e muito dificil voce desconstruir toda a mentira que te ensinaram, voce foi buscar nos Gregos o entendimento, esse foi o seu erro, conhecer culturas gregas, sua historia etc e seu idioma? Muito bom, eu mesmo, conheco Tagalog, e estou tentando o Mandarim, essas coisas sao boas para o nosso ser intelectual, etc. Mas quando voce desconhece a Escritura que elas sao meios por onde voce VAI CRER NO VERDADEIRO MESSIAS o que esta na Escritura? Sabendo voce Dbonfim que a E...

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    Dbonfim, acha que ter e uma questao de idioma, compara Dilma com o Yaohushua? Estamos comentando sobre o Messia, o cara de pau nao tem argumento, entao chama a Presidenta? O que a Sr. Dlilma tem haver com isso? a mulher diz que os Dela Adoravam no Monte, mas os Judeus falavam que a Adoracao devia ser no Templo em Jeruzalem. Nao tem o que inventar mais, PEDGUNTA DIRETA teve a RESPOSTA DIRETA, o Yaohushua nao fez esse rodeio ds Piao como sempre faz esss Amado Dbonfim, o Yaohushua respondeu direto- nem no Monte ...

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/08/2014

    Pelo fato de, por exemplo, a presidente Dilma falar o idioma português, isso impede que alguém descreva um diálogo dela com um falante do mesmo idioma, só que o descreva em inglês, ao escrever para alguém que não fala português? (Teu “argumento” é muito forte!) Também não me lembro de descrever um Messias “poliglota”, embora não fosse impossível que ele conhecesse e até usasse outro idioma além daquele de sua terra. Os discípulos do Messias sabiam que a maioria de seus destinatários não falava hebraico nem aramaic...

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    O Dbofim mais o Korroi ja disseram que o Salvador falava com os Mercadores e compradores no Templo no Idioma Grego, mas pelo que dizem os historiadores a lingua falada pelos Romanos era o latim? Nao sei se e.verdadd. Mas o Yaohushua falando no idioma grego com aquela mulher responde que a Adoracao seria onde? O Dbonfim deve concluir.

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/08/2014

    Não há da parte do Messias, naquele episódio, nenhuma contestação a adorar num templo ou num monte. Essa era uma questão que faziam judeus e samaritanos, cada um “puxando a sardinha” para seu lado. O Mestre corrige, e mostra que isso não importa, porque Deus é espírito, que não se limita a lugar algum. Assim, o que importa não é o exterior ao homem (templo ou monte), mas seu interior (a adoração em espírito e sincera). Portanto, nem no templo de Jerusalém, nem no monte Garizim ou Gerizim (no caso), mas em espírito...

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/08/2014

    Não há da parte do Messias, naquele episódio, nenhuma contestação a adorar num templo ou num monte. Essa era uma questão que faziam judeus e samaritanos, cada um “puxando a sardinha” para seu lado. O Mestre corrige, e mostra que isso não importa, porque Deus é espírito, que não si limita a lugar algum. Assim, o que importa não é o exterior ao homem (templo ou monte), mas seu interior (a adoração em espírito e sincera). Portanto, nem no templo de Jerusalém, nem no monte Garizim ou Gerizim (no caso), mas em espírito...

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    Dbonfim, gostei do seu comentario, Mullher=Povos. Agora so falta voce colocar o Lugar onde esse Povo deve ir para Adorar, segundo a resposta de Yaohushua.

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    Vamos Dbonfim, a mulher figura de um povo? Mas como gosta de Figurar os textos esse camarada. Mas estou esperando voce me falar sobre a resposta de Yaohushua para aquela Figura de cinco povos? Adorar ao Pai no Templo? No Monte? Onde o Yaohushua diz para a Figura de cinco Povos deveriam Adorar?

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    Veja que se fala de ADORACAO mas voce ja mudou para CULTO.

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    Gostei Dbonfim, mad por favor complete seu comemtario, com a elucidacao sobre a resposta de Yaohushua do local onde devemos Adorar.

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    A palavra Senhor tem significacao de Marido nos e ou Baal, mas essa nao seria a questao, AGUA VIVA? E ADORACAO? Sao os temas principais e que nos mostra algo de importancia, de inicio essas palavras de Yaohushua sao Todas Espirituais, AGUA VIVA? Podemos Beber? Ele diz que sim, Podemos tambem sermos Batizados nessa AGUA VIVA? Tambem podemos- Joao 3:5- aquele que nao nascer da AGUA e do Espirito, nao pode entrar no REINO DO CRIADOR- essa agua nao e a aqua da piscina que as pessoas se batizam. Quem Crer e for Batiz...

  • DBonfim (Jaguarari) - 02/08/2014

    Os episódios narrados na Bíblia têm propósitos e motivações que a mera leitura em nível de compreensão textual (saber quem fala a quem fala, onde e quando) nem sempre expressam a questão implícita, que exige não apenas compreensão textual, mas interpretação de eventuais figuras de linguagem ou de comportamentos, para se chegar ao sentido real do que se discute. Note que a passagem gira em torno do lugar onde cultuar (algo que logicamente situa a discussão no campo teológico, não afetivo). Sabe-se que para o povo da...

  • Erivaldo (Salvador) - 02/08/2014

    O foco da mensagem para mim foi a questao da Adoracao - nem no Monte e nem em Jeruzale[ templo} devemos Adorar maia, esta seria uma mensagem para os seguidores de Jesus, o MESSIAS diz que nao se deve mais Adorar no Templo, mas nao essas pessoas continuam indo a Igreja templo, quando elas sabem que nao deveriam ir. Nao entendo o porque dessas Adoracoes e Cultos Divinos a um deus Mitraico, o Salvador nunca pediu essas coisa, porque fazer?

  • fabio (tremembé) - 01/08/2014

    Eu discordo da ideia porque no texto não faz nem uma menção e sequer deixa uma indicação de que os supostos maridos seja um deus, o que fica claro é que a mulher era uma mulher diferenciada das outras, pelo dialogo dela com Jesus ela se mostra entendida do assunto, e demonstra que é questionadora coisa que nenhuma mulher daquela época na cultura local poderia fazer.

  • Erivaldo (Salvador) - 17/12/2013

    Eu creio.

  • Erivaldo (Salvador) - 17/12/2013

    Olha ai! FONTE DE AGUAS VIVAS? Viu como podemos ser compreendidos, sem resalvas ou questionamentos? Legal 'fontes de AGUAS VIVAS" olha ai!

  • Rosenberg (Mesquita Rio de Janeiro) - 17/12/2013

    Mesmo sem estudos a compreensão da Bíblia Sagrada é fantástica se lemos com o discernimento de espírito e não somente teológico. Deus nos dá da sua Palavra o conteúdo que Ele quer. Na atualidade há muitos estudos que acabam, muitas vezes, confundindo o leitor.

  • Rosenberg (Mesquita Rio de Janeiro) - 17/12/2013

    O que o texto de João 4 nos mostra é que Jesus teve a necessidade de passar por Samaria para trazer àquela mulher uma linda lição. Ele era maior do que qualquer discussão, e estava disposto a oferecer a ela água viva. Muitos deixam de receber a água viva pois se prendem a diferenças, como os judeus e samaritanos. Todos temos diferenças e pecados, mas devemos adorar a Deus como Ele quer, em espírito e em verdade.

  • EDUARDO GIORDANO (CAÇAPAVA S.P) - 30/10/2013

    * PAZ A TDS - É VERDADE QUANTO AO FATO DE SAMARIA TER SIDO MUNDANIZADA E SE PROSTITUÍDO COM OUTROS DEUSES - MAS QUANTO AO FATO DE ASSIMILAR OS CINCO MARIDOS DELA COM OUTROS DEUSES NOS DEIXA UM DUVIDA QUANTO AO HORÁRIO EM QUE ELA ESTAVA NO POÇO - A HORA SEXTA : MEIO DIA - NOS DA A ENTENDER QUE ELA ERA MAU VISTA ENTRE SEU POVO E TERIA QUE VIR EM HORARIO DO DIA QUE ALEM DE QUENTE E QUE NÃO TIVESSE NINGUÉM - PORQUE SE NÃO FICA A DUVIDA QUANTO AO SEU COMPORTAMENTO COM 5 MARIDOS - SE ERA SECULAR OU ESPIRITUAL ?*

  • joel miranda (São Gonçalo (RJ)) - 09/11/2012

    Se nós analisarmos todos os textos em que Jesus faz referência aos samaritanos, podemos chegar à conclusão de que havia uma humildade muito maior por parte dos samaritanos, do que dos judeus. Vejam alguns exemplos: A parábola do bom samaritano; porque Jesus o chama de bom samaritano? Porque tendo ele essa condição, foi o único que socorreu o homem caído na estrada. Na cura dos dez leprosos; o único a agradecer foi o samaritano. A mulher samaritana no final, reconheceu Jesus como o Messias.

  • Junior (MESQUITA) - 06/10/2012

    É mesmo? O que a mulher quis dizer ao falar para o povo: "vinde e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Porventura não é este o Cristo?” João 4:29 Ela se referia aos deuses dos samaritanos ou a situação imoral que ela vivia? O fato de falar detalhes da sua vida pessoal fez com que ela reconhecesse o messias. “Porventura não é este o Cristo?" Quem disse que no original a palavra quer dizer Baal? Às vezes o texto é tão claro que não acreditamos no óbvio.

  • ad (colatina) - 15/08/2011

    eu digo que Deus não faz justiça dessa forma porque o próprio homem já se auto destrói...nem precisa de Deus intervir.O pecado já consumiu o caráter da maioria quase que por completo.

  • mary (são paulo) - 14/08/2011

    Eu sempre achei uma aberração o que os judeus faziam. Aquela de matar um homem só porque foi pegar uma espiga de milho pra saciar sua fome. Foi de lascar!!

  • ad (colatina) - 14/08/2011

    paulo, Deus é Deus! Se Ele tratou Israel da forma que tratou, era porque era a melhor forma, ainda mais porque o povo vinha da escravidão...imagina como eles estavam desumanizados...Muitas coisas do antigo testamento estao precisando ser aplicadas hj justamente pq o povo esta tão desumanizado como Sodoma e Gomorra, só que tem toda informaçao a disposicão.

  • Paulo Favero (Ponta Grossa) - 14/08/2011

    No AT vemos várias passagens que demonstram os Hebreus como um povo racista, preconceituoso e arrogante. No NT vemos Jesus tentando mudar isso, tentando porque 2000 anos depois esses problemas ainda existem. Basta revirar esta página e veremos essa arrogancia em várias postagens. Algo como: "voce é pecador, tudo que voce diz está errado, eu estou certo, sua igreja é errada, a minha que é certa. Jesus comeu com ladrões (Judas um deles), com cobradores de impostos, com prostitutas e todo o tipo de ralé. O fariseu no ...

  • ad (colatina) - 03/08/2011

    estudiosos não da Bíblia, com certeza!O trecho é bem claro.Não existe margem para essas alegações. Jesus revelou a mulher uma situação de pecado. Vendo isso, ela reconheceu que Jesus era o Messias. Ela sabia que estava em pecado, mas nao estava se importando muito, até q Cristo a recordou. Não é vantagem nem sabedoria achar que tudo tem um simbolismo por trás. AS vezes a mensagem é bem direta e os "estudiosos" desviam o povo do ponto principal da mensagem.

  • Queirozv (São José do Rio Preto - S/P) - 28/07/2011

    Não posso pensar de forma diferente do que o que esta literalmente, ou seja, verdadeiramente Jesus revelou para aquela mulher o que para ela achava que para algumas pessoas estava oculto, principalmente para Jesus que ela nunca o tinha visto. Por isso que ela o chamou de profeta. Temos que tomar cuidado para não banalizar um dom tão maravilhoso demonstrado por Jesus neste clássico que é a mulher Samaritana.