Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que na Bíblia está escrito que nem o homem deve vestir vestes feminina e nem a mulher masculina? Isso quer dizer que mulher não deve usar calça?



  • Pergunta de Cíntia Gomes, São Paulo
  • 113680
  • 05/07/2011
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Comportamento - regras e costumes |


Na Bíblia não existe um preceito que nos impeça de usar essa ou aquela roupa; não existem regras que servem hoje para definir objetivamente o nosso vestir, excetuando os conselhos que são basilares e fundamentam um comportamento sóbrio. O modo de vestir, em dois mil anos, mudou muito e, nós hoje, não seguimos mais os costumes de então. De fato não usamos túnicas, como era comum naquele tempo. Não há nenhum fundamento bíblico a imposição de certos costumes referentes ao vestir. É verdade que isso não significa que uma determinada igreja seja impedida de recomendar um traje aos seus membros. No mundo católico, por exemplo, os monges usam o hábito. Também o exército se veste em modo particular. Nada de errado nisso. O erro estaria no fato de querer, a todo custo, basear esse comportamento em textos bíblicos. Essa estrada está errada.

 

Muitas regras ortodoxas de comportamento pretendem se basear principalmente em textos de Paulo, que, em várias ocasiões, fala de situações concretas da vida do cristão.  1Timóteo 2,9-10, por exemplo, diz: “Quanto às mulheres, que elas tenham roupas decentes, se enfeitem com pudor e modéstia; nem tranças, nem objetos de ouro, pérolas ou vestuário suntuoso; mas que se ornem, ao contrário, com boas obras, como convém a mulheres que se professam piedosas.” Esse texto é muito belo. A sua mensagem, em resumo, é que a mulher não vale pela aparência, mas pelas boas obras. Com certeza o mesmo princípio vale também para os homens e se Paulo escrevesse hoje os incluíria, sem dúvidas.
 

Como disse em outro momento, acredito que por trás dessas regras de comportamente exista um grande machismo. Normalmente é a mulher que deve sacrificar-se, enquanto o homem, que normalmente estabelece essas leis, pode viver livremente. As comunidades intransigentes deveriam ao menos ser equilibradas quanto ao gênero. Paulo, por exemplo, determinava algumas normas de comportamento, mas delas não excluía os homens. De fato, encontramos em1Coríntios 11,2-16 um texto que diz que o homem não pode ter cabelos cumpridos e paralelamente proíbe as mulheres de ter cabelos curtos. Todavia essa norma não era uma simples regra de comportamente, mas inserida dentro de um contexto muito evidente, onde o apóstolo questionava um comportamento sexual, que se revelava através do modo como se usava os cabelos. Hoje, o fato de ter cabelo curto ou cumpridos não demonstra nenhuma tendência no comportamento sexual.

 

Concluindo, você pode aceitar, com a consciência tranquila, usar certos vestidos como distintivo de um grupo do qual você participa. Mas não procure justificativas bíblicas para isso.  Se insistir nessa estrada, estará simplesmente demonstrando uma atitude fundamentalista.

113680 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook