Siga-nos no FaceBook




Lugares bíblicos

O que significa 'Caiu Babilônia a grande'?

Pergunta de Jefferson Reis, São Paulo
Resposta de Luiz da Rosa, em 01/06/2011


Leia mais sobre Babilônia

Babilônia, na antiguidade, era uma cidade de destaque, de onde derivam também mitos importantes, sobretudo sobre a sua criação, que influenciaram a narração bíblica sobre o início da humanidade. Era também chamada de Babel. Ligados a este local há muitas realidades e personagens de quem nós provavelmente já ouvimos falar: Hamurabi, Amorreus, Sumeros, Hititas, Senaqueribe, Assurbanipal, Assíria, Nínive, Mesopotâmia, Nabucodonosor, exílio, etc.

 

Hoje a cidade não existe mais, mas se localizava às margens do rio Eufrates, no atual Iraque. Há mais de 2000 anos antes de Cristo era a cidade sagrada do Reino com o mesmo nome. Mais tarde, e aqui aparece a relação com a sua pergunta, tornou-se a capital do Reino Babilonês. Isso aconteceu no ano 626 antes de Cristo, quando a Cidade de Babilônia se libertou dos Assírios.

 

A fama da cidade no mundo judeu - e cristão - devira das obras realizadas pelo rei da Babilônia chamado Nabucodonosor (606 - 562 antes de Cristo). Ele conquistou Jerusalém, destruiu o Templo de Salomão e deportou muitos hebreus para a Babilônia, onde viveram em exílio por cerca de 50 anos (2Reis 24). Por isso a cidade de Babilônia é mencionada na Bíblia como símbolo dos inimigos de Deus e do seu povo, tornando-se uma metáfora para definir a realidade oposta àquela desejada por Deus. Daí nasce a oposição, sobretudo na literatura apocalíptica, entre Babilonia, lugar do paganismo e dos vícios, e a Jerusalém celeste (veja Apocalipse 22), regno de paz e virtudes.

Babilônia a Grande

 

Babilônia a grande é uma expressão que aparece algumas vezes no Apocalipse, o último livro da Bíblia, sobretudo no capítulo 18 (veja também Apocalipse 17,1-6). Alegoricamente é descrita como uma prostituta, representada com uma figura feminina que controla os potentes da terra, cavalgando uma besta com 7 cabeças, como mostra a imagem russa do século XIX, ao lado. Em Apocalipse 18 é anunciada a queda de Babilônia, o seu juízo. No versículo 2 um anjo grita assim: "Caiu! Caiu Babilônia,  A Grande!".

7392 visitas

15 comentários

Postar um comentário

  • Otavio (são pedro) - 27/02/2014

    Atrás de todo acontecimento relacionado ao ecumenismo há uma explicação certa para a dúvida e o debate que acontece entre pessoas que professam ser cristãs, e acham inconvenientes certas atitudes relacionadas ao um mesmo sistema de fé, sendo essa relação entre diversas religiões normalmente chamada por esse nome de ecumenismo. Apesar de ser aceito pela maioria dos adeptos de religiões diversas, ainda causa dúvida e constrangimento a alguns. Assim, podemos analisar. O Evangélico William Bordin testemunhou: “Pr...

  • Erinaldo (Recife) - 11/06/2011

    Romanos capítulo 8:2 "Porque a Lei do espírito de vida , em Cristo Jesus , me livrou da Lei do pecado e da morte". Aleluia! A nossa nova Lei é a do Espírito de Vida, pois que anda no Espírito não entra em condenação (Rm.8:1), estamos na Graça – na Dispensação do Espírito Santo, leiamos: "Como não será de maior glória o ministério do Espírito" (IICo.3:8). Lá em romanos nos fala de uma lei, a do pecado e da morte (Rm.8:2), vejamos que lei é esta. "O qual nos fez também capazes de ser ministros dum Novo Testamento, nã...

  • Antonio Mello (Londrina) - 11/06/2011

    “Ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados”. (Colossenses 2:16).... “Guardais dias, e meses, e tempos, e anos...”. (Gálatas 4:10)... Muitos sinceros cristãos têm lido este texto e ‘entendido’ que esta é uma forte evidência a favor da abolição do 4o mandamento – o descanso no sétimo dia. Ao analisarmos seu contexto e entendermos ‘a que tipo’ de sábado se refere, vermos que tal conclusão (abolição do sábado) não é apoiada pelas Escrituras.... Veja ...

  • Erinaldo (Recife) - 09/06/2011

    Por falar em Cristianismo. Primeiro, a conversão de Paulo ao cristianismo se deu por volta de ( 36 d.c. ), na época não havia protestatismo pois, o mesmo só surgiu em 1520 com Lutero ( muito tempo não? ) . Segundo, Foi em Antioquia ( Atos 11,26 ) que os seguidors de Cristo foram chamados Cristão. Terceiro, foi o bispo de Antioquia ( Inácio, que por ser bispo do lugar passou-se a ser chamado de Inácio Antioquia ), que chamou os seguidores de Cristo, Cristão. Pergunta: Se não existia os protestantismo em ( 36 d.c....

  • Antonio Mello (Londrina) - 09/06/2011

    “EU FUI ARREBATADO NO DIA DO SENHOR” –.... Apocalipse 1:10.... Qual é este Dia do Senhor? PORQUE A ICAR INSISTE EM COLOCAR NESTE TEXTO O DOMINGO? NA BIBLIA NÃO EXISTE A PALAVRA DOMINGO...Observe: Deus chama o Sábado de: “Meu santo dia”. Isa. 58:13. Mateus denomina o Sábado de Dia do Senhor. Mat. 12:8. Marcos e Lucas fazem o mesmo. Mar. 2:28; Luc. 6:5. Deus diz: “Lembra-te do dia de Sábado para o santificar...” Êxo. 20:8-11. Paulo, ao implantar o cristianismo na Europa, o fez em um dia de Sábado. Atos 16: 13,1...

  • Pastor Milton (fortaleza) - 08/06/2011

    As Leis e os profetas foram ate Joao.No Entando Devemos Seguir todos os Mandamentos da Palavra de DEUS,Caso Contrario quem quebra um Quebra Todos se Fosse Assim o Homen Podia Ter Varias Mulheres e etc. Amar a Deus e Seguir os Mandamentos de DEUS.Todos os Dias devemos Adorar, Principalmente no Sabado Todos os dias e do Senhor

  • Erinaldo (Recife) - 08/06/2011

    EVANGELHO: nova lei do cristão Os discípulos, a princípio, continuaram a guardar o sábado. É o que se depreende das suas atitudes por ocasião do sepultamento de Jesus (v. Mt 28,1; Mc 15,42...). Mesmo depois da Ascensão do Senhor, continuavam a frequentar as reuniões de culto aos judeus aos sábados, para anunciar aí o Evangelho (At 13,14; 16,13; 17,2; 18,4). De uma maneira geral, os cristãos observavam os costumes religiosos dos judeus (cf At 2,1.46; 3,1; 10,9); somente aos poucos foram tomando plena consciência ...

  • Marcos Morales (Taquara-RS) - 08/06/2011

    Antonio, meu irmão, peço permissão para copiar o texto que elaboraste e postá-lo junto ao artigo "OS 10 MANDAMENTOS" pois achei bastante apropriado para aquele tema e o mesmo é bastante conclusivo, na esperança de que algum leitor possa fazer bom uso dele ao pesquisar sobre os Mandamentos de Deus. Abraço!

  • Antonio Mello (Londrina) - 07/06/2011

    Eu acho que vc não sabe interpretar gálatas 3:19-Se Paulo ignorasse a Lei, o que vc me diz destes versos que ele EXALTA ou DEFENDE a LEI....Se você já pisou neste ponto, todos os seus comentários estão sem nexo. é balela...Qual destes textos vc vai torcer?.... PAULO E A JUSTIÇA DA LEI... Gálatas 2:21; Filipenses 3:6 “Não aniquilo a Graça de Deus, porque se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu debalde... .” Romanos 8:4; Filipenses 3: 6 “Para que a justiça da lei se cumprisse em nós... Segundo o ...

  • Erinaldo (Recife) - 06/06/2011

    Essa você ficou devendo. Alias, nem de longe tocou no assunto: Me responda, quem foi que definiu os cânons Sagrados formando assim a Bíblia? ÉSSA QUE VOCÊ USA HOJE. Quais as contribuição protestante para tal feito? Ou você acha que Ela caiu do céu com capa e tudo?

  • Erinaldo (Recife) - 06/06/2011

    Se a colocação do Luiz Rosa está correta, como você admite logo, a sua está errada! Não há duas verdades só porque você quer, não existe âmbito espiritual, isso é propósito protestante para denegrir a imagem da Igreja. Tentativa frustrada. O Apocalipse é um livro repleto de símbolos que não são de fácil compreensão. Por isso, é mais fácil cair na tentação de manipulá-los para justificar qualquer opinião e atacar o "inimigo". Desta forma, alguns têm interpretado que a Igreja Católica é a prostituta e a Grande Babilô...

  • Asdrubal (Parintins) - 05/06/2011

    A colocação da rosa está realmente correta, mas no aspecto historicista. Já no âmbito espiritual, Babilonia simbolisa CONFUSÃO RELIGIOSA. Se teve uma coisa que a ICAR fez, em primeira instancia, QUEIMAR exemplares da biblia sagrada em praça publica, e como se não bastasse, é fez aquilo que sempre o Antonio de Mello tem colocado de uma forma verdadeira. A ICAR tem ensinado os mandamentos adulterados. Ela trocou realmente o dia de guarda. Excluiu o segundo mandamento que proibe imagens, e como se não bastasse, dividi...

  • Erinaldo (Recife) - 05/06/2011

    Asdrubal, você diz que: A Bíblia não deixa ninguém confuso, e que as seitas protestantes fazem parte da família da Babilônia, como se a sua não fizesse. É claro que faz! Todos vocês usam a mesma Bíblia distorcida e com isso formam a grande BABEL (confusão ) PROTESTANTE! Pois bem: Me responda, quem foi que definiu os cânons Sagrados formando assim a Bíblia? ÉSSA QUE VOCÊ USA HOJE. Quais as contribuição protestante para tal feito? Ou você acha que Ela caiu do céu com capa e tudo? Sua interpretação com referên...

  • Asdrubal (Parintins) - 04/06/2011

    Tem a ver com apoc 16:13. Tres espiritos imundos semelhantes a rãs. Rã é um anfibio que tanto sobrevive a agua como na terra. Isso simboliza denominações religiosas que pregam um pouco da verdade e um pouco de mentira: Vinho adulterado: Doutrinas falsas. Hoje isso nos parece um tanto quanto coum. O original deixou de ter tanto valor. Parece que a autentico perdeu um pouco sua importancia. Mercadorias do paraguai. Vivemos na era do descartável. O divórcio agora está desburocratizado. O casamento virou balela. Então ...

  • Asdrubal (Parintins) - 04/06/2011

    Apocalipse 17:1, 2, 5 e 18: \"Veio um dos sete anjos que têm as sete taças, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei o julgamento da grande meretriz que se acha sentada sobre muitas águas, com quem se prostituíram os reis da terra; e com o vinho de sua devassidão foi que se embebedaram os que habitam na terra. Na sua fronte achava-se escrito um nome: BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA. A mulher que viste é a grande cidade que domina sobre os reis da terra.\" Mas você já observ...