Uma janela sobre o mundo bíblico

Quanto tempo João passou na ilha de Patmos?



  • Pergunta de Adriana Berlando, Volta redonda
  • 39525
  • 13
  • 30/05/2011
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Apóstolos João Apocalipse


Olá Adriana!

O evangelista João é considerado um dos discípulos prediletos de Jesus. Fazia parte do grupo dos três que Jesus seguidamente chamava para acompanhá-lo: Pedro Tiago e João. Assim foi na transfiguração de Jesus, assim foi no Gethsêmani quando foi preso. Na última ceia é João que está ao lado de Jesus, caracterizando-se por ser um dos discípulos mais jovens e que terminou sua vida em idade avançada (noventa e quatro anos) no final do primeiro século. Tamanha era a confiança de Jesus em João que Ele entregou sua Mãe a seus cuidados. João levou Maria para Éfeso segundo a tradição. No local de sua habitação hoje existe uma pequena Igreja considerada um santuário.

Depois da morte e martírio de Tiago, João dirigiu a comunidade cristã de Éfeso, na Ásia Menor fundada por Paulo alguns anos antes. Devido a sua pregação João foi preso varias vezes, foi torturado e até exilado para a Ilha de Patmos. Este era um lugar de banimento durante os tempos romanos. Ali esteve segundo a tradição da maioria dos autores por um período de quatro anos. Este período não foi longo porque o Imperador Domiciano foi assassinado e assumiu o Império Romano o imperador Nerva mais tranqüilo que seu antecessor.

Portanto João foi perseguido pelo imperador Domiciano, sendo exilado na ilha de Patmos no ano de 95 d. C., no ano décimo quarto do reinado. Esta data é confirmada pela tradição de Ireneu, Eusébio e Jerônimo. A tradição dos habitantes da ilha indica a caverna onde o apóstolo João em exílio recebeu a revelação para escrever o livro, como é atestado nos primeiros capítulos do apocalipse.

39525 visitas



13 comentários

Postar um comentário

  • mauro (Lavras) - 21/07/2015

    Na verdade Jesus falava sobre quem violasse a lei, e não mandamentos. Porem ja foi violado pelos gentios, quando chamaram de velho testamento e criaram um novo por conta própria.Denunciar comentário ofensivo

  • Pedro Alves de Souza (Goiânia-Go) - 21/07/2015

    Vai meu alerta a alguns internautas: Ao postar um texto, lembre antes do que Jesus disse em (Mateus 5.19). Só isso. O que eu li de falsos ensinos nos comentários...é de assustar!Denunciar comentário ofensivo

  • mauro (Lavras) - 21/06/2015

    João Ferreira dos Santos (Goiânia-Go) Sinto muito em desapontá-lo, ou não. Porém esta escrita é uma farsa dos religiosos quando criaram a religião e a bíblia. Na verdade Jesus virá, mas não do jeito que eles escreveram, desta vez Jesus virá para pregar para os gentios, e ficará aqui até a ressurreição, porque desta vez ele será morto. Os mil anos, arrebatamento, e outros mais, é conversa fiada destes enganadores que serão julgados e condenados por seus atos.Denunciar comentário ofensivo

  • João Ferreira dos Santos (Goiânia-Go) - 20/06/2015

    A paz do Senhor meu irmão em Jesus Cristo! gostaria que me esclarecesse, nos últimos dias a Igreja de Jesus irá subir com o Senhor, haverá o governo do anticristo, depois do governo do anticristo que o Senhor Jesus Cristo virá para Reinar por mil anos juntamente com a igreja e nesse período satanás estará preso por mil, após esse tempo satanás será solto e voltará a governar novamente. É isso, me explique porque não entendi muito bem. Aguardo resposta. Denunciar comentário ofensivo

  • weslley (Uberaba (MG)) - 03/05/2015

    A paz meu irmão Carlos! O João, que teve sua cabeça decapitada foi o João que veio pregando a vinda de Jesus, e ele mesmo batizou o mestre Jesus. Já o outro João foi um de seus discípulos o qual por sinal foi o ultimo dos discípulos a morrer ... Amém...Duvidas a disposição... Denunciar comentário ofensivo

  • Carlos (Pres Prudente) - 16/04/2015

    Me desculpem, não sei distinguir os "dois joãos", o que foi decapitado por Herodes e o que morreu em Patmos autor do Apocalipse, por favor me expliquem e fiquem na Paz!Denunciar comentário ofensivo

  • valdemar moraes (florianopolis) - 08/10/2014

    depois da morte de domiciano, o imperador nerva ficou no seu lugar ,e libertou joão, que voltou para Éfeso onde morreu com cem anos, de morte natural.Denunciar comentário ofensivo

  • valdemar moraes (florianopolis) - 08/10/2014

    joão foi para a ilha de patmos com noventa anos, e saiu de lá com noventa e quatro.antes o proprio domiciano tentou, mata-lo no caldeirão de óleo fervente. o óleo não teve efeito algum sobre ele.Denunciar comentário ofensivo

  • guaracy desouza (Alagoinhas Bahia) - 17/08/2014

    ainda em relação a joão.qual foi o imperador que ,mandou joga-lo em uma caldeira de óleo fervente? Denunciar comentário ofensivo

  • Alvaro Rabelo Neto (São Mateus -es) - 01/07/2014

    O tempo de Deus é outro, bem diferente do nossoDenunciar comentário ofensivo

  • hadassa patricia (natal) - 30/04/2014

    sobre esse assunto aprendo uma coisa; pra não existe idade ou prisões que empesa quando Deus que agir Denunciar comentário ofensivo

  • Davidson Dantas (Goiânia-Go) - 20/04/2014

    Aqui no Brasil, comemoramos o dia de São João no dia 24/06; é correto esta data?Denunciar comentário ofensivo

  • Maria (Paris) - 31/03/2014

    Preciso de resposta direta, qual era a idade de João quando foi preso e depois quanto tempo o apóstolo ficou preso na ilha de Patmos, ele morreu na prisão em Patmos ou em Éfeso? Ficou preso por quantos anos? Se foi até a morte, ele entrou na prisão com que idade? Denunciar comentário ofensivo