Como que Caim conheceu uma mulher se só tinha Adão e Eva naquele tempo?

Pergunta de Bruna da Cunha Ribeiro Gomes, Salvador
Resposta de Luiz da Rosa, em 02/03/2011


Leia mais sobre Criação Caim Gênesis

Lendo a Bíblia com os óculos críticos, sem usar aqueles da fé, aparecerão milhares de perguntas como esta, que você pôs. Teríamos que nos perguntar também, por exemplo, se houveram duas criações do homem... De fato Gênesis 1,27 fala de uma e logo após, em Gênesis 2,4 seguintes, encontramos outra história da criação. Ou ainda: por que Abraão, pai da fé, expulsou de casa Agar, com quem teve um filho, mandando-os para o deserto (Gênesis 16)? Por que os filhos de Araão, Nadab e Abiu, sacerdotes, oferecerão uma oferta a Deus e por isso morrerram (Levítico 10,1-3)? E, como estas, há tantas outras interrogações que aparecem a um leitor atento.

Essas perguntas não são irracionais e nem é errado fazê-las. O fundamental é a atitude de quem busca a resposta. A resposta não deve derivar da lógica do texto, isto é, da nossa concepção moderna de leitores e sedentos de conhecimento histórico. A Bíblia não é somente um livro histórico. É a narração da história de uma caminhada de fé. E essa narração é feita por alguém que experimentou e viveu de modo intenso a fé. Sem fé a Bíblia é lida de modo parcial e, muitas vezes, errôneo.

Falando concretamente da sua questão, como já tivemos oportunidade de frisar neste espaço, a descrição da criação contada na Bíblia não é uma narração histórica. É uma narração antiga que tenta interpretar, graças aos instrumentos disponíveis na época do autor e à inspiração divina, como surgiu a vida na terra. Quando a Bíblia fala que Caim conheceu sua mulher (Gênesis 4,17), da qual nasceu Henoc, não significa que na história desse homem existiam somente seus pais. Caim não é histórico, no sentido moderno, mas um símbolo: construtor da primeira cidade, pai dos pastores, dos músicos, dos ferreiros e das prostitutas, expressões da comodidade urbana e, talvez por isso, amaldiçoado.

13626 visitas

170 comentários

Postar um comentário

  • nininha (chicago) - 30/08/2014

    Fascinante!!! Misterioso Livro o Genesis. O livro sugere que Adao, Eva, Caim e Abel nao eram os unicos habitantes do Eden. A ideia de que Caim dormiu com Eva ou a irma dele e teve filhos... e repugnante... mas, parte do misterio. Por que "Caim teme a vinganca a que tinha o parente mais proximo da vitima, (Adao, Eva?) pela Lei to Taliao... (Lei)? "Quando eu estiver fugindo e vagueando pela terra, quem me encontrar vai me matar"... Deus limita esse direito ao por um sinal em Caim "para que ninguem ao encontra-lo ...

  • Pr Valentim (BLUMENAU) - 27/07/2014

    existe aí também o problema da cronologia biblica, o tempo não era contado como hoje e os fatos não representam tempos seguidos mas espaço de anos.

  • Paloma (Poá) - 27/07/2014

    Caím casou-se com a própria irmâ e começou à povoar a terra.

  • Rose Ovidio (Rio de Janeiro) - 19/06/2014

    Se estudarmos prestando atenção aos detalhes nas Escrituras, podemos ver que Deus é aquele que sonda corações e viu que Adão percebeu que havia macho e fêmea de cada espécie. E o próprio Deus disse que não era bom que o homem estivesse só. (Gn.2:18).Deus sabe daquilo que necessitamos. Indo mais a frente, vemos em (Gn.2:24) Deus abençoando e unindo o casal. Com certeza Adão teve relações sexuais com sua esposa Eva e que dessa união tiveram filhos. Só que não havia maldade, ambos estavam nus e não sentiam vergonha. M...

  • Rose Ovidio (Rio de Janeiro) - 19/06/2014

    Se estudarmos prestando atenção aos detalhes nas Escrituras, podemos ver que Deus é aquele que sonda corações e viu que Adão percebeu que havia macho e fêmea de cada espécie. E o próprio Deus disse que não era bom que o homem estivesse só. (Gn.2:18).Deus sabe daquilo que necessitamos. Indo mais a frente, vemos em (Gn.2:24) Deus abençoando e unindo o casal. Com certeza Adão teve relações sexuais com sua esposa Eva e que dessa união tiveram filhos. Só que não havia maldade, ambos estavam nus e não sentiam vergonha. M...

  • thiago oliveira (Ji-Paraná RO) - 19/06/2014

    COBRA FALA JUMENTO ? AGUA VINHO MAR ETC TEM UM SIGNIFICADO E VCS NAO SABEM OU SABEM ? EU SEI,, COBRA,,JUMENTA,,AGUA,,VINHO,, ETC

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/06/2014

    2. O texto não está falando do primeiro encontro de Caim com alguém que lhe despertou interesse para casar depois. O autor não está dizendo que Caim encontrou uma bela moça (uma irmã de sangue) e teve um filho com ela. Mas sim que conheceu SUA mulher, isto é, FEZ SEXO com ela e essa lhe deu um filho. Mas vai o leitor refletir esse texto imaginado que o eufemismo hebraico “conhecer a mulher" significa a mesma coisa que conhecer no português, e invés de entender que o autor fala de RELACIONAMENTO CONJUGAL (conjunção...

  • DBonfim (Jaguarari) - 18/06/2014

    1. O cenário em que se passa a saga de Caim (que é ficção historicizada) não é o do jardim do Éden. Por isso, o autor não se preocupa em preencher uma lacuna que não existe para ele. Aqui, uma discussão literária e teológica, que considerasse o papel que cada personagem desempenha na narrativa, é mais proveitosa do que os arranjos textuais que desenvolvem os que pensam estar lendo um texto elaborado com finalidade histórica. Ou seja, o autor, ciente de que escreve um texto com finalidade RELIGIOSA – e não históri...

  • Ademar (aracruz) - 18/06/2014

    logicamente que Eva teve filhas ou acham que não nasciam mulheres naquela época? Só porque citam somente os homens acham que não nasciam mulheres? Se a Bíblia diz só haviam Adão e Eva, certamente a mulher de Caim só pode ser sua irmã.

  • oliveira (maringa pr) - 17/06/2014

    porque entao caim foi marcado

  • gilvan gonçalves medeiros (joão pessoa) - 13/04/2014

    adão e Eva deram origem a Israel para que Jesus Viesse já que existia uma outra cidade a qual Cain conheceu sua esposa

  • Jaime Dias (Curitiba Pr.) - 09/04/2014

    Gen. 4:16 - "E saiu Caim de diante da face do Senhor, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden. (17) E conheceu Caim a sua mulher, e ela concebeu, e deu à luz a Enoque; e ele edificou uma cidade, e chamou o nome da cidade conforme o nome de seu filho Enoque”.===Este tema é um dos mais fácil das Escrituras, quando cremos nos valores bíblicos sem questioná-los, ou seja: O Antigo Testamento foi elaborado para ser discernido pelo Novo Testamento. Assim sendo, o que estava oculto no A.T. é revelado pelo Evan...

  • Ricardo (Rio de janeiro) - 09/04/2014

    Lendo os vossos comentários,me preocupou bastante em ver nossos irmão na maioria sem o conhecimento verdadeiro,sabemos que não é culpa nossa, pois quando nascemos nos ensinaram isso. Pois bem este cristo,e cristianismo, é uma criação de roma, o fundador do cristianismo foi o imperador Constantino por volta do ano 310. o nosso Salvador foi sacrificado no ano 30 portanto não existia esta qualidade"cristo" ele nunca disse que era o cristo, foi colocado pelos adúlteros da escritura para enganar o povo. nosso salva...

  • Ricardo (Rio de janeiro) - 09/04/2014

    Caim se casou com sua irmã, a que nasceu junto com ele. Eva teve gemeos: Caim e uma filha. Depois de dois anos teve de novo gemeos:Abel e outra filha. Quando Caim estava com 17 anos,Eva quis fazer o casamento deles, Caim casaria com a irmã que nasceu Abel, e Abel casaria com a irmã que nasceu com Caim. Porém Caim não concordou,queria casar com a irmã que nasceu com ele, isto o levou a matar Abel. Aonde está escrito? no livro que eles chamaram de apócrifos, que na verdade pertence as escrituras.

  • Karla (Gôiania) - 08/04/2014

    Que a paz em Cristo esteja em cada coração; Deus nos dotou de inteligência, por isso usemos nossa razão para entender os textos bíblicos; busquemos também na ciência estudos sobre a criação do mundo; há muitas histórias que só à luz do estudo e da razão poderemos compreender; eu, pessoalmente, não deixo que teologias, mistérios e temores me tirem o prazer de buscar o entendimento, por que a verdade liberta da ignorância.

  • Gilvan de Araujo Braga (Campo Grande - ms) - 17/01/2014

    Após publicar meu primeiro comentário fui ler os outros aqui publicado, e fiquei muito triste em ver que muitas pessoas não conhece a verdadeira historia da formação da humanidade, as vezes mesmo estas pessoas que dizem que conhecem a bíblia de Gêneses ao Apocalipse, e não por sua culpa e sim deste sistema que coloca nesta bíblia pequenos fragmento de uma grande verdade e simplesmente porque é aquilo que Deus disse a Adão (quando desobedeceste e ouviste Satã, tu te tornaste seu hóspede entre seus anjos, que são che...

  • Gilvan de Araujo Braga (Campo Grande - ms) - 17/01/2014

    Na bíblia dizem, que estão as mensagem divinas, escritas por homens que viveram ou presenciaram tais eventos. isto foi o que nos passaram, mas quem foram estes homens que escolheram os livros para compor o velho e o novo testamento? pesquise os concilio JAMNIA, TRENTO E CONSTANTINOPLA. E você vera que é só você pensar assim! Pegue umas informações importante e coloque nas mãos destes nossos políticos corruptos para que repasse ao povo, e você vera que aquilo que poderia beneficiar o povo não sera publicado e aquilo...

  • Martha (São Paulo) - 09/10/2013

    A história do Éden é tão simbólica (reflete e a fé israelita) quanto é simbólica a história da ressurreição de Jesus (que reflete a fé Cristã)!

  • André (Rio) - 09/10/2013

    É um desperdício inexplicável! Até uma galinha, quando seus ovos não são fecundados eles podem ter serventia; já os ovos das humanas que deixam de ser fecundados vão para a latrina!

  • DBonfim (Jaguarari) - 05/10/2013

    2. O que Gn faz é transportar isso para o universo sagrado, refletindo o comportamento humano em desacordo ao que se entende ser orientação divina. A história do Éden é simbólica e é uma reflexão da realidade humana a partir da fé israelita, pela qual se reconhece que o homem favorece a efetivação do mal para si mesmo de maneira livre, tomando como parâmetros para suas escolhas (comer ou não comer do fruto proibido) interesses que nem sempre são justificáveis ou corretos, passando por cima de re...

  • DBonfim (Jaguarari) - 05/10/2013

    1. Pergunta o Sr. Tomaz: “Como o homem toma conhecimento desses limites?” Ora, o limite faz parte do comportamento humano e da organização social. A sociedade impõe limites desde o âmbito doméstico e em outros, de diversas maneiras; uma delas, a religião. A Bíblia descreve uma experiência de fé de um povo e para tal, fala de Deus de modo antropomórfico. Trata as leis que assumi como sagradas como sendo entregues por Deus de alguma forma. Quando Gn foi escrito o homem, evidentemente, já l...

  • Tomaz (São Paulo) - 05/10/2013

    Não é disso e estou falando, Rogério. Mas deixa pra lá... Nesse aspecto a teologia cristã é mesmo incoerente: a revelação é coletiva enquanto a salvação é individual!

  • Rogério Dias (Petrolia) - 04/10/2013

    Tomaz, não sei se entendi direito o que quis dizer com "a revelação divina é uma experiência coletiva". Sei que o homem foi criado para viver em sociedade, numa coletividade, a começar pela família. Por isso o interesse de Deus é pelo coletivo.

  • Clovis (Brasilia) - 04/10/2013

    Tendo o homem, progressivamente rompido limites e se afastasdo de Deus, qual seria o interesse dele em estreitar a relação com os homens? E mais: dado o interesse de Deus em estretar essa relação, é possivel pensar que, falhando o mecanismo teológico Cristo, Deus resolva experimentar outro mecanismo? Deus jà falhou com o mecanismo do dilúvio, é possível que falhe com o Cristo.

  • Clovis (Brasilia) - 04/10/2013

    E o que, exatamente, faz o Cristo para estreitar a relação Deus e homem?

  • Tomaz (São Paulo) - 04/10/2013

    DBonfim, além do "Como o homem toma conhecimento desses limites?", o que, exatamente, rui (já que você fala em ruína), quando o homem rompe com os limites estabelecidos?

  • Tomaz (São Paulo) - 04/10/2013

    Mas, caso Deus 'tenha "agregado" na consciência humana conceitos quanto ao que é certo ou errado', isso seria uma operação individual; por que, então, a revelação divina é uma experiência coletiva?

  • Rogério Dias (Petrolia) - 04/10/2013

    Outro detalhe é que Deus criou o homem a sua imagem e semelhança. Se sabemos que Deus nos criou inteligentes e livres, e ainda com poder de decisão, é de esperar que ele já tenha "agregado" na consciência humana conceitos quanto ao que é certo ou errado, segundo seus próprios ideais de justiça. Tudo o que entendemos, naturalmente, sem que ninguém nos ensine, sobre o certo ou errado, provém da nossa herança divina. A cultura e as tradições humanas, obviamente, vão interferir e modificar estes conceitos divinos, o qu...

  • Rogério Dias (Petrolia) - 04/10/2013

    É aqui que entra a árvore do conhecimento do bem e do mal. Note que o conhecimento é TANTO DO BEM COMO DO MAL, não apenas do mal, como é comum destacarem. Antes o homem era tido como inocente. Observe que, o homem já tinha o poder de decisão e entendimento para decidir obedecer ou não a Deus, e que a decisão de comer do fruto da árvore, outrora proibida, aconteceu antes mesmo de possuírem o conhecimento do bem e do mal (que só viria após comerem o fruto).

  • Clara (São Paulo) - 04/10/2013

    DBonfim, não estou interessada na literalidade, ou não, do Gn, apenas no sentido teológico do pecado. Como você coloca que "quando (o homem) decide romper com os limites que lhe são impostos para seu próprio bem..." Como o homem toma conhecimento desses limites?

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/10/2013

    Correção: Clara, a senhora, embora entenda – como qualquer leitor atento entende –, que a “história” de Adão Eva é uma construção literária, se comporta como se tomasse esse texto como histórico. A questão não é acerca de que pecado um homem chamado Adão teria comtido, mas sim, a humanidade (representada pelo personagem Adão) descrita como pecadora. Nesse caso, sob perspectiva religiosa, o autor de Gn (seguido pela teologia cristã) destaca que o homem, quando decide romper com os limites que lhe são impostos...

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/10/2013

    Clara, a senhora, embora entenda – como qualquer leitor atento entende –, que a “história” de Adão Eva é uma construção literária, se comporta como se tomasse esse texto como histórico. A questão não é acerca de que pecado um homem chamado Adão teria cometido, mas sim, a humanidade (representada pelo personagem Adão) descrita como pecadora. Nesse caso, sob perspectiva religiosa, o autor de Gn (seguido pela teologia cristã) destaca que o homem, quando decide romper com os limites que lhe são impostos p...

  • Clara (São Paulo) - 04/10/2013

    No caso da religião cristã, qual teria sido a ação (ou omissão) que, atribuída à Adão (raça humana), tornou cada individuo dessa raça um pecador? Ainda se fala em "pecado original"? Sendo a humanidade histórica, teria havido uma época histórica anterior a esse pecado?

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/10/2013

    Pergunta a senhora Clara: “o homem seria o meio através do qual o pecado entra no mundo ou ele seria o agente causador do pecado?”

    Quando se diz que o pecado “entra no mundo” por intermédio do homem, é evidente que tal colocação é metafórica. O pecado não goza de personalidade para agir, mas configura-se na ação ou omissão humana perante algo ou alguém. Quanto a questão do que é pecado, essencialmente, pecado é a maneira de se classificar qualquer ato ou omissão e...

  • Clara (São Paulo) - 04/10/2013

    Se "é claro que o pecado entra no mundo por intermédio do homem", o homem seria o meio através do qual o pecado entra no mundo ou ele seria o agente causador do pecado? E o que se entende por pecado?

  • Sousa (Rio) - 04/10/2013

    E ainda acreditam, Fred: muitos cristãos tratam Eva e Adão como literais! E acho que todos tratam o Cristo encarnado como literal: não conseguem entender que a história do Cristo é contada numa perspectiva de religião cristã, não de história científica. A finalidade do texto é puramente didática, não informativa.

  • Fred (São Paulo) - 04/10/2013

    Óbvio que a história de Adão e Eva não é real! Mas a questão não é essa. O ponto é que na época de Paulo acreditava-se na literalidade dos relatos bíblicos! Isso dá uma boa ideia do "caldo de cultura" vigente na época em que se constrói o mito do Cristo a partir de Jesus de Nazaré. Imaginem no que as pessoas daquela época eram capazes de acreditar!!!

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/10/2013

    Sr. Fred, é claro que o pecado entra no mundo por intermédio do homem, não de Deus. O fato de Paulo acreditar na literalidade da história de Adão e Eva não a torna real só por isso. Paulo foi educado numa cultura que fazia das narrativas sagradas a única fonte de história do passado; num tempo em que não se via a questão da história em perspectiva cientifica e pouco importava se esse ou aquele fato aconteceu de fato. O importante era o que se podia extrair desse suposto fato para a vida nalgum ...

  • DBonfim (Jaguarari) - 04/10/2013

    Sr. Fred, é claro que o pecado entra no mundo por intermédio do homem, não de Deus. O fato de Paulo acreditar na literalidade da história de Adão e Eva não a torna real só por isso. Paulo foi educado numa cultura que fazia das narrativas sagradas a única fonte de história do passado; num tempo em que não se via a questão da história em perspectiva cientifica e pouco importava se esse ou aquele fato aconteceu de fato. O importante era o que se podia extrair desse suposto fato para a vida nalgum ...

  • Fred (São Paulo) - 04/10/2013

    "Por UM homem entrou o pecado no mundo" (Rm 5:12). Paulo não sabia que o ADAM não era UM homem, mas a RAÇA HUMANA!!!!

  • Rogério Dias (Petrolia) - 03/10/2013

    A resposta é tão obvia quanto a própria pergunta: eles não estavam sós. Deus criou a raça humana (Adam), homens e mulheres (sim, no plural, um grande grupo humano, à sua imagem e semelhança), no sexto dia (ervas do campo e árvores frutíferas foram criados no quarto dia), depois deu uma pausa (o sétimo dia de descanso) e enfim criou um homem (este sim, Adão) solitário, num lugar isolado e ainda sem arvas do campo nem árvores, provavelmente uma planície de terra vermelha e úmida, um lugar que chamou de édem, onde tam...

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/10/2013

    Quanto malabarsimo para explicar algo simples. Não se trata de querer enxergar no texto bíblico a permissão à prática do incesto só para justificar a história de que Caim poderia ter se casado com uma irmã sem ferir a moral (pecar). A história de Caim é uma construção literária que não tem como personagens Adão, Eva e apenas os irmãos Caim e Abel (antes do assassinato). É preciso entender que o redator final de Gn, ao unir duas histórias (a do casal desobediente) e a do homem assassino de...

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/10/2013

    2. O autor de Gn não se preocupa em explicar de onde essa mulher vem, nem quem ela é. Pois parece supor que o leitor sabe que não está lendo uma notícia do passado, mas um texto literariamente construído e contado com propósitos religiosos. Assim, a única identificação que faz da mulher é: Ela é a mulher do personagem Caim (não uma irmã, porque o ambiente original dessa historia literária é um mundo bem povoado). Não fosse essa teimosia em fazer da “historia” de Adão e Eva uma descrição da...

  • DBonfim (Jaguarari) - 03/10/2013

    1. Quanto malabarsimo dos leitores para tentar explicar algo simples, que não entendem porque partem da ideia de que lendo Gn estão descobrido como foi a vida dos primeiros homens da Terra. Não se trata de querer enxergar no texto bíblico a permissão à prática do incesto só para justificar a história de que Caim poderia ter se casado com uma irmã sem ferir a moral (pecar). A história de Caim é uma construção literária que não tem como personagens Adão, Eva e apenas os irmãos Caim e Abel (...

  • MANUEL ANSELMO (MESQUITA RJ) - 03/10/2013

    Sabemos que DEUS criou o homem e a mulher para povoar o mundo portanto naquele tempo o incesto não era pecado , sabemos que os primeiros livros da biblia e apenas um resumo da historia segundo a teologia quando caim conheceu sua mulher já tinha se passado trezentos anos , veja quantas gerações teve neste periodo

  • Larissa (Rio) - 30/09/2013

    Se tinha só uma mulher, Eva e se Caim conheceu uma mulher, então ele somente pode conhecido à Eva!

  • Solange Serra (São Paulo) - 30/09/2013

    Povo de Deus, como li em um comentário atrás, a Bíblia se for lida com olhos críticos, vimos muitos erros, porém se olharmos com olhos espirituais, veremos toda história que Deus nos deixou escrito. Também, já li em algum lugar, que muitas das coisas, não foram revelada. Isso significa que teremos que buscar através da fé. Em tem mais: Se buscarmos tanto na história, em fatos escritos por autores que não sejam os da Bíblia, que foram usados pelo Espírito Santo de Deus, ficaremos mais cegos ainda. Portanto, é bom vi...

  • Marta (Rio) - 16/09/2013

    Bem, parece que as lendas e mitos reunidos na bíblia estão perdendo a capacidade de revelar a mensagem do deus judaico-cristão. Os sacerdotes que se ocupam em interpretar essa mitologia têm cada dia mais trabalho! Já não seria hora de uma nova revelação?

  • DBonfim (Jaguarari) - 16/09/2013

    Gn 4,17 quando fala de que Caim “conheceu sua mulher” não está querendo dizer que essa lhe era estranha. Trata-se de semitismo (jeito de falar do povo semita) para se referir a ato sexual. Assim, na verdade, Gn 4,17 sugere que Caim já fosse casado, mas não tinha filhos. O interesse é acentuar que Caim teve descendência. São inúmeros os casos bíblicos onde se percebe que o termo “conhecer a mulher” é simplesmente manter relação sexual com ela, é a intimidade do casal que pode ou não gerar fil...

  • haroldo cesar fernandes (candido mota) - 15/09/2013

    Quanta conversa mole e não responderam nada relacionado a questão de Caim e sua esposa.

  • Fernando Martins de Oliveira Filho (Osasco) - 30/08/2013

    sim,mas na biblia tambem esta escrito que Adão e Eva tiveram filhos e filhas,só não cita o nome das mesmas,ok?

  • nubia flavia damasceno da silva (bh) - 30/08/2013

    Mateus 11:28-30 Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e meu fardo é leve.

  • nubia flavia damasceno da silva (bh) - 30/08/2013

    O que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. Porque eu desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou(João 6:37-38).

  • Reginaldo Brier Leite (Belo Horizonte) - 21/08/2013

    Olá! A bíblia é clara para todas as questões, todavia carece de estudo com mais cautela e raciocinio, o Espírito Santo sabe quem quer aproximar dele e lhe instrui. Os primeiros pais tinha seus filhos com muito tempo de casados, observe na genealogia do cap. cinco. a biblia conta que Caim casou-se, mas não fala com que idade ele se casou, e não podemos datar, e Deus disse que Adão teve filhos e filhas e caim casou com uma filha de seu pai como também outros parentes fez a mesma coisa. Veja o relato Bíblico: Este...

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    rs... Equivoca-se, pois eu msm nao cria e fui levado a crer. Nao ouvia e fui levado a ouvir. Deus sabe como fazer todas as coisas. Mesmo que pareça sem jeito, Deus sempre dá um jeitinho.

  • Júnior (São Paulo) - 08/05/2013

    Então danou-se! Se eu não for levado, por Deus a crer, eu não vou ouvir a pregação já que eu não creio. Porque eu ouviria a pregação se eu não creio? Melhor ficar na minha. De qualquer forma valeu!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    Naum eh bem assim meu querido, a conversao vem depois da pregacao. Os que se convertem sao os que ouvem a pregacao, e após ouvir Deus toca no coração dele(a) aí vem a conversao. Conversao vem sempre depois da pregacao. Essa é a ordem: Pregacao e depois conversao.

  • Júnior (São Paulo) - 08/05/2013

    Entendi: a pregação é somente para aqueles que já foram levados, por Deus, a crer. Aqueles que arrependeram-se da conduta e voltaram os olhos para Deus... os que vivem para Ele, segundo suas leis e mandamentos. Aqueles que não foram levados, por Deus, a crer, não têm que passar pela conversão e, portanto, não precisam da pregação. Valeu!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    Converter significa modificar, mudar de forma. Trazendo para nossa realidade, arrepender-se da nossa conduta voltar os olhos para Deus... viver para Ele, segundo suas leis e mandamentos. Crêr que Ele nos salva, msm sem nosso merecimento. A converção vem quando agradecemos a Deus, através de nossos atos. E como agradecer a ele por atos? -Obedecendo-O. E como saber o que devo fazer?-Pregacao e leitura da bíblia.

  • Júnior (São Paulo) - 08/05/2013

    Não entendi! Os pecadores são convertidos em que?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    Vou tentar ser claro e breve, a pregação é tanto para a converção de pecadores insatisfeitos com sua situação; quanto para aconselhamento para novos e velhos convertidos tanto para a repreensao de maus habitos quanto para o conforto dos mesmos. A pregacao é usada para despertar, o homem de Deus, o escolhido. E pra quem é a pregação? é para todos. Porém, crucialmente para os que a entendem. Os que entendem. Pois a conversao só vem após a a pregacao. -Como Paulo diz: ...E como crerão naquele de quem nada ouviram? e c...

  • Júnior (São Paulo) - 08/05/2013

    Agora, para quê, ou para quem serve a pregação?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    Agora, entrar nesse ponto é difícil... creio eu que impossível. Pois esse mistério nunca foi revelado. A única coisa que sabemos é que Deus, nos salva não pq fazemos ou naum algo pq a salvacao naum é por obras(Ef 2: 9). e sim pela graça(Ef 2: 8)... ou seja Deus decide em sí salvar os que antes conheceu, msm antes do nascimento(Rm 8 :29) chama e justifia(Rm 8: 30). Não depende de quer ou de quem corre mas de DEUS optar por misericórdia(Rm 9: 8). -Agora o motivo de sua escolha, nenhum homem sabe. Nenhum homem de fat...

  • Júnior (São Paulo) - 08/05/2013

    Já ouvoi dizer isso! Agora por que Deus leva uns a crer e não leva outros a crer?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    Posso te afirmar que a "alma é eterna!!" Os salvos viverão eternamente, os não salvos morrerão eternamente. Exemplificando: Os salvos viverão com se diz "de sombra e água fresca" rs, pois jah sofrem akí por serem cidadão nao desta terra, mais da de Deus. Sendo na volta do Senhor dos Exercitos. Agora os não salvos(condenados) serão lançados fora... ou seja nao chegarão ao 'descanso' permanecerão no lago de fogo, inferno, pela eternidade. Vejamos se consigo ser fiel a reprodução: Inferno, um lugar onde há dor e sofr...

  • Júnior (São Paulo) - 08/05/2013

    Agora, como ""se vc crê realmente em Cristo é pq Deus te levou a crer", por que Deus leva uns a crer e não leva outros? E o que acontecerá com aqueles que foram levados, por Deus a crer e o que acontecerá com aqueles que não foram levados, por Deus, a crer?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    foi isso mesmo que eu disse, existem pessoas que entendem a pregacao rapidamente, pessoas que levam tempo para entender a mensagem da pregacao e outros nunca entendem. Lógico os que creem sao os que Deus determina!!!

  • Júnior (São Paulo) - 08/05/2013

    Agora, como ""se vc crê realmente em Cristo é pq Deus te levou a crer", por que Deus leva uns a crer e não leva outros? E o que acontecerá com aqueles que foram levados, por Deus a crer e o que acontecerá com aqueles que não foram levados, por Deus, a crer?

  • Junior (São Paulo) - 08/05/2013

    "Pregação é para todos, porém nem todos são impactados..." Na verdade, "se vc crê realmente em Cristo é pq Deus te levou a crer, na verdade não é que nem todos são impactados! A verdade é que nem todos foram levados, por a Deus, a crer. A pregação, por óbvio, não terá impacto naqueles que Deus resolveu não levar a crer.

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    De fato Junior! Vejamos: assim como a bíblia, pelo menos hoje, é aberta a todos... Deus também é Deus de todos. Porém nem todos leem e também nem todos creem no Deus Vivo. Pregação é para todos, porém nem todos são impactados... claro existem pessoas que são tocadas pela pregação logo na primeira vz e outros muito tempo depois. Os que creem sao os que sao envergonhados e que percebem que sao nada e que ainda sim, tem uma dívida com Deus e essa dívida é de morte. Os que reconhecem q precisam de Deus são salvos, poré...

  • Júnior (São Paulo) - 08/05/2013

    "Vejamos, se vc crê realmente em Cristo é pq Deus te levou a crer". Exatamente, Wanderson, o homem não tem qualquer responsabilidade por ser salvo ou não; a responsabilidade é toda de Deus! Se eu não creio é porque Deus não me levou a crer! Sempre pensei assim e vivo tranquilo: no dia que Deus quiser que eu creia ele me fará crer.

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    Você naum entendeu! A menos que Deus testifique sua crença vc naum crê. Vejamos: Se Deus naum colocar no teu coração um amor por Cristo então vc naum crerá. Deus tem papel crucial quando cremos em Jesus. Deus naum pode fazer nada? -Vejamos, se vc crê realmente em Cristo é pq Deus te levou a crer... palavras do próprio Jesus: "os que vem a mim são os que o meu Pai trouxer". Se vc vai a Cristo, é pq Deus te desperta para isso. Então dizer que Deus naum pode fazer nada naum eh certo, pq se vc crê é pq Ele jah fez co...

  • Coutinho (São Paulo) - 08/05/2013

    Então, Wanderson, concordo plenamente contigo quando você diz: "O homem pratica boas obras por jah ser salvo..." Então se o homem pratica boas ações é porque já foi salvo e foi salvo porque crê no Cristo. E isso não pode ser mudado, nem por Deus. Por isso podemos ter certeza da salvação e podemos dizer já somos salvos!

  • Coutinho (São Paulo) - 08/05/2013

    Deus teve a plenitude da Salvação até o envio do Cristo. A partir daí, o homem assume a plenitude sobre a sua salvação: se o homem crê no Cristo, será salvo como prometido por Deus. Então se eu creio no Cristo eu já estou salvo e Deus não poderá mudar isso! Se mudar, terá quebrado a promessa.

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 08/05/2013

    #Como saber quem é salvo o senhor me pergunta senhor Marcos? -A bíblia mostra a conduta de uma pessoa salva. #senhor coutinho Deus não pode fazer nada pela salvação se vc crê em Cristo? Equivoca-se, pois o que crê em Cristo esse declara sua vida salva por Deus e sua dependencia total a Ele. E se Deus naum testifica na sua alma que creres na expiação verdadeiramente vc naum crê. Deve perguntar cm testifica? -Os que creem praticam boas obras, naum pq querem más pq sao levados a essa pratica e a confessar Cristo como...

  • DBonfim (Jaguarari) - 07/05/2013

    2. Gn 4,17 quando fala de que Caim “conheceu sua mulher” não está querendo dizer que essa lhe era estranha. Trata-se de semitismo (jeito de falar do povo semita) para se referir a ato sexual. Assim, na verdade, Gn 4,17 sugere que Caim já fosse casado, mas não tinha filhos. O interesse é acentuar que Caim teve descendência. São inúmeros os casos bíblicos onde se percebe que o termo “conhecer a mulher” é simplesmente manter relação sexual com ela, é a intimidade do casal que pode ou não gerar filhos. Veja-se, por e...

  • DBonfim (Jaguarari) - 07/05/2013

    1. Um pouco de maturidade na leitura bíblica evitaria escândalo quanto ao evidente: a verdade bíblica não depende da historicidade do fato narrado. É perfeitamente possível que textos sejam escritos com perspectiva meramente didática, mas não histórica. Quem cria problema quanto a isso são os leitores que insistem em achar que aceitar o caráter simbólico desse texto tira dele sua verdade. Se isso procedesse, nada do que se diz, por exemplo, nas parábolas, teria valor, dado que os fatos ali contados não têm caráter ...

  • Clara (Salvador) - 07/05/2013

    Aliás, o próprio deus também deve se divertir muito com tantas discussões sobre as religiões: só a religião cristã deve ter aí alguns milhares de seitas! Imagine a "Babilônia" que deve ser isso. O que fizeram com a Palavra de Deus?!

  • Marcos (Anápolis) - 07/05/2013

    Por diversão! E você discute religião por que?

  • ad (aracruz) - 07/05/2013

    Para quem não sabe diferenciar boas obras de más obras, para que discutir religião?

  • Coutinho (São Paulo) - 07/05/2013

    Se a salvação é pela fé somente e eu creio em Cristo, então eu já sou salvo. Deus não pode não me salvar, mesmo que Ele quisesse não me salvar, porque estaria quebrando Sua promessa para aquele que crê. Então, como eu creio em Cristo, eu já estou salvo e nem Deus pode mudar isso!

  • Marcos (Anápolis) - 07/05/2013

    E como é que o homem fica sabendo que já é salvo? O que são "boas obras"?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 07/05/2013

    Lógico salvação naum vem do homem, esta doutrina da salvação através do livre arbítrio foi provada a bastante tempo que é tolisse. sou salvo por mim? naum. Pq Deus assim determinou! a salvacao é demontrada por obras e naum consequencia dela. -O homem pratica boas obras por jah ser salvo e naum eh salvo por praticar boas obras. #Tão claro!

  • Marcos (Anápolis) - 07/05/2013

    Aí complicou: ou a salvação depende de nós ou não depende de nós! Se depende da misericórdia de Deus, então não depende do homem. Depois, como pode ser isso de que \"os salvos buscam abster-se do pecado por gratidao pela salvacao\" se ninguém sabe quem foi salvo?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 07/05/2013

    senhor claro que naum depende de quem corre, e de vc fazer algo mais de fato se naum faz é pq vc naum é salvo pois quem tm fé pratica as obras e sem obras naum há fé. (TG 2: 18) Ah, maravilha pequemos jah que nao depende de nós a salvacao? certamente que naum, pois os salvos buscam abster-se do pecado por gratidao pela salvacao.

  • Marcos (Anápolis) - 07/05/2013

    "Não depende de quem quer ou de quem corre mais sim de Deus optar por misericórdia." Que coisa boa! Não temos que fazer por merecer, basta deixar tudo por conta da misericórdia de Deus. Isso é um alívio!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 07/05/2013

    Isso msm! Ah, vc se acha importante pra q Deus te dê algo por merecer? rs Não depende de quem quer ou de quem corre mais sim de Deus optar por misericórdia.(rm 8: 16) Deus judaico? -relatos histórico comprovados pelos mais influentes historiadores demonstram que milhares de culturas e civilizacoes com suas escritas arcaicas demonstram esse Deus mesmo sem nem ter estudado uma biblia.

  • Geraldo (Estância) - 07/05/2013

    Estranho mesmo é o fato de Deus ter-se mantido como um Deus Nacional por tanto tempo, antes de se tornar (ou se revelar) Mundial! Fico pensando, qual teria sido o propósito dessa fase nacional Dele.

  • Flavia (São Paulo) - 07/05/2013

    "... dou a terra a vcs pq eu quero naum pq merecem." Outra faceta curiosa de Deus: Ele dá a quem não merece!

  • Flavia (São Paulo) - 07/05/2013

    Então em resumo: da criação até o Cristo, o propósito do Deus judaico foi apenas cumprir a tal promessa. Isso leva, alguns milhares de anos. Promessa cumprida, os judeus não precisam mais matar seus rivais. Aí, os não israelitas, que antes eram rivais dos judeus (e portanto Deus ajudava estes a matarem aqueles), passaram a ser, também "povo de Deus"!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 07/05/2013

    Flavia esse 'incondicional', naum é o como receberam mais o motivo por q receberam. é como se Deus falasse: dou a terra a vcs pq eu quero naum pq merecem.

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 07/05/2013

    naum Carla! Cumpriu seu propósito. Veja: O povo escolhido a saber os Judeus receberam a terra, com a expiacao os gentios tornaram-se tbm participantes da msm terra. Sendo assim naum tinha mais necessidade de Canaã. Pois o povo de Deus espalhou-se pelo mundo.

  • Flavia (São Paulo) - 07/05/2013

    "Deus deu a terra para o povo de Israel de forma incondicional". Mas... tem uma condição: "Deus salientou as maldições que o povo ia sofrer caso quebrasse a aliança, inclusive a expulsão da terra: "Vocês serão desarraigados da terra em que estão entrando para dela tomar posse" (Deuteronômio 28:63b)"

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 07/05/2013

    Sem esperar replicas ao fato de que hj essa terra é oculpada por Romanos, é sem fundamento... Pois, a promessa foi cumprida naquela época conforme jah foi comprovado. Se hj jah naum é mais esta fora de contexto. -O erro é que ambas quererem buscar respostas inexistentes, de um modo 'literal' moldando de acordo com seus proprios interesses esquecendo da verdade que é a mais importante.

  • Carla (São Paulo) - 07/05/2013

    "O povo escolhido recebeu a terra. E a perdeu, pq Deus assim quiz e destinou." Ou seja, Wanderson, Deus mudou de ideia... mais uma vez!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 07/05/2013

    Linda história Flávia, mais será se de fato ocorreu assim? vc omitiu ou naum alguns fatos cruciais?... Vejamos: O Senhor prometeu que daria aos descendentes de Abraão "esta terra " (Gênesis 12:7), e repetiu a promessa para Abraão (Gênesis 13:14-15, 17; 17:8), Isaque (Gênesis 26:3-4) e Jacó (Gênesis 28:13). O Senhor explicou que o cumprimento iademorar uns quatrocentos anos (Gênesis 15:13-16). De fato, 430 anos depois (Êxodo 12:40-41), o Senhor levantou Moisés que libertou o povo do Egito e o conduziu à terra prome...

  • Carla (Sao Paulo) - 06/05/2013

    Aliás, para os cristãos (a maioria deles) que alegorizam as histórias bíblicas, a discussão posta neste fórum sobre Eva e Adão é completamente ociosa: Eva e Adão são alegorias. Agora como explicar que Eva e Adão sejam alegóricos e o Cristo não o seja? Para mim deveria haver coerência: se parte é alegórico, então o todo também pode se-lo!

  • Carla (São Paulo) - 06/05/2013

    Então, Flávia, é justamente esse ponto que é curioso: Deus resolve abandonar a revelação nacional e partir para a revelação pessoal e, dessa maneira, atingir o global, justo com a chegada do IMPÉRIO ROMANO. Foi um grande senso de oportunidade Dele, aproveitar a expansão do império para modificar Sua mensagem! Agora, na minha opinião, foi nesse momento que Ele se equivocou: poderia ter mandado a nova mensagem e eliminado os registros da mensagem anterior. Manter as duas mensagens só dá confusão! Observe o que parte ...

  • Flávia (Curitiba) - 06/05/2013

    Pois é Carla, concordo contigo: pena que Deus tenha destruído o Jardim do Éden com o Dilúvio. Já imaginou o jardim conservado até hoje? Que maravilha seria!

  • Flávia (Curitiba) - 06/05/2013

    Terra de Canaã foi dada aos Judeus? Vejamos: " Canaã é a antiga denominação da região correspondente à área do atual Estado de Israel (inclusive as Colinas de Golã), da Faixa de Gaza, da Cisjordânia, de parte da Jordânia (uma faixa na margem oriental do Rio Jordão), do Líbano e de parte da Síria (uma faixa junto ao Mar Mediterrâneo, na parte sul do litoral da Síria) (Números 34:1-15 e Deuteronômio 3:8)De acordo com a Torá, a Terra de Israel foi prometida aos três patriarcas do povo judeu, por Deus, como a sua pátri...

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 06/05/2013

    Suas afirmações me assustam Carla. Comprovei que vc naum lê mesmo a bíblia Deus deu sim a terra de Canaã a qual prometeu ao seu povo. Que Ele mudou de opinião, é bobagem! que Ele decidiu após um tmpo ser global, bobagem! Faz o seguinte, leia a Bíblia para depois critica-la tah?! Se vc lesse a Bíblia veria que em Gêneses, logo no início fala da vitória de Cristo sobre o diabo. e Ele naum decidiu apos um tmpo ser global, Ele jah havia informado o que faria e tbm, nem todos se salvarão naum há globalização se naum fo...

  • Carla (São Paulo) - 06/05/2013

    Pena, Leila, que Deus tenha destruído o Jardim do Éden naquela operação desastrada que foi o Dilúvio! Poderíamos ter hoje os belos muros, o grande portão de madeira fechado com a espada de ouro...

  • Carla (São Paulo) - 06/05/2013

    No primeiro testamento, Wanderson, Deus é o Deus de uma nação, o Deus de Israel, o deus de um povo escolhido, a saber uma tribo de pastores nômades, Judeus! Deus então promete a estes uma terra e um messias que irá governar Israel num período de paz e prosperidade. Enquanto isso, Deus libera os israelitas para matarem os seus rivais, Deus não apenas apenas autoriza as guerras étnica, como toma parte nelas, favorecendo, claro o seu povo! Sem entregar o que havia prometido, Deus muda de ideia e resolve que vai ser um...

  • Leila (Rialma-go) - 06/05/2013

    Ah ,penso q os muros q Deus fez no Jardim do Édem era muito lindo de pedras cobertos de plantas .Tijolos? não precisava...para Deus não.

  • Leila (Rialma-go) - 06/05/2013

    Pelo q entendo,Adão e Eva foram os primeiros ,mas não únicos,os outros é que foram para outros lugares.Adão e Eva ficaram no jardim do Édem e Deus ja sabia de tudo q ia acontecer. Ele estava observando os outros dos outros lugares tbm.Creio q essa História é como um poema para termos uma ideia do começo do mundo da criação. quanto a Caim e Abel,Abel oferecia a Deus das primícias,primeira parte para Deus.Caim apenas ofertava de qualquer maneira.E outra coisa é que nunca saberemos todos os mistérios ...Jesus diz que ...

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 06/05/2013

    Suas colocações e perguntas se contradizem! vc está querendo me enredar com essas perguntas. -Vejamos, vc disse que jah sabe que todo Antigo Testamento apontava pro Messias. E me pergunta o que aconteceu para Ele mudar de opnião Deus naum sou eu nem vc pra mudar de idéia Deus cumpre o que quer e quando quer. Também a primeira lei naum funcionava mais? -Ela nunca funcionou, pois ela naum era eterna(leia a bíblia) e até os sacrificios, os primogenitos, pascoa, a arca da tenda tudo significava a Cristo. Trabalhar com...

  • Carla (São Paulo) - 06/05/2013

    No caso do Dilúvio, o propósito está dito na Bíblia e Deus não conseguiu realizar o objetivo proposto: falhou! No caso dos judeus a questão não é porque eles não tinham dificuldade, sabemos que Deus falava com eles. A questão é por que Deus mudou de ideia: deixou de falar com eles, não mandou mais que eles matassem seus rivais. Enfim, porque Deus mandou substituiu a lei da morte pela lei da vida? A primeira lei já não funcionava mais? A estratégia de trabalhar apenas com um povo escolhido e matar os demais não tava...

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    simples eles naum tinham dificuldades pq Deus convrsava com eles face a face. e o ultimo foi Moises, pode ler no final de Deuteronomio. e hj jah naum eh assim, pq nós podemos conhece-lo atraves da biblia. #Fui

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Se Deus permitiu um diluvio mundial naum poderia ele msm destruir um ou 2 homens maus? Deus permite que o homem faça certas escolhas por si msm. Mais Ele naum muda, reveja seus conceito se existe mal é pq o homem o pratica naum pq Deus naum conhece se coracao mais pq ele permite q o ímpio se corrompa por si msm. Deus naum descobriu a maldade do coracao do homem, Ele simplesmente jah sabia. Deus fez o diluvio para algo maior, nao deve ser mensionado no momento, mais o diluvio cumpriu seu proposito sim! Deus faz tudo...

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Como assim, "Deus nao permite a morte dos naum eleitos, pq o simples fato de naum conhecermos quem são"? Deus não mandava os israelitas matarem seus rivais? Os israelitas não tinham dificuldade em saber quem eram seus rivais! Mas a questão continua: por que Deus mudou de ideia e parou de mandar os israelitas matarem seus rivais?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Deus nao permite a morte dos naum eleitos, pq o simples fato de naum conhecermos quem são. por isso amar uns aos outros, pois naum conhecemos o coracao d ningm. um homem hj pode ser o maior depravado porem Deus pode modifica-lo e o tornar santo. Naum devemos matar pq Deus nos proibe, e a ceifa das almas só vem por Ele e qnd Ele quer.

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    "Acreditar que Deus muda de ideia pra 'concertar' isso é blasfêmia! Mas se Ele muda de ideia e tenta concertar! Veja o caso do Dilúvio: primeiro Ele permite que a maldade se espalhe pela terra; aí munda de ideia e resolve concertar a bagunça, acabando com a maldade da terra. Falha redondamente, porque após o Dilúvio a maldade retorna à terra. Aí muda de ideia de novo e diz que não vai fazer isso de novo, não porque já resolveu o problema com sua estratégia, mas porque descobriu que a imaginação do coração do homem ...

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Isso nós sabemos! O que se pergunta é por que Deus mudou de ideia e não mais manda matar os não escolhidos?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Simples Carla, pq Deus os escolheu para isso. Mandava os destruir por eles possuirem a terra que dantes o próprio Deus tinha prometido a Abraão e sua descendencia e por se recusarem a desapossar a terra. Um povo idólatra, perverso, sodomita, depravado e descrente.

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Pois é, "se todos são iguais pecadores perdidos, qual vantagem tem um do outro? Nenhuma!", então por que Deus mandava os israelitas passarem os rivais no fio da espada?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Carla acreditar que Deus muda de ideia pra 'concertar' isso é blasfemico minha querida. é não crer q Ele seja Oniciente e por o homem em contraste de igualdade a Deus. Afirmando q Deus muda de opnião caso sua vontade naum for cumprida. E jogando sua Providencia na lama.

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Carla, Paulo diz em Romanos 3 e 9 que todos pecaram. esses todos incluem judeus e gentios entaum ambos estaum na mesma condicao condenados a morte. Daí, se todos sao iguais pecadores perdidos, qual vantagem tem um do outro? nenhuma! Tanto judeu como gentio é justificado por Jesus por todos terem pecado sem excessão. os gentios são convocados pq tbm os judeus pecaram.

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Talvez seja o mesmo caso do incesto: Na época de Eva e Adão, ante o propósito do povoamento da terra, Deus não considerava o incesto pecado, dada a circunstância, criada por Ele mesmo, de só existirem casais de parentes. Depois, mudada a circunstância, Ele passou a considerar o incesto pecado! No caso dos gentios, talvez tenha mudado alguma coisa entre a primeira e segunda lei que O fez fez mudar de ideia quanto ao propósito de mandar matar os rivais dos israelitas e ter optado por enviar o Cristo com a nova estrat...

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    O procedimento é conhecido a questão é o por quê: por que Deus mudou de ideia quanto a considerar, antes, os gentios como inimigos e depois, pela Expiação eterna de Cristo, permitir que os antes inimigos, se acheguem a Deus?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Vamos lá! Minha Carla, antes ordenava-se para matar os inimigos de Deus, ou seja do povo dEle. A bíbli diz em Exodo 20 'nao matarás'... esse naum matarás significa, naum matará sem a ordem de Deus, a saber os gentios o quais ainda naum tinham a misericórdia de Deus. Jah na aliança eterna, os gentios q antes eram inimigos puderam se achegar a Deus por meio da Expiação eterna de Cristo, daí "ame ao próximo cm eu vos amei". entende? -como o profeta Isaías mencionou me mostrarei a um povo que não me procura. A saber ...

  • Wanda (São Paulo) - 05/05/2013

    Também não entendi. Por que Deus escolheu o povo de Israel para a vida e os demais para a morte? E por que Ele mudou de ideia e hoje não manda matar os não israelitas? Que trocou a lei eu entendi, mas por que? Qual o sentido dessa primeira lei, a da morte? E se estamos sob a segunda lei, a da vida, por que morremos tal como morríamos antes, na vigência da primeira lei?

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Você apenas diz o que já sabemos: no primeiro testamento era de um jeito e segundo testamento de outro jeito! A dúvida é porque ele mudou isso! Por que ele agiu de um jeito por um tempo e depois mudou de ideia, passou a agir de outra forma? Ou por que por um tempo o propósito foi a morte e depois mudo para a vida?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Vou te contar um segredinho irmã Carla, pq a lei antiga era da morte... simplesmente pq a lei era apenas moral naum era eterna, por isso a necessidade de expiacao continua... e todo antigo testamento apontava pra Cristo o consumador da Segunda Lei a da vida, desde Gêneses jah havia a prenuncia de Jesus. Não é que Ele mudou de idéia, mais Ele cumpriu no Novo o que foi préfixado no Antigo testamento. Entende?

  • Wanda (São Paulo) - 05/05/2013

    Fico, Pinheiro, angustiada com essa falta de resposta: Para que Deus nos criou? Se Ele criou o homem é por que precisava do homem. Mas, para que Deus precisa do homem?

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Sei o que é propósito! Por isso mesmo é que digo que o que mudou, no caso do incesto, foi a circunstância e não o propósito. Já no caso da matança dos rivais dos israelitas, parece que Ele mudou de ideia e de estratégia, já que não parou de mandar os israelitas matarem seus rivais!

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Se "A antiga lei era a da morte e a segunda da vida" então ele mudou de ideia: trocou a morte pela vida!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Minha querida carla esse foi a conclusao qu chegamos a cerca do incesto. Era necessario sim a relacao de parentes por haver apenas 2 pais. E agora é um erro por naum ter essa necessidade. Propósito, pode ser traduzido por Vontade de Deus.

  • Pinheiro (Rio) - 05/05/2013

    Difícil saber por que Deus mudou de ideia quanto a mandar os israelitas matarem seus rivais. Vai se saber o passa pela cabeça Dele... Sequer sabemos por que Ele criou o homem!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Deus naum mudou de idéia, acreditar que Ele mudou de idéia é crer que Ele pode errar. Isso é dizer que Ele naum é Deus. -Agora ao fato de permitir ou naum a morte... é simplesmente para cumprir o próposito. Conduzir o povo a terra que Ele prometeu, tanto que Ele permitiu que o msm povo q retirou do Egito sucumbisse no deserto. E o fato de permitir a morte ou naum, afirmo: todo homem merece a morte, Deus escolheu o povo de Israel para a vida. conforme Ele fez a Faraó, endureceu o coração dele, para manifestar seu p...

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Deus naum mudou de idéia, acreditar que Ele mudou de idéia é crer que Ele pode errar. Isso é dizer que Ele naum é Deus. -Agora ao fato de permitir ou naum a morte... é simplesmente para cumprir o próposito. Conduzir o povo a terra que Ele prometeu, tanto que Ele permitiu que o msm povo q retirou do Egito sucumbisse no deserto. E o fato de permitir a morte ou naum, afirmo: todo homem merece a morte, Deus escolheu o povo de Israel para a vida. conforme Ele fez a Faraó, endureceu o coração dele, para manifestar seu p...

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Além disso discordo, no caso do incesto, de o que mudou foi o propósito! Na verdade, o propósito de povoar o terra permaneceu válido, o que mudou foi a circunstância de não existir apenas um casal de parentes.

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Que pode fazer o que ele quiser não está em questão! O que eu pergunto é por que Deus, numa hora queria que os israelitas matassem seus rivais; e depois mudou de ideia e não tem mais mandado os israelitas matarem seus rivais?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Símples amada, Deus não muda de propósito, Ele os cumpre. façamos algumas perguntas: Deus criou o homem? certo! Deus disse para naum matar? Certo! Agora, se Deus criou o homem e tem autoridade nele... pode ele ou naum dar e tirar a vida que provem dele? -responda-me. *Por diversas vzs Deus fala, enfrentem eles pois entreguei-os em tuas mãos ou naum pelejem, pois naum estarei convosco. O Criador da lei pode optar por misericordia e por condenacao segundo seu querer.

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Outra coisa, o que faz Deus mudar de propósitos quanto aos rivais de Israel? Antes Deus queria que eles fossem mortos; depois Deus mudou de ideia?

  • Carla (São Paulo) - 05/05/2013

    Então, Wanderson, quando lemos no primeiro testamento "Não matarás", devemos, na verdade, ler "Não matarás. Mas ficam fora deste mandamento os israelitas que podem matar os povos rivais pelo propósito de Deus". Agora, desde quando os israelitas perderam o poder para matar os povos rivais pelo propósito de Deus? Onde está escrito que eles, os israelitas, podiam matar e onde está escrito que eles não podem mais matar?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Isso meu irmão!! Debate é bom quando feito de forma sensata... gostei de debater com os senhores fiquem na Paz do Senhor Jesus!

  • Cássio (Corumbá) - 05/05/2013

    O incesto não é um erro em si, depende do propósito! Aí a Bíblia define sob qual propósito o incesto é pecado e sob qual propósito o incesto não é pecado. Assim, para o fim de povoamento, o incesto não é pecado. Entendi

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Antes naum era pecado o incesto pelo propósito de Deus, agora todo tipo de incesto é proibido pela msm forma naum importam as circunstancias. Comparemos com as guerras do antigo Testamento, os israelitas matavam povos rivais pelo propósito de Deus, e hj matar quaquer um é pecado. Antes o perdão.

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Irmão Osvaldo, o que define pecado é a bíblia, inspirada e escrita pelo Espírito de Deus.

  • Osvaldo (Rio) - 05/05/2013

    0K, chegamos a um consenso: dependendo do propósito, determinada prática pode ser pecado ou não! A prática em si não é pecado, o que define o sentido pecaminoso da prática é o propósito!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Certo meu irmão Cássio, circunstancias naum, pois é muito amplo... agora falando em propósito sim! Antes era permitido pelo propósito de povoar e hj proibe-se pela depravação.

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Certo meu irmão Cássio, circunstancias naum, pois é muito amplo... agora falando em propósito sim! Antes era permitido pelo propósito de povoar e hj proibe-se pela depravação.

  • Osvaldo (Rio) - 05/05/2013

    É isso mesmo, o incesto foi pecado na época de Moisés e é pecado hj; mas não era pecado na época de Eva e Adão! Para estes, dadas as circunstâncias, o incesto não era pecado. Então está certo o raciocínio do Cássio: a característica de pecado do incesto depende da circunstância!

  • Cássio (Corumbá) - 05/05/2013

    Mas quem disse que o incesto não é errado, hj, em todos os sentidos? É claro que é errado, mas não era naquela época em que havia o fim de povoar a terra! E é essa a questão: o incesto não erra errado naquela circunstância; passou a ser errado nas demais circunstâncias. Ou seja, o incesto não é um erro em si, depende da circunstância!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    vc está errado mau irmao, hj o incesto é errado em todo sentido. vejamos: se um homem mudar para uma floresta cm sua filha por sentir dejeso por ela. Estando os dois a sós eles podem relacionar-se? Viu o absurdo. Pra Deus é pecado sim foi na época de Moisés e é até hj!! Estranho é o pensamento de que Deus permite pecados de uns e naum de outros.

  • Cássio (Carumbá) - 05/05/2013

    Claro que nós entendemos que antes não tinha essa lei e ninguém está a dizer que aqueles que praticaram o incesto, naquela circunstância, estavam errados, não é isso! O que é estranho é o fato de Deus mudar os valores morais: naquela circunstância o incesto não seria um erro, depois passou a ser. Ou seja, o incesto não é um erro em si, depende da circunstância.

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Certamente que sim Ele poderia! e pq naum fez? símples, pq Ele é fiel a verdade. A qual nós deveriamos ser tbm. Deus naum eh homem para se contradizer. Em gêneses quando parentes se relacionam naum é errado pq ainda, atente AINDA, naum há condenação pelo ato. Dar-te-ei outros exemplos: Pode um homem andar sem pernas? -Não! pq a perna o faz caminhar. Pode um homem ser preso por roubo, sem ainda haver lei contra o roubo? -De modo nenhum! -Deste msm modo aconteceu nas primícias das eras, com as famílias de ...

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Certamente que sim Ele poderia! e pq naum fez? símples, pq Ele é fiel a verdade. A qual nós deveriamos ser tbm. Deus naum eh homem para se contradizer. Em gêneses quando parentes se relacionam naum é errado pq ainda, atente AINDA, naum há condenação pelo ato. Dar-te-ei outros exemplos: Pode um homem andar sem pernas? -Não! pq a perna o faz caminhar. Pode um homem ser preso por roubo, sem ainda haver lei contra o roubo? -De modo nenhum! -Deste msm modo aconteceu nas primícias das eras, com as famílias de ...

  • Cássio (Carumbá) - 05/05/2013

    É verdade Osvaldo, claro que Deus pode fazer o que Lhe der na telha; mas se iria reprovar o incesto poderia ter tomado o cuidado de não permiti-lo nunca. Aí fica nessa de aprovar e reprovar conforme a circunstância! Esse comportamento parece mais coisa dos homens do que Deus.

  • Osvaldo (Rio) - 05/05/2013

    Exatamente, até para Ele, que tem toda autoridade, o fim justificou o meio! Ele que é onipotente, poderia ter bolado uma outra formula qualquer, não acha?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Peraí, mais quem estabeleceu a reprovacao? naum foi o mesmo que a aprovou? -O Criador da Lei tem ou naum autoridade pra abolir ou consumar a tal? Se antes naum havia Lei contra, isso naum significa q os q antes praticaram erraram sem a msm. pois naum havia lei, e por isso nem sentença. Atente: "Um pai tem dois filhos gêmeos, a um ele diz naum corra na rua e ao outro naum disse nada. Se ambos correm pela rua. Qual dos dois pecou contra o mandamento do pai? -Certamente o que ouviu a instrução de seu pai, pois sab...

  • Osvaldo (Rio) - 05/05/2013

    Então: o fim, que era o povoamento, justificou o uso de um meio moralmente e biologicamente reprovável, que foi o incesto!

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    Naum os fins naum justificam os meios meu querido. Pense cmg Deus é Onipotente, fiel e Verdadeiro. Se Ele disse à Eva, que ela seria a mãe de todos os povos. Se ele fizesse outra mulher aí Eva já naum seria 'A mãe de todos os povos' e sim 'UMA das mães dos povos'. Deus seria mentiroso certo? Claro que Deus sabia o que aconteceria, o que acontece e o que acontecerá! Usarei o relato do profeta Isaías: "E quem conheceu a mente do Senhor? e quem o instruiu?...". Deus permitiu o casamento de Caim pq era necessário, na...

  • Osvaldo (Rio) - 05/05/2013

    Ou seja, os fins justificam os meios! A moral é relativa: incesto foi permitido! Mas será que Deus não poderia ter bolado uma fórmula qualquer para garantir a reprodução sem o incesto, se é que viria a condenar essa prática?

  • Wanderson Silva (Bacabal-MA) - 05/05/2013

    "Sem querer escandalizar ningm, más ví muita bobagem herética comentada e tambem muita coisa boa." -Deus criou Adão e Eva, Adão do pó e Eva de Adão... eles foram os primeiros! Os demais são descendentes deles, seus filhos. Caim casou-se provavelmente com uma sobrinha ou irmã. Nessa época poderia sim! pq a ordem de Deus era povoar a Terra. só que algum tmpo depois Deus impediu o ato por Lei, através de Moisés, pela depravacao do povo. E quando Deus disse que colocaria uma marca/ sinal para que Caim naum sucumbi-s...

  • Gilberto (Ribeirão Preto) - 05/05/2013

    A questão Rogério, não é se Caim poderia ter conhecido ou não sua esposa, a questão é que, sendo Eva a primeira e única mulher a ser criada, as outras mulheres teriam sido paridas por Eva. E essas mulheres, paridas por Eva, emprenharam necessariamente de relações incestuosas, com os irmãos ou com Adão! A outra possibilidade é que Eva e Adão não foram os únicos primeiros a serem criados.

  • Rogério Pereira (Águia Branca -ES) - 05/05/2013

    Quero dizer que a Bíblia não apresenta datas, mas sabe-se que no começo da história da humanidade vivam-se muitos anos. É provável que Caim conhecera a sua esposa nesse período. A Bíblia diz que depois que quando Adão gerou a sete ele tava com cento e trinta anos e que depois ele viveu mas oitocentos anos e gerou filhos e filhas e que ele viveu novecentos e trinta anos e depois morreu. Nesse período não poderia ter Caim conhecido a sua esposa, uma vez que a Bíblia não tem fatos cronológicos?

  • Teixeira (Salvador) - 29/04/2013

    Antes da queda, e portanto antes de Caim e Abel, Eva já havia parido. Veja que Deus, ao puni-la pela desobediência, aumentou-lhe a dor do parto, logo ela já havia parido antes: só se aumenta o que já existe.

  • José Milton (São Paulo) - 31/12/2012

    Os fatos relatados em gênesis nos dá uma resposta para uma dúvida inrelevante para aqueles que têm fé em Deus ;Também disse Deus :Façamos o homem à nossa imagem e semelhança ;tenha ele domínio sobre os peixes do mar ,sobre as aves do céu ,sobre animais domésticos,sobre toda terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra .Criou Deus ,pois o homem à sua imagem ,à imagem de Deus o criou ; homem e mulher os criou . Então para bom entendedor os fatos esclarecem ,existia o Éden e fora do Éden.

  • carolina (são paulo) - 29/12/2012

    eu não li muito bem a explicação, mas eu quero que todos saibão eu sou crente e não só acredito que deus criou tudo e todos, como eu tenho sertesa de que se não fosse por ele nós não estariamos aqui, e eu só tenho uma duvida não foi uma foi uma pessoa qualquer que escreveu a biblia será que foi jesus ou seus decendentes que acompanharam sua história?

  • ad (colatina) - 19/03/2012

    aonde fala que caim casou na mesma época que adão conheceu eva? Estuda menino, estuda!!

  • Aline (Rio de Janeiro) - 19/03/2012

    As respostas nao estao claras. A final, como Caim pode se casar se so havia Adao e Eva?

  • ANTONIO (CURITIBA) - 25/03/2011

    A 5ª REVELAÇÃO DIZ O SEGUINTE SOBRE O REFERIDO ASSUNTO: " CAIM E ABEL - Menos de dois anos depois do nascimento de Caim, nasceu Abel, o primeiro filho de Adão e Eva a nascer no segundo jardim. Quando Abel chegou à idade de doze anos, escolheu ser um pastor; Caim havia escolhido seguir a agricultura. Ora, naqueles dias, era costume fazer-se, aos sacerdotes, oferendas das coisas que estavam disponíveis. Os pastores dariam dos seus rebanhos; os agricultores, os frutos dos campos; e, de acordo com esse costume, Cai...

  • mary (sp) - 25/03/2011

    Bem lembrado! Ed. Quem poderia matar Caim?

  • Ed. (Sp) - 24/03/2011

    Olá, Na minha opinião já existia outras pessoas no mundo afora, sendo que a passagem da biblia diz: Então disse Caim ao Senhor: É maior a minha punição do que a que eu possa suportar. 14 Eis que hoje me lanças da face da terra; também da tua presença ficarei escondido; serei fugitivo na terra; e qualquer que me encontrar matar-me-á. 15 O Senhor, porém, lhe disse: Portanto quem matar a Caim, sete vezes sobre ele cairá a vingança. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que não o ferisse quem quer que o encontras...

  • Hellen Fernandes (Pernambuco) - 11/03/2011

    Muito esclaredor seu comentário Claudio, me ajudou muito. Obrigada que Deus te abençoe. Fica na Paz.

  • mary (sp) - 08/03/2011

    Casou como? se naquele tempo nem tinha cartorio,,,e casar pra que se eram da msm familia,,,,que muro? naquele tempo nem tinha tijolo. e o que tem aver a mãe de Jesus com essa pergunta.

  • Li (São Paulo) - 08/03/2011

    Porque simplesmente não aceitar o texto tal como está escrito? Para mim desacreditar a historicidade de um personagem como Caim e, desacreditar a historicidade de Gênesis é desacreditar a historicidade do próprio livro de Gênesis. Ao que parece Caim casou com uma irmã (cf 5.4)que partiu com ele para longe de Deus.

  • CLAUDIO A J (AMPARO) - 03/03/2011

    OI RUTH,LEGAL ESSA PERGUNTA DA BRUNA!EU SEMPRE QUERIA SABER, COMO PODIA SER ISSO ? DEPOIS DE ALGUNS ANOS LENDO A BÍBLIA, ESTUDANDO E PERGUNTANDO CONHECI A GENEALOGIA DE ADÃO..VEJA ERRAMOS ACHANDO QUE ADÃO E EVA TIVERAM SÓ ABEL E CAIM ;VEJA GN 5.4 E foram os dias de Adão, depois que gerou a Sete, oitocentos anos, e gerou filhos e filhas. -Adão e Eva foram pais de Caim, Abel, Sete, e mais outros filhos e filhas. Segundo Gênesis 5:4,---------NO PRINCIPIO DAS GERAÇÕES OS FILHOS E FILHAS DE ADÃO E EVA CASAVAM ENTRE S...

  • Ruth (Ribeirão Preto) - 03/03/2011

    Oi Luiz, com todo respeito, pode haver outra possibilidade. Creio que quando Deus criou Adão e Eva já existiam, talvez, outras pessoas na Terra. Adão foi o primeiro de uma geração que Deus resolveu para ser seu povo. Se não havia outros, por que então Deus iria ordenar a Adão que guardasse o jardim? Gênesis 2:15. Já li em algum lugar que no hebraico a descrição do Édem é de um jardim com muros. Para que? Sei que parece loucura mas outros textos me levam a pensar nesta possibilidade. Isso não muda em nada minha fé e...