Uma janela sobre o mundo bíblico

As sete igrejas do apocalipse é simbólico ou tinha templo ou sinagoga construídos nessas cidades?



  • Pergunta de Osmar Neves, Vacaria
  • 857
  • 07/06/2019
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Igrejas do Apocalipse |


 Olá Osmar Neves de Vacaria - Rs!

Respondendo em forma reduzida. As sete Igrejas do apocalipse não têm nada de simbólico, ou que não existiram. Todas elas eram Igrejas reais, com comunidades cristãs, em meio das cidades que possuíam inúmeros judeus, com sinagogas e templos pagãos de origem romana.

 

Completando a resposta

Na verdade as sete igrejas de Apocalipse se referem a sete igrejas descritas no livro do Apocalipse, capítulos 2 e 3. Essas igrejas Cristãs estavam localizadas na Ásia Menor durante a época do Império Romano. Os restos arqueológicos de todos os sete locais existem atualmente na atual Turquia são passíveis de se visitar.

As sete igrejas de Apocalipse estão localizadas na Ásia Menor (atual Turquia), Sendo rotas de navegação do Mar Egeu e das antigas rotas comerciais entre o Ocidente e o Oriente. Durante os primeiros séculos depois de Jesus Cristo, estas cidades eram controladas pelos romanos também foram importantes no início do Cristianismo.

 

Estas são as sete igrejas do Apocalipse descritas pelo apóstolo São João

  1. Éfeso  - Apocalipse (2,1-7)
  2. Esmirna - Apocalipse (2,8-11)
  3. Pérgamo – Apocalipse (2,12-17)
  4. Tiatira - Apocalipse (2,18-29)
  5. Sardes - Apocalipse (3,1-6)
  6. Filadélfia - Apocalipse (3,7-13)
  7. Laodiceia - Apocalipse (3,14-22)

 

 

 

 

857 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook