Uma janela sobre o mundo bíblico

Quantos habitantes tinha Jerusalém no tempo de Jesus e quanto aumentava durante as 3 mais importantes Festas?



  • Pergunta de Isaiah Freitas, Deerfield Beach, Fl - USA
  • 2093
  • 13/04/2019
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Jerusalém | Habitantes de Israel |


 Olá Isaiah Freitas de Deerfield Beach, Fl - USA!

Para responder sua pergunta olhei a literatura que fala da cidade de Jerusalém na época de Jesus. Para a população de Jerusalém segundo os estudiosos deste tema é colocada com uma população (falam em talvez) 25.000 habitantes. (conf. Palestina no tempo de Jesus). Alguns autores colocam que as pessoas que viviam em torno do Templo, como sacerdotes, funcionários, herodianos, cambistas, operários, eram cerca de 18 mil. (conf. Jesus, sua terra, seu povo, sua proposta).

O autor Joaquim Jeremias em sua obra “Jerusalém no tempo de Jesus”, com este trabalho e pesquisa muito respeitado faz um estudo detalhado, a respeito da população de Jerusalém. Assim ele argumenta sobre o número de pessoas.

Joaquim Jeremias em primeiro lugar considera a dimensão de Jerusalém (entre os muros) fixando a população de 1 habitante  por 35 m. Concluindo que na época de Jesus poder-se-ia contar com uma população de 20.000 habitantes dentro do recinto da cidade, e somados aos 5.000 a 10.000 fora dos muros, o número aumentaria para 25.000 a 30.000 sendo este  o limite máximo. (pág. 119 e 120)

 

No período da Festas Judaicas em especial a Páscoa

A população de Jerusalém durante as principais festas judaicas aumentava de número enormemente. Reuniam-se para as principais festas de preceito judeus do mundo inteiro: celebrando a páscoa, ofertando o dízimo e encaminhando sacrifícios pelos seus pecado.

A população atingia segundo dados dos autores um número de 125.000 pessoas.

Os Romanos tinham especial atenção nesta época, devido ao medo de rebeliões concentrando forte aparato militar. A fortaleza Antônia servia para segurança e moradia do procurador romano.

 

Consulta:

  • JEREMIAS, Joachim, Jerusalém no tempo de Jesus, pesquisa de história econômica social no período neotestamentário, Nova Coleção Bíblica, vol. 16, Paulinas, São Paulo, 1983, pág.119 e 120.
  • SAULNIER, Christiane, ROLLAND, Bernard, A palestina no tempo de Jesus, cadernos Bíblicos 27, tradução de José Raimundo Vidigal, 2ª. edição, Paulinas, São Paulo, 1986, pag. 48.
  • A.C.O e C.P.O, Jesus sua terra, seu povo, sua proposta, 4 volume, Rio de janeiro, 1990, pág.20 e 21.

2093 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook