Uma janela sobre o mundo bíblico

Citações da Bíblia no filme Lutero são corretas?



  • Pergunta de Adriana, Suzano
  • 711
  • 15/08/2018
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Lutero |


Aqui segue todo o texto postado por Adriana:

Recentemente assisti o filme "Lutero" e fiquei intrigada com a questão dele citar capítulos e versículos da Bíblia. Fiz uma pesquisa e pelo que entendi, acho que houve anacronismo. Se eu estiver certa, vejo a importância de que as pessoas não acreditem em tudo que vemos e ouvimos sem buscar informações fundamentadas. Uma produção como esta também tem como objetivo, se não o maior, a rentabilidade financeira, mas a história do protagonista não pode ser inventada pois trata-se de fatos reais que aconteceram e muito contribuíram para as mudanças que ocorreram ao longo do tempo.

É provável que você fale do filme de 2003, dirigito por Eric Till. Não vi o filme e, portanto, não entro no mérito da questão que você põe. Abaixo você encontra o vídeo que encontrei no YouTube e cada um pode tirar por conta própria a dúvida.

Apesar desse meu "lavar as mãos", gostaria de sublinhar alguns aspectos que você bem notou na sua colocação. De fato, há pouca assessoria responsável que ajude a criar um contexto conforme a realidade dos fatos. Isso se refere ao cinema, à televisão e também na literatura. Um exemplo eclatante é o livro de Dan Brown (Código Da Vinci), sobre Jesus que teria se casado com Maria Madalena, afirma o livro. Todo mundo é livre de escrever romances, mostrar filmes com temas históricos. O problema é que muitos desses autores mudam a história e a vendem como verdadeiras. Dan Brown, por exemplo, se baseia em um manuscrito muito recente, escrito cerca de 600 anos depois de Cristo, que do ponto de vista histórico não tem nenhuma autoridade. Ele não pode tomar esse manuscrito e construir um livro - e depois um filme - pretendendo dizer que essa é a verdadeira história, ignorando o parecer de todos os espertos em tal argumento.

A maioria do público não consegue ouvir o parecer dos espertos, mas escuta aquele do autor dessas obras, que podem ter por trás um toque de arte, mas, às vezes, nada de historicamente fundado. Quero apenas sublinhar aquilo que você diz no seu comentário, que é muito importante para nós espectadores, uma visão crítica daquilo que lemos. Se nos interessa o argumento, é imprescindível correr atrás de outras visões, ler autores diversos sobre o argumento e ter uma visão crítica. O mundo espiritual sempre atrai as pessoas e a indústria se aproveita desse aspecto para fazer sucesso e, como você disse, nem sempre está interessada em passar a verdade, mas em ganhar dinheito.

Fique claro que não sei se esse comentário se aplica ao filme "Lutero". Assista o vídeo abaixo e coloque em prática as minhas sugestões.

711 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook