O arqueˇlogo israelense Ehud Netzer, que se tornou conhecido pela escavašŃo do palßcio de inverno do rei Herodes e descoberta da tumba do monarca, morreu ao sofrer uma queda. Ele tinha 76 anos.

A imprensa israelense menciou a morte de Netzer com destaque. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu divulgou um comunicado em que dizia ser "uma perda para a famÝlia e para os estudiosos da histˇria de Israel e da ciŕncia da arqueologia".

Netzer conversava com colegas no sÝtio arqueolˇgico quando um corrimŃo de seguranša de madeira se partiu e ele caiu a vßrios metros do chŃo. A queda ocorreu no domingo e, levado Ós pressas com ferimentos graves ao hospital, faleceu na quinta-feira. O funeral serß realizado nesta sexta-feira.

As descobertas de Netzer ajudaram a expandir o conhecimento sobre Israel do passado, especialmente a histˇria do rei Herodes que controlou a Terra Santa sob a ocupašŃo romana imperial hß dois milŕnios.

Leia aqui matÚria sobre os arqueˇlogos israelenses que apresentam restos do rei Herodes