Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a explicação para os eventos extraordinários que aconteceram por ocasião da morte de Cristo (Mateus 27:50-53)?



  • Pergunta de Jailson Vitorino, Ipatinga - MG
  • 1528
  • 20/02/2018
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Jesus | Paixão |


O nosso leitor menciona esses acontecimentos:

“Depois de ter bradado novamente em alta voz, Jesus entregou o espírito. Naquele momento, o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo. A terra tremeu, e as rochas se partiram. Os sepulcros se abriram, e os corpos de muitos santos que tinham morrido foram ressuscitados. E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição de Jesus, entraram na cidade santa e apareceram a muitos”

 

Olá Jailson Vitorino de Ipatinga - MG!

A compreensão destes três versículos parte do momento da morte de Jesus:

“Dando de novo um forte grito, Jesus expirou.” (Mateus 27,50)

Dois acontecimentos importantes são relatados:

  • os sinais teofânicos e
  • a conversão dos gentios.

No versículo 54 o centurião romano e os guardas que ali estavam com medo diziam: “verdadeiramente este era o Filho de Deus”

A perspectiva de Mateus na narrativa tem acentuação escatológica: morrendo Jesus o velho mundo (simbolizado pelo véu do Templo (v.51) rasga-se e abre-se um novo mundo, junto com os fenômenos que acompanham: abalos cósmicos, ressurreição dos santos. Está época final inaugurada por Cristo acontece com os primeiros frutos a conversão dos gentios.

 

O que seria este véu do Templo, rasgado de cima a baixo no momento da morte de Jesus?

Sabemos o véu do Templo (cortina) dividia o santo dos Santos parte mais importante, chamada de Shekinah (presença de Deus) do restante do templo.

O rompimento deste véu de cima a baixo, anuncia que os obstáculos postos pelo antigo culto, foram eliminados.

Jesus (carta aos Hebreus) entrou no Santo dos santos como sacerdote eterno

 

As imagens extraordinárias

No momento da morte de Cristo manifestações extraordinárias, vindas da literatura apocalítica mostram trevas sobre a terra, pedras que se partem, lembram o dia de Javé, dia de ira e da salvação escatológica.

 

Como entender corpos de santos na cidade santa:

Se considera que sejam os justos que viveram no tempo do Antigo Testamento. Estes santos ressuscitaram e foram os primeiros a terem os frutos da redenção de Cristo.

E apareceram a muitos.

Só teremos uma compreensão desta imagem em um plano espiritual, ou seja vem da literatura apocalíptica que conduz o texto.

1528 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook